quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Socorro Almeida e Cândida Nunes - Afogados da Ingazeira


AFOGADOS DA INGAZEIRA (Acróstico)

Aqui estou vinda de tão longe pra te merecer
Fazendo preces, sonhando amores, rompendo laços
Ou criando auroras que só agora ouso dizer
Graças às serras onde declinou em mim o sol
Aqui pensei em fincar meus últimos passos
Das vezes que parti sem tempo pra voltar
Os sonhos que sonhei por um novo amor
Só a flor da ingazeira brotou em meu espaço

De onde vem o azul desse céu, o verde das matas?
As cigarras que parecem cantar só pra nós dois?

Invadindo canções que julguei apenas minhas
No coração de um povo hospitaleiro e sonhador
Gente boa, gente amiga e por vezes irreverentes
À sombra de uma flor colhida da ingazeira
Ziguezagueando em minha mente sem parar
E eu que pensei em não mais voltar aqui estou
Imposta na busca do mais coerente prenome
Render-me e afogar-me na beleza do teu chão
Aos que te deram também o teu belo nome!

Socorro Almeida
Recife, 10/04/2016



PENSE

"No suave sussurro de suas palavras, jamais estarei... sou grosseira. No mundo encantado e mágico do seu coração, jamais residirei... sou andarilha. Não me suporte, não me aguente, porque não mudo pra lhe agradar, se nem a mim me agrado eu. Caminhar ao meu lado talvez seja o pior dos castigos... sou tendenciosa a transferir cicatrizes!"

Socorro Almeida



EU...

"Quando eu quis ser apenas a número UM, me angustiei! Achei pouco e me atirei pra valer. Doeu! Resolvi que talvez fosse melhor ser a número DOIS. Fracassei! Daí, percebi que a ilusão me transformou na número TRÊS. Morri! Pra não cometer mais desatinos, voltei pra mim e me deparei com o melhor lugar do mundo:  EU! 
Socorro Almeida



EXTREMOS

"Não dou ponto sem nó se queres saber. Sou birrenta, de atitudes extravagantes e acordo de mau humor. Eu sou o aqui-agora, os extremos e as intercessões. Sou o ponto tangencial de tua circunferência, vivo num quadrado sem dimensões, sem esquadro e sem perspectiva. Posso ser o teu abrigo, teu horizonte, teu ponto de fuga, mas lembre-se... quem nasceu para os extremos jamais encontrará seu porto seguro!"
Socorro Almeida


AGORA É TARDE

Não adianta fingir
Ainda dá pra perceber
O seu disfarce não cola
Não dá mais pra esconder
Na verdade, você espera
A minha volta pra você

Você só zombou de mim
Nem ligou pro meu amor
Me declarei pra você
Aí foi que me esnobou
Abriu a porta e saiu
Sem ao menos me dizer

Agora você chega e diz
Que sem mim não é feliz
Nosso tempo acabou
É tarde pra declarar
Pra você não vou voltar
Não adianta insistir
Não quero te iludir
Sinto muito, mas não dá!

Cândida Nunes
Afogados da Ingazeira, 02/09/2018

Tema das Ilustrações: Primavera
Pixabay























































Afogados da Ingazeira-PE. Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios

Afogados da Ingazeira é um município localizado na microrregião de Pajeú, estado de Pernambuco, sendo o segundo principal centro comercial do Vale do Pajeú. Sede de diversos órgãos públicos e possui instituições de nível superior e abrigando a Diocese de Afogados da Ingazeira, única diocese de sua microrregião...
O município está inserido numa unidade geoambiental denominada "Depressão Sertaneja". Seu relevo é suave-ondulado. A vegetação é composta por caatinga hiperxerófila. Está localizado na bacia do Rio Pajeú., e a 386 km de distância da capital, Recife.


ªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªªª
Museu Nacional do Rio de Janeiro





8 comentários:

  1. Uma página belíssima e bem expressiva, que traz um lindo Acróstico, estilo regional, com belos e sensíveis textos tudo da nossa amiga e poetisa Socorro Almeida, muita emoção, magia e sentimentalismo no ar. Já o lindo poema da nossa também amiga e poetisa Cândida Nunes que traz versos recheados de grande romantismo e tomada de decisão. As imagens são um mar de flores, lindas e deslumbrantes. Uma maravilha de pesquisa sobre Afogados da Ingazeira-PE. Parabéns a todos, poeta e poetisas, pelas suas respectivas artes. Sim, estamos em Luto pelo incêndio que destruiu o Museu Nacional no Rio de Janeiro, perdemos obras de arte, cultura, ciência, educação... perdemos história. Com muita tristeza reflito, para que serve tanta inovação e olhar para o futuro que se perde. O patrimônio cultural brasileiro é enterrado nas cinzas... Não podemos ignorar essa tragéda, pois todo acervo foi construído pela humanidade. Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  2. Uma página linda e colorida, belíssimos poemas e textos das nossas amigas poetisas Socorro Almeida e Cândida Nunes. Muito romantismo e muita arte. O Acróstico em homenagem ao município de Afogados da Ingazeira ficou bem lindo e bastante original, pura arte, como também a pesquisa. As imagens ilustrativas transformaram o blog em um jardim florido. Um verdadeiro show! Parabéns as poetisas e ilustrador. Estamos todos em Luto, grande perda! Abraços...

    ResponderExcluir
  3. Estamos todos triste com essa perda irreparável da nossa história. Torcendo pra que outras tragédias dessas não se repitam.
    A página está linda como sempre. Eu que conheci essa catedral no centro da cidade, senti saudade dos momentos vividos naquela praça linda e maravilhosa. Um ponto de encontro dos amigos!
    Agradeço pelo povo afogadense essa homenagem bem merecida, dada à simpatia daquela gente, com quem tive o prazer de conviver.
    Lindas ilustrações.
    Obrigada a todos pelo carinho. Muito orgulhosa e feliz por fazer parte do coração de vocês, amigos e poetas geniais!!! Bjos

    ResponderExcluir
  4. Amigos, assim já os considero, agradeço pela publicação do meu humilde poema.
    Tive a liberdade de enviar o link para a Academia de Letras, pra que outros colegas tomem conhecimento da existência desse blog e curtam, como eu, as maravilhas postadas aqui.
    Adorei a homenagem à nossa cidade, e nosso povo agradece, com certeza.
    Adorei as fotos. Parabéns a todos. Abraços

    ResponderExcluir
  5. Uma página maravilhosa, artes de diferentes estilos. Socorro Almeida compartilha um acróstico muito lindo e bem regional e seus textos trazem muitas emoções e sentimentos que fluíram da alma da poetisa. Nossa amiga poetisa Cândida Nunes compartilha versos românticos e mágicos. As ilustrações fazem um show a parte, a página está tão perfumada que daqui estou sentindo o aroma das rosas. Muito educativa a pesquisa sobre o lindo município de Afogados da Ingazeira. O poeta Jorge como sempre preciso nas ilustrações. Parabéns a todos!Estamos em Luto, as perdas são trasformadas em lágrimas, os brasileiros choram, nossa cultura jogada ao fogo. Sem palavras... muita comoção! Abraços

    ResponderExcluir
  6. Que belíssima página! Com lindos e expressivos poemas das amigas poetisas Socorro Almeida e Cândida Nunes, como também os sentimentais textos bem ao estilo da amiga Socorro, leveza e emoções à flor da pele. As imagens ilustrativas, como sempre, perfumadas e belas, o amigo poeta Jorge Leite sabe nos encantar. A pesquisa sobre o município de Afogados da Ingazeira está bem educativa e serve de referência como pesquisa, eu recomendo. Parabéns aos poetas pela arte final. Estamos em Luto... um momento de silêncio! Abraços e suave noite!

    ResponderExcluir
  7. Sensibilizada venho prestigiar minhas amigas poetisas! São lindos poemas e textos de Socorro Almeida e Cândida Nunes, sentimentos e emoções que foram tecidos com graça e muita beleza. As imagens ilustrativas, como sempre, estão belíssimas e acima de tudo perfumadas, me senti em um jardim bem florido. Com muita comoção quero salientar que nosso Luto será eterno, pois nossa história foi perdida. Será um futuro sem passado. Parabéns para os poetas. Bom dia a todos! Saudades...

    ResponderExcluir