sábado, 24 de novembro de 2018

PRINCESAS

Edição Nº 252 - Tema Infantil


                    UM CONTO QUASE DE FADA

          Era uma vez uma linda garotinha que vivia sonhando em ser uma princesa de verdade, ela era proveniente de uma família muito pobre, seus pais eram lenhadores e eles moravam em uma pequena cabana, no coração da floresta, longe da cidade... Lucy, como era conhecida pelos amigos e parentes mais próximos, tinha a pele morena, como uma jabuticaba, cabelos negros e bem encaracolados e olhos pretos e brilhantes, ela gostava de ficar sentada embaixo de uma árvore frondosa, uma velha Figueira, que ela mesma denominava de “Cantinho de Leitura”, lá ela permanecia por horas e horas lendo histórias de Contos de Fadas, pois Lucy se sentia uma personagem desses livros, uma princesa em seu universo encantado de criança, que vivia entre sonhos e certezas, o milagre da esperança. A garotinha usava sua criatividade, pois quando os livros não eram coloridos, com seus lápis de cor, ela pintava o cenário do jeito que desejava: um lindo amanhecer dourado, com um deslumbrante sol que sorria e brilhava no céu azul ou um luar prateado, com estrelas que luziam no infinito; ela até se desenhava em cima de um cometa e se imaginava à procura de um portal de acesso ao reino encantado. Lucy se achava rica de desejos, de vontades, de atitudes e principalmente, de virtudes. Assim, eram os seus dias e, seu pai quando precisava ir à cidade, comprar mantimentos, sempre trazia novos livros de história para ela...
          Um certo dia, Lucy recebeu um convite inesperado de seu pai. Ele se aproximou da garota que estava recolhida em seu Cantinho de Leitura e, fez-lhe um convite especial:
          - Querida Lucy, amanhã logo cedinho, irei à cidade apanhar uma encomenda para sua mãe. Você gostaria de ir comigo? Eu posso deixá-la na Biblioteca e apanhá-la na hora de retornarmos para casa. Porém, a viagem será muito longa, pois iremos de Carro de Boi.
          Os olhos da garota brilhavam de tanta felicidade que mal podia responder ao convite de seu pai, porém ela tomou fôlego e respondeu-lhe:
          - Sim papai, eu quero muito conhecer à Biblioteca Central, pois assim terei a chance de escolher os livros de história que desejar.
          Era um início de dia magnífico, o sol já resplandecia no horizonte e um deslumbrante arco-íris embelezava o azul do céu, com suas cores fascinantes, quando Lucy acordou apressada, pois o seu pai já a esperava no único transporte que eles tinham. Ela tomou rápido o seu desjejum matinal, cuscuz com leite e foi correndo ao encontro de seu pai...
          Já era quase 14h00 horas quando eles chegaram à Biblioteca Central, a garotinha entrou e ficou deslumbrada com tantos livros de diferentes títulos e autores, o cenário era encantador, seu olhar percorria a estante de um canto a outro no salão. Logo, a garoto sentiu um aroma inebriante de flores e, ouviu quando alguém falou com ela:
          - Boa tarde, Princesa Lucy! Como você é bonita querida!
          - Uau, quem é você?! Tão linda vestida de fada, com asinha e tudo! Perguntou-lhe Lucy.
          - Eu sou Malvina, a sua Fada Madrinha! Sabe, eu posso conceder-lhe um desejo, mas o seu desejo não pode ser bens de natureza material e nem tão pouco dinheiro. Algo que você gostaria de ser, uma coisa passageira. Respondeu-lhe sua Fada Madrinha.
          - Malvina, Fada Madrinha existe? Perguntou-lhe Lucy.
          - Claro que existe, Lucy! Eu sou Luz e moro na sua Essência. Faça o seu pedido, por favor! Disse-lhe Malvina.
          - Eu quero ser uma Princesa, dessas Princesas de Contos de Fadas. Disse-lhe Lucy, chorando de tanta emoção.  
         
- Lucy, vou conceder-lhe o seu pedido, porém nada você deve trazer do mundo encantado, o seu desejo é uma fantasia, você será uma Princesa por um dia. Portanto, exatamente à meia-noite (à zero hora), você deve tirar a sua coroa de Princesa e assim, você retornará ao mundo real. Lucy, você concorda? Perguntou-lhe Malvina.
          Sim, entendo perfeitamente Malvina! Respondeu-lhe Lucy.
          Como em um passe de mágica, a garota foi transportada para um Reino Encantado, o Mundo dos Sonhos... Lucy, ficou fascinada quando se viu dentro de um deslumbrante castelo, o cenário era igual ao dos livros que lia com frequência, os de Contos de Fadas. As paredes do castelo eram de pedras, estilo rústico com detalhes em dourado, janelões de vidro que pareciam até cristais, com cortinas em puro cetim e logo, seu encantamento foi quebrado por uma voz bem suave:
          - Princesa Lucy, se apresse! Vossa Majestade, o Rei, já perguntou pela Vossa Alteza mais de uma vez. Disse-lhe a camareira Matilde.
          - Desculpe-me Matilde, sei que estou muito atrasada, mas essa coroa fica caindo direto da minha cabeça. Respondeu-lhe Lucy.
          - Meu Deus, como Vossa Alteza está linda! A Princesa mais bela que já conheci em toda minha vida. Disse-lhe sua camareira.
          A Princesa Lucy se aproximou do espelho e não acreditou no que estava vendo. Ela vestia um vestido armado com várias saias rendadas, na cor verde com detalhes em rosa, calçava sapatos de cristal e sua cabeça estava adornada por uma coroa de puro brilhante. Lucy, não se conteve e as lágrimas escorriam pela sua linda face. De repente, o Rei, seu pai, entrou no recintou para buscá-la e teceu-lhe vários elogios:
          - Minha Princesa Lucy, como você está deslumbrante! Um presente para você, minha filha. Deixe-me ajudá-la, por favor! Disse-lhe o Rei.
          O Rei se aproximou da Princesa e colocou o colar de esmeralda no pescoço da sua filha, em seguida eles se dirigiram ao salão principal, onde a Rainha já esperava por eles. O Rei se aproximou da esposa beijou-lhe a mão e foi dançar a primeira valsa com a Princesa Lucy. A Orquestra tocava a valsa Danúbio Azul de Johann Strauss, a Princesa girava como uma bailarina, rodopiava e rodava sem parar, tudo era magia, pura fascinação, pois a Princesa bailava no ar, ela jamais esquecerá daquele inesquecível baile. Lucy dançou muito com vários convidados, mas quando o relógio soou doze badaladas, a garota, imediatamente, tirou a corou e voltou ao mundo real.
          - Lucy, minha filha, acorde! Já é quase noite e precisamos voltar para casa. Disse-lhe seu pai.
          - Papai, onde estou? Perguntou-lhe a garota ainda sonolenta.
         - Onde você está! Você está na Biblioteca, minha querida! Acho que você estava sonhando Lucy. Respondeu-lhe seu pai.
          Lucy olhou para o livro que estava em suas mãos e, leu o título: UM CONTO QUASE DE FADA. Seu pai olhou para ela e perguntou-lhe:
          - Filha, Um Conto Quase de Fada, por quê?
          - Porque a Princesa do livro não encontrou no baile o seu Príncipe encantado. Respondeu-lhe a garota, que olhou para o alto da estante e acenou para sua Fada Madrinha que piscou o olho para ela.
          - Lucy, deixe de assanhamento, pois você tem apenas onze anos de idade! Respondeu-lhe seu pai...
          Os tempos passaram e Lucy cresceu, se casou, teve muitos filhos, ela vivia contando para os seus filhos a história fascinante de Um Conto Quase de Fada.
         
Era uma vez...
        
 Até a próxima aventura amiguinhos!
        
 Elisabete Leite – 22/11/2018


 
SONETO EM CONTO DE FADAS

Amor que invade a alma da gente
Instalando-se dentro do coração,
Queima como um fogaréu ardente
E causa um sentimento de paixão...

Amor capítulos de uma bela novela
Romance publicado em um folhetim
Têm vários tons... É como aquarela
Esse escolhido somente para mim...

Amor que exala um aroma de jasmim
Como Conto de Fadas... É fascinação
Tão suave quanto às flores do jardim...

Penetra no âmago, roubando à razão
Um amor eternizado, que não tem fim
Romance de novela, é pura emoção!

Elisabete Leite


CANTINHO DA TIA BETA
Tia Beta

Tia Beta, quais são as principais Princesas da Disney?
Olá pessoal! Hoje vamos conhecer algumas das principais Princesas da Disney, com todo seu encantamento, beleza e magia dos Contos de Fadas. São elas: Jasmine, Ariel, Rapunzel, Tiana, Bela, Mérida, Cinderela, Pocahontas, Aurora, Mulan, Branca de Neve, Anna e Elsa, de Frozen, entre tantas outras.

Aurora
Mais conhecida como a heroína do filme de 1959, A Bela Adormecida. Que foi amaldiçoada no nascimento por uma fada má chamada Malévola, que previu sua morte em seu décimo sexto aniversário. Uma das três fadas boas, Primavera, suavizou a maldição, alterando a sua morte a um sono profundo que só vai ser despertado pelo beijo do amor verdadeiro. Ao apaixonar-se pelo Príncipe Phillip, o príncipe de um reino vizinho, ela está livre da maldição até o final do filme depois de Malévola ser derrotada.

Branca de Neve
A história da Branca de Neve fala sobre uma bela princesa alemã, que tem uma madrasta ciumenta. Em 1937, Walt Disney transformou esse clássico conto de fadas em seu primeiro longa-metragem animado. O Príncipe é seu verdadeiro amor, que quebra seu 'sono da morte' (causado pela Rainha) com um beijo de amor verdadeiro. Ela faz amizade com os sete anões durante a sua estadia em sua casa de campo. Ela é a princesa mais jovem da Disney, tendo 14 anos de idade.

Cinderela
Cinderela, provavelmente, é a mais velha de todas as princesas. Ela tem 19 anos de idade. Sua madrasta a transformou em único servo da família após o falecimento de seu pai. Com a ajuda mágica de sua fada madrinha, ela faz com que ela vá para o baile e encontre o príncipe do seu reino, e eventualmente se casa com ele, liberando-a de sua vida de servidão. Ela é muitas vezes considerada como a "Líder das Princesas da Disney", mesmo que ela não era a primeira.

Ariel
Ariel é filha do Rei Tritão, senhor do mar, de 16 anos, a sereia Ariel se apaixona por um príncipe humano chamado Eric. Ela sempre sonhou com a vida na terra e ela fecha um negócio com Úrsula para ficar com Eric, passando sua voz para a bruxa do mar, Úrsula (que era suposto ser sua tia na versão sem cortes do filme), a fim de tornar-se um ser humano e ficar com ele para sempre. No entanto, Úrsula não era quem parecia.

Bela
Uma plebeia francesa negocia a liberdade de seu pai com a Fera e torna-se sua prisioneira, mas ela logo aprende a ver o lado bom escondido por trás de sua aparência horrível e se apaixona por ele ao longo do tempo. Ao confessar o seu amor, no final do filme, a Fera é transformada novamente em um ser humano, juntamente com os seus servos encantados e Bela se torna a sua princesa. No entanto, o título de princesa é apenas tecnicamente desde que ela nunca se casa com a Fera, mesmo quando ele está em forma humana.

Jasmine
Jasmine era uma princesa agradável, totalmente independente e de língua afiada, mas apenas coadjuvante no filme "Aladdin" de Walt Disney Pictures, de 1992. A corajosa e independente princesa de Agrabah, que sonha em ver o que está além de seu palácio e se libertar das ideias de casamento arranjado criadas pelo seu pai. Ela se apaixona pelo personagem-título, a quem ela se casa no final do terceiro filme, Aladdin e os 40 Ladrões.

Pocahontas
Ao contrário de qualquer princesa anterior a ela, Pocahontas é uma figura histórica desassociada da realeza europeia e considerada uma princesa Disney por ser filha do cacique, chefe da tribo Powhatan. No filme da Disney, o capitão John Smith liderava um navio de soldados ingleses em direção ao Novo Mundo para buscar ouro para o governador inglês Ratcliffe. Enquanto isso, o chefe nativo do "Novo Mundo", Powhatan, prometeu sua filha, Pocahontas, em casamento para o maior guerreiro da tribo, mas a independente noiva não concordava com o trato. Entre Ratcliffe, que acredita que os "selvagens" estão escondendo o ouro que ele tanto deseja, e Powhatan, que acredita que esses brancos recém-chegados destruirão a terra deles, Smith e Pocahontas enfrentam uma situação difícil para prevenir uma guerra geral e salvar o amor que têm um pelo outro.

Mulan
Mulan é um membro oficial do clube Disney Princesa - mas ela é, na verdade, uma heroína multicultural, não uma princesa de verdade. É baseada em um mito chinês antigo que tem quase 2.000 anos. Real ou não, o filme Mulan da Walt Disney Pictures, de 1998, reconta a história de uma jovem donzela chinesa que queria honrar sua família, mas parecia destinada a falhar. Colocou sua vida em perigo quando descobriu que seu pai enfraquecido seria integrado ao exército para lutar contra a invasão dos Hunos. Sabendo que não sobreviveria aos rigores da guerra em seu país, Mulan decidiu se disfarçar de homem e ir no lugar de seu pai. Sem que ela soubesse, seus ancestrais estavam preocupados com a situação e, para impedir, ordenaram que um pequeno dragão, Mushu, se juntasse a ela para forçá-la a abandonar seu plano. Ele concordou; porém, quando conheceu Mulan, aprendeu que ela não poderia ser convencida e então decidiu ajudá-la a superar os perigos dali em diante. No processo, Mulan se tornou a protagonista atual mais feminista da Disney.

Tiana
Uma jovem brilhante e desembaraçada de 19 anos, que sonha um dia abrir o seu restaurante em Nova Orleães. Inspirada pelo seu falecido pai, ela sabe tudo sobre culinária e como gerir um negócio. Seguiu o seu conselho em sonhar alto e a trabalhar duramente para atingir os seus objetivos, mesmo perante os obstáculos. No entanto, ao longo do tempo, ela foi-se esquecendo do que é realmente importante. Como se lhe estivesse destinado, uma aventura envolvendo um sapo, um vagalume e um crocodilo revelam-lhe que o que ela quer não é necessariamente o que ela precisa. Tiana é a primeira princesa negra da Disney, ela é sonhadora, otimista, alegre, batalhadora e assim como Bela, não veio de uma realeza. Ela sempre batalhou por todos os seus sonhos e junto com o Príncipe Naveen, com quem se apaixonou, ela conseguiu concretizar isso. Inspirada na personagem do conto O Príncipe Sapo dos irmãos Grimm, ela é a décima primeira princesa da Disney.

Rapunzel
Rapunzel pode ter vivido a vida inteira trancada no alto de uma torre escondida, mas ela não é
nenhuma donzela em apuros. Baseada na personagem título do conto de fadas criado pelos irmãos Grimm, a garota com cabelos dourados mágicos de 21m de comprimento é uma adolescente cheia de energia e curiosidade, que preenche seus dias com sua arte, seus livros e sua imaginação. Rapunzel tem uma enorme curiosidade com relação ao mundo exterior e alguma coisa parece lhe dizer que o seu verdadeiro destino está além do confinamento da sua torre solitária. Vem chegando o seu aniversário de 18 anos, e ela está cansada daquela vida protegida e pronta para viver aventuras. Quando um ladrão encantador se refugia na sua torre, Rapunzel desafia Gothel e aproveita a oportunidade para explorar o reino. Acompanhada por Flynn Rider muito a contragosto nessa jornada, Rapunzel deixa a sua torre pela primeira vez na vida, e se lança numa aventura hilária de arrepiar os cabelos, que desenredará muitos segredos ao longo do caminho.

Mérida
Apaixonada e cheia de energia, Mérida é uma adolescente obstinada de ascendência real que luta para ter o controle sobre seu destino. Ela se sente bem ao ar livre, aperfeiçoando suas impressionantes habilidades atléticas como arqueira e espadachim, e montando seu fiel cavalo, Angus, pelas magníficas paisagens das colinas escocesas. Com um espírito tão vibrante quanto seu indomável cabelo, Mérida tem um bom coração, especialmente quando se trata de seus irmãozinhos trigêmeos. Por ser a filha do rei e da rainha, sua vida é cheia de responsabilidades e expectativas, que só despertam nela o desejo de preservar sua liberdade e independência. Quando Mérida desafia abertamente uma antiga tradição, as consequências de suas ações são desastrosas para o reino. Assim, ela deverá agir de modo a corrigir o resultado de sua conduta imprudente, realizando uma viagem que a obrigará a buscar, dentro de si mesma, o significado de bravura e revelar seu verdadeiro destino.

Anna e Elsa
Se as princesas da Disney já são um sucesso estrelando filmes sozinhas, imagine um que traz duas delas numa tacada só? Impossível de falar de uma sem a outra. É o que acontece com Frozen: Uma Aventura Congelante (2013). Mais do que duas princesas (Anna e Elsa), o filme traz duas mulheres fortes, conscientes de seu papel na trama e que escrevem seus caminhos independente da vontade de príncipes, bruxas ou vilões. Inclusive, até uma certa altura, Elsa, não sabendo controlar seus poderes, desponta como possível “vilã”, o que, por si só, é uma brincadeira interessante com o arquétipo das “princesas” tradicionais. Na medida em que a história se desenrola, cada uma vai demonstrando suas forças e vulnerabilidades e abrindo espaço, inclusive, para o surgimento de “príncipes” – meros reflexos masculinos de suas vontades e comportamentos. Essa força, escondida por trás da figura tradicionalmente frágil de duas princesas (ainda mais duas órfãs), talvez seja um dos motivos pelos quais Frozen já é a animação com maior sucesso de bilheteria da história. – por Dimas Tadeu...

Só espero amiguinhos que vocês tenham gostado da história de cada Princesa da Disney.

Nossas Pesquisas:



VÍDEO de Hoje :

A Fábula da Corrupção

 O vídeo de hoje não é bem um conto de fada, mas em "terra brasilis" até corrupção vira fábula.
 Obs: A expressão "terra brasilis" já aparecia em mapas dos séculos XVI e XVII, como por exemplo o mapa feito por Pedro Reinel e Lopo Homem em 1519.

Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa habitam vários ratos que vivem roubando comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho. Curta-metragem financiado via edital com temática "Luta contra a corrupção: compromisso de todos", pela Controladoria-Geral da União (CGU) e Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).


A Fábula da Corrupção


Pixabay - Fantasia







18 comentários:

  1. Mais uma vez o encantamento, a magia, a fantasia tomam conta da página do Blog Maçayó e não faltaram princesas nesse Conto Quase de Fadas, uma história que eu sempre tive vontade de escrever e vivenciar, e quem já não pensou em ser uma Princesa Encantada, porque eu já pensei e hoje realizei o meu sonho. Muito feliz, lisonjeada, agradecida e realizada por mais um conto publicado em nosso Cantinho do Saber. As ilustrações são deslumbrantes e mágicas, com lindo vídeos e várias histórias de Princesas para o deleite das crianças e a Tia Beta, hoje, está de roupa nova, muito linda. A minha parceria com o grande poeta e irmão Jorge Leite dão vida as personagens. Obrigada novamente jorge, pelo nosso sucesso. Gosto demais desse meu soneto, que retrata, um amor juvenil, novelesco, muito adequado para o momento. Parabéns e obrigada a todos. Um bom dia de sábado e excelente leitura. Beijos no coração de cada um.

    ResponderExcluir
  2. Passando para comentar mais uma maravilhosa página infantil, um Conto belíssimo e encantado da amiga professora Elisabete Leite, que hoje não economizou no brilho, na magia e na fantasia de um Conto de Fadas, com direito a todos os ingredientes. Amei o título "Um Conto Quase de Fada", porque seu Conto poetisa é real. Tudo está lindo, o soneto, as ilustrações, o vídeo, é perfeita a pesquisa sobre as Princesas da Disney. Eu mesma fico torcendo que chegue logo o sábado para as novas história da Tia Beta, que hoje está parecendo uma Princesa em seu Cantinho. Encantada aqui com o blog! Parabéns amigos poetas por mais esse show de sábado, já são tantas emoções. Abraços e sucessos sempre. Da amiga Luanna

    ResponderExcluir
  3. Uma página espetacular, um conto para ninguém colocar defeito, bastante rico em magia, fascinação, beleza e mensagens, apropriado ao univetso da criança e o sonho de ser uma princesa. Minha amiga Elisabete Leite caprichou na imaginação e o conto ficou perfeito. As imagens ilustrativas estão magistrais, puro encantamento, como também a pesquisa, do Cantinho da Tia Beta, que hoje está linda, se vestiu diferente. Gostei do vídeo, já o soneto é magnífico. Parabéns aos poetas por mais esse encanto de página. Tudo show de sucesso! Aplausos para o blog. Bom dia a todos e abraços! Show, show e muito show...

    ResponderExcluir
  4. Oi fessora sou laurinha eu gosto muito do conto e quero ser como lucy uma princesa tudo lindo fico esperando o dia de conto hoje mamãe ajuda eu a escreve sem errar que lindas as princesas eu estou feliz beijos da sua aluna Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Princesa Laurinha! Que bom que você apareceu por aqui e que gostou do Conto Encantado. Eu estou feliz pela sua presença como também da sua mãe. Lembranças para ela e um beijo para você bem no coração. 💖🙇👑🌹

      Excluir
  5. Ola tia e Laynne e eu gosto do conto lindo de morrer eu quero ser princesa como lucy ela e linda tudo e lindo gosto de ser sua aluna, hoje mamãe me ajuda. Beijos sua aluninha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Princesa Laynne! Estou muito feliz porque você veio me visitar e que gostou do Conto. Sabe, você, Laurinha e tidas as crianças são Princesas. Mando lembranças para sua mãe e um beijo para você dentro de seu coração. 💖🙇👑🌹

      Excluir
  6. Espetacular página infantil, muito colorido, magia, encantamento em um mundo de fantasia. Um belíssimo Conto de Fadas, com a criatividade e harmonia que somente uma verdadeira contista sabe narrar. As imagens ilustrativas estão deslumbrantes e bem retratadas na temática abordada, o vídeo é bem legal e a pesquisa da charmosa Tia Beta muita ensina e encanta. Gostei bastante do sensacional poema de amor infantil, amei de tudo na página de sábado que passou a ser o universo da criança no blog. Também queria ser uma Princesa, mas já achei meu Principe Encantado, a pessoa que me completa que é Paulo, o meu amado esposo. Parabéns poetas pelo show de magia. Abraços e ótimas leituras!

    ResponderExcluir
  7. Uau amigos, que sensacional página infantil! Com muita magia, encantamento, beleza em universo infantil. Os contos da amiga poetisa Elisabete Leite é a marca registrada da criatividade de uma excelente contista, histórias envolventes e personagens mágicos. Está tudo perfeito nessa página. Lindas e expressivas ilustrações, belo vídeo, magnífico soneto e uma pesquisa encantada no Cantinho da Tia Beta, que hoje veio bela. Verdade Geovanna, eu também tenho minha linda Princesa, que é a mulher da minha vida, minha esposa Geovanna, pois nós vivemos em um Conto de Fada real. Parabéns aos poetas e sucessos sempre ao blog. Abraços e feliz sábado com ótimas leituras. Tudo Show!

    ResponderExcluir
  8. Mais um sensacional Conto infantil da minha amiga Elisabete Leite que hoje compartilha, uma história de Conto Quase de Fada, muita magia, emoção, carisma em uma narrativa fascinante. As imagens ilustrativas estão notáveis e embelezam ainda mais o cenário, o vídeo, a pesquisa e o belíssimo poema reforçam o tema abordado. Show e muito show essa página de sábado. Muito bom participar e interagir desse incrível Blog educativo. Parabéns poetas e abraços

    ResponderExcluir
  9. Belíssima página infantil de sábado. Um verdadeiro Conto Quase de Fada, muita harmonia, beleza, fascinação e magia, uma narrativa encantada da nossa amiga poetisa Elisabete Leite. As imagens ilustrativas estão perfeitas e completam o sentido do Conto. Pesquisas e vídeo são excelentes, já o poema foi tecido com maestria de quem sabe poetizar. Parabéns poetas e aplausos pelo sucesso do blog. Abraços e bom final de semana...

    ResponderExcluir
  10. Venho hoje prestigiar o novo Conto infantil da minha amiga poetisa Elisabete Leite, que compartilha uma magnífica narrativa, com todo encantamento de um conto de fada, a grande contista não ecoonomizou nos ingredientes para tornar essa página fantástica. As imagens ilustrativas estāo belas e expressivas, a pesquisa ficou show e o vídeo é bem legal. Os sábados no blog é da criançada. Bete amiga o seu soneto é perfeito. Parabéns poetas e sucessos sempre. Amei a nova foto da Tia Beta no seu Cantinho. Tudo muito lindo! Saudades e abraços..

    ResponderExcluir
  11. Somente agora estou conseguindo comentar essa sensacional página infantil, muito colorido e magia nesse Conto realmente encantado. Em minha juventude desejei muito ser uma Princesa, com frequência eu assistia todos os filmes de princesa da Disney e fiquei fascinada com a belíssima história da grande amiga poetisa Elisabete Leite, com o tempo aprendi que a magia das coisas está dentro da nossa essência, assim falou a Fada Madrinha da personagem Lucy. As ilustrações estão lindas e expressivas e o vídeo muito lindo. Já a pesquisa fiquei apaixonada imagine as crianças. Amiga Bete tiro o chapéu para o seu belíssimo soneto. Tudo perfeito. Parabéns aos poetas e boa noite a todos!

    ResponderExcluir
  12. Sim amigos, a página de hoje está espetacular, o Conto é pura magia, um mundo cor-de-rosa, a fascinação dos contos de fadas narrado de maneira perfeita, o título não poderia ser diferente professora, seu Conto é real, também desejei ser uma princesa na minha infância e até hoje sou fascinada por esse tipo de história. A criança vai amar conhecer todas as princesas das Disney. Belíssimas ilustrações, vídeo e excelente pesquisa, bem ao estilo da amiga. Tudo muito lindo no blog. Parabéns aos poetas, abraços e boa noite.

    ResponderExcluir
  13. Passando para agradecer a todos, pelas ilustres visitas e gentis comentários. Fico muito feliz que vocês tenham gostado do Conto. Essa página é muito especial para mim, pois retrata o meu lado de criança e os meus sonhos e desejos. Abraços e boa noite a todos!

    ResponderExcluir
  14. Amiga, cheguei agora de viagem. Só então pude ler suas maravilhas. Você se superou desta vez, ampliando mais ainda esse encanto de página. Como sempre tudo maravilhoso tudo que você escreve, deixando as crianças encantadas com suas histórias. Parabéns!
    As ilustrações estão lindas! Nosso amigo Jorge é mestre nisso. Um abraço pra todos.

    ResponderExcluir
  15. Bom dia dona Bete! Sou Ana mãe da Laurinha sua aluna que gosta de ler, acho lindo seu conto de princesa, Laura anda muito feliz e eu quero que ela continue lendo suas historias, muito obrigada a senhora e muito boa. Um beijo da Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Dona Ana! Para mim é um prazer imenso falar com a senhora e receber em nosso Blog, o Catinho do Saber, sua especial visita, principalmente, por poder contribuir com os seus escritos para a felicidade da querida Laurinha, minha aluna. Também fico muito feliz que vocês tenham gostado do Conto. Nāo se preocupe que vou escrever belas histórias para as crianças. Volte sempre e obrigada pela visita... Beijos💖❤🌹

      Excluir