sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Josefina, A Porquinha Peralta

Edição Nº 231


JOSEFINA, A PORQUINHA PERALTA
         
          Era uma manhã primaveril suave e acolhedora, no Bosque encantado, um local fascinante e habitado por dóceis animaizinhos, os suínos porcos, porcas e seus lindos filhotinhos. Lá, o arco-íris sempre coloria o céu, que faça chuva ou faça sol, ele tingia o horizonte com suas sete cores brilhantes: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta, onde as cores apareciam seguindo nesta mesma ordem...
          A adorável porquinha, Josefina, vivia sorrindo do nada, ela aprontava o tempo todo, sempre em companhia dos irmãozinhos Téo e Leo. Josefina era diferente dos outros porquinhos, ela era bem franzina, tinha cor rosa claro, quase transparente e, era atrapalhada por natureza, enquanto os seus irmãos eram robustos e serenos, viviam dormindo pelos cantos da horta. Porém, onde se ouvisse: Oinc, oinc, oinc... oinc, oinc, oinc... era a porquinha sorrindo e aprontando alguma coisa. Sua mãe chamava sua atenção o tempo todo, de minuto a minuto estava dona Dora reclamando dela.
          - Ó Josefina, venha aqui! Que filhotinha mais teimosa! Venha aqui, já! Assim, sua mãe ficava repetindo em voz alta.
          - O que foi dessa vez, mamãe?! Eu não fiz nadinha de nada. Sou completamente inocente de qualquer coisa. Respondeu-lhe Josefina, sorrindo sem parar.
          - Então, quem sujou o terraço todinho de lama?!  Pergunta-lhe sua mãe, com o semblante bem fechado.
          - De lama?! Não fui eu! Deve ter sido Téo e Leo, pois eles vivem dizendo que a lama é medicinal para nossa pele, mamãe querida. Respondeu-lhe a peralta porquinha e saiu sorrindo: Quiiiimmm, quiiiimmm, quiiiimmm... quiiiimmm, quiiiimmm, quiiiimmm...
           Sua mãe ficou parada, gritando pelos seus irmãos. Logo depois, só se ouvia os gritos de Téo e Leo no terraço de casa: - Não fui eu, mamãe! E nem eu, mamãe! Eram os coitadinhos se defendendo das armações de Josefina.
          Logo mais à tardinha, quando o sol se despedia das nuvens, com beijos e abraços avermelhados, ele se escondia por entre os coqueiros daquele deslumbrante Bosque. A travessa Josefina foi procurar seus irmãos para mais uma trela do dia, ela queria convidá-los para um passeio noturno...
          Os fofinhos Téo e Leo estavam descansando tranquilamente na horta, eles se deliciavam com o aroma agradável, do tomate-cereja, do alecrim, do couve e do coentro, quando são despertados pela irmã Josefina:
          - Olá, Téo e Leo! Vamos passear hoje à noite? Tenho um lugar especial para gente visitar, é um lamaçal térmico, uma delícia de local, pois a lama de lá é quente, acalma a pele e fortifica nossa carne. É pura proteína natural!
          Os dois porquinhos ficaram desconfiados e temerosos, pois eles tinham medo das armações da irmã peralta, mais resolveram aceitar o convite:
          - Olá Josefina, nós iremos com você! Eu só espero que você não apronte conosco. Respondeu-lhe Téo pela dupla.
          Já era noite quando os três irmãos pularam o janelão da sala e seguiram em direção ao mar de lamas. Josefina e os irmão vão soltando pedras pelo caminho, para facilitar o retorno deles para casa, eles seguem em frente e vão sorrindo, estavam muito felizes: oinc, oinc, oinc... oinc, oinc, oinc... era o grunhido (o som emitido pelos adoráveis animaizinhos). Chegando lá, a peralta Josefina foi a primeira a pular no lamaçal, jogando lama preta para todo lado, como era franzina e maneira ficou lá flutuando. Já, Téo e Leo eram pesados e afundaram naquele lamaçal, a linda porquinha nem percebeu o perigo que seus irmãos estavam correndo, pois na escuridão da noite, a penumbra era tanta que dificultava sua visão. De repente, ela escuta um pedido de socorro: - Socorro! Josefina nos ajude, por favor! E ela ficou chamando pelos irmão: - Téo e Leo, cadê vocês? Josefina saiu do lamaçal e ficou implorando para os irmão saírem, Mas, a lama era fofa e eles eram pesados, os porquinhos não conseguiam sair sozinhos. Josefina ficou desesperada, ela já ia correndo à procura de ajuda quando escutou seu pai chamando-os: - Fina, Téo, Leo, onde estão vocês?! E ficou repetindo sem parar, até que ouviu a voz de filhotinha chamando por ele. Assim, seu pai veio correndo, retirou seus irmãozinhos do lamaçal e voltaram para casa.
          Quando tudo se normalizou, a peralta Josefina foi ao encontro do seu pai, que estava pensativo no terraço, ele ainda estava atordoado pelo terrível acontecimento. A porquinha se aproximou e perguntou-lhe:
        
  - Papai querido, como o senhor encontrou o lamaçal? A culpa foi toda minha, os meus irmão são inocentes. O senhor me perdoa?
          - Josefina, eu fui seguindo as pedrinhas que vocês deixaram pelo caminho. Minha querida, os três erraram e são culpados; você porque chamou seus irmão e eles porque concordaram. Agora, vocês ficarão de castigo e nunca mais sairão de casa sozinhos. Josefina, você sabe que poderia ter acontecido uma tragédia...
          O sol já brilhava magnificente no céu quando os lindos filhotinhos conseguiram dormir, eles estavam tão cansados que nem assistiram ao espetáculo do arco-íris tingindo o céu, com a sua aquarela de cores e pitando as nuvens que bailavam ao léu.
          Os tempos passaram e os três irmãozinhos cresceram saudáveis e responsáveis. Josefina ajudava os irmãos nas atividades escolares e sua mãe nas tarefas de casa. A rotina deles eram contemplar o arco-íris colorindo o céu.
          A vida sempre passa edificantes lições, portanto cabe a nós colocá-las em prática.
          Até a próxima aventura, amiguinhos e amiguinhas!

           Elisabete Leite – 29/09/2018

A SEMENTE DO AMOR

Caminhando pelos pomares da vida
Contemplando o verde da Natureza
Lá, encontrei uma semente perdida
Pode ser uma árvore de rara beleza.

Plantei e reguei a semente toda hora
Na esperança de colher os bons frutos
Protegendo-a do sol, do frio da aurora,
da chuva forte, até dos ventos brutos...

O broto nasceu e cresceu sem demora
A árvore se tornou um local acolhedor
Sua sombra cobre tudo, do lado de fora.

Sua imagem é um verdadeiro esplendor
A árvore é minha amiga, um abrigo agora
Na verdade, encontrei a semente do Amor.

Elisabete Leite – 22/02/2016
.BEIJA-FLOR NA JANELA

O sol radiante anuncia o despertar do dia
E um lindo pássaro pousa em meu jardim
Abro a janela para ouvir sua linda melodia
Ele gorjeia e rodopia sobre o belo jasmim.

A ave paira radiante sobre o botão da flor
Beija as rosas, girando magnificente no ar
Voa para trás, para cima, em gesto de amor
A sonoridade inebria até a luz do meu olhar.

O pássaro cantador é um magnífico Colibri
Também conhecido como o colorido Beija-flor
Da minha janela, aprecio o espetáculo a sorrir
Ele canta para mim e transmite intenso calor!

A música segue o caminho do meu coração
Penetra suavemente no âmago da minh’alma
A presença da ave é pura alegria e fascinação!
Logo, transforma a minha vida, me deixa calma.

Todos os dias, eu vejo esse cenário de beleza
O sol surge e ele sempre pousa na minha janela
É poesia, a existência dessas aves na Natureza
Até o Arco-íris mostra as cores da sua aquarela.

Elisabete Leite

Nota de Rodapé

O que significam as Cores do arco-íris:

O arco-íris é composto por 7 cores, que são apresentadas nesta ordem: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil (ou índigo) e violeta.
No arco-íris, as cores aparecem sempre na mesma ordem e cada uma tem um significado próprio.


Vermelho

Simboliza paixão, amor e coragem. Também pode transmitir sentimentos de agressividade.

Laranja

Representa a comunicação, cordialidade e prosperidade.

Amarelo

Significa alegria, luz, jovialidade.

Verde

Evoca sentimentos de esperança, paz, equilíbrio e confiança.

Azul

Simboliza calma mental, harmonia e autoridade. Também pode transmitir sentimentos de frieza.

Índigo (anil)

Significa sinceridade, respeito e individualidade.

Violeta

Também descrita como roxo, a cor violeta está relacionada com a espiritualidade. 

Nossas pesquisas:
https://www.significados.com.br/cores-do-arco-iris/

Vídeo de Hoje
 Os Três Porquinhos


 O desenho original é da Coleção Silly Symphonies (1929 a 1939), o vídeo os três porquinhos é de 1933 portanto está em domínio público no Brasil, a recriação sonora foi feita com a música "Os três porquinhos " CD Cantar e Brincar 2 faixa 2 " de Cristina Vicentini - tia Cris. DIVIRTA-SE COM OS TRÊS PORQUINHOS DESENHO DISNEY EM PORTUGUÊS!
 



Atividades Complementares

Hoje publicamos seis imagens para colorir. A última imagens e para colorir com seu pai, sua Mãe ou Irmão e Irmã mais velhos. Imprimam as figuras e formem seu "Livro de Colorir". Vamos lá, peguem os lápis ou os pincéis.











20 comentários:

  1. Um verdadeiro espetáculo de arte, com uma página colorida, divertida e bastante educativa, é o mundo mágico e colorido da criança cantado em prosa e versos, na companhia de um vídeo magnífico, deslumbrantes ilustrações e excelentes atividades. Estou muito emocionada, feliz, realizada e agradecida por mais um Conto publicado em parceria com o meu irmão querido, o poeta Jorge Leite. Quero agradecer a todos que diretamente ou indiretamente contribuíram para que o meu sonho se tornasse realidade. Obrigada ao Jorge, aos amigos e amigas, familiares, alunos e alunas, seus pais, professores(as) e aos leitores de modo geral. Um bom dia e ótimas leituras... um beijo no coração de cada um💖💜❤🌹💑

    ResponderExcluir
  2. Oi tia bete lindo o conto da josefina e os porquinhos bela muito bela a historia sabe fessora o vidio belo de ve eu amo tudo aqui minha mae ajuda���������� sua aluna laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Ana a mãe de Laurinha, eu gosto dos contos da professora Bete e tudo no blog. Laura gosta de digitar e não me deixar ajudar muito. Vou imprimir os desenhos para ela pintar. Todos estão de parabéns. Abraços

      Excluir
    2. Bom dia Dona Ana e Laurinha! Estou muito feliz pela visita de vocês e comentários. Compartilhei com Laurinha a página do blog. Obrigada por gostar e deixe ela pintar os desenhos que vou corrigir com ela. Beijos💖💖

      Excluir
  3. É fantástica a página de hoje, a semana que antecede ao dia da criança, tem que haver magia como o seu universo, os pequeninos agradecem. Um Conto lindíssimo e muito educativo, é fazer/ ensinar de maneira lúdica bem ao gosto da minha querida amiga Elisabete Leite, que sabe tocar lá no fundo da alma da criançada; uma história que fascina e deixa uma lição de vida, a porquinha Josefina é adorável... os poemas passam mensagens e grandes ensinamentos, tudo perfeito, com a parceria do ilustrador e poeta Jorge Leite, não seria diferente, só sucesso. As ilustrações, vídeo, pesquisa e atividades complementares fecham a página com tudo que as crianças gostam. Amo os sábados no blog! Quero parabenizar a todos que transformaram esta página em uma excelente aula extra-classe. Aplausos querida e grande contista Elisabete Leite! Abraços a todos e um feliz sábado!

    ResponderExcluir
  4. Espetacular é a página do blog e o universo dos pequeninos! Estou aqui fascinado pela narrativa, que foi certeira em meu coração, uma flecha mágica que me contaminou de alegria e coloriu o meu dia com as sete cores do arco-íris. Um Conto belíssimo e bastante educativo da amiga poetisa Elisabete Leite, assim como, toda página compartilhada, a parceria dos irmãos Leite é simplesmente um show tanto em conteúdo quanto na arte final. Vídeo, ilustrações, pesquisa e atividades complementares é o presente que a criançada mais queria: Ensinamentos, brincadeiras, magia e colorido... lúdico X aprendizado. Voltei no tempo, e agora sou criança com os poemas e este magnífico vídeo. Parabéns ao amigo Jorge e amiga Bete. Abraços a todos! Ótimo sábado!

    ResponderExcluir
  5. tia sou laynne sabe amo josefina minha irma cibelly me ajuda lindo o conto e os porquinhos gosto de tudo a musica linda vou pintar os desenhos com lapis de cor que voce deu e tirar dez beijos fessora bete da sua aluna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Laynne, que bom que vocês apareceram no blog, mande um beijo para Cibelly e fale para ela que o blog vai compartilhar o Conto Labirinto que é adequado para a idade dela. Espero que você pinte as tarefinhas bem bonitas para tirar dez. Obrigada a vocês e beijinhos 💖❤

      Excluir
  6. Um maravilhoso Conto, com todos os temperos que as crianças precisam. Muito colorido nas belíssimas imagens ilustrativas, uma narrativa fascinante e engraçada; a personsgem Josefina é bem divertida, peralta e gosta de aprontar com seus irmãos, os dóceis Téo e Leo, como é bom ser criança e principalmente estudar brincando de era uma vez... com esta extraordinária profissional Elisabete Leite. Um Conto apropriado para semana da criança, não vai faltar diversão. Ilustrações, vídeo, poemas e atividades completam o tema. Os irmãos Leite se superam a cada página compartilhada. E nós agradecemos por participar e interagir neste ótimo blog. Parabéns aos poetas Elisabete Leite e Jorge Leite e abraços a todos... Um bom dia!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia pessoal, um Conto realmente fantástico que preenche totalmente o Mundo Fascinante dos pequeninos, um enredo emocionante, educativo e mágico, com uma personagem bem engraçada, assim como as crianças que não têm censo de perígo. Tudo está lindo das ilustrações as atividades compartilhadas, um destaque especial para o belo vídeo e os lindos poemas, muito ensinamentos em uma única página do blog. Parabéns a Elisabete e ao seu irmão Jorge. Pois, será uma semana de muitos acessos nas páginas infantis. Boas leituras!

    ResponderExcluir
  8. Eita, que maravilhosa página... Já estamos na semana da criança e a amiga Elisabete compartilha seu belíssimo e mágico Conto, uma narrativa colorida com uma porquinha petalta e seus dóceis irmãos. Gostei bastante de cada parágrafo de cada palavra que sempre passa um grande lição. Os poemas são perfeitos e derecionam diferentes ensinamentos. Com sempre as ilustrações embelezam ainda mais o tema abordado, o vídeo é fascinante e traz uma história que marcou a nossa infância. Ótimas atividades complementares para a criançada colorir. Enfim, um grande show! Parabéns aos irmãos Leite pela magnífica página. Abraços e que amanhã sejamos conscientes. Vamos que vamos!

    ResponderExcluir
  9. Uma página de pura fascinaçāo, muito colorido e a magia da criança em foco. Um Conto espetacular da querida amiga Elisabete Leite que compartilha uma narrativa engraçada e bastante educativa. A página toda faz parte do universo da criançada são belíssimas ilustrações, poemas, atividades e um vídeo encantador, tudo isso para os nossos pequeninos. Gostaria de parabenizar a querida Bete e ao amigo poeta Jorge por mais um show infantil. Abraços a todos. Um domingo de reflexões e sábias decisões!

    ResponderExcluir
  10. É sim uma linda página infantil, tudo aqui faz parte do universo da criança. Um conto belíssimo, emocionante, bastante engraçado que também traz um excelente lição tudo na narrativa da minha amiga poetisa Elisabete Leite, os seus lindos poemas têm grandes ensinamentos, as ilustrações são lindíssimas e completam o tema abordado. Amei o vídeo e as atividades complementares que a criançada vai adorar colorir. Muito pertinente a semana da criança. Parabéns aos meus amigos poetas pela excelente arte final. Abraços a todos... show!

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde! Meu nome é Cristina, sou professora de uma turma de 2°Ano e já trabalhei outros Contos infantis da professora Elisabete Leite com os meus alunos, que aceitam e gostam quando leio as histórias para eles. Este Conto é maravilhoso, uma história muito engraçada e educativa. Gostei de tudo neste blog. Belas fotos ilustrativas, atividades e poemas. Parabéns! Com certeza vou trabalhar com este novo Conto. Até a próxima!

    ResponderExcluir
  12. Beta querida, sempre publicando lindos textos, interessante esses por serem em homenagem às puras e inocentes crianças, lindo e lindas ilustrações e com muita criatividade! Parabéns

    ResponderExcluir
  13. Elisabete sabe, como ninguém, conquistar extensos comentários dos colegas. Seus contos realmente são merecedores de elogios e carinho fé todos. Gostei muito da história dos porquinhos... A criançada adora. Parabéns mais uma vez pela belíssima página. Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo:...carinho de todos.

      Excluir
  14. Venho aqui rapidinho prestigiar minha amiga poetisa Elisabete Leite, que compartilha mais um Conto infantil, uma narrativa linda e bastante educativa, com ilustrações coloridas, mágicas e pertinetes ao conteúdo da página, lindos e educativos poemas e para completar o pacote da semana da criança um maravilhoso vídeo e atividades para colorir. A criançada realmente agradece tudo esse carinho de Bete e o querido amigo poeta Jorge Leite. Parabéns aos poetas por mais este magnífico momento de arte. Josefina é encantadora, mas deve aprender sua lição. Saudades de todos vocês, eu não vejo a hora de retornar ao Brasil. Abraços...

    ResponderExcluir
  15. Que lindo conto. Posso imaginar a alegria das crianças. Parabéns a dona Bete.

    ResponderExcluir
  16. Obrigada a todos os amigos, amigas, familiares, professoras(es), alunas(os), leitores pelas visitas e gentis comentários, muito feliz pela presença de todos... vocês são as personagens principais para o sucesso do blog, sem a presença de todos nada disso seria possível. Obrigada querido irmão Jorge Leite pelo seu carinho para conosco. Forte abraço e um beijo no coração de cada um. Bons sonhos e para amanhã muita sabedoria, calma e leveza. Os brasileiros agradecem...

    ResponderExcluir