domingo, 21 de outubro de 2018

Um Domingo com Jorge e Waldeck

Edição Nº 238

GRATIDÃO
(José Waldeck)

Amar com desprendimento,

Pureza e abnegação,
É de nobre coração,
É sublime sentimento.

Ser amado é privilégio
Com responsabilidade
E desprezar tal bondade
É cometer sacrilégio.

Amor sem merecimento
Extrapola o entendimento.
Supervalorização.

Fascina, deixa perplexo,
Pois é dádiva sem nexo
Que suscita a gratidão.



PERTENcimento
(J0sé Waldeck)


Ei, menina!

Quem disse que amor termina?
Ainda hoje (após anos) somos vistos
Juntinhos, entrelaçados.
Nossos nomes, preservados,
Escritos no cimento fresco
Da calçada de uma esquina.



PEDESTAL
(José Waldeck)

“Uau!” ao te ver

Suspensa em saltos
Tipo plataforma.
Teu jeito de ser
(coração aos saltos)
Garbosa, em forma,
Qual locomotiva
Que chega à estação.
Mulher imponente:
Encanta, cativa,
Desperta paixão,
Mexe com a gente.


Tal charme fatal

Em poucas eu vi.
Me rendo e prezo.
Deusa. Pedestal.
Diante de ti,
Me ajoelho. Rezo.



FEMINIL
(José Waldeck)

Mulher: orgulho da raça.

No mundo, um sustentáculo,
Quintessência, oráculo, 
Beleza, divinal graça,

Força na delicadeza.
Desde a mais tenra infância,
A natural elegância.
Há garbo na singeleza.

Amizade. Acalanto.
Maternidade. Paixão.
Cada uma, um encanto.

Nossa bendita costela.
Apogeu da Criação.
E a vida se fez mais bela...



 Quietude
(Jorge Leite)

A alegria toma conta de minha alma,
A natureza segue seu ciclo
Envolve-me.
Nada faço. Acompanho,
Sigo em frente,
Não me deixo abater.
As peças do tabuleiro são mexidas,
Ninguém perde,
O jogo não terminou.
Não haverá perdedores,
Nem empate,
Ambos sairemos vencedores.
Novos passos são dados sempre em frente,
Paramos para descansar
Tomo folgo, continuo.
Não tem como recuar.
Não há volta no percurso.
É seguir, seguir.
Adiante o sol brilha iluminando o caminho,
Não há sombras nem passado,
O futuro é hoje.
Mãos dadas, passos firmes.
Em volta tudo é harmonia
Há quietude no coração.
Juntos seguimos o mesmo ritmo,
A mesma direção.
Corações quietos,
Quietude no existir.
O ciclo segue,
Agora seguimos juntos.

O coração dói
(Jorge Leite)

Hoje estou muito só.
Lágrimas escorrem em meu rosto.
O peito aperta,
Meu coração dói.

Sei que estou certo,
Preciso enfrentar minha dor.
O peito aperta,
O coração dói.

As paredes do quarto
Parecem chorar comigo.
Não me consolam,
Sentem minha dor,
Devo continuar.

E lá no fundo,
Bem lá no fundo de meu coração
Você surge.
Lágrimas escorrem em meu rosto.
O peito aperta,
O coração dói.

Não quero nada.
Só o direito de te amar.




Pensar e Sonhar
(Jorge Leite)

Pensar que a noite
Poderia ser clara,
Que agonia!
Uma fina garoa
Encobre a cidade;
Os corações há tempos
Estão encobertos.

Sonhar um Horizonte
Com imagens visíveis,
Que ironia!
Uma névoa úmida
Turva a claridade
De uma visão
Nua e sofrida

Experimentar o sabor
Amargo de uma taça,
Entre corpos perdidos
De uma grande avenida;
Entre dissabores e desencontros,
A noite cai em minha vida.

Para surpresa minha,
Encontro espaço.
Dentro de mim.
Abraço-me e cresço,
No meu próprio cansaço
Supero meus demônios
E me torno Deus.



Ilustrações
Michael Parkes

Michael Parkes (nasceu em 1944 em Sikeston, Missouri) é um artista natural das Américas que vive na Espanha e é mais conhecido por trabalhar nas áreas de fantasia e realismo mágico. Ele é especialista em pintura, litografia e escultura em pedra.

Parkes estudou arte gráfica e pintura na Universidade do Kansas. Como estudante, Parkes ficou fascinado por vários processos gráficos e, mais tarde, tornou-se proficiente no meio difícil da litografia de pedras coloridas. Muitos de seus trabalhos recentes foram produzidos como Aurographics, edição limitada de impressões giclée.

Seu estilo único evoluiu em isolamento, após um período em que ele abandonou completamente a prática da arte e foi para a Índia em busca de iluminação filosófica, em um local que ele e sua esposa continuam a visitar anualmente.


No início, ele pintou no estilo expressionista geralmente abstrato comum entre seus professores. No entanto, ele mais tarde começou a desenhar e pintar em um estilo meticuloso de representação detalhada. Este estilo é realista em princípio, mas muitas vezes usa temas mágicos, com imagens tiradas de uma série de tradições, incluindo a cabalística e a tântrica. Animais estranhos encontram misteriosas mulheres aladas, o bem e o mal lutam contra seu eterno conflito.


23 comentários:

  1. Hoje, é um domingo de poesia, e blog faz um encontro de dois grandes mestre na arte de poetizar, de um lado José Waldeck que viaja em seus lindíssimos versos românticos, onde exalta a figura da mulher, enquanto amada e reverenciada. Já do outro lado o grande poeta Jorge Leite com seus poemas belíssimos e nostálgicos versos, com singelas recordações. Tudo perfeito! As ilustrações estão impecáveis e a pesquisa complementa o cenário, grande artista Michael Parkes. Parabéns pela grandiosidade da página, tanto em conteúdo quanto em beleza. Parabéns poetas... Feliz domingo a todos! Abraços. Show de página!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas suas precisas (e preciosas) observações, querida amiga e poetisa Elisabete Leite! Um grande abraço!

      Excluir
  2. Um domingo ensolarado, com poesia e seus grandes mestres, Jorge e Waldeck. Poesias belíssimas extraídas do âmago da alma, versos que circulam pelo coração e fluem com leveza. As ilustrações estão lindas e expressivas, são obras de arte e uma pesquisa que muito ensina. Está sendo kegal conhecer mais sobre esse mestre das artes Michael Parkes. Uma página perfeita! Parabéns aos Alagoanos, amigos poetas, pelos seus versos magistrais. Excelente domingo a todos e abraços! Página linda demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo: ... legal...

      Excluir
    2. Mais uma vez, meus sinceros agradecimentos aos seus sempre bem-vindos comentários, nobre amigo Maciel! Valeu, mestre!

      Excluir
  3. Bom dia pessoal, hoje vou comentar por mim e pelo Paulo, pois ele encontra-se ausente. A página é puro encantamento, um encontro de domingo com dois grandes poetas os amigos Jorge e Waldeck, com versos românticos e nostálgicos de enorme valor poético. As ilustrações, como sempre estão perfeitas miita arte dentro da arte. A pesquisa sobre o especialista em pintura Michael Parkes, é muito ensinamento. Amei essa deslumbrante página, como diz a poetisa Elisabete Leite "É um domingo primaveril que floriu..." um domindo feliz a todos e abraços meu do Paulo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo: ... muita arte...

      Excluir
    2. Abraços, prezados amigos Geovanna e Paulo! É um grande privilégio ser lido por pessoas como vocês. Muito obrigado pela atenção e pelo carinho!

      Excluir
  4. Uau poetas, que página mais linda! Venho prestigiar vocês, os meus amigos Jorge e Waldeck. Um show de ilustrações, como dizem os amigos, um encontro poético com os mestres em versos românticos e um toque de melancolia no ar. Essa exaltação a mulher e os sentimentos me deixa feliz. A pesquisa com a pintura do grande artista Michael Parkes é uma arte de encantamento, a nudez da mulher em foco. Estou fascinada aqui, pois a página está do jeito que gosto. Parabéns aos amigos poetas pelas suas artes e um bom domingo a todos. Saudades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que nossos poemas lhe fizeram algum bem neste domingo, prezada Flor de Lis! Um abraço, amiga!

      Excluir
  5. Uma brilhante página, poemas tecidos com maestria, temáticas romântica, melancólica e envolventes, dos nobres amigos poetas Jorge Leite e José Waldeck, os grandes mestres, a mulher exaltada de maneira perfeita, sentimentalismo e grandes emoções. As ilustrações são artes, e porque não dizer: obras de arte. A pesquisa compartilhada do grande Michael Parkes é excelente, com direito a conhecimento/aprendizagem. Tudo ótimo neste domingo. Parabéns amigos poetas pela bela partilha. Boa noite a todos! abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito gratificante para nós, poetas, termos o reconhecimento de leitores atentos como você, prezado Henrique Dias! Muito obrigado, amigo!

      Excluir
  6. Linda, linda e muito linda página, tanto em conteúdo como em ilustrações. Os poetas foram expressivos nas referidas temáticas abordando-as com maestria, cada um com a sua particularidade, o romântico e o melancólico, tudo maravilhoso. As imagens ilustrativas estão dando um belo show, como sempre o poeta Jorge Leite é perfeito, pois compartilha uma página notável. Sobre a pesquisa só aplausos! Parabéns amigos poetas Jorge e Waldeck pelas poesias. Boa noite a abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, lindo e muito lindo é o seu olhar poético, cara amiga Karen. Que bacana é saber que os nossos versos foram bem acolhidos por você! Abraços! E muito obrigado!

      Excluir
  7. Boa noite amigos poetas, venho aqui comentar essa maravilhosa página, com belíssimas poesias, li e reli todos os poemas aqui compartilhados, hoje, e gostei bastante de todos dos românticos e dos nostálgicos, os poetas Jorge Leite e José Waldeck estão de parabéns. Eu como professora de arte, achei sensacional as ilustrações Michael Parkes que é um magnífico pintor/artista realista, detalista sabe impressionar qualquer um. Suas telas são obras de arte. Excelente aprendizagem. O blog sempre nos ensinando. Obrigada pela partilha. Bons sonhos a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: detalhista.

      Excluir
    2. Obrigado pela leitura e por suas palavras de carinho, Maria Luanna! Somos muito gratos pela sua atenção. Um abraço!

      Excluir
  8. Gostaria, mais uma vez, agradecer a todos os comentários que abrilhantam e enriquecem a página. Já comentei e volto a reforçar, os comentários são a parte final da página, sem eles a página ficaria incompleta. Agradecer a Poetisa Elisabete Leite, meu amigo poeta Maciel, ao casal mil Geovanna e Paulo, minha amiga Flor de Lis,Karen, Henrique Dias que não aparece frequentemente mas quando vem sua presença ilumina ainda mais nosso blog. Agradecer a professora Maria Luana que entende de arte como pouco, terei muito mas cuidado, a partir de agora, ao escolher e postar as ilustrações. Um agradecimento especial aos amigos que não postaram comentários mas nos honraram com suas visitas. Meu muito obrigado e tenham todos Uma Boa Noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entende de arte como poucos...

      Excluir
    2. Muito obrigado mais uma vez por tudo, prezado amigo Jorge Leite! Você é, de fato, um sujeito muito competente nas coisas que se propõe fazer. Estou, de novo, encantado com o seu trabalho de pesquisa e edição. Meu abraço de gratidão e amizade, mestre!

      Excluir
  9. Só agora tive tempo para visitar o blog. Muito trabalho no meu atelié e alguns problemas que tive que enfrentar.
    Amei os seus poemas, amigo Waldeck, muita sensibilidade em seus versos.
    Dr. Jorge, seus poemas são maravilhosos e as ilustrações estão magníficas.
    Peço desculpas se não compartilhei antes, mas quero saiba que admiro muito o seu trabalho, sua gentileza, e consideração que tem demonstrado à minha pessoa, como amiga e poetisa. Sempre que tenho tempo revejo e releio todas as páginas anteriores e acompanho com muito carinho todas as maravilhas publicadas aqui. Não apenas os meus escritos, mas os de todos os poetas e poetisas, amigos e amigas que tbm se tornaram meus. Parabéns pela página, sempre encantadora e gostosa de se ler.
    Obrigada, Elisabete, e parabéns pra você também. Abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Socorro Almeida sempre gentil. Adoro seus poemas, suas colocações e seu posicionamento em suas poesias. Gentileza leva à gentileza, por enquanto ainda funciona assim Um grande e afetuoso abraço.

      Excluir
    2. Sinta-se abraçado. Boa noite e obrigada

      Excluir