sexta-feira, 11 de maio de 2018

MÃE ... MATER


José Waldeck


MÃE

É proteção no escuro
Inesquecível cantiga
Conselheira e amiga
Sempre um porto seguro.

Dos contos, nos dias frios,
Da aprazível culinária
Na aprendizagem diária
Fomentadora de brios.

Zelo nos dias febris
Um confortável abrigo
Sempre um ombro amigo
O que o verbo não diz

É canção que adormece
Ilimitado amor
Lembrança aonde for
Paixão que não se esquece

Joelhos em oração
O mais sincero abraço
Saudade a cada passo
É eterna gratidão.

(José Waldeck, 10/05/2017)

MATER


Te vejo
em velhas fotografias:
no rosto, um riso contido
que o tempo não apagou.

Te vejo,
às vezes, de madrugada,
em sonhos que ressuscitam
um ciclo bom que findou.

Te vejo,
sim, em plena luz do dia,
em lembranças recorrentes,
nas ruas por onde vou.

Te vejo
na casa em que ainda vives
em meio ao mesmo cenário
que quase nada mudou.

Te vejo,
também, em teus descendentes:
trejeitos, caras e bocas
– coisas que o sangue legou.

Te vejo
ao longo da trajetória,
sinalizando o percurso
na estrada em que estou.

Te vejo
nos princípios apreendidos,
nos conselhos que perduram,
no ser que hoje eu sou.

Te vejo
em mim, paulatinamente,
quando me olho no espelho
– genética que imperou.

Te vejo,
oxalá, num reencontro,
juntos na Eternidade
pra onde irás, pr’onde eu vou.

(José Waldeck, 26/04/2018)







 


11 comentários:

  1. Sensacional página, versos emocionantes tecidos com muita maestria, sentimento e Amor. Uma belíssima homenagem do poeta José Waldeck, para sua querida Mãe. As ilustrações escolhidas pelo poeta Jorge Leite embelezam ainda mais este momento de arte poética. Uma foto linda da Mãe admirável do poeta, ela de semblante cálido e rosto meigo. Encantada por esta excelente partilha. Parabéns a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigado, prezados amigos e poetas Elisabete Leite e Jorge Leite, pelo zelo, pelo carinho, pela amizade! Que belo trabalho de edição! Abraços!

      Excluir
  2. Uma linda e emocionante página, muita sensibilidade em versos marcantes do amigo poeta José Waldeck. Uma homenagem singela extraída do âmago da alma... o poeta foi preciso nos versos saudosos de elite. As imagens escolhidas pelo amigo poeta Jorge Leite são presentes que adornam os versos do poeta. Parabéns a ambos! Tudo show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu amigo Maciel! Grato pela sensibilidade e pela amizade! Parabéns a todas as mães que frequentam este blog! E salve Jorge (Leite)!

      Excluir
  3. Que linda e expressiva homenagem em versos recheados de sentimento e muita emoção. Dois poemas que expressam muito Amor pela Mãe. Uma foto linda e pura, face sublime. Um anjo de bondade. Parabéns amigo poeta José Waldeck pela excelente partilha. As ilustrações do poeta Jorge tornam a página do blog um jardim florido. Amei tudo! um forte abraços.,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, prezada Karen. O Jorge Leite edita com competência e com o coração. Obrigado pelo seu olhar cuidadoso e gentil, amiga! Um abraço! Feliz Dia das Mães!

      Excluir
  4. Dois maravilhosos poemas do amigo poeta José Waldeck... Versos saudosos em homenagem a sua Mãe, retratados nesta página do blog. A foto da homenageada que parece sorrir de gratidão pelo presente do filho. As ilustrações são deslumbrantes, flores que adornam e embelezam ainda mais os poemas. Parabéns a ambos! Forte abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, caro amigo Paulo! Minha gratidão a você, pelas suas bem-vindas observações! Meu muito obrigado, também, aos queridos e abnegados irmãos Elisabete e Jorge Leite!

      Excluir
  5. Quero parabenizar aos portad e poetisas, pelas homenagens em forma de versos. Amei todas as páginas que embelezam ainda mais o blog, pela passagem do dia das Máes. Parabéns poeta José Waldeck pelos dois lindos poemas. E ao poeta Jorge aplausos. Abraços e excelente sábado a todos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo o comentário feito pelo celular: poetas e poetisas. Bravo!

      Excluir
    2. Obrigado, Betania! Feliz Dia das Mães!

      Excluir