domingo, 4 de novembro de 2018

ALMANACH - com Socorro Almeida

Edição Nº 244 - Tema Livre          Tema das Imagens: Factal




QUE SEJAS TU

De: Socorro Almeida

Bendita essa voz que me guia
a procura de ti... Onde estarás?
Não te encontro em parte alguma!...
E para o meu tormento,
no teu universo sou pequena demais!
Preciso dessa esperança
pra me resolver,
se prossigo nessa busca
ou se fico onde estou.
Melhor ser apenas o que sou,
pra não ter que enlouquecer!
Mas me arrisco em te buscar
em cada esquina,
em qualquer lugar...
Quem sabe sejas tu que ali está,
na mesma ilusão que seja eu
a quem desejas para amar!!!


MINHA ESTRELA-GUIA
De: Socorro Almeida

Quando quiseres minha mão amiga,
Dá-me a tua antes de mais nada,
Enquanto me desejas só por necessidade,
Sinto falta de ti e te abro a guarda,
Sou tão vulnerável quanto tu nesta saudade!
Enquanto só me sondas pelas madrugadas,
Estou do teu lado nas vinte e quatro horas,
Para dividir contigo, e sem demora,
Meus dias longos, e as noites fatigadas!
Por isso não te quero apenas por um dia...
Teu sorriso, tua voz, teu senso de humor...
Tudo o que me aponta a minha estrela-guia,
Para o mundo dos teus braços, meu amor!

Recife 26/10/2018

ALMANACH - O ALMANAQUE do Domingo


Os 7 Chakras
O Universo inteiro é feito de energia e seu corpo não é exceção. Muito antes da ciência moderna, as culturas antigas sabiam que os seres vivos carregavam uma força vital.  Eles perceberam que essa força era equilibrada por centros de energia ao longo de nosso corpo.
Estes centros de energia foram chamados de Chakras, que significa “roda” em sânscrito.  Os Chakras básicos são em número de 7 e se localizam desde a base da espinha até o topo da cabeça. Em equilíbrio, os 7 Chakras fornecem energias certas para o corpo, a mente e o espírito.

1- Chakra: Base - Muladhara
Muladhara significa “raiz de apoio” e seu papel é conectar toda nossa energia com a Terra. Quando equilibrado e devidamente energizado, temos segurança pessoal, autoconfiança e estabilidade financeira e controle emocional. Este Chakra está localizado na base da coluna e vai até abaixo do seu umbigo.  Quando está equilibrado, você sente uma sensação de realização e paz e segurança.
Como equilibrar Seu Chakra Base - O contato com a mãe Terra energiza o Chakra Raiz, para isso pratique jardinagem ou faça exercícios próximo a natureza. É também importante aceitar que as coisas do mundo material também são importantes para nosso crescimento e evolução. A alimentação com raízes como mandioca, cenoura e batata doce também fortalecem este Chakra. Pedra que o equilibra: Turmalina Negra

2- Chakra: Sacro – Svadhishana 
O segundo Chakra é o Sacro ou Svadhishana, que é traduzido como “O Lugar do Eu” e se localiza acima do púbis e abaixo do umbigo. Ele é responsável pela nossa identidade como pessoa, pelas sensações de prazer e alegria e pela manifestação da criatividade e energia sexual. Quando equilibrado sentimos bem-estar e prazer e temos uma vida abundante e prospera. Em desequilíbrio a pessoa tem instabilidade emocional, medos e problemas sexuais.
Como equilibrar o Chakra Sacral - Para equilibrar este Chakra é preciso manter uma vida sexual saudável, respeitar o corpo e estar aberto a criatividade. Assuma o compromisso de liberar todas suas emoções, solte seus sentimentos e demonstre seu amor e alegria sem medo. Tome decisões conscientes em relação aos prazeres da vida, pense se o que está prestes a comer e fazer é bom e saudável. Pedra que o equilibra:  Jaspe Vermelho 

3- Chakra: Plexo Solar – Manipura
 O Terceiro Chakra ou Manipura, significa “joia brilhante” e se localiza no plexo solar. É a fonte de nosso poder e auto estima e onde nasce nossa identidade pessoal. Este Chakra é responsável também pelo metabolismo, digestão e poder de transformação. Quando está equilibrado temos autoconfiança, propósito e vontade de crescer. Em desequilíbrio a pessoa tem baixa autoestima, desmotivação e falta de autocontrole.
Como equilibrar o Chakra do Plexo Solar - Para equilibrar e fortalecer este Chakra é fundamental elevar sua autoconfiança e seu amor próprio. Pense nos sucessos que já teve e evite se criticar e para de buscar a aprovação dos outros. Comer frutas amarelas como bananas, tomar banho de Sol, meditar e praticar Yoga ajudam muito a fortalecer ele. Pedra que o equilibra: Citrino 

4- Chakra: Cardíaco - Anahata
O quarto Chakra ou Anahata, significa “inviolável” e se localiza próximo ao coração. Ele controla a circulação da energia no corpo, é lugar de equilíbrio entre as energias físicas e espirituais e o centro do amor e da presença do Divino em todos nós. Em equilíbrio sentimos amor e compaixão, aceitamos os outros e nos amamos plenamente. Se estiver desequilibrado a pessoa sente raiva, inveja e tem dificuldades nos relacionamentos.
Como equilibrar o Chakra Cardíaco - O que equilibra e fortalece este Chakra é o amor, a aceitação e a vontade de se ajudar os outros seres. Ame se e demonstre seu amor por todos ao seu redor sem medos, vergonha ou receios.  Confie e ame a vida! Procure perdoar a todos, pare de se julgar e julgar as pessoas e sinta o desejo sincero de se conectar com a Divindade. Pedra que o equilibra: Quartzo Verde

5- Chakra: Laríngeo - Vishudda
O Quinto Chakra ou Vishuddha, significa “muito puro” e se localiza próximo a garganta. Ele controla o metabolismo, é responsável por nossa voz, possibilita a expressão da verdadeira criatividade e é considerado a porta para nossa ascensão espiritual. Quando equilibrado temos forte capacidade de comunicação e conseguimos realizar nossos sonhos.  Em desequilíbrio a pessoa tem dificuldade de realizar as coisas, não consegue se expressar e não tem criatividade.
Como equilibrar o Chakra Laríngeo - Para equilibrar este Chakra é preciso expressar suas ideias de modo verdadeiro sem tentar ser diplomático. Perder o medo e a vergonha de expressar sua verdade pode ser difícil, mas é fundamental para desbloquear este Chakra. Cantar com alegria e sentimento também ajuda. Pedra que o equilibra: Quartzo Azul

6- Chakra: Frontal - Ajna
O Sexto Chakra ou Ajna, significa “além do que se vê” e se localiza no centro da testa. Esse Chakra abre a mente para informações além do mundo material e dos cinco sentidos.  Ele é responsável pela percepção extra-sensorial, intuição e energia psíquica. Quando bem equilibrado despertamos os dons da intuição, terceira visão e temos sonhos lúcidos.  Em desequilíbrio a pessoa tem pesadelos, falta de foco e dificuldade de visualização.
Como equilibrar o Chakra Frontal - O melhor modo de balancear este Chakra é meditar e fazer exercícios respiratórios conhecidos por pranayama. O uso consciente e cuidadoso de plantas enteógenas como Ayahusca aceleram muito o desenvolvimento deste Chakra. A verbalização do Mantra Om também é ótima para ele. Pedra que o equilibra: Sodalita

 7- Chakra: Coronário -Sahaswara
O Sétimo Chakra ou Sahaswara, significa “mil pétalas” e se localiza no topo da cabeça. Esse Chakra é a sede de nossa consciência e a porta de conexão do corpo com nossa alma, com a Divindade e com toda energia e demais inteligências do Universo. Quando equilibrado temos iluminação espiritual, nos conectamos com seres de luz e nos ligamos ao Divino.  Em desequilíbrio a pessoa sente confusão mental e esquece as coisas.
Como equilibrar o Sétimo Chakra - Tomar um pouco de Sol da manhã no topo da cabeça ajuda muito e energizar este Chakra. A meditação também o equilibra, principalmente se for feita com o propósito de se conectar com a Divindade. O desejo de evoluir espiritualmente e a vontade de se unir a Deus, são as chaves para abrir os potenciais deste Chakra. Pedra que o equilibra: Ametista






ENTRE CORDAS E LUAS
De: Socorro Almeida

Você que também conheceu
os mistérios do amor e do meu coração
Não me diga que não sente
saudade do meu violão
Entre cordas te adormeci
Nos acordes te acalentei
Mas não pude compor a canção
que eu quis... pra você!
E aí quase perco a razão
Foram as coisas do meu coração
Vagando por entre as estrelas
Colhendo nos beijos o sabor do teu mel
Correndo infeliz entre luas
Suando ao sol que ilumina o meu céu...
E assim, só quem sofre a dor
da saudade... sou eu!
Tema das Imagens - A ARTE FACTAL

'Arte fractal é a criada utilizando-se funções matemáticas chamadas fractais e transformando os resultados dos cálculos em imagens, animações, música ou outro tipo de mídia.
Fractais (do latim fractus, fração, quebrado) são figuras da Geometria não euclidiana.

A geometria fractal é o ramo da matemática que estuda as propriedades e comportamento dos fractais. Descreve muitas situações que não podem ser explicadas facilmente pela geometria clássica, e foram aplicadas em ciência, tecnologia e arte gerada por computador. As raízes conceituais dos fractais remontam as tentativas de medir o tamanho de objetos para os quais as definições tradicionais baseadas na geometria euclidiana falham.

Um fractal é um objeto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao objeto original. Diz-se que os fractais têm infinitos detalhes, são geralmente autossimilares e de escala. Em muitos casos um fractal pode ser gerado por um padrão repetido, tipicamente um processo recorrente ou iterativo.

O termo foi criado em 1975 por Benoît Mandelbrot, matemático francês nascido na Polónia, que descobriu a geometria fractal na década de 70 do século XX, a partir do adjetivo latino fractus, do verbo frangere, que significa quebrar.

TUDO OU NADA
De: SocorroAlmeida

Ah! Minha imaginação!
Minha inconsciência, minha insanidade!
Meu coração, tão fugaz, louco e inconsequente!
Meu corpo intocável,
orgasmos contidos, trêmulos
mudos, indecentes!
Mas se eu tiver que escolher...
Escolho o melhor de mim...
Meus sonhos pra te sonhar
Meu abraço pra te acolher
Minh'alma pra te sentir.
E no universo do teu corpo
quero viver
pra nada mais querer pedir
Nada mais só por mim
Tudo por nós dois...
Até morrer!!!


Euphorbia lactea trigona

Nome Botânico: Euphorbia lactea trigona Haw.
Nomes Populares: Candelabro, euphorbia.
Família: Angiospermae – Família Euphorbiaceae.
Origem: Índia e arredores

Planta arbustiva de base lenhosa, ramos suculentos e espinhosos, com altura variável entre 1,50 a 3,0 metros, formando densos maciços.
Seus ramos são verdes e articulados como nos cactos e é muito confundida com estes, pois não produz folhas.
É interessante notar que os ramos exercem as funções de produção de fotossíntese para as atividades metabólicas da planta, o que normalmente é feito pelas folhas.

Na 1ª imagem minha Euphorbia lacta, hoje com 1,60 m de altura. Na figura abaixo com seus 18 cm quando a adquiri (junho de 2016). Euphorbia lacta em primeiro plano em ambas as imagens.





11 comentários:

  1. Uma página de domingo com muita magia e encantamento; são poemas belíssimos da amiga poetisa Socorro Almeida e seus versos recheados de muito romantismo. A página parece realmente um almanaque e traz muitas informaçőes, os 7 Chakras as sãs energias que estão presentes em nosso corpo. Adoráveis são as ilustrações "A Arte Factal" tudo perfeito! É sentar e se deleitar com essa deslumbrante página. Eu amei sua Euphorbia Lacta, super bela poeta Jorge Leite. Parabéns para os poetas e aplausos pela arte final. Um domingo mais que especial. 👏👏👏👏 Beijos

    ResponderExcluir
  2. Fugindo do trabalho para prestigiar essa maravilhosa página e todo magnífico conteúdo que contém nela. Os excelentes poemas da amiga poetisa Socorro Almeida e sua temática romântica. As pesquisas do poetas Jorge Leite e suas lindas ilustrações. Um verdadeiro show de sucesso! Parabéns aos poetas com suas artes. Parabéns ao blog pela linda página de domingo. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maciel. Obrigada, querido . Sempre gentil. Bjos

      Excluir
  3. Socorro Almeida está arrasando viu??? Parabéns querida! Que Deus mantenha essa sua inspiração sempre em alta, nos encantando a todos.

    ResponderExcluir
  4. Socorro consegue sempre transformar os sentimentos em palavras, de tal modo que viajo, e me embriago nesta sentimentalidade. Fugaz esta emoção? Não! Com seus poemas Socorro faz com que passe o dia refletindo cada palavra, cada sentir, cada emoção. Parabéns Socorro Almeida e grata pela belezura de seus poemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Maria Lúcia Souza, você me emocionou com suas palavras tão gentis!... Sei que são sinceras, pois saíram de um coração também poeta. Quero ter o prazer de conhecer outros poemas teus. Esses dois que me mandaste são maravilhosos! Obrigada por sua gentileza. Bjos

      Excluir
  5. Nossa! É sempre um prazer visitar esse blog, o CANTINHO DO SABER! Hoje aprendi mais uma lição sobre os 7 Chakras, as energias do nosso corpo, adicionada aos poemas de Socorro Almeida, que nos emocionam como sempre. Obrigada a quem faz esse blog e parabéns por mais uma página encantadora!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite a todos! Hoje vou comentar por mim e pela Geovanna que encontra-se ausente. A página está excelente, com belíssimos poemas da amiga poetisa Socorro Almeida e seu romantismo que nos emociona, as ilustrações estão lindas e expressivas e as ótimas pesquisas que muito ensinam. Adorei saber sobre as energias do nosso corpo... um domindo de manchete! Quero parabenizar aos poetas e suas artes, pois tudo aqui está perfeito. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo: domingo...

      Excluir
    2. Amigo Paulo, aprecio muito sua gentileza. Obrigada, querido!

      Excluir