terça-feira, 13 de março de 2018

Asas Para a Felicidade


ASAS PARA A FELICIDADE 

Voei alto, em busca da felicidade
Imitei a águia, com meu voo certeiro
Ansiei ser solta para amar em liberdade
Ao sabor do vento, em meu voo aventureiro...
Sem amarras que impeçam minha viagem
Cruzando fronteiras, quebrando paradigmas,
Ultrapassando limites com veemência, coragem!
Na eterna procura pelas alegrias da vida,
Pássaros em revoada seguem comigo nessa estrada
Enquanto o sol anuncia o alvorecer, no horizonte
A primavera é amiga nessa minha jornada,
E a liberdade é minha eterna companheira...
Livre, vou seguindo em frente com um único propósito
Viajando para executar uma grande missão
Sem perder o norte, pois as aves indicam a direção,
O caminho certo, que adentra ao meu coração...
No âmago da minh’alma, a felicidade brota novamente
As tristezas, seguindo outro rumo, vão embora
Livre, o meu destino, se torna mais atraente
Realvorece, a minha vida, como uma nova história,
As rosas florescem nos galhos em botão
Mostrando, para o sol, todas as suas grandezas
O vento sopra, jogando suas pétalas ao chão
Adubando a terra em equilíbrio com a Natureza
Um sentimento se faz presente... O Amor brotou!
Em minha vida a luz, com calor, chegou
Hoje, sou feliz nesse voo que não acabou! 

Elisabete Leite

"Liberdade, Liberdade!
Abri as asas sobre nos
E que a voz da Igualdade
Seja sempre a nossa voz".

Dudu Nobre

13 comentários:

  1. Nesse maravilhoso poema Elisabete Leite demonstra que não há Felicidade sem Liberdade. Liberdade e Felicidade são irmãs, gêmeas, não ha Felicidade sem Liberdade e a Liberdade é o caminho para a Felicidade. Simples, mas verdadeiro. Dudu Nobre acrescenta um outro elemento: Igualdade.
    Parabéns Elisabete Leite, lindo poema.

    ResponderExcluir
  2. Ficou uma página magnífica, o colorido especial das imagens deram vida ao tema abordado. Muito emocionada querido Jorge. Meu poema voa alto em busca da Liberdade. Somente me resta agradecer pela partilha. Bravo

    ResponderExcluir
  3. Espetacular momento poético, mensagem edificante, uma sincronia perfeita entre as imagens e o poema. O poeta Jorge foi preciso na escolha das fotos que adornam a página. Parabéns a ambos! A amiga poetisa se superou. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Uma maravilha de poema para nosso deleite... uma página deslumbrante do jeito que gosto, alegria, harmonia, liberdade, tudo representado nas imagens poéticas do amigo Jorge. Um show de criatividade e maestria nos versos encantadores da amiga poetisa. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  5. Um deslumbre de poetizar... versos que guardam mensagens nas entrelinhas. Uma página com imagens perfeitas que dão um colorido especial à temática, rimas que são criadas e recriadas na magnífica inspiração da querida poetisa. Aplausos e parabéns ao amigo poeta Jorge pela escolha das imagens. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Fantástico poetizar, versos de mestres, com suas rimas que viajam no decorrer de toda temática. Dudu Nobre acrescenta outro tempero, igualdade, em busca da felicidade. Uma maravilha de página, imagens que transbordam de Felicidade... o colorido dando vida ao poema. Tudo iluminado! Parabéns pela escolha das imagens. Bete, amiga, tu és show! Bravíssimo...

    ResponderExcluir
  7. Belíssimo momento de poesia, um voo fascinante em seus versos e rimas, em busca da felicidade. Meuito bom ler-te amiga. A página ficou maravilhosa e colorida, o poets Jorge entende do assunto. Encantada com seu poema! Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  8. Applause... excellent poetry! Good blog.

    ResponderExcluir
  9. Que poema lindo, menina poeta, liberdade e leveza completam sua caminhada, o alçar voo em busca da liberdade é um tema fascinante. Muito bem ilustrado, com uma cratividade ímpar, que tem sido uma das principais particularidades deste blog. É gratificante ler-te. Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Belíssimo seu poema Bete: mensagens, felicidade, colorido, harmonia e liberdade, é o voar em busca da realizaçao total. As imagens sáo poesias para nosso deleite. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  11. Eu viajei nessas asas do começo ao fim. Viajei nesse sonho de liberdade e nunca me senti tão livre! Betinha é assim. Ela nos faz penetrar pra valer, sonhar sem dormir, fungar no congote de quem até nem existe, e amar o imaginário! Danadinha você!!!! Bjos

    ResponderExcluir
  12. Eu viajei nessas asas do começo ao fim. Viajei nesse sonho de liberdade e nunca me senti tão livre! Betinha é assim. Ela nos faz penetrar pra valer, sonhar sem dormir, fungar no congote de quem até nem existe, e amar o imaginário! Danadinha você!!!! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada poetisa amiga Socorro Almeida pelas palavras de carinho e apreço. Agradecida e lisonjeada. Obrigada a todos

      Excluir