domingo, 13 de maio de 2018

Mamãe, Contigo Aprendi a Amar...



Elisabete Leite
                            
     MAMÃE, EU TE AMO!

          Ah, parece que foi ontem, Mamãe! Que eu nasci para contemplar o mundo, que brotei do interior das suas entranhas, do seu aquecido aconchego, abri os meus olhos, para vida... Simplesmente, eu nasci! O cordão umbilical foi cortado e, o elo da sua proteção foi partido, mas o seu Amor permaneceu intacto... Mamãe, a senhora me alimentou, cuidou das minhas feridas, escutou o meu choro, enxugou as minhas lágrimas e sentiu as minhas dores; até sorrimos juntas... Simplesmente, eu cresci! E aprendi que o seu Amor, por mim, era maior que o Céu, muito maior que o infinito do mar. Um Amor bem diferente, de Mãe para filha; não encontro adjetivos para lhe qualificar... Simplesmente, eu vivi! Sabe Mamãe, que a força do seu Amor me ensinou a amar. Minha Mamãe Lourinete, contigo muito aprendi: Quebrei paradigmas, conquistei batalhas, ultrapassei limites, cruzei fronteiras, voei alto, seguindo sua direção, fui Mãe como à senhora... Simplesmente, eu fui feliz!
          Os segundos, os minutos, as horas, se foram e, o tempo passou..., mas, meu Amor continuou aumentando como uma Progressão Geométrica. O destino foi cruel comigo, levou a minha Estrela Guia, para brilhar lá no Céu, tirou meu chão, roubou a minha Luz, deixando um vazio profundo... Simplesmente, eu envelheci!
          Agora, sinto sua falta, tenho saudades das suas broncas, do seu carinho, da sua proteção. Mas, seu Amor continua vivo em meu coração. Eternizei os seus notáveis ensinamentos; seu rosto, ainda, vive moldado na minha visão...
          Hoje, quero te agradecer pela minha vida, pelo início de tudo, pelo meu saudoso Pai, pelos meus irmãos e irmãs, pelas minhas duas filhas, pela minha profissão, pelos meus amigos e por todos os momentos que passamos juntas, com o consentimento de Deus. Ofereço-lhe esta pequena homenagem como presente; são singelas palavras extraídas do âmago da minha alma.
FELIZ DIA DAS MÃES! EU TE AMO, MAMÃE!
Elisabete Leite – 28/04/2018
(Para LOURINETE GOMES DA SILVA LEITE – In Memoriam)
 

CONTIGO MUITO APRENDI


Contigo aprendi a amar as flores
A perceber o doce aroma da vida,
Identificar, no mundo, tons de cores,
Reconquistar a felicidade perdida...

Contigo aprendi a tomar conta de mim
Sentir-me protegida, ao segurar tua mão,
Afastar meus medos e dizer amo-te, sim!
Amor que tenho presente no coração...

Contigo aprendi a respeitar as tuas ações,
Reconhecer que faço parte do teu jardim
Nossos momentos foram de sãs emoções...

Ainda sinto, no ar, teu cheiro de jasmim
MÃE, foste brilhar no céu, fiquei na aflição
Não te esquecerei, meu Amor é sem fim...

Elisabete Leite – 20/04/2018
(Homenagem a um anjo de candura, minha Mãe)
 
  
Vovó Versulina










12 comentários:

  1. Querida Beta, obrigado pelas palavras, pelo carinho, por suas postagens. Se cada coração tem uma cor o seu é um arco-íris. possui todas as cores do Universo, ao homenagear nossa Mãe você estar homenageando todas as Mães. ao educar suas filhas está aplicando o que você aprendeu com nossa Mãe, e esse aprendizado você transfere para tudo o que faz em sua trajetória que se chama Vida. Nossa Mãe nos escolheu para sermos irmãos e nos deixou o aprendizado que todos somos irmãos e amigos. A melhor maneira de homenagear nossa Mãe é transferir, ou melhor, compartilhar todo esse nosso amor por Ela, com todas as Mães que convivemos ou não.
    Feliz Dia Das Mães. Um bom domingo para todas as Mães e Filhos desse Universo.

    ResponderExcluir
  2. Sensibilizada, emocionada, agradecida e muito feliz. Uma felicidade misturada com saudade, tudo que aprendi foi com a minha família, e em especial com a minha Mãe, apredi a amar e através deste Amor transmito também Amor. Como Eu Te Amo Mamãe! Como sinto falta da sua amizade e da sua acolhida... Querido Jorge, quero agradecer-lhe pelo carinho e pelas palavras de Amor que você me deu de presente, no seu comentário. Uma adorável página, fotos em família que comprovam tudo que escrevi em minha homenagem à Mamãe. Gratidão sempre meu irmão querido! Quero aproveitar para desejar a todas as Mães do mundo: UM FELIZ DIA DAS MÃES! Excelente domingo a todos.

    ResponderExcluir
  3. Passando por aqui, para prestigiar a família leite e desejar a todos um Feliz Dia! Uma maravilha de página, um texto lindo e rico em sentimentos, minha amiga, Elisabete Leite, conseguiu me emocionar com suas palavras e seu excelente soneto, tecido com Amor. Parabéns pela belíssima homenagem. As fotos em família comprovam todo sentimento. Abraços a todos... Ótimo domingo em família!

    ResponderExcluir
  4. Que página emocionante e rica em sentimentos. Um texto belíssimo onde o Amor esta em foco. Laços de família presentes em cada palavra transcrita aqui no blog, onde a amiga poetisa escreveu primeiro no coraçao. O soneto é notável Elisabete Leite, que maravilhosa homenagem. O poeta Jorge Leite fecha com chave de ouro, escolhendo de maneira precisa as fotos da homenageada. Parabéns a ambos e Feliz dia as mulheres que geram vidas! Abraços

    ResponderExcluir
  5. Lindas palavras de reconhecimento do que é o verdadeiro amor. Aquele amor capaz de se doar com a amargura da renúncia. O amor na mais profunada essência. Elisabete Leite soube como ninguém descrever esse amor. Parabéns, minha querida. Você é uma mulher abençoada por ser filha e mãe. Beijos da amiga Help

    ResponderExcluir
  6. Uma belíssima e emocionante página. O texto é maravilhoso, as palavras da amiga poetisa Elisabete Leite emocionam qualqudr leitor, vem recheadas de Amor e muito sentimento, uma homenagem merecida para saudosa Dona Lourinete. O poema é lindo, como também as fotos em família. Parabéns por nos transmitir tanto sentimento. Bravo. Show!

    ResponderExcluir
  7. Palavras, texto, versos, parágrafos, estrofes, fotos e muito mais marcam a página com muito sentimento. Um Amor extraído de dentro da alma, fazendo fluir um sentimento puro contido no lado esquerdo do peito. Que homenagem maravilhosa da amiga poetisa Elisabete Leite para sua querida máezinha Dona Lourinete. Parabéns a ambos! Tudo lindo! Uma boa noite.

    ResponderExcluir
  8. Eita amiga, somente agora a internet melhorou. Lembrei-me muito dos amigos; hoje, foi um dia especial. Tempo agradável aqui no Chile. Belíssima página, emocionante texto e belo soneto, um deslumbre de homenagem, Dona Lourinete deve estar sorrindo, pelas lindas homenagens dos filhos Elisabete Leite e Jorge Leite. As fotos em família fecham com realeza a semana das homenagens. Parabéns a ambos! Beijos de saudades. Que família ilustre e abençoada!

    ResponderExcluir
  9. Que emocionante e sentida página do blog. Chorei sozinha, envolvida pela magia das palavras de reconhecimento de um sentimento verdadeiro, chamado Amor. Estou encantada pelo lindo texto e pelo soneto da amiga poetisa Elisabete Leite. Foram vários dias de homenagens que ilustraram as páginas do blog. Fico feliz em saber que ainda existem pessoas com um nobreza de sentimento grande, aqui presentes, neste canto de poesias. Parabéns a todos. Um show de fotos da homenageada.

    ResponderExcluir
  10. Quero agracecer a todos, os amigos e amigas pelo carinho, ilustres presenças e gentis comentários e, em especial aos leitores que nos incentivam a continuar escrevendo e compartilhando nossos escritos. Eu e Jorge estamos sensibilizados e agradecidos com os mimos de comentários. Uma excelente semana com poesia. Sintam-se abraçados!

    ResponderExcluir
  11. quanta saudade, cada uma mais intensa do que a outra. Que bom que você mantém esse amor intacto.

    ResponderExcluir