quarta-feira, 24 de julho de 2019

Quarta Poética com Rita de Cássia Soares

Ano II - Edição Nº 342 - Quarta Poética
Tema das Imagens - Sombras & Luz
Caminhos Exíguos

Tentei viver sonhos
Que na vida busquei
Caminhos dispersos
Foi o que encontrei

Dentro do meu peito
Habita lágrima e dor
De um lapso profundo
Caminhos sem cor

Vou velejando no mar
O mais exíguo amor
No tempo cronômetro
O vazio dói sem pudor

Retalhos é minha vida
Sombria dos reflexos
Contidos no sentimento
De um ser comprometido

Sigo o tempo incerto
Do meu EU escondido
Migalhas do teu afeto
Ao meu coração dirigido

Sou retalhos sem vida
Sou retalhos sem cor
Talvez seja um pássaro
No ninho sem amor.

Rita de Cassia Soares
22/07/2019
Pirpirituba PB  4 da madrugada.
Página


A página que rabisquei
Fala um pouco de mim
Do passado presente
De um futuro assim

Melancólico e vazio
Sem sentido pra mim
Quisera eu puder abrigar
Dar sentido a minha vida

Contar histórias bonitas
E fazer o coração sorrir
Pintar um arco-íris
Fazer o meu eu existir

Contemplar as flores
Nadar no mar olhar o céu
E a verdade encontrar
O AMOR onde está?

Rita de Cassia Soares
22 de julho de 2019
Pirpirituba PB

Tudo vazio

Assim eu sinto
O vazio aqui
Dentro de mim
Fazendo-me sofrer

Assim eu sinto
A falta de você
De bem sem querer
A falta de você

Assim eu sinto
O amor se esconder
De mim e de você
Pra que? Não sei dizer

Assim eu sinto
As horas a madrugada
O meu leito vazio
Não tenho você

Assim eu sinto
Que só a saudade
Aperta e dói e dói
Muito em mim

Assim vivo sem
O abraço o beijo
O calor a palavra
Sem você em mim

Assim vivo o tempo
Dispersa sem vez
No silêncio sombrio
Que o tempo usou

Assim vivo a pensar
Será que eu? Vou suportar?

Rita de Cassia Soares
Pirpirituba PB
22 de julho de 2019.
SILÊNCIO

Dentro de mim explode
Uma dor sem fim,
Parece que parte
Tudo em fragmentos assim,
A boca cala fala a lágrima,
O silêncio remoto
Atordoando meu coração

Mas porque calar,
Se a vontade é gritar,
Se calada fico, não me escuto
E acho que já estou morta
Mas já estou morta!
Só que ainda não percebi
Ou talvez não queira estar.

Por não estar morta é que eu grito
Tento superar minha dor
Quem sabe minha alma escute
E procure transformar essa dor
Em sentimentos mais leves e puros
Em sentimentos de amor.

Por amar é que sofro
Essa estranha dor
Dentro de mim uma voz sussurra
Se sofres não é por amor.
Seja uma ave em pleno voo
E deixe também voar,

Rita de Cássia, Pirpirituba PB
Em 21 de junho de 2019
Jorge Leite, Recife 23 de julho de 2019
(Peço perdão à Rita de Cássia por ter
 acrescido algumas estrofes ao seu belo poema)


Imagens - Pixabay



10 comentários:

  1. O céu hoje está em festa, uma estrela faz aniversário, com seu brilho que reluz no Blog Maçayó e seus magníficos versos de valor milionário. Parabéns dobrado, querida poetisa Rita de Cássia, seus poemas estão belíssimos e a nostalgia tomou conto dessa quarta poética. Tudo perfeito por aqui pois a magia da sua poesia encanta e emocionam todos nós. As ilustrações como sempre impecáveis e completam perfeitamente a temática dos poemas. O poema SILÊNCIO em dieto com o poeta Jorge Leite é realmente um presente de aniversásrio. Aplausos para os poeta e FELIZ ANIVERSÁRIO poetisa amiga! Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  2. Uma belíssima quarta de arte poética em nosso Cantinho do Saber. A nossa aniversariante de hoje venho iluminar o Blog. Lindos versos nostalgicos foram tecidos com muito sentimento e sua inspiração foi extraída do âmago da sua alma. Todos os poemas estão brilhando, o poema PÁGINA é simplesmente um show e o poema SILÊNCIO ficou muito lindo. Só me resta aplaudir. Parabéns poetas! As ilustrações estão lindíssimas e estão dando um show à parte. Feliz aniversário amiga poetisa Rita de Cássia... Paz, Saúde e tudo mais! Abraços para todos!

    ResponderExcluir
  3. Estou passando para prestigiar a nossa amiga poetisa Rita de Cássia que, hoje, completa mais uma primavera. Estou encantada com seus belíssimos versos e quero aplaudir seu poema CAMINHOS EXÍGUOS que apresenta uma grandiosidade ímpar. Uma página de quarta recheada com muita nostalgia e de muita beleza poética. As ilustrações estão lindíssimas e você amiga brilha por aí. FELIZ ANIVERSÁRIO com saúde, Paz e com Deus no coração. Parabéns aos poetas o dueto do poema SILÊNCIO ficou show. Saudades e abraços. Tudo lindo!

    ResponderExcluir
  4. Duplo parabéns a nossa amiga poetisa Rita de Cássia, pelo seu aniversário e pelos lindos poemas que acabei de ler e que me emocionou bastante, pelos versos maravilhosos e cheios de sentimentos.
    O blog está de parabéns pela página de hoje.
    Abraço especial a você, Rita!
    Até a próxima.

    ResponderExcluir
  5. Venho parabenizar nossa aniversariante por mais um ano da sua existência e pelos seus poemas que estão lindos, como também tudo compartilhado aqui hoje. Ilustrações impecáveis e muitos sentimentos extraídos do coração. Um verdadeiro show de quarta poética. Parabéns poetas e Feliz Aniversário Poetisa Rita! Abraços

    ResponderExcluir
  6. Sim pessoal! É momento de parabenizar duas vezes a nossa amiga poetisa Rita de Cássia pelo seu aniversário e pelos lindos e sentidos poemas. Muita emoção presentes a cada verso. Mas hoje é festa e vamos festejar. Parabéns aos poetas pela beleza da página e pelos poemas. Belíssimas ilustrações de Sombras e Luz. Show! Abraços para vocês e um feliz aniversário Poeta Rita!

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso momento de arte poética nessa quarta no Blog Maçayó. Belíssimos poemas da amiga poetisa Rita de Cássia que hoje merece duas vezes parabéns, pois ela brilha com seu poemas recheados de sentimento e ternura. A nostalgia chegou e ocupou espaço aqui. Lindíssimas ilustrações de "Sombras e Luz" e que representa muito bem o tema dos poemas. Amei o dueto com o poeta Jorge Leite e o poema PÁGINA é apaixonante. Parabéns pela maravilhosa página de hoje poetas. Boa tarde e abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz Aniversário poetisa Rita de Cássia, muita Paz, saúde, amor e Fé em nosso Deus! Parabéns...

      Excluir
  8. Uma maravilha de quarta poética com nossa amiga aniversariante Rita de Cássia, que hoje não economizou nas palavras que emocionam e transformam sentimentos em emoções. Parabéns pelo seu aniversário, aproveite para agradecer por haver sobrevivido mais 365 dias e que muito outros você sobreviva emocionando os seus leitores e fãs com suas lindas poesias. Se os seus versos estão sem cor aproveite para colorir a sua alma poética. Feliz Aniversário! Belíssimas ilustrações. Parabéns poeta Jorge pelo dueto. Tudo especial para uma aniversariante. Abraços

    ResponderExcluir