segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Geração da Luz - Freud Explica


Ao som das músicas de Raul Seixas
E muitas e muitas Cervejas sempre.
 


6 comentários:

  1. A poesia mais sem compromisso que eu já fiz.

    ResponderExcluir
  2. Uma construção poética de elite, brinca com as músicas e vai tecendo seus versos com criatividade e beleza. Poucos conseguem uma interação perfeita assim. Aplausos mil! Orgulhosa de você. Meu poeta, já sou sua fã!

    ResponderExcluir
  3. A poesia que eu mais gosto de todas que meu pai escreveu. Raul Seixas muito bem lembrado e homenageado. Perfeito.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Matheus, quando a publiquei, fiz em sua homenagem por saber que é a sua preferida.

    ResponderExcluir
  5. Enquanto Freud explica... eu vou ao banheiro fumar um paiero... Excelente construção!

    ResponderExcluir
  6. Partindo de você só, tenho que não medir esforços para continuar recebendo seus elogios. Obrigado.

    ResponderExcluir