sexta-feira, 18 de maio de 2018

HOMEM...



Rita de Cássia Soares
Fotografia com a Técnica de Dupla Exposição.


A nossa nova colaboradora foi trazida pelas mãos de Socorro Almeida. A Professora Rita de Cássia Soares é natural de Pirpirituba, Paraíba, professora do Ensino Médio em João Pessoa, e acadêmica da Academia de Letras de Pirpirituba. Ela vem somar para que possamos continuar desenvolvendo esse nosso Blog para que sirva de Farol para tantos outros bons poetas e poetisas que precisam de um local onde possa mostrar seus trabalhos. Seja bem-vinda, Rita de Cássia, Parabéns.
 
Fotografia com a Técnica de Dupla Exposição.
 HOMEM



Cansado desta vida escassa
Fúnebres momentos ressentidos
Enorme vulcão explode o peito
Nesses mínimos momentos vividos

O homem é a fera ferida
Constrangido em meio sentido
Busca no seio um abrigo
Fingindo ser um desvalido

Apenas se envolve na paixão
Que aos poucos não passa de ilusão
Necessita de um genital e um cifrão

A pantera mulher que a ele entrega
Seu corpo, seu amor, sua paixão
Viverá as quimeras desse mundo
Tão cheio de ilusão!

Rita de Cássia Soares
Pirpirituba/PB -  14/05/2017

Fotografia com a Técnica de Dupla Exposição.




 NOTAS DE RODAPÉ

Com exceção da imagem da Igreja e da textura acima, as demais fotografias foram tiradas com a Técnica de Dupla Exposição
Dupla exposição trata-se de duas fotos que se juntam, e dão uma forma única para a fotografia.
A Dupla exposição era um recurso “comum” nas câmeras analógicas, fotografia de filme, onde você iria expor o mesmo quadro de filme duas vezes (ou mais). Porém, com a era digital, acabou-se por extinguir. Contanto, o Photoshop ainda dá a oportunidade de fazer tal faceta de uma maneira simples.


Mas, recentemente, os fabricantes disponibilizaram esse recurso em algumas máquinas fotográficas profissionais, para a alegria e diversão também de nós fotógrafos amadores.

Igreja Nossa Senhora do Rosário - Pirpirituba/PB.

http://fotografemelhor.com.br/olhar-global/licoes-de-vida-em-dupla-exposicao/

15 comentários:

  1. Lindo e expressivo poema. Uma excelente partilha da amiga poetisa Rita de Cássia, que veio da Paraíba para somar conosco. As imagens foram precisas e a nota de rodapé nos ajuda a conhecer mais uma técnica de fotografia. Sinta-se em casa poetisa e parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Amiga e poetisa Rita de Cássia descreveu com simplicidade a figura do homem de caráter dúbio, entre o bom moço e o vilão. Parabéns pelo belo soneto. Um grande abraço

    ResponderExcluir
  3. As ilustrações lindas como sempre, mostrando a igreja de Nossa Senhora do Rosário.

    ResponderExcluir
  4. Poema belo e intenso, mostrando a vilania masculina.
    Parabéns à poetisa Rita de Cássia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado José Milton, em nome de toda a equipe de nosso blog pela visita e apoio à Rita de Cássia. Um grande abraço a todos de Pirpirituba.

      Excluir
  5. Um belo poema que retrata o homem em diferentes olhares. Parabéns poetisa pela expressiva temática. Seja muito bem-vinda! As lindas imagens, como sempre, complementam o tema abordado. Gostei de tudo! Abraços

    ResponderExcluir
  6. Poema belo e intenso, mostrando a vilania masculina.
    Parabéns Rita de Cássia.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns, ó poetisa Rita de Cássia. Bom saber que suas poesias estão correndo pelo pais. Eu estou na torcida por você. Sucesso, um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jairo H. Meira pela honrosa visita em nome de todos os colaboradores, entre eles Rita de Cássia.Um abraço.

      Excluir
  8. Rita de Cássia eu conheço bem. A pequena notável de Pirpirituba. Parabéns pelo belo poema, retratando muito bem a vulnerabilidade do homem. Parabéns ao grupo por mais está aquisição. Nelson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado José Nelson pelo entusiasmo e pela torcida por Rita de Cássia. Toda a equipe de colaboradores confraterniza com você e toda a cidade de Pirpirituba. Parabéns. Volte Sempre

      Excluir
  9. Quero parabenizar a Poetisa Rita de Cássia por prestigiar nosso Blog Maçayó vindo somar esforços para continuarmos no caminho que começamos há menos de seis meses e só estamos colhendo alegrias. Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela bonita poesia.

    ResponderExcluir
  11. Peço desculpas a todos pela ausência. Venho agora para agradecer a acolhida e o carinho que demonstraram ao meu poema. As ilustrações escolhidas me deixaram emocionada,principalmente ao ver a igrejinha de Pirpirituba. Adorei os comentários de todos. Muito obrigada. Um abraço a todos e um muito especial a Elizabete Leite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida pelo comentário. Sempre será bem acolhida. Um excelente poema. Forte Abraços...

      Excluir