sábado, 9 de junho de 2018

Argumentos em Um Único Dia para Meu Amigo Tião...


JORGE  LEITE



Hoje é sábado. Dia de arrumar meu armário, minhas gavetas, retirar um pouco da poeira acumulada, jogar as tranqueiras fora. Deixar um pouco de espaço livre para as coisas que ainda virão.
E lá vou eu para os meus alfarrábios empoeirados, com suas páginas amareladas, algumas mofadas e tantas outras rasgadas. A vida não é fácil. Dentre tantas anotações encontro algumas tentativas de poetizar meu cotidiano. Sempre tentei, conseguir lá são outras histórias.
Vamos lá, vou publicar algumas poesias livres que estavam meio perdidas. São pequenas, quase inacabadas. Cada uma um momento, cada uma um sentimento, muitas lágrimas, muita saudade. O que me movimenta é a saudade, são as lembranças, é a busca eterna pelo equilíbrio do ontem e do hoje, talvez o amanhã seja esse equilíbrio.


Argumentos

Quantos usarás para que eu fique,
Pois estou prestes a partir.
Quais usarás para que eu não parta,
Pois a vontade é de ir.

Ir sem fugir, sem partir
Ir encontrar sem procurar,
Ir prá ficar, sem retornar

Argumentos,
Quantos e quais usarás,
Quantos serão precisos,
Quantos serão ditos.
De quantas maneiras, talvez

Preciso ir,
independente de meus argumentos
Dependente dos teus
Ir sem sair,
Pois estou em ti.



Um Único Dia

Melhor viver um único dia
Entre os teus braços,
Que todas as ilusões da vida
Que só causam cansaço.

Melhor viver um único dia
Na imensidão do teu ser
Que cem anos
Na ilusão de viver

Melhor viver um único dia
Teus sonhos e os meus
Que viver cem anos
Esperando o apogeu

Melhor viver um único dia
Na ternura de teu ser
Do que cem anos
Vivendo sem saber viver.

Meu Amigo Tião
Amigo.
Estás presente em mim.
Teu corpo físico
Já há tempo distante,
Tua alma persiste aqui.

Não és alma penada,
És presença consciente.
És o original naturalmente,
É ausência no existir.

Tu já partiste.
Tua presença persiste,
Sinto-a em mim.

Amigo.
Sempre estivemos juntos,
E sempre estaremos.
Não és meu guia,
Nem sou o teu.
Somos harmonia
De almas gêmeas,
Em cada instante
E sempre. 


NOTAS DE RODAPÉ

 Imagem para Geovanna










7 comentários:

  1. Belíssimos poemas que transcedem momentos e lembranças inesquecíveis do grande poeta Jorge Leite, um texto emocionante de abertura, palavras fortes e verdadeiras, com imagens tocantes. Uma página digna de aplausos; o mino de presente na Nota de Rodapé deixa qualquer um lisonjeado. Eu tenho muito para te agradecer poeta amigo. Um mestre na arte de poetizar. Parabéns! Obrigada! Excelente final de semana a todos...

    ResponderExcluir
  2. Magníficos poemas e grandes lembranças que marcaram sua vida e viraram histórias. Imagens deslumbrantes da Natureza bem pertinentes a temática abordada. Um texto lindo e emocionante, de abertura, que ultrapassa qualquer elogio. Uma página fantástica! Um homenagem linda ao meu amigo Tiao, quanta saudade, o tempo, uma juventude eternizados no diário da vida. Parabéns querido poeta e aplausos pela arte final! Tudo show!

    ResponderExcluir
  3. Lindíssimos e emocionantes poemas, versos tecidos com maestria e extraídos de dentro da alma, achados em páginas amareladas de grande teor sentimental. O poeta Jorge se superou na escolha das inagens ilustrativas, pura natureza. Um texto de abertura que muito emociona, com palavras fortes e precisas. Parabéns! Um deslumbre de página! Abraços a todos...

    ResponderExcluir
  4. Três poemas maravilhosos do amigo poeta Jorge Leite, grandes lembranças que emocionam, sentimentos guardados que constituem uma história de vida. Um belo texto de abertura para nosso deleite, que nos fascinam, a natureza em foco. Parabéns pela exuberante página. Saudades de todos vocês... sinto-me orgulhosa em interagir neste blog. Forte abraço a todos!

    ResponderExcluir
  5. Um texto de abertura que é bem emocionante; já os poemas sao belíssimos e expressivos, lembranças tecidas com muito sentimento e maestria. As imagens ilustrativas da Natureza deram um toque todo especial. Parabéns ao amigo poeta Jorge Leite pela maravilha de página. Tudo perfeito. Excelente noite a todos!

    ResponderExcluir
  6. "Ir pra ficar sem retornar".
    "Ir sem partir pois estou em ti"
    Esses versos já dizem tudo. Sem mais argumentos. Parabéns tbm pela homenagem que fez ao seu amigo. Belas ilustrações. Adoro fotos do por do sol.

    ResponderExcluir
  7. Oh, que maravilha de momento poético! Três lindos poemas, com saudosas lembranças guardadas na memória. Muito sentimento e emoção em homenagem a um grande amigo. Excelentes imagens da natureza adornam seus versos de elite. Parabéns pelo excelente texto de abertura. Sucesso sempre amigo poeta Jorge Leite! Uma boa noite! Abraços a todos!

    ResponderExcluir