quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Quarta Poética com Elisabete Leite e Socorro Almeida

Ano II - Edição Nº 271 - Tema: Poesias
Tema das imagens - O Voo dos Pássaros
SOU LIVRE PARA VOAR

Sinto-me uma borboleta a esvoaçar
Em um belo bailado de flor em flor,
Voo pelos jardins, sempre a encantar
Levando nas asas o colorido do amor
Com leveza, deixo a imaginação voar...

Sobrevivi a uma difícil metamorfose
Bem dentro de meu aquecido casulo
Renovei meu interior, uma boa dose
Foi a minha transformação do século,
Que até me fez despertar da hipnose...

Sinto-me uma borboleta que voa suave
Que cruza fronteiras, em total liberdade
Vou voando com a perfeição de uma ave
Busco novos horizontes, a plena felicidade
As minhas asas são potentes aeronaves...

Sou borboleta que também sabe amar
Eu viajo em busca de meu Porto Seguro,
Um ninho para que eu possa me abrigar
Aquecer-me do frio, do calor, do escuro
Ah, o importante é ser livre para voar!

Elisabete Leite – 02\01\2019
DE REPENTE...

De repente, eu desperto de um sonho
Que o tempo me auxiliou a esquecer,
São momentos nostálgicos, tristonhos
Os ventos levaram, não irão mais trazer...

Um sonho que não quero mais na vida
Pois, já não tem importância para mim
De certeza, já estão sanadas as feridas
Se reabertas só trarão dores, sem fim...

Ah, foste embora me deixando sozinha!
Por anos, fiquei a sonhar com teu amor
Não era amor, voou com as andorinhas
Senti frio intenso, sofri sem o teu calor...

Agora já não é sonho, é pura realidade!
Mudei de rota e segui por outro caminho
Sei que nunca foste minha cara metade
Meu coração palpita, com ritmo, sozinho...

Saudade já não faz parte do meu mundo
A tristeza acabou, tu fizeste por merecer
Fiz a felicidade renascer bem lá do fundo
De repente, o sol brilha, novo amanhecer!

Elisabete Leite
ENCONTREI-ME EM VOCÊ

Ah, banhei-me nas águas de teu Mar!
Provei o sabor da tua ardente paixão
Acreditei nas juras, de sempre me amar
Inerte, eu senti diferentes sensações...

Afoguei-me no néctar dos teus beijos
Suave é o sabor adocicado da tua saliva
Fui submissa e realizei os teus desejos,
É felicidade que jamais será esquecida...

Inebriei-me com os teus afagos e festejos
Perdi o norte, minha Nau ficou à deriva
Encontrar-me em ti, é tudo que almejo...

Teu cheiro me deixa totalmente perdida
Ah, em um frenesi constante eu te vejo!
Minha Nau achou o rumo, me sinto viva.
Elisabete Leite – 02\01\2019
QUE LINDO ALVORECER!

A chuva vai embora de mansinho,
O luar vai sumindo por trás dos montes
O céu se veste de intenso brilho, luz e cor
Ah, lá vem o sol resplandecendo no horizonte!
Vem trazendo natureza, vida e muito calor...

Brancas nuvens viajam sorridentes ao léu,
Um arco-íris se forma no resto da neblina
Pássaros em revoada gorjeiam pelo céu
Todo cenário se projeta em minha retina
O alvorecer tinge o dia, com seu dourado véu...

As rosas desabrocham em puro ato de amor,
Pelas abelhas, diligentes que ficam lá a voar
O néctar é levado para fazer o mel, a seiva da flor
Ah, a borboleta baila livre em seu belo esvoaçar!
Levando para bem longe as tristezas e o desamor...

A incrível paisagem me convida à reflexão,
Assim, janelas e portas se abrem para a magia
Vem fluindo, bem devagar, minha doce inspiração
Ah, nascem palavras, versos e rimas de uma Poesia!
Tecida lá no fundo d’alma, com sentimento e emoção...

Elisabete Leite – 07\01\2019
VEM!
De: Socorro Almeida

Ainda que todas as vozes do mundo se calem, a minha será ouvida, a chamar-te.
Não há profundidade no universo, que não tenha o eco da minha voz, a clamar-te...
Montanhas solidárias a ti, por esconder-te.
Bendigo o meu coração que não desiste, a implorar-te...
Vem!  Meus abraços têm ânsia em esperar-te
Meus lábios em agonia por beijar-te
Humildemente, não se cansam de sonhar-te!
Poderás vencer os oceanos a navegar-me
Porque te quero aqui...
E para sempre amar-te!

Recife, 07/01/1
SONETO DA DESPEDIDA
De: Socorro Almeida

Quero que meu canto seja a voz dos bem-te-vis
Sem que te assuste o bater das minhas asas
Cansado de voar bato à porta da tua casa
Pra receber teu abraço e partir feliz.

Quero ser as águas que te banham sem pudor
Que deslizam por teu corpo toda manhã
Eu igualmente fascinado e cheio de amor
No intolerante prazer do meu louco afã

Tenho pressa em dizer-te mais que a mim
Meus anos são meses, meus dias são minutos
Melhores momentos vividos neste mundo

Já me valeram no universo do teu colo ardente
Em derradeiros delírios estremecestes
Que me façam morrer agora num segundo!

Recife, 04/01/2019

Pixabay - Pássaros







18 comentários:

  1. Mais uma magnífica quarta-feira poética, que é um grande encontro de poesias... São Poemas que voam dando um espetáculo no ar, com tanta perfeição tanto quanto os pássaros. Minha amiga poetisa Socorro Almeida chegou com seus belíssimos versos românticos, enchendo o blog de muito sentimento e emoção. Para mim fico lisonjeada em dividir com a poetisa a mesma página. As ilustrações são fenomenais e de muito bom gosto, pois o voo das aves simbolizam o meu voo em busca da felicidade. Quero agradecer ao grande poeta Jorge Leite, meu irmão, esse presente de início de ano, que são imagens ilustrativas que representam o meu voo constante. Emocionada, muito agradecida, feliz e realizada pela excelente partilha dos meus poemas. Tudo muito lindo! Parabéns a querida poetisa Socorro e ao poeta Jorge pela arte final. Beijos a todos e bom dia! Um show poético...

    ResponderExcluir
  2. Sensacional página de quarta-feira, que são belíssimos poemas das amigas poetisas Elisabete Leite e Socorro Almeida, esse grande encontro poético. Bete, magnífica poetisa, chega enchendo o Blog de pura leveza em seu voo vazante em busca da felicidade, traz consigo a natureza e a perfeição do voo das aves em seu maravilhoso versejar, muito lindo e lindo esse poema DE REPENTE... da nossa mestra. Já Socorro Almeida com seus lindíssimos versos românticos, causanso sensibilidade a todos, a união de grandes temas. As imagens ilustrativas estão impecáveis, como sempre e representam muito bem as temáticas. Parabéns as poetisas pelas suas artes e ao poeta Jorge pela linda página. Abraços e saudades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querido amigo Maciel, pela sua ilustre presença, leitura e gentil comentário. Sua amizade enche meu dia de Luz. Felicidade sempre amigo! Forte abraço.

      Excluir
    2. Corrigindo pessoal: ...causando...

      Excluir
  3. Venho aqui, no blog Maçayó, prestigiar as minhas amigas poetisas com essa maravilhosa página poética de quarta-feira e, seus belíssimos poemas, versos sensíveis e rimas coloridas. Elisabete é perfeita em se voo pela felicidade, pois amei seu soneto ENCONTREI-ME EM VOCÊ. Ja Socorro é romântica na sua arte de compor. As ilustrações como sempre estão magistrais. Parabéns as poetisas e ao poeta e amigo Jorge Leite pela fenomenal página. Abraços a todos e saudades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida amiga Lis, saudades de você. Agradeço pelo seu carinho e gentil comentário. Beijos. Sua amizade enche o meu dia de Luz. Tenha um excelente dia!

      Excluir
  4. Eita pessoal, que maravilha de página de quarta-feira! São belíssimos poemas das amigas poetisas Elisabete Leite e Socorro Almeida. Ufa Bete, que lindo voo poético, seu poema DE REPENTE... é um luxo. Eu fico muito feliz em interagir com esse blog, somente mestres compartilham por aqui. As ilustrações como sempre dando um show de sucesso. Parabéns poetisas pelas suas artes e aplausos para o poeta Jorge Leite e sua arte final. Abraços a todos e ótimo dia! Show e show!

    ResponderExcluir
  5. Pois é, amiga poetisa Elisabete Leite o importante é SER LIVRE PARA VOAR, que belíssimo poema! Uma sensacional página de quarta-feira poética com lindíssimos e mágicos poemas das poetisas amigas Elisabete Leite e Socorro Almeida que embelezam o blog com suas artes reflexivas e românticas. As imagens ilustrativas estão perfeitas, assim como, o voo dos pássaros, o poeta Jorge Leite sabe aproveitar os temas abordados, fazendo o blog a todos encantar. Parabéns aos poetas e abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada a esse casal de amigos queridos, Paulo e Geovanna, que sempre embelezam o nosso Cantinho do Saber com seus lindos e carinhosos comentários. Felicidades para vocês sempre! Beijos de Luz...

      Excluir
  6. Amigos que sensacional é esse poema da amiga Elisabete Leite QUE LINDO ALVORECER! Viajei na natureza dos fatos e presenciei o nascer desse novo dia. Mais uma belíssima página de quarta-feira poética, com lindos e expressivos poemas das amigas Elisabete Leite e Socorro Almeida com seus versos sentimentais. Deslumbrantes ilustrações. Parabéns poetas pelas suas artes. Abraços a todos e saudades de vocês queridos!

    ResponderExcluir
  7. Amiga Bete, esse teu poema DE REPENTE, parece ter saído de mim. Maravilhoso!
    Os outros são igualmente lindos, mas há sempre um, em particular, com o qual nos identificamos mais...
    Quero agradecer aos amigos pelos comentários carinhosos a respeito dos meus poemas.
    Parabéns ao Jorge por mais este presente.
    A página está linda!

    ResponderExcluir
  8. Correndo, sem demora, para compartilhar com vocês mais uma página maravilhosa. Estou feliz e orgulhosa em participar de alguma maneira de poesias encantadoras.
    Aplausos mais uma vez por esse magnífico trabalho.
    Parabéns.
    No aguardo de outros mais...

    ResponderExcluir
  9. Que linda quarta-feira poética no blog! Um grande encontro de duas excelentes poetisas Elisabete Leite e Socorro Almeida que, hoje, compartilham seus lindíssimos, reflexivos e românticos poemas, que são temáticas emocionantes e que tocam de cheio o nosso coração. Amei seu poema DE REPENTE... querida Bete, quem já não sofreu por amor e que logo depois superou, todos nós. Sensacionais ilustrações e que representam muito bem os temas abordados pelas amigas. Somente me resta parabenizar aos poetas pelas suas artes. Uma boa tarde a todos e abraços...

    ResponderExcluir
  10. Que coisa linda... encantada com poemas tão lindos. Que dupla, heim!
    Elisabete e Socorro... duas almas de profunda sensibilidade.
    Eu fico sem saber qual poema é mais bonito...
    Parabéns, gente, mil vezes parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pessoal pelas ilustres visitas, gentis comentários e carinho de todas vocês: queridas Socorro, Betânia, Darcy Campos, Karen, Lúcia Lins sem a presença de vocês nada disso teria sentido... muito obrigada mesmo! Beijos no coração de todos...

    ResponderExcluir
  12. Olá...Sou Augusta Almeida, irmã de Socorro.
    Esse dom eu não tenho, mas nem por isso deixo de admirar uma boa poesia, de versos tão bonitos. Parabéns às duas!
    Encantada.

    ResponderExcluir
  13. Somente agora passando para interagir e comentar a fabulosa página de quarta-feira poética, que foi um maravilhoso encontro de artes, em versos e rimas... Um momento poético que parece voar como os pássaros. Um esvoaçar de inspiração da grande amiga poetisa Elisabete Leite e um valsar romântico da poetisa Socorro Almeida. Duas poetisas que sabem emocionar. Parabéns pelas suas artes e pelo conjunto da partilha. Muito bom dia a todos e abraços... Ainda em férias! Que é um descanso merecido. Tchau pessoal e até breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigos Augusta Almeida e Henrique Dias pela presença de vocês aqui em nosso Cantinho do Saber, lisonjeada pelas gentis palavras. Excelente dia e um bom descanso merecido. Abraços...

      Excluir