sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Casa no Campo




CASA NO CAMPO

Imagino-me em uma casinha no campo
O luar se esconde radiante ao amanhecer
Pássaros gorjeiam uma bela canção, um encanto!
E rosas desabrocham até mesmo ao entardecer...
A Natureza cobre o cenário com verdes relva
Entrecortadas por cristalinas águas de um Ribeirão
Trilhas ocres que se aprofundam nas selvas
Rede na varanda, tecer poesia, pura inspiração!
O sol nascente deixa a paisagem dourada
Borboletas esvoaçam sobre as rosas no jardim
Flores adornam as margens das estradas
Ficando no ar, um doce aroma de alecrim...
Aproveito o clima, até danço na chuva
Banho-me nas gotículas d’água trazidas pelo vento
Percorro cada espaço vazio, respeitando às curvas
Deleitando-me, na íntegra, daquele momento...
À noite, lua e estrelas refulgem no espaço
Tornando o ambiente mágico... Acolhedor
Marcando a minha tela em novo compasso
Traços que me induzem a sentir amor...
Deito-me na grama, vejo uma estrela cadente
Faço um pedido: Peço você pra mim
Esqueço o mau passado, e vivo o presente
E anseio que seja assim, até o fim!

Elisabete Leite – 29/11/2016

8 comentários:

  1. Ficou tudo maravilhoso. Suas imagens deram um colorido especial ao poema. Um toque de magia invadiu o blog. Tenho que agradecer pela sua criatividade. Gratidão sempre! Tudo show!

    ResponderExcluir
  2. Que página maravilhosa! Um deslumbre de poema. Profundo, mas com um toque de pureza. Lindo todo conjunto. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  3. Em noite de apreciaçao sobre o fazer poético de Jorge Leite e Elisabete Leite. Graça Silva (membro UBE)

    ResponderExcluir
  4. Um poetizar de elite, quero conhecer esse local imaginário, onde o fazer poético nos possibilita momentos de plenitude. Imagens de diferentes tons. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  5. Lindo e singelo poema, ilustraçóes pertinentes a temática. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Excellent poetry and stunning imagens. Applause

    ResponderExcluir
  7. Obrigada a todos os amigos e amigas pelas ilustres visitas e gentis comentários. Voltem sempre!

    ResponderExcluir
  8. Extraordinário esse poema..."Banho-me nas gotículas d'água trazidas pelo vento..." Aplausos menina poeta

    ResponderExcluir