terça-feira, 20 de março de 2018

Quisera eu...



Êta mineiro bom danado,

Quisera eu...

Poder poetizar

Tão belo quanto Capiau,

Coloco o rabo entre as pernas.

Volto pro meu quintal,

Mesmo daqui a mil anos,

Estudando sem parar,

Longe dos meus devaneios,

Jamais serei o Mineiro

Violeiro Capiau.

Tenho que me recolher

À minha simplicidade,

E publicar seus trabalhos,

Pois essa é a realidade.
Vagabundo - Cesar P Calle - 2010 - Peru


Quisera eu ...

Quisera eu...
em minha parca capacidade
sem medo, sem imparcialidade
descobrir, neste momento
a raiz do sofrimento...
Por que ele nos assola
não obstante a Escola
que ensina o discernimento
e exemplifica a contento...

Quisera eu...
matar essa planta maldita
nas palavras sobreditas
deste meu fraco poema
que a ela toma por tema
Minh'alma estremece, aflita
em expressões inauditas
tenta sanar o problema
tomando o Amor como lema

Quisera eu...
com todo Ser deste mundo
do rei até ao vagabundo
viver em plena amizade
na justa reciprocidade
que anela à Natureza
todo encanto e beleza
do campo até à cidade
a completa luminosidade

Quisera eu...
mas que me é impossível
sanar esse mal terrível
fixado e arraigado
por todo canto colado
em solidez incrível
igualado a todo nível
se eu, pobre coitado
não tiver VOCÊ do meu lado...

VIOLEIRO MINEIRO CAPIAU
EM 11/02/2016... posso contar?
Série Luz & Sombra

https://pixabay.com/pt/panorama-p%C3%B4r-do-sol-natureza-c%C3%A9u-3226076/

7 comentários:

  1. Sensacional obra de arte, um versejar digno de aplausos, um lídimo deleite poético. Quisera eu poetizar assim...mensagens contidas nas entrelinhas dos versos de tamanha maestria. Aplausos mil nobre poeta Violeiro Mineiro Capiau. Deslumbrantes imagens, com direito a belos versos em homenagem, que adornam toda página. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  2. A página está espetacular, em conjunto com esse poema belíssimo do poeta Capiau. Tudo verde como a Natureza e, os crepúsculos no horizonte, que definem o Outono. Quisera eu... passar em meus versos inspirados mensagens assim. Parabéns a ambos! Show de blog...

    ResponderExcluir
  3. Maravilha de poema, versos de elite, que traz mensagem edificante... teceu muito bem Violeiro. Tu és um verdadeiro mestre. Imagens deslumbrantes! Jorge, meu amigo, a página está show. Parabéns a ambos!

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo, uma grande mensagem em forma de versos fascinantes de Capiau. Parabéns amigo poeta! Ao amigo Jorge, fico cada dia mais deslumbrada com as fotos ilustrativas que transformam o cenário, dando vida a página. Aplausos a ambos!

    ResponderExcluir
  5. Muito grato ao poeta! mas, meu poeminha sumiu diante da beleza da introdução... Quisera eu ter a capacidade a mim atribuída pelo poeta Jorge e pelos gentis comentaristas... Como dizem as humildes linhas, para que eu possa amalgamar as, poucas, palavras que conheço, em um poeminha simples, é preciso a atmosfera psiquica que vocês se unem para legar... Obrigado a todos!

    ResponderExcluir
  6. Tudo lindo, versos de introduçáo, poema de Capiau, páģina com deslumbrantes imagens e o blog para nosso deleite. Parabéns a todos. Abraços

    ResponderExcluir
  7. Poeta Jorge eu achei lindo teus versos introdutivos em homenagem merecida ao mestre Violeiro. Muito bom o poema dele, as mensagem servem como reflexáo. Parabéns a ambos! Tudo show...

    ResponderExcluir