terça-feira, 26 de dezembro de 2017

As Qualidades dos Signos



Modos ou modalidades (qualidades) dos signos astrológicos.

Antes de falarmos nos signos astrológicos, teceremos algumas palavras sobre o significado das expressões signo fixo, signo mutável e signo cardinal. Essas expressões indica as qualidades ou modalidades dos signos.
Os doze signos do zodíaco encontram-se divididos em três grupos, cada um contendo 4 signos. Esta divisão designa-se quadruplicidade, qualidade ou modo dos signos. As expressões “signo cardinal”, “signo fixo” e “signo mutável” caracterizam os signos a nível de ação, pois os modos astrológicos referem-se à forma como os signos interagem com o mundo exterior.
Áries, Câncer, Libra e Capricórnio são signos cardinais. Os signos cardinais têm muita iniciativa, são muito ativos e empreendedores, são ótimos a ter ideias e a começar coisas novas.
Por outro lado, correm o risco de se envolverem em demasiados projetos ao mesmo tempo. Podem revelar-se demasiado impulsivos, impacientes e até abandonarem os seus projetos no meio, principalmente Áries e Capricórnio. Câncer, por sua vez, é um pouco inseguro, pelo que a sua faceta de signo cardinal é de expressão mais comedida; também Libra, naturalmente indeciso, gosta de refletir e fazer planos que lhe permitam tomar a melhor decisão antes de se "atirar de cabeça".
Touro, Leão, Escorpião e Aquário são signos fixos. Os signos fixos são resistentes à mudança. Apesar de poderem ser um pouco lentos, são perfeccionistas, seguros, metódicos e disciplinados, qualidades que os tornam bons a levar a cabo os projetos começados pelos signos cardinais. Porém, por vezes lidam mal com a energia cardinal, viva e apressada, que os faz sentir tensos. Sabem planejar, são concentrados e possuem a resistência necessária para atingirem os seus objetivos. Estáveis e direcionados, os signos fixos sabem o que querem, para onde vão e dificilmente se desviam do seu propósito!
O seu lado negativo tem a ver com o fato de não gostarem de arriscar e levarem isso ao extremo. Podem ser teimosos, inflexíveis, demasiado presos a hábitos e rotinas, avessos à mudança e às ideias de outras pessoas. Dentro deste conjunto, o signo de Aquário é o menos inflexível. O mais firme (mas também inflexível) de todos é Touro, pois além de fixo, é do elemento Terra.
Os signos mutáveis são Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes. Estes são flexíveis, versáteis e têm uma grande capacidade de adaptação, ajustando-se facilmente a diferentes circunstâncias.
Sagitário e Peixes são mais filosóficos e abstratos, enquanto Gêmeos e Virgem (regidos por Mercúrio) se interessam mais por ideias concretas e objetivas. Virgem é o signo mutável mais disciplinado, pois os outros não gostam de rotina.  
Imprevisíveis, espertos e um pouco nervosos, possuem um comportamento polivalente. Infelizmente, por estes mesmos motivos, pode ser difícil confiar neles, pois são inconstantes e mudam de ideias muito rapidamente.
Podemos concluir que nenhum modo é melhor do que o outro, mas sim que são complementares: os signos cardinais iniciam dão o primeiro passo, os fixos cimentam essa iniciativa com a sua energia concretizada a, e finalmente, os mutáveis surgem para questionar a estrutura construída. 
Em outro artigo falaremos com mais detalhes de cada modalidade.


3 comentários:

  1. Muito bom o artigo, ricas informações sobre as qualidades dos signos. Amei conhecer mais cada um dos signos. Uma temática atual e muito apreciada. Parabéns pela riqueza ao construir o artigo. Sempre aprendendo por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do que li! Viajando pelo blog...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue viajando, e nos visite sempre. Valeu. Um abraço.

      Excluir