sábado, 8 de dezembro de 2018

NATAL NO BOSQUE ENCANTADO

Edição Nº 257 - Tema Infantil


        NATAL NO BOSQUE ENCANTADO

          O amanhecer despertou exuberante, no Bosque Encantado dos Coelhos, o sol brilhava com intensidade por entre as nuvens que vagavam ao léu pelo Espaço Sideral e, o astro rei parecia sorrir, pois era véspera de Natal e ele dava o seu espetáculo de luzes cintilantes, ao nascer da aurora... Os encantadores irmãos coelhinhos, Melchior, Baltazar e Gaspar acordaram bem cedinho, eles queriam ajudar a mamãe Coelha e o papai Coelhão, nos preparativos da deliciosa Ceia Natalina de logo mais à noite. A árvore de Natal já estava armada do lado de fora da choupana e toda enfeitada com bolas de diferentes cores e luzes que piscavam, para iluminar o ambiente na hora da entrega dos presentes, por Papai Noel, um velhinho de barbas e cabelos brancos que mora no Polo Norte, onde lá fabricava muitos presentes para todos os pequeninos com a ajuda de elfos e os entregava na noite de Natal, ele passava pelo Bosque, embelezando o céu, com suas renas, em um trenó, jogando os presentes lá do céu... Os irmãos coelhinhos deliravam de felicidade, eles saíram correndo à procura da mamãe Coelha, que estava na cozinha preparando a torta de cenoura e as panquecas de folhas de vegetais. Fazia frio e nevava bem de mansinho e, Baltazar foi o primeiro a chegar na cozinho e logo, foi puxando conversa:
          - Mamãe, bom dia! Nós acordamos cedo para ajudá-los nos preparativos da Ceia de Natal. A senhora está precisando de alguma coisa?
          - Bom dia, meus filhos! Por favor, vão colher mais cenouras na horta, para fazer o creme. Disse-lhes dona Coelha.
          - Iremos sim mamãe, mas conta uma história do Natal para gente! Os três irmãos falaram quase ao mesmo tempo.
          - Vou contar-lhes a história dos três Reis Magos. Queridos, eu e seu pai colocamos os nomes de vocês em homenagem a esses personagens da Bíblia. A história é a seguinte: “Os Reis Magos foram homens que guiados pela Estrela de Belém, também chamada de Estrela de Natal, conseguiram visitar o Menino Jesus logo após o seu nascimento. Eles eram conhecidos como Melchior, Baltazar e Gaspar e levaram três presentes especiais para Jesus: ouro, incenso e mirra, uma história simples, mas com grande significado existencial. Falou-lhes sua mãe.
          - Que lindo, Mamãe! O Natal representa o nascimento do Menino Jesus. Os três coelhinhos responderam em coro.
          - Sim, filhinhos queridos! Agora vão buscar mais cenoura. Ordenou-lhes dona Coelha.
           Assim, os coelhinhos saíram correndo para à horta e lá permaneceram deitados na relva, que estava toda encoberta pela neve, comendo muitas cenouras. Eles foram despertados da comilança pelo vozeirão do papai Coelhão: - Ó filhotes comilões, tragam logo as cenouras para a Ceia de Natal! Os coelhinhos ouvindo os berros de seu pai, colheram o restinho das cenouras que sobraram e foram entregar na cozinha...
          Anoiteceu rapidamente, e assim, o luar prateado resplandeceu no céu, iluminando o Bosque Encantado, as estrelas cintilavam de um canto a outro, formando um lindo véu reluzente. Logo, mamãe Coelha mandou seus filhotes se arrumarem para as boas-vindas de Papai Noel que chegará em breve:
          - Meus pequeninos, fiquem bem bonitos e cheirosos, pois já é Natal!
          - Sim mamãe, já estamos prontos e ansiosos para a chegada de Papai Noel! Respondeu-lhe Baltazar pelo trio doçura.
          A mesa já estava posta e decorada para uma deliciosa Ceia Natalina: diferentes guloseimas, bolo de cenoura, tortas de cenoura, creme de vegetais com cenoura e suco de cenoura. As luzes da árvore de natal já estavam piscando e iluminando o cenário, a neve deixava o ambiente encantador o clima era bem acolhedor. Todos estavam esperando Papai Noel chegar e, exatamente à meia noite (zero hora no Bosque) o grande espetáculo começou: As renas mágicas cruzaram o céu, puxando o trenó que trazia o bom velhinho que balançava o seu sino anunciando sua chegada. Logo, começaram a chover presentes por toda parte e, Papai Noel sorridente acenava para os irmãos coelhinhos que não paravam de pular. Baltazar, como sempre, foi o primeiro a abrir o seu presente, enquanto Melchior e Gaspar não paravam de gritar, era muita felicidade para uma única noite. Assim, os coelhinhos agradeceram em uma só voz: - Obrigada, Papai Noel! Nós amamos os lindos presentes! E o bom velhinho respondeu-lhes: - Tudo é festa, tudo é alegria! Ho, ho, ho... Feliz Natal!
          Após a deliciosa Ceia de Natal, os coelhos se confraternizaram entre si, foram muitos abraços, muitos beijos, muito carinho e sorrisos sem fim, pois o Natal é a presença do Amor de Deus em cada coração, é o nascimento de Jesus para a salvação, é plena união. Já era quase manhã quando os irmãos coelhinhos, cansados, adormeceram na relva encoberta pela neve.
          Assim, foi o Natal no Bosque Encantado dos Coelhos. Ho, ho, ho... Um Feliz Natal a todos!
           Até a próxima aventura de Natal, amiguinhos!
                
           Elisabete Leite – 08/12/2018
          (O segundo Conto da série de Natal)
 NATAL DE LUZ & AMOR

Ah, eu rogo a Deus uma prece!
Para que esse Natal seja de Luz
Amor é o que a gente merece,
A mão de Deus que nos conduz...

Que enche a todos de felicidade
Emana-nos com sua Luz e proteção
Deixa-nos protegidos, de verdade
Deus preenche o nosso coração...

Sim, eu rogo a Deus uma prece!
Por Fraternidade entre os irmãos,
Paz é o que o Ser humano merece
E que o Mundo tenha mais União...

Que o Bem reine na face da terra
A Justiça prevaleça na Humanidade
Amor seja a semente que se enterra
E dela germina sãs frutos, a Caridade...

Verdade, eu rogo a Deus uma prece!
Que seja banido da terra o desamor,
Viver na Santa Paz o mundo merece
FELIZ NATAL, com Luz e muito Amor!

Elisabete Leite – 04/12/2018


   FELIZ NATAL!

NATAL é amor
Festa do nascimento de JESUS
A Estrela de Belém apareceu e brilhou
Emanando nossos corações com sua Luz.
É momentos de alegria
Nasceu CRISTO Menino
Anunciando votos de PAZ e Harmonia
Trazendo benção do Divino.
FELIZ NATAL, desejo com humildade!
Que cada coração transborde de felicidade
E que a PAZ reine na humanidade,
Trazendo ao mundo Igualdade.

Elisabete Leite

CANTINHO DA TIA BETA

Tia Beta, quem foram os Reis Magos?

Olá Pessoal! Hoje vamos conhecer uma das histórias dos Reis Magos, que foram os três personagens que visitaram Jesus quando ele nasceu. Chamavam-se Belchior, Gaspar e Baltazar. O nome Belchior também pode ser encontrado nas variantes Melchior ou Belquior. Cada um deles ofereceu ao Menino ouro, incenso e mirra, respectivamente.

História
Embora sejam chamados de reis, na verdade, eram sábios que viajaram das suas terras com o intuito de visitar o Menino Jesus e adorá-lo.
Belchior veio da Europa, Gaspar da Ásia e Baltazar da África.
Diz-se que eram três, mas não há registros históricos que afirmem quantos eles eram. Quanto aos nomes dos três reis magos, também não há referências históricas, sabendo-se apenas que muitos anos depois do acontecimento os mesmos foram atribuídos.
O caminho para Belém, local onde Jesus nasceu, teria sido indicado por uma estrela. A estrela se tornou símbolo do Natal e é conhecida como a “estrela de Belém”.
O fenômeno do aparecimento da estrela não é desvendado pelos astrônomos, os quais continuam a estudar a sua origem.
Antes de Belém, porém, os 3 reis magos chegaram à Jerusalém e, encontrando com o rei Herodes, perguntaram por Jesus.
Herodes sentia-se ameaçado com a notícia do nascimento de um rei e por esse motivo pediu que os magos seguissem o seu caminho e voltassem para avisá-lo a localização de Jesus quando o encontrassem. O intuito era matá-lo.
Os magos foram, mas não voltaram para avisar Herodes, pois através de sonhos tinham sido alertados para não fazerem isso.
De acordo com a tradição, 6 de janeiro é o dia da visita dos reis magos a Jesus. Assim, essa data passou a ser celebrada como o Dia de Reis e é uma festa popular em muitos estados brasileiros, na qual se encerra a quadra natalina.
Na catedral de Colônia, cidade da Alemanha, encontram-se guardados os restos mortais dos reis magos, provavelmente uma das relíquias mais sagradas do mundo cristão.

Ouro, incenso e mirra
Os presentes oferecidos pelos magos têm cada qual um simbolismo. Eles refletem não só a identidade de Jesus, como o reconhecem como rei.
Ouro: a realeza. Era usado como oferta aos deuses.
Incenso: a divindade. Era usado em atos de purificação.
Mirra: os aspectos humanos de Jesus. Era usado como um medicamento.
É pelo fato de Jesus receber ofertas que a troca de presentes se tornou tradição no Natal.

Na Bíblia
Esse acontecimento cristão é citado na Bíblia e pode ser lido no capítulo 2 do Evangelho de São Mateus:
"Depois de ouvirem o rei, eles seguiram o seu caminho, e a estrela que tinham visto no oriente foi adiante deles, até que finalmente parou sobre o lugar onde estava o menino.
Quando tornaram a ver a estrela, encheram-se de júbilo.
Ao entrarem na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram. Então abriram os seus tesouros e lhe deram presentes: ouro, incenso e mirra.”
(Mateus 2, 9-11)

Nossa Pesquisa:
https://www.todamateria.com.br/tres-reis-magos/
(Pesquisa retirada do texto de Juliana Bezerra – Professora de História)
 

TABERNA DO TIO JORGE

Continuo preocupado com a Ceia de Natal, estou achando nossos comentaristas magrinhos, eles precisam ganhar mais uns quilinhos para ficarem todos fofinhos. Ho Ho Ho! e nada melhor do que um bolo de cenoura com cobertura de chocolate, mais uma especialidade da Taberna do Tio Jorge. Vamos nessa pessoal. Eu e Tia beta estamos aguardando nossos pedaços.
Bolo de cenoura com calda de chocolate: uma receita prática, básica, caseira e simplesmente irresistível.

Ingredientes

  • 3 cenouras
  • 4 ovos
  • 1 xícara (chá) de óleo de milho
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar a fôrma

Modo de preparo

  1. Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média). Unte uma fôrma redonda de 24 cm de diâmetro e 7 cm de altura com manteiga. Polvilhe com farinha de trigo, chacoalhe e bata sobre a pia para tirar o excesso. 
  2. Numa tigela, coloque a farinha, o sal e o fermento, passando pela peneira. Misture e reserve. 
  3. Lave e descasque as cenouras. Descarte a ponta da rama e corte as cenouras em rodelas. 
  4. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez - para verificar se estão bons - e transfira para o liquidificador. Junte as cenouras, o óleo e o açúcar e bata bem até ficar liso, por cerca de 5 minutos. 
  5. Junte, aos poucos, a mistura do liquidificador à tigela com os secos, mexendo delicadamente com um batedor de arame, para incorporar. 
  6. Transfira a massa para a fôrma e leve ao forno para assar por cerca de 50 minutos. Para saber se o bolo está pronto, espete um palito na massa: se sair limpo, pode tirar do forno; caso contrário, deixe por mais alguns minutos, até que assar completamente. Deixe esfriar por 15 minutos antes de desenformar.
 Para a cobertura




Ingredientes

  • ½ xícara (chá) de chocolate em pó
  • ⅓ de xícara (chá) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • ⅓ de xícara (chá) de água

Modo de preparo

  1. Numa panela pequena junte o chocolate, o açúcar, a manteiga e a água. Leve ao fogo médio e mexa com o batedor de arame até ferver. 
  2. Depois que começar a ferver, mexa por mais 4 minutos, até a calda engrossar e começar a desgrudar do fundo da panela. Regue a calda quente sobre o bolo frio (já desenformado) e deixe esfriar. Sirva a seguir.
Bolo de Cenoura



VÍDEO

Ouro, Incenso e Mirra - Padre Zezinho





Ouro, Incenso e Mirra

Padre Zezinho

São três reis que chegam lá do oriente
Para ver um rei que acaba de nascer
Dizem que um é branco, o outro, cor de jambo
O outro rei é negro e que vieram ver

O novo rei que nasceu
Igual estrela no céu

Dizem que uma estrela muito diferente
Lá do oriente se podia ver
Falam de um cometa, ninguém sabe ao certo
Mas pelo deserto eles vieram ter

Ao novo rei que nasceu
Igual estrela no céu

E trazem ouro, incenso e mirra
Pra festejar o novo rei
Que tem poder e majestade
Que vem do céu, que é de Deus
Que vai sofrer, que vai morrer
E que nos libertará

São milhões de vidas que no ocidente
Que no oriente sofrem de opressão
Têm todas as cores, todos os temores
Todos os rancores desta humilhação

Esperam libertação
E olham todos pro céu

Dizem que um futuro muito diferente
Essa pobre gente ainda conhecerá
Dizem que é seguro, que o futuro é certo
Que anda muito perto, que começa já!

Olham pro rei que nasceu
Igual estrela no céu






19 comentários:

  1. Sensacional página infantil de sábado, mais um Conto de Natal publicado no Blog Maçayó, o nosso Cantinho do Saber, a magia do Papai Noel encantando o Bosque Encantado dos Coelhos, pura fascinação. Muito Feliz, realizada e agradecida por mais um narrativa natalina. O cenário é mágico e a Estrela do Natal guiando os nossos corações. As ilustrações estão notáveis, o poeta Jorge Leite sabe emocionar qualquer um. A Taberna do tio Jorge traz uma receita deliciosa de bolo de cenoura, a mamãe Coelha fez com toda certeza e eu também vou fazer. O vídeo está lindo... tudo perfeito e emocionante. Parabéns e obrigada a todos! Excelente leituras... É show o nosso Blog. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Tia bete gosto do conto e dos coelhinhos lindo natal e papai noel jogou presentes gosto dos reis magos. belo e belo. beijos da sua aluna laurinha

    ResponderExcluir
  3. Bom dia princesa Laurinha! Estou feliz que você veio me visitar e gostou do conto e dos Reis Magos. Amei o seu comentário. Lembrança para sua mãe! Beijos 💖🤗😚

    ResponderExcluir
  4. Espetacular conto infantil, muita emoção e magia em uma página de sábado fantástica, uma narrativa para ninguém botar defeito, com toda fantasia do Natal, minha amiga poetisa Elisabete Leite caprichou mesmo, com direito a Paosi Noel e renas mágicas. As ilustrações como sempre dando um show, a pesquisa do Cantinho da Tia Beta é puro ensinamento, muito bom conhecer novas histórias sobre os Reis Magos e a estrela de Belém. Os poemas estão perfeitos e bem criativos. Amei a receita de bolo de cenoura da Taverna do tio Jorge, muito delicioso. Vou provar com certeza! Show e show de blog. O vídeo é mágico tanto quanto a página. Os poetas estão de parabéns! Aplausos pela espetacular história de Natal Bete. Abraços...

    ResponderExcluir
  5. Corrigindo: Papai Noel... Taberna...

    ResponderExcluir
  6. Fessora bete eu gosto do conto de natal e amo os coelhos e gosto de bolo, mamãe ajuda eu e manda abraço. da sua aluna laynne.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, querida aluna Laynne! Estou muito feliz por você ter gostado da história de Natal dos coelhinhos. Mande um abraço para sua mãe e um beijo para você. 😚💖🌹🤗

    ResponderExcluir
  8. Sensacional página de sábado, um conto brilhante da minha amiga poetisa Elisabete Leite, que traz uma história fascinante, tão mágica quanto uma noite de Natal. Os adoráveis coelhinhos aproveitam o brilho da ceia natalina e o encanto de Papai Noel e seus presentes. Os poemas são lindos e as ilustrações estão dando um show a parte. O vídeo é pura magia. Gostei bastante da pesquisa sobre os Reis Magos... Vou fazer a receita do bolo de cenoura com chocolate, a Taberna do Tio Jorge é um sucesso. Parabéns aos poetas, tudo perfeito por aqui! Bravo por mais um belíssimo Conto infantil de Natal. Abraços e boas leituras.

    ResponderExcluir
  9. É fantástica essa página infantil de sábado, um espetáculo de conto, a magia do Natal, contada em versos e em prosa... Uma narrativa emocionante dos irmãos coelhinhos, os comilões que acreditavam no espírito de Natal, presentes, renas e Papai Noel. Tudo muito perfeito nesse Blog! As ilustrações estão impecáveis e bastante expressivas, uma pesquisa bem interessante e um vídeo fascinante. Vou mandar Geovanna fazer a receita do bolo de cenoura. Deve ser delicioso. Parabéns aos poetas e aplausos amiga poetisa Elisabete Leite pela linda história, que está tão perfeita quanto a primeira. Tudo é Natal, tudo é magia, tudo é fascinação. Bravíssimo!!!

    ResponderExcluir
  10. fessora bete é Gugu o seu aluno, eu gosto do conto e papai ajuda eu a comentar é um lindo Natal no bosque tem papai Noel. Tudo belo fessorinha que conto lindo beijos Gustavo

    ResponderExcluir
  11. Obrigada querido aluno Gustavo, estou feliz pela sua presença aqui. Que bom que você gostou do conto de Natal. Mande lembranças para o seu pai. Beijos ♥

    ResponderExcluir
  12. Que lindo conto Beta e as ilustrações estão belíssimas Jorge. É uma história encantadora mesmo. Parabéns para vocês! Amei tudo! Da sua irmã Fátima

    ResponderExcluir
  13. Venho prestigiar o novo e belíssimo conto da nossa amiga poetisa Elisabete que traz a magia do Natal e enche os nossos corações de muita Luz. A história dos irmãos coelhinhos, que encanta os grandes e os pequenos. As ilustrações são lindas, fascinantes e mágicas, o poeta Jorge entende do assunto. Amei a pesquisa, vídeo e fiquei apaixonada pela receita da Taberna do Tio, vou provar nesse Natal. Amigo Jorge meus sentimentos. Fale se gostou da página, pois estamos com saudade. Parabéns poetas e aplausos Bete por esse trabalho maravilhoso. Abraços e muitaaaaaa saudadesssss de todos

    ResponderExcluir
  14. Que página maravilhosa de sábado, um conto deslumbrante da minha querida amiga poetisa Elisabete Leite, com sua história encantada de Natal. Os poemas trazem mensagens de Paz, Amor e Luz, muita magia para as crianças. As imagens ilustrativas estão perfeitas e expressivas. Amei a pesquisa da tia Beta e a receita do bolo do tio Jorge. Lindo vídeo. Encantada com essa página de hoje, amo esses contos de Natal e esses irmãos Leite fazem sucesso. Parabéns e abraços amigos... aplausos Bete por mais um belíssimo conto!!!

    ResponderExcluir
  15. Lindos os poemas da Bete, bem como a história dos três coelhinhos, simbolizando as figuras dos três reis magos. A criançada vai adorar.!
    Aplausos a Bete e ao Jorge por mais um trabalho maravilhoso.
    Esperando a próxima... abraços.

    ResponderExcluir
  16. Mais um lindíssimo conto infantil, uma mensagem fascinante sobre o Natal, o segundo da série sobre o espírito natalino e o Amor presente no coração de cada um, a história que simboliza Os Reis Magos, os personagens que visitaram o menino Jesus logo após seu nascimento. A poetisa e contista sabe narrar para a criançada entender que Natal é Amor. Lindos os poemas muita emoção nesse sentimento de Fé. As ilustrações, como sempre, estão perfeitas e completam o tema de Natal, a pesquisa muito ensina e o vídeo fascina. Também vou provar a receita do Tio Jorge. Um show de página de sábado! Amei tudo! Parabéns aos poetas e aplausos Bete pelo seu excelente trabalho. Abraços e boa noite!

    ResponderExcluir
  17. Que conto magnífico, mais uma história fascinante de muita emoção e mensagem de Luz da minha amiga poetisa Elisabete Leite. O espírito de Natal contaminou o Blog e encheu o nosso coração de Amor. Os poemas são lindos, com versos mágicos. As ilustrações, o vídeo, a pesquisa e receita do bolo completam o tema, mais um trabalho rico tanto em conteúdo quanto em arte. Parabéns aos poetas. Show... abraços

    ResponderExcluir
  18. Sensacional seu conto professora Bete, onde estão presentes muitos ensinamentos, a magia do Natal contada para os pequeninos e gente grande também, os poemas como sempre lindos e recheados de mensagens de Feliz Natal. É bastante gratificante interagir nesse blog, vou trabalhar esse conto finalizando assim, o semestre. Professora o blog pretente tirar férias? Lindo momento, pesquisa bem desenvolvida, belo vídeo, excelente receita, que irei provar e finalmente, deslumbrantes ilustrações. Amei tudo! Parabéns e bom domingo a todos!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia a todos! Primeiramente quero agradecer-lhes pelas ilustres visitas, leituras e gentis comentários. Muito feliz pela presença de todos por aqui! Professora Carmem, ainda não combinei com o poeta Jorge, mas posso adiantar-lhe que estarei em férias, pelo menos dos Contos educativos infantis, vou me reunir com o nosso mentor, Jorge, como serão as publicações nessas férias. Para retornarmos com muitas novidades após o tão esperado momento de lazer. Porém nada decidido enquanto não falar com Jorge. Beijos no coração de cada um. Aproveitem o domingo com poesias! Tchau tchau...

    ResponderExcluir