sexta-feira, 16 de março de 2018

Ana Paula, Anime ou Criança Mulher.





Ana Paula

Morena Paula, de negros cabelos.
Que esconde teu corpo
Queimado do sol,
Do sol do Pina.
Teus encantos me ensinam
Que a beleza é morena,
Que a beleza é criança
Em corpo de mulher
Com alma de menina. 


Menina sapeca, menina mulher.
Menina Ana crescestes tão rápido
Perdeste a fé,
Teus lábios de mel querem falar
Da dor que sentes ao ver passar
Os dias corridos
Sem nada encontrar. 


No mar procuras o que?
Lamento!
Olhas de lado, andas contra o vento,
Vislumbra distante, no horizonte.
Os sonhos perdidos no fundo do mar
De teu coração.
E as ondas da alma jogam na areia
Um pouco da dor
Que ainda restou. 


Ana menina, Paula mulher.
Por mais que tentes
Teus olhos desmentem
Uma alegria que explode
Em um corpo maldoso, dengoso.
Em um corpo molhado e suado.
Por mais que tentes
Não consegues esconder
A tristeza que teus olhos espelham
A esperança que tua alma deseja,
O amor que seu coração não encontrou. 


E contra o vento
Nas ondas do mar
Nos braços da vida
Tu segues a sonhar
Morena Paula,
Menina Ana,
Criança Mulher. 


Jorge Leite, Recife

E uma tarde qualquer, nos bares de Boa Viagem


 ANIME

 Anime é um termo que define os desenhos animados de origem japonesa e também os elementos relacionados a estes desenhos. No Japão, anime se refere à animação em geral.
O anime é tradicionalmente desenhado a mão. Porém, com o desenvolvimento dos recursos tecnológicos de animação, principalmente a partir da década de 1990, muitos animes passaram a ser produzidos em computadores.
Os temas abordados nos animes são bem variados (dramas, ficção, terror, aventura, psicologia, romance, comportamento, mitologia, etc.). Outra importante característica dos animes atuais é a ocorrência de elementos tecnológicos nos enredos das histórias.
Os animes apresentam características bastante distintas, como o uso de uma direção de arte ágil, enquadramentos ousados e a abordagem de temas variados. É bastante comum, mesmo nas produções infantis, encontrar situações de humor adultos.

Em muitas produções pode-se conferir metáforas visuais, caracterizações exageradas de sinais visíveis de sentimentos, como:

  • gota de água que aparece do lado do rosto do personagem representando constrangimento;
  • diminuição súbita do personagem representando, vergonha ou medo;
  • nervos estilizados, dentes ou chifres aparecendo repentinamente nos personagens representando raiva ou maldade;
  • olhos grandes e expressivos;
  • traço simplificado;

A voz também é um elemento muito importante num personagem. Elas são selecionadas de acordo com a personalidade dos personagens. Vozes muito poderosas, infantis, estridentes, harmoniosas ou cavernosas fazem parte do universo de qualquer anime.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Anime
 

 http://www.artfile.ru/s.php?s=4

7 comentários:

  1. Maravilhoso momento poético, uma temática mágica, a mistura de ficçáo e realidade. Achei os versos de muita leveza. Parece até o esvoaçar das borboletas. As imagens dos animes falam nas entrelinhas dos versos. Deslumbrada com tanta criatividade. Parabéns pelo conjunto! Show poeta!

    ResponderExcluir
  2. Excelente seu poema Jorge... devaneios e outras vezes realidade que fazem parte desta temática. Sou fascinado por anime, os desenhos animados que me prende na telinha, em especial TALES OF THE ABYSS. Imagens que deixam um gosto de quero mais. Nota mil ficou a página. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo ficou seu poema Jorge, muita suavidade nos versos tecidos... Ficção e realidade estão presentes no tema abordado. Achei de muito bom gosto as ilustrações, que passam mensagens expressivas. Parabéns pela página e poema! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Lindo demais o poema, gostoso de ler, ficçáo e realidade caminham juntos, as imagens ficaram expressivas e belas. Gosto de assistir esses desenhos animados. Parabéns! Página com um toque de magia

    ResponderExcluir
  5. Que bacana Jorge, o poema ficou muito bom... gosto de assistir os Animes, tem mensagens ótimas. As imagens foram escolhidas com intenção de mostrar que a ficção faz parte da realidade e vice e versa. Parabéns amigo! Forte abraço

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do poema, a realidade anda de mãos dadas com a ficção... imagens belas e expressivas. Muito colorido e animação. Parabéns poeta Jorge. Gostei do de tudo! Bom sábado a todos!

    ResponderExcluir