segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Prosa Poética de Amor



"O jardim das delícias", do pintor e gravurista holandês Hieronymus Bosch.



PROSA POÉTICA DE AMOR

Velas ainda continuam acesas
E o abajur ilumina o canto do quarto
A cama tem muito do teu cheiro
Evidências que fazem parte do cenário
Da nossa última noite de amor
Ah! Tu chegaste bem de mansinho,
Envolvendo-me num forte abraço
Num longo e apaixonado beijo
Dizia ser meu amante, esposo, namorado...
Momentos que jamais serão esquecidos
Os teus afagos, as tuas carícias,
Tuas mãos percorrendo todo meu corpo
Teu cheiro inebriando os meus sentidos
Ah, um frêmito moldava a minha nudez!
Até consigo sentir a tua boca quente
Viajando pelos seios, molhando os mamilos
Navegando fundo no baixo ventre,
Penetrando de vez minha gruta úmida...
Agora já não sei se são devaneios
Sonhos de uma grande noite de amor,
Ou instantes de loucura, ou plena lucidez
Só sei que ainda sinto pelo meu corpo
A fragrância envolvente do teu suor.

Flor de Lis
Maceió\2017

  
Salomé & Pandora
Breve relato na visão de Elisabete Leite:
A colaboradora é de Maceió – AL e atualmente trabalha em Recife – PE.  A poetisa é versátil, ousada e muito determinada, Flor de Lis, verseja o amor de diferentes maneiras. Amante da Poesia e da Liberdade gosta de primeiro imaginar as cenas que descreve, como se estivesse vivenciando-as de fato. Quer ser conhecida como Flor que desabrocha todo dia.
Ela costuma se definir assim: Sou simplesmente pétalas de Rosa, sou Livre, Leve e Solta. 



9 comentários:

  1. Flor de Lis veio para provocar, mexer com nossas amarras, nossos limites. Usando o erotismo como linguagem, descreve momentos que confundem realidade com sonhos, despertando em nós sentimentos adormecidos.
    Que de convidada passe a ser uma colaboradora, ilustrado com suas poesias nosso Blog que faz da diversificação o seu cerne.

    ResponderExcluir
  2. Flor de Lis é exatamente assim: Livre de corpo e mente, a poetisa é capaz de transformar sonho em realidade despertando no leitor seu lado sensual. Erotismo faz parte de seu poetizar. Belíssimo momento poético nobre poetisa. Parabéns pelo carisma que nos envolve na temática abordada. Quero parabenizar também ao Jorge pela feliz escolha nas ilustrações. Show!

    ResponderExcluir
  3. Sou a dama da noite, vivo vagando na minha imaginação, procurando um cenário propício para definir o amor sensual.o sentimento de liberdade que ocupa nosso corpo e mente. Sou uma flor que desabrocha e exala minha fragrância pelos jardins da vida. Provoco o leitor de propósito. Quero agradecer ao poeta Jorge pela iniciativa, espero poder contribuir com meus escritos. Sou exatamente assim. Belíssimas e pertinentes ilustrações. Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Eita Poetisa! A sensualidade deixa sua marca registrada na página desse blog. Viajei Flor de Lis nos versos delirantes da sua provocante poesia. Estou me sentindo sem amarras, sem controle. Lindo... Muito lindo seu versejar. Imagens envolventes e de muito bom gosto Amei tudo, com gosto de quero mais. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. A sensualidade ocupou toda página do blog. Também viajei nos versos cheio de leveza e bem provocante da poetisa Flor de Lis. Envolvendo-me na cena do início ao fim foi voltando minhas amarras. Fiz-me o parceiro na volúpia apaixonada dos longos beijos. Cheguei a sentir meu corpo todo vibrar de prazer, embarquei firme no cenário. Tudo ficou perfeito, o poeta Jorge foi preciso nas imagens. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  6. Uma delícia de poema, sensualidade, dinamismo e liberdade tudo contido nos envolventes versos da poetisa amiga. Amei as fotos, que falam tanto quanto os versos. Tudo perfeito! Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  7. Ai que lindo e envolvente poema! Muita sensualidade á flor da pelo. Um viagem pelos versos criativo da poetisa. Também gostei muito das fotos pertinentes a temática. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  8. Your poem Elisabete is very beautiful. Colorful photos and animation in the carnival block. Congratulations... Show

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wrong comment. It was to comment on the page of the carnival.

      Excluir