domingo, 31 de dezembro de 2017

Coisas de Poeta - Final de Ano



Coisas de Poeta – Final de Ano

Espero que este final de ano não seja também final de festas. Estar difícil, sabemos. Nossos Políticos, Governantes, Magistrados, não são nossos. Governam, legislam, advogam e julgam em pró deles mesmos. Este blog não é um blog político, mas somos “seres políticos” mesmo não achando. E como seres sociais e político temos o dever de quando escolher uma pessoa para nos representar, tenhamos a consciência de que nossa escolha influenciará a sociedade como um todo. Estar difícil escolher, mas temos a obrigação de fazê-lo. Não escolham o menos ruim, escolham o melhor para todos. Procurem em vocês a orientação, quem sabe possamos comemorar um final de 2018 como um  cenário político e social muito melhor. Depende de cada um de nós, depende de nossas escolhas.
Publico uma das minhas poesias que eu mais gosto. Fala sobre meus sentimos como poeta. “Coisas de Poeta” é tudo o que acho sobre escrever uma poesia.

Feliz 2018




3 comentários:

  1. Poeta é poeta... expressa seus sentimentos, suas emoções do âmago do coração. Belíssimo poetizar! Um texto com diferentes mensagens nas entrelinhas dos versos, cabe ao leitor procurar o que interessa. Parabéns pela linda poesia e excelente pastagem. FELIZ 2018 a todos os leitores e amigos.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do que li. Bravo

    ResponderExcluir