sábado, 24 de março de 2018

A Criança e o Boitatá


Olá amigos

Hoje vou contar uma história em duas partes. Por ser um conto longo, não tinha como deixa-lo menor, resolvi dividi-lo em 2 partes. A primeira publico hoje, sábado 24/03/2018 e a segunda parte posto amanhã, 25/03/2018. Espero que me compreendam e que gostem da história contada.

Boa leitura.
 

E a criança feliz da vida brincava entre as flores correndo atrás da borboleta.

À noite, em seu quarto, contou tudo para o seu ursinho de pelúcia, e adormeceram.


A criança e o Boitatá – 1ª parte.

Zazulina, como a menina era chamada carinhosamente por seus pais, não dormiu bem. Abraçada com seu ursinho Papão, por varias vezes acordou durante a noite. Algo lhe incomodava, pegou no sono mais uma vez e foi acordada por sua Mãe que a chamava para ir à escola.

- Zazulina, olha a hora, vá se arrumar, você já está atrasada...

-Tô indo Mainha....

Às pressas jogou Papão destro da mochila, desceu correndo a escada e em um gole só tomou seu café matinal, que era uma fruta, um copo de suco e um copo de leite. A mesa era farta, mas no seu corre-corre e sempre atrasada, engolia os alimentos, e sua Mãe reprimia com um largo e bondoso sorriso no rosto, parecia bronca de avó.

No ônibus escolar a menina Zazulina ia lembrando aos poucos do sonho que tivera na noite anterior que a deixou assustada. Lembrou de uma cobra enorme com a cabeça pegando fogo. Sua cabeça parecia conter milhares de olhos que brilhavam no escuro do quarto. A lembrança era assustadora.

No percurso para a escola, o ônibus passava por dentro de um bosque, resquício da Mata Atlântica, que Dr. Pafúncio, um rico industrial, queria transformar em um novo Shopping. Zazulina olhava para aquelas árvores frondosas lembrando que ali já existiu uma grande floresta. Olhando para as árvores, ela teve a impressão de ter visto um grande clarão, como se o bosque estivesse pegando fogo. Olhou com mais atenção e percebeu que o clarão mudava rapidamente de lugar, parecia que o fogo estava correndo. Zazulina ficou assustada, não falou para ninguém do que tinha visto.
 Na escola, a professora Bertha, ao término de sua aula, disse:

- Crianças, para amanhã tragam-me uma redação opinando sobre o que é mais importante para a nossa comunidade, manter o Bosque Azul ou construir um novo Shopping em seu lugar? O bosque representa um pouco da Flora e da Fauna que já existiu em nossa cidade e um novo shopping representa novos empregos e mais recursos para a cidade, não esqueçam.

Fim de aula e Zazulina não entendia o que estava acontecendo. Após uma noite mal dormida agora sua professora pedia para ela escolher entre manter o bosque ou construir um shopping? E aquela cobra gigante de cabeça de fogo não saía de seu pensamento.

Chegando em casa esperou seu pai chegar do trabalho, e nem bem ele sentou para tirar os sapatos, ela já o abraçava com mil perguntas.

- Painho você já sonhou com uma cobra vermelha gigante que tem fogo na cabeça? Ela existe?

Seu pai, percebendo a aflição de Zazulina, disse:

- Vamos jantar, depois nos conversamos e você me conta tudo o que está acontecendo.

-Mas Papai, eu queria saber...

Seu Pai a interrompeu e falou carinhosamente.

- Tudo tem seu tempo Zazulina, suas dúvidas podem esperar o jantar. Jantar em família é muito importante, é um momento mágico, é quando após um dia de trabalho e estudos sentamos para agradecer por tudo que conseguimos nesse dia.

- Sua Mãe está nos aguardando, vamos jantar, depois conversamos.

Zazulina jantou em companhia de seus pais e irmãos, conversaram, riram e ao término da refeição, correu para a sala, onde já se encontrava seu Pai e sentou-se ao seu lado.

Ficou calada, respeitando o silêncio de seu Pai que folheava um jornal.
                                                                                                            continua amanhã......

24/03/2018

Recife- Jorge Leite


http://www.anamariadeandrade.com/detalhes-do-livro-colecao-recicladinho-uma-viagem-pelas-lendas-boitata,21
 
 



http://www.anamariadeandrade.com/detalhes-do-livro-colecao-recicladinho-uma-viagem-pelas-lendas-boitata,21


5 comentários:

  1. Lindo demais, bem inspirado e bastante cultural, do jeito que gosto. Adorável reticéncia, que indica: Tudo ainda por se dizer construindo... nascendo. Já estou anciosa pela segunda parte. Show ficou, uma mensagem edificante. Espectativa do fazer acontecer. Aplausos mestre e parabéns! Imagens significativas e belas.

    ResponderExcluir
  2. Admirável conto infantil, que já aguardo a outra parte amanhā, ficou um gostinho de quero mais. Um show de imagens chamativas, que deram um colorido especial. Parabéns pelo conjunto... tudo um encanto!

    ResponderExcluir
  3. Que deslumbre de conto infantil poeta Jorge, muita suavidade nos detalhes... imagens apropriadas ao tema abordado. A página ficou linda e expressiva. No aguardo para a segunda parte. Parabéns e abraços!

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo a primeira parte do seu conto, Jorge Leite, já estou aguardando a segunda. As imagens expressivas e belas. Uma temática envolvente. Amei tudo! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Excelente seu conto infantil amigo Jorge, a primeira parte ficou bem detalhada e empolgante, que prende o leitor, independente do final. As imagens também falam tanto quabto o texto. Já estamos aguardando a segunda parte. Este blog é magia. Parabéns pelo conjunto!

    ResponderExcluir