quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Diversidades

Edição Nº 239  - Tema Adulto


VENTO E TEMPESTADE
De: Socorro Almeida

Sente essa brisa tocando em nossos rostos?
É o vento leste trazendo a esperança
Não se aflija e abrace a natureza
Ela é sábia, traz alegria e tristeza
Mas pode nos mostrar que amar não cansa

Tempestades hão de vir pra nos testar
Se o amor valeu, não há porque ter medo
E a natureza nos indica a caminhar
Pelos mistérios do amor e seus segredos

Sente-se aqui ao meu lado e reflita
Ponha a mão na minha, sinta essa emoção
Palavras são palavras e quando não ditas
Trazem as respostas que anseia o coração!



DEUSA DE MIM
De: Socorro Almeida

Tua pele morena, suave como o declinar do sol, apontados para o céu apenas teus mamilos adorados. Esses seios fartos, quentes e adocicados que meus lábios anseiam tocar.
Nada é mais encantador que teu jeito de me agradar. Muda não, bebê! Tenta ser apenas minha mulher, e deixa o resto pra meu coração resolver. Ele é sábio, pois afinal, foi ele quem te escolheu e, por essa divina escolha, me abrigo nos teus braços para sentir o melhor e mais belo orgasmo de mim! E nos permita relaxar agora, nesta suave paixão de nós duas.

 
BRASILEIROS E NORDESTINOS
De: Socorro Almeida

Para aqueles que um dia foram amantes
Do "sol da liberdade em raios fúlgidos"
Minha voz ecoa como "num brado retumbante!"

Aos que desejam dividir o sol em dois
Não sendo capazes de viver entre os iguais
Hão de chorar lágrimas amargas depois.

Não queira ser diferente, posto que não é
O sol é único e sabe ser bom conselheiro
Do menino, ou da menina, do homem, ou da mulher
Porque somos todos brasileiros!

Se o "Penhor dessa igualdade"
conseguimos conquistar
Não calaremos nossas vozes de meninos
Nosso timbre mudou, e tinha que mudar
O sonho NÃO, porque somos NORDESTINOS!



TU, SOMENTE TU
De: Socorro Almeida

Menina, suavidade, doçura
Brisa de todas as manhãs
Mulher, sabedoria, meiguice
Estrelas das minhas noites
Paixão, volúpia e desencantos
Lágrimas e sorrisos
Por desejos de minh'alma
Saudade e dor por amor a ti
Tu, somente tu
Por teus encantos que alucinam
Que nas noites de agonia
Abrigam meu corpo, alma e coração
Mas nada que anseias
Tem desejos de mim
E tudo o que anseio está
No universo de ti
Valha-me, por Deus!
Serena-me... sinta-me
Mata-me ou morra-me...
Pra sempre!
 

Leitura complementar


Conceito de Diversidade

O termo diversidade é aquele que nos permite indicar, marcar ou falar da variedade e diferença que podem apresentar alguns aspectos entre si, embora também não seja útil na hora de querer destacar a abundância de coisas diferentes que convivem em um contexto em particular.

Em relação a uma comunidade, por exemplo, existem diferentes tipos de diversidades: cultural, sexual ou biológica, entre as mais recorrentes.

A cultural se refere à multiplicidade e interação de diversas culturas de uma determinada região e que coexistem no mundo. Neste sentido, para preservá-la é de vital importância que os países apresentem um plano de preservação e promoção adequado e eficiente para sua integração porque assim podem desenvolver-se e evoluir respeitando os códigos alheios a sua cultura e também conquistar o pertinente respeito que lhe cabe, ainda que esteja longe da generalidade.

Por outro lado, a diversidade sexual se refere às diversas orientações sexuais adotadas pelos seres humanos. A diversidade sexual, nos últimos tempos, tornou-se uma das demandas que mais integra gente no mundo.
E finalmente, a diversidade biológica ou biodiversidade é aquela que se refere a uma grande variedade de espécies que povoam o planeta, como também os padrões naturais formados há milhares de anos de contínua evolução.

Ensinar a importância do respeito que se deve ter com as diferenças dos colegas no ambiente escolar é de fundamental importância, esse ensino deve ser aplicado desde os primeiros anos de escolaridade.
Em primeiro lugar, convém explicar a complexibilidade do termo preconceito, considerado como um ato pensado, elaborado e praticado não só pelos adultos, mas também no meio infantil, visto que nem mesmo as crianças estão excluídas das inúmeras formas de discriminação.
Sendo assim, é de extrema importância que seja eliminado o preconceito desde os primeiros anos da Educação Infantil.
É fundamental que, desde o início, a hipocrisia seja deixada de lado na afirmação de que todos somos iguais, mesmo porque se todos realmente fossem iguais não haveria preconceito. É a partir das diferenças que surgem os preconceitos.
É notório que muitas escolas são reprodutoras da própria discriminação e que não desenvolvem, nem se quer tem interesse em buscar, propostas pedagógicas para se contrapor em relação às questões apresentadas.



ILUSTRAÇÕES
 As ilustrações fazem parte de um trabalho meu publicado no Facebook. São macrofotografias, todas tiradas de meu jardim que o chamo carinhosamente de "Jardim Suspenso da Madalena", por ficar no andar superior, cercado de grades por todos os lados.
São flores de cactos e suculentas. com exceção de um botão de rosa.
Em uma manhã de céu azul, quase sem nuvens, pego uma máquina fotográfica e começo a clicar.
Click. Click. Click.

Detalhes Técnicos das Fotografias:
Máquina Fotográfica: Canon
Modelo: Canon EOS Rebel T5i
Data: Outubro de 2016
Tempo de Exposição: variou de 1/60 à 1/160 segundos.
Abertura: F 1
Velocidade: ISO 800
Comprimento Focal: 55 mm
Modo de Medição: Multi-segment.
Autor: Jorge Leite


Mammillaria













20 comentários:

  1. Belíssimo momento de arte poética, muita entrega, amor, romantismo e sensibilidade à flor da pele... poemas lindos e expressivos da nossa amiga e grande poetisa Socorro Almeida. A página está fabulosa, as imagens compartilhadas estão dando um show de conteúdo e colorido, uma temática forte que foi suavizada com a delicadeza das flores, cactos de diferentes espécie que dão um espetáculo de cores. Já a pesquisa sobre diversidade é enriquecedora e muito ensina, transforma e deixa o cenário inovador. Parabéns a poetisa Socorro pelos seus belíssimos escritos, obras de arte, e ao ilustrador, Jorge Leite, aplausos mil. Excelente dia e boas leituras. Abraços a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, Bete, não estou sozinha nessa. Somos uma equipe de poetas maravilhosos que abrilhantam essa página. Talento como o seu estou longe de alcançar. Mas me espelho em tuas maravilhas como poetisa, mas como escritora...quem sabe um dia!
      Obrigada a você e ao Jorge por mais essa página linda demais.

      Excluir
  2. Uma página maravilhosa, com excelente conteúdo. São poemas belíssimos da amiga poetisa Socorro Almeida, com versos romanticos, sensuais e fortes, que o poeta e ilustrador Jorge Leite procura suavizá-los com belíssimas e coloridas ilustrações, deixando o cenário fascinante. Na leitura complementar só riqueza de conteúdo, uma expressiva pesquisa sobre o conceito de diversidade. Quero parabenizar os poetas Socorro Almeida e Jorge Leite pelos lindos textos e arte final. Aplausos mil! Abracos e boa tarde a todos!

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Maciel, sua opinião de mestre é importante. Bjo no coração

    ResponderExcluir
  4. Que linda e expressiva página, são poesias dentro das poesias, lindos poemas da amiga poetisa Socorro Almeida, que traz uma temática forte, mas importantíssima para ser compartilhada. As imagens ilustrativas chegam colorindo e embelezando ainda mais o cenário. O poeta Jorge escolheu com perfeição e emocionou os nossos corações. Na leitura complementar uma excelente pesqisa, que completa perfeitamente o tema abordado nas poesias, tudo construtivo. Parabéns aos poetas pela realeza de arte final. Abraços e boa tarde a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: ... pesquisa...

      Excluir
    2. Pelas palavras a mim dirigidas deixo o meu abraço, amiga Geovanna. Temática forte, mas necessária. O mundo precisa evoluir. Bjos

      Excluir
  5. Fátina Leite Zeferino24 de outubro de 2018 14:47

    Jorge, está tudo muito lindo, principalmente o seu "Jardim Suspenso da Madalena". Parabéns poetisa Socorro Almeida, pelos belos poemas. E ao Jorge pelas belíssimas ilustrações.

    ResponderExcluir
  6. Quando Socorro Almeida me enviou o link, pedindo pra que eu lesse poemas dela, não imaginei fossem tão belos, tão expressivos. É preciso convicção dos seus princípios, colocar a sensualidade de uma poetisa numa temática tão extraordinariamente polêmica! Admiro os poetas que, como ela, se expressam livremente usando esse tema de forma poética e sensual. Dá gosto de ler. Pelo texto complementar que traz o conceito de diversidades...parabéns! Adorei a oportunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Ana, gentil como sempre. Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  7. Eita, que página mais linda amigos poetas! Belos e sensuais poemas da amiga poetisa Socorro Almeida que sabe nos emocionar, uma temática cotidiana que se faz necessário compartilha. As ilustrações são perfeitas, o poeta Jorge Leite entende muito de tudo. Vocês estão de parabéns mestres das artes. Gostei demais da pesquisa sobre diversidade, assunto muito importante. Abraços e boa tarde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abraço, Paulo. Sempre carinhoso. Obrigada, amigo!

      Excluir
  8. Em Sampa e cirurgiada.
    Lindos e perfeitos os poemas de Socorro Almeida.
    Parabéns a todos vocês!
    Linda página!

    ResponderExcluir
  9. Valha-me Deus! TU,SOMENTE TU...Que poema lindo!
    E as flores?!!! Ah! Se eu tivesse um jardim assim... cada flor eu chamaria DEUSA DE MIM.
    PARABÉNS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dona Naelza, que bom vê-la por aqui. Muito obrigada por nos prestigiar. Bjoe

      Excluir
  10. Amiga! Se os seus poemas tocam fundo na alma, as ilustrações do Jorge completam a alegria que sentimos nesses momentos tão importantes para os poetas. É tão forte tudo isso, que emudeço de emoção! Parabéns mais um vez. Vá em frente que um futuro brilhante lhe aguarda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Dacy, que lindas palavras! Obrigada, querida. Saudade de nossa infância. Bjo

      Excluir
  11. Nossa!! Eu não sei o que dizer. Tantos são lindos os poemas da amiga Socorro, como maravilhosas também são as ilustrações escolhidas. A leitura complementar sobre diversidade foi bem oportuna dando um toque suave ao tema. Muito bom. Parabéns a todos.

    ResponderExcluir
  12. Sou apenas um ser que ama. O amor é isso... amar seus iguais ou semelhantes... O amor é alma e coração! O amor é o prazer de se doar, amor é respeito. É tudo que precisamos!

    ResponderExcluir
  13. Falar da poetisa Socorro Almeida é descrever as emoções da alma em sentimentos contidos e suaves, traduzindo em palavras o Amor incondicional e profundo. A beleza dos seus versos supera todas as expectativas emocionais. Complementando com os belos cactos do Dr. Jorge. Está maravilhoso o conjunto da obra! Parabéns.

    ResponderExcluir