sábado, 21 de dezembro de 2019

O Milagre de Natal

Ano III - Edição Nº 391 - Tema Infantil
Tema das Imagens - Natal

O MILAGRE DE NATAL

          Todo dia era sempre a mesma coisa na casa da garotinha Maria, o sol amanhecia radiante, e trazia com ele o brilho incandescente do verão, mas a jovenzinha tinha esperança que sendo natal, tudo fosse diferente, pois ela queria ganhar um lindo presente especial, mas o presente nunca caia do céu... Nascida e criada no campo, filha de lavradores, o único divertimento da menina era uma boneca de pano, que sua avó Zezinha costurava todo ano, somente ela ia trocando suas roupinhas, para que sua netinha não ficasse sem presente. Toda véspera de natal sua vozinha fazia-lhe a mesma pergunta:
          - Bom dia, pequena Maria! Hoje é véspera de natal, momento de trocar as roupinhas da sua boneca Dorinha. Meu amor, qual a cor da roupinha dela, para esse ano?
          A garotinha acordava para o mundo, sorria para sua generosa avó, e sempre lhe respondia sorrindo:
          - Bom dia, vovó Zezinha! Pode ser de qualquer tonalidade, no natal passado foi da cor azul, do céu. Tenho muita Fé! Assim, pode ser da cor verde, da esperança.
          As duas foram para a mesa de costura, a sua avó pegou um pedaço de pano verde, agulha, linha e costurou uma nova roupinha. A garotinha ficou feliz da vida, vestiu sua querida bonequinha e colocou-a embaixo da Árvore Pet de Natal. Os olhos da pequena Maria brilhavam de alegria, de esperança, que fosse diferente o seu Natal.
         O sol se escondeu e deu passagem à lua que iluminou aquele local. De repente, o som de um helicóptero quebra o silêncio. Maria corre para a única janela da casa, e viu quando do céu caiu um embrulho, correu para apanhá-lo. A menina soltou, com cuidado, o laço que envolvia o presente, seus olhos não acreditaram. Era uma boneca que não era de pano, caiu do céu seria por engano! Porém um pequeno bilhete dizia:
          “Quem tem Fé, tem esperança, para você uma simples lembrança de alguém especial, que não pode mudar o mundo, mas pode transformar um Natal.”
           A linda Maria pegou a nova boneca e a colocou junto da sua boneca de pano, e disse-lhe:
          - Dorinha, você ganhou uma nova amiguinha para brincar nesse Natal.
          Maria e sua avó correram para festejar com os vizinhos, que sorriam, com muitos presentinhos que caiam do céu, várias bonecas e lindos carrinhos alegravam as meninas e menininhos. Foi um coração humano que mudou aquela noite de Natal.
          Que muitas pessoas, vestidas de anjos, transformem um Natal.
          Um Feliz Natal a todos! Até a próxima pessoal!
                                                                    
                                      É                          
                                  Natal,
                                 Milagre
                            União e Amor,
                       Momento de emoção
                     Luzes, cores e esplendor...
                 Fraternidade, amizade e doação,
           É aniversário de Jesus, nosso Salvador!
                Nasce a esperança entre os irmãos,
            Para colocar a Paz, entre a Humanidade,
         Também espalhar a caridade, passando calor...
       O Natal é todo dia, é todo momento, é a verdade!
  É a presença do Amor, é o doar-se em plena comunhão.
                                      Portanto,
                                       Natal é:
              Acreditar na Fé que torna tudo capaz,
         Vivendo em liberdade, e semeando Amor e Paz.

                   Elisabete Leite (FELIZ  NATAL!).




NATAL DE LUZ E AMOR

Ah, eu rogo a Deus uma prece!
Para que nosso Natal seja de Luz
Paz é o que todo mundo merece,
É a mão de Deus que nos conduz...

Enche nossa alma de claridade,
Emana-nos com Luz e proteção
Deixa-nos protegidos, de verdade
Deus preenche o nosso coração...

Sim, eu rogo a Deus uma prece!
Pela Fraternidade entre os irmãos,
Amor à criançada também merece
O Mundo precisa da devida União...

E que o Bem reine pela face da terra
A Justiça prevaleça na Humanidade,
Amor seja a semente que se enterra
Dela germine bons frutos, a Caridade...

E agora, eu rogo a Deus uma prece!
Que seja banido da terra o desamor,
Viver em harmonia o mundo merece                                                      
FELIZ NATAL, de Luz e muito Amor!

Elisabete Leite
(Um Feliz Natal para meus familiares, amigos, alunos e demais leitores!)



 NATAL É DOAÇÃO

          Era véspera de Natal e a noite descia deslumbrante, um prateado luar apontava por entre os coqueiros, iluminando a exuberante colônia de pescadores: Noite Feliz, um local aconchegante, com casinhas em cores diversificadas, uma enorme Árvore de Natal na entrada, com vários enfeites natalinos, e um vasto oceano. Lá a pesca era o único meio de sobrevivência.
          Davi, um menino de bom coração, que acreditava na magia do Natal, suas luzes e cores, e em Papai Noel. Ele estava confiante que iria ganhar um presente, mas sabia das dificuldades que a colônia estava passando, porém sua Fé era maior que as suas incertezas... Ele se dirigiu ao quarto da casa, pegou sua meia pendurada na janela, e tirou de dentro uma cartinha que dizia: “Querido Papai Noel, eu quero ganhar uma bicicleta azul, mas pode ser outro brinquedo, se o senhor não puder comprar.” Davi abriu a janela, olhou para o céu, e falou: “Natal é Fé, Esperança e Amor.” De repente, viu um senhor se aproximando, que lhe disse:
         - Ei menino, você quer essa bicicleta? Ela não cabe em minha bagagem. Agora, ela é sua! Feliz Natal!
        Davi viu a bicicleta azul, olhou para o céu e agradeceu a Deus.
        A Fé faz o impossível acontecer. Feliz Natal a todos!

        Elisabete Leite
(Que o Ser Humano seja um Papai Noel todos os dias!)


É NATAL
Letra e música: Elisabete Leite
Arranjo: Socorro Almeida

Lá lá lá lá... lá lá lá
É Natal!
Lá lá lá lá... lá lá lá
É Natal!

Que os anjos da noite
venham me visitar
Tocando canções
Para me acalentar

Que a essência do amor
Habite meu coração
E com seu esplendor
Traga uma linda oração!

(Refrão)

Em todo o momento
A paz esteja presente
E que a força do Amor
Mude a vida da gente
 
Que o Deus do Natal
Traga suave luz
E quem me conduza
Seja a mão de Jesus!

Lá lá lá lá... lá lá lá
É Natal!
Lá lá lá lá... lá lá lá
É Natal!

Que o Deus do Natal
Traga suave luz
E quem me conduza
Seja a mão de Jesus!