sábado, 23 de junho de 2018

Viva São João

ELISABETE LEITE



FESTA DE SÃO JOÃO
Faltando pouco para o início da festa de São João meu pai resolveu comprar mais milho, pois mamãe tinha utilizado toda quantidade que havia em casa no preparo das iguarias...
O arraial já está todo enfeitado, bandeirolas coloridas ornamentam o cenário, balões bailam suspensos no ar, folhas de bananeira e coqueiro adornam os postes de iluminação e, muitas barraquinhas espalhadas de um canto a outro na praça central: Tem barraca de comidas típicas, de quentão e batida de limão, de diferentes sabores de sorvetes, de maçãs do amor (que aqui no Brasil, são comuns no período das festas juninas), até mesmo a barraca do beijo, que muito me interessa. Eu, como sempre na janela de casa apreciando à paisagem, os últimos detalhes para o evento, sonhando acordada e falando comigo mesma: “Que indecisão, meu Deus, ainda não escolhi com quem vou dançar quadrilha, até agora não tenho par.” Logo, desperto dos meus devaneios, com o vozeirão de papai me chamando:
- Julinha! Júlia, por favor! Venha rápido aqui!
- Para que tanto grito, papai, estou bem aqui! Respondo e sai correndo para junto dele.
- Filha, preciso encontrar minha carteira, estou saindo, agora, para comprar mais milho, sua mãe utilizou tudo que tinha na pamonha, canjica, milho cozido, bolo de milho e se esqueceu do milho assado; já estou atrasado, pois ainda tenho que colocar mais lenha na fogueira, antes da acendê-la ; não podemos fazer feio a nossa comunidade merece uma grande e inesquecível festa de São João.
Olho fixamente para papai e penso que ele deve estar mesmo nervoso. Aproximo-me dele, beijo-lhe o rosto e falo compassadamente:
- Querido papai, a carteira está no bolso da sua camisa.
Papai sai da sala e me deixa naquela indecisão: Afrânio ou Patrick? Vou à cozinha tomar um café, pois o aroma do bolo de fubá está inebriando meus sentidos.
- Bom dia, mamãe! Posso partir um pedaço de bolo de fubá?
Mas mamãe nem presta atenção no que pergunto. Ela está conversando sozinha: “Almas cozinheiras venham me ajudar, para a canjica não embolar.” Pego um pedaço de bolo e saio, sorrindo, da cozinha.
Resolvo falar com Patrick, pois aos dezesseis anos de idade, não acho normal, tanta indecisão. Eu sempre gostei de Patrick e essa birra não me levará a lugar algum, vou dizer-lhe que aceito o convite dele. Vejo Patrick colocando as mesas e cadeiras nas barracas e devagar me aproximo.
- Olá Patrick! Eu resolvi aceitar seu convite, vou dançar quadrilha com você.
- Olá Julinha! Fico muito feliz pela sua decisão, você sabe que sempre te amei. Você tem dúvida do sentimento que tenho por você?
Vamos deixar esse assunto para outro momento, nos encontraremos à noitinha na barraca do beijo. Assim, volto para casa pensando com meus botões “não sou expert em namoro, mas sei de uma coisa: Sou realmente apaixonada por Patrick.” ...
É chegada a hora da grande festa... Estou radiante de felicidade, em frente à barraca do beijo, esperando pelo Patrick. Fico lá observando as matutas e matutos cheios de estilo, circulando vestidos a caráter, muito xadrez, saias rodadas e coloridas. Logo, o forrozeiro puxa o fole da sanfona e começa o arrasta-pé no salão improvisado. Vejo muita animação por todo lado e, olho para céu e um balão vai subindo, a fogueira já está queimando, soltando brasa para todo lado, é a festa animada de São João... Senhor Padilha, o puxador da quadrilha, começa improvisando a marcação: “Atenção, atenção pessoal! A quadrilha já vai começar, escolham seus pares e venham dançar, a noite toda, até o dia raiar.” Logo, Patrick se aproxima da barraca, me rouba um beijo e me tira para dançar. Os casais se posicionam um à frente do outro e começa a quadrilha no arraial. Sr. Padilha continua marcando os passos: “Cavalheiros segurem suas damas, vão dançando com cuidado para não caírem no salão, pois as comidas já estão sendo servidas, temos milho verde, canjica, pamonha, quentão, batida de limão... quero muita animação nessa hora, tudo na Paz, sem nenhuma confusão. Olha chuva no Arraiá! Anarriê! Alavantú! Olha o balancê! Olha a cobra! É mentira!...
A quadrilha termina e, o forró pé de serra continua no salão, fico dançando com Patrick, aproveitando àquele momento incrível; a mão dele esquentando a minha, é muita diversão. Fomos respirar um pouco, o luar está deslumbrante, nem sinal de chuva, ao contrário as estrelas cintilam no espaço, iluminam o nosso beijo de amor. Permanecemos juntinhos, um casal enamorado... Ele olha fixamente para mim e diz:
- Julinha, eu te amo!
- Patrick, eu também te amo! Mas hoje é dia de festa! Vamos continuar dançando no salão.
E assim ficamos dançando a noite inteira e degustando as comidas típicas, porque festa junina é tradição.
Viva São João!
Viva!!!
Elisabete Leite – 24/06/2018



QUADRILHA DOS CASAIS ENAMORADOS

O arraial está todo enfeitado para a festa,
Quadrilha junina dos casais enamorados
Os músicos improvisam até com seresta
Para que os casais dancem bem-educados
E o marcador puxa o fole, com modesta...

Atenção pessoal! Vai começar a quadrilha
E vamos todos dançar animados no salão
Casais procurem seus pares... Diz Padilha!
Convém dançarem com bastante diversão
Na hora da comida tem que haver partilha...

É a grande festa dos casais aqui presentes
É necessário ter beijos, abraços e emoção
Todos bem juntinhos dançando contentes
Com muito cuidado para não ter confusão
No compasso, que os casais estão quentes...

Cavalheiros parados ao lado das suas damas
A quadrilha vai começar exatamente agora
Uma fogueira aquece a festa... Altas chamas,
Canjica e milho verde são servidos lá fora
A chuva forte encharca todo piso... só lamas!

É a quadrilha dos eternos casais apaixonados
O público assiste tudo com amor no coração
Os casais cantam e dançam bem animados
É uma maravilha de festa, é pura diversão!
É uma homenagem aos casais enamorados.

Elisabete Leite – 18/06/2018

NOTAS DE ARRASTA PÉ

Viva São João

Hoje é Festa de São João
Não vai haver “rodapé” não
Vai haver bastante quadrilha
E muita arrasta pé no salão
                   Viva São João
                   Viva São João

Dançam os novos e os veios
Dançam com muita paixão
E quem dançar melhor
Ganha pinga em “litrão”

Tenha calma meu irmão
Se preferes canjica ou pinhão
Só de milho verde
Comprei oito mãos

Tem pamonha, tem canjica
Pipoca doce e algodão,
Tem muita muié na festa,
Comida não falta não.

Tem muito homem bonito
Prá quem quiser namorar
Não ligar para as fofocas
De dona Diva e seu Vavá

Crianças perdidas se encontra
Colocando fitinhas na mão.
Vamos dançar quadrilhas
Em homenagem a São João
                   Viva São João
                   Viva São João
Jorge Leite, 23/06/2018


Todas as ilustrações foram do Google e do Bing.


MELHOR VISUALIZADO EM TELA GRANDE




15 comentários:

  1. Que maravilhoso de Arraiá! Muita festa neste blog, iguarias, bebidas, quadrilha e forró... o conto chegou animado e os poemas embelezam este momento de arte poética. Um verdadeiro deslumbre de página, as imagens deram um colorido especial ao cenário. Tudo perfeito! Viajei ao passado, muitas brincadeiras e comidas típicas. Parabéns para todos! Aplausos e vamos aproveitar a festa. Viva o Arraiá de Sao Joao! Vivaaa!!! Viva ao blog! Vivaaa!!! Beijos em todos...

    ResponderExcluir
  2. Espetacular página! Muita festa neste blog... um conto belíssimo da amiga Elisabete Leite, dois lindos e expressivos poemas dos poetas Jorge Leite e poetisa Elisabete Leite. As imagens ficaram bem original e deram um colorido ao Arraiá. Sem nota de rodapé, pois tudo é poesia, é festa. Show! viva o arraiá do blog... vivaaa! Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  3. Viva São João. Afinal o Blog além de brasileiro é nordestino. Brasil, Nordeste, São João, Copa do Mundo, eleições, um típico inverno brasileiro. Parabéns a Betinha(Poetisa e contista Elisabete Leite) por ser a alma do Blog, parabéns a todos os colaboradores, comentaristas e leitores. Vocês dão sustentação ao Blog.
    Tomando minha cerveja, após uma sexta feira de trabalho, ouvindo Chico Science, dessa mistura saiu "Viva São João", o artigo era outro, mais sério. precisamos ver a vida com menos seriedade, precisamos ficar mais livres e abertos, temos decisões importantes para serem tomadas em alguns meses. A seriedade não nos faz pensar, a leveza sim. A cerveja sim. Estou saboreando umas Goose Honkers Ale, cerveja vermelha, e vermelho é o sangue que corre em nossas veias, apesar do azul, verde e amarelo de nossos corações. Bom São João para todos. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eita que Arraiá bom demais! Muita festa, tradição, comidas típicas, quadrilha, é aqui que quero ficar, neste blog maravilhoso. Um lindíssimo conto é Poema da amiga poetisa Elisabete Leite e outro poema nordestino e belíssimo do amigo Jorge Leite. Hoje é tudo junto e misturado, sem nota só poesia e forró. Linda página e imagens coloridas e deslumbrantes. Parabéns aos poetas! Aplausos ao blog pela excelente festa de São João! Viva o Arraiá! Viva! Abraços

    ResponderExcluir
  5. Que linda página, um conto maravilhoso e recheado de tradição junina. Com comidas e bebidas, iguarias servidas antes e depois do forró. Dois belíssimos poemas dos amigos poetas Jorge Leite e Elisabete Leite, uma família de gente inteligente. Amei tudo neste Arraiá de São João. Belas e expressivas imagens. Parabéns a todos e abraços. Feliz São João! Viva o blog! Viva!

    ResponderExcluir
  6. Uau que beleza de página! Um maravilhoso conto da amiga poetisa Elisabete Leite, um Arraiá pronto para dançar forró e soborear as comidas típicas juninas e brincar quadrilha. Dois lindíssimos poemas dos poetas Jorge e Bete, os mestres da família Leite. Imagens coloridas enfeitam todo cenário do blog. Um show de festa neste arraiá do blog. Parabéns a todos! Viva a festa! Viva! Abraços

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o Arraiá do blog! Melhor ainda é se deleitar com o belíssimo conto da amiga Elisabete Leite e dos lindíssimos poemas dos poetas Leite. O blog está em festa, quadrilha matuta é iguarias juninas. Amei tudo e as imagens embelezam a temática. Parabéns! Abraços amigos. E viva o blog! Viva...

    ResponderExcluir
  8. Venho participar e prestigiar este momento. Que é a festa bonita de São João! O blog está todo animado muito poeta e poetisa dançando com animação, o belíssimo conto é os dois lindos poemas estão ilustrado todo cenário neste clima de tradição... Viva este blog! Parabéns amigos poetas Elisabete Leite e Jorge Leite pelo show de página. Tudo perfeito em clima junino! Viva São João! Vivaaa! Saudades de todos vocês... Forte abraço!

    ResponderExcluir
  9. Quero agradecer a todos pelas ilustres presenças e gentis comentários. Mas nada de formalidades porque a festa continua, o Arraiá ainda está enfeitado e ainda sobraram muitas iguarias. Vamos continuar brincando e dançando aqui neste salão do blog. Mais tarde tem quadrilha. Eita, hoje é dia de Sao João! Puxa o fole Jorge... poetas vamos dançar com animação! Viva São João! Vivaaa!!!

    ResponderExcluir
  10. Quando os irmãos Leite se encontram, seus talentos se confundem, e nos dá a certeza que ser poeta não é pra qualquer um. Nossa rainha sabe criar seus contos com singela beleza, e o nosso rei segue a mesma linha nas bizarrices juninas. Adorei! Aplausos aos irmãos Leite, pelo conto, pelo poema e pelas ilustrações. Até breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que cheguei atrasada para a festa... ainda tem pé de moleque??

      Excluir
    2. Querida Socorro, pé de moleque, canjica, pamonha, milho verde, milho assado, bolo de milho, grude, beiju e tantas outras iguarias estão em nossos corações, jamais faltarão. Bom São João.

      Excluir
  11. Que "arraiá" arretado! Viva São João! Parabéns aos irmãos poetas Elisabete e Jorge Leite pelos seus textos deliciosos e pertinentes! Abraços a todos presentes hoje aqui nesta página "gostosa", melódica e tão nordestina!

    ResponderExcluir
  12. Gostei de tudo neste Blog. Um conto muito lindo e expressivo bem ao estilo junino da professora Elisabete Leite, como também dois belos poemas, um da referida poetisa e outro do poeta Jorge Leite. Uma festa lindíssima, muita cultura e tradição. Parabéns aos idealizadores deste blog e os demais participantes e poetas colaboradores.

    ResponderExcluir