sábado, 21 de setembro de 2019

Coração de Ouro

Ano II -Edição Nº 363 - Tema Infantil
Tema das Imagens - Universo Infantil




CORAÇÃO DE OURO

              Era uma vez uma menina linda e muito inteligente. Ela gostava de contemplar o verde da natureza, de apreciar pássaros de várias espécies a gorjear no jardim, ouvir as historinhas que sua avó contava e de brincar com os coleguinhas da escola. Maria Alice era uma menininha amável e gentil com todas as pessoas, morava em uma casa bem simples em companhia da sua avó materna, pois que perdera seus pais em um acidente de carro quando ainda era muito pequenina. Ultimamente, a garotinha Alice andava se sentindo bastante cansada, com falta de ar e sem apetite, porém isso tudo, estava a deixando muito triste.
          A avó, Dona Matilde, percebendo sua tristeza, procurou descobrir o motivo:
          - Alice, o que está acontecendo com você querida? Estou percebendo uma tristeza em seu olhar. Notei já há alguns dias que você anda inquieta e cansada. Fale-me o que você anda sentindo?
         - Vovó Matilde, eu ando cansada sem motivo, não tenho vontade de comer e sinto também falta de ar. Estou preocupada e triste. O que será vovozinha? – perguntou a menininha.
        - Minha netinha, amanhã logo cedo, eu vou levá-la ao médico da comunidade! Agora vá tentar comer uma fruta. Disse-lhe sua avó.
         Dona Matilde acordou Maria Alice logo cedinho, o clima estava perfeito e a temperatura estava bastante agradável, e elas precisavam se apressar para não perder a única condução que as levaria ao vilarejo mais próximo. A bondosa senhora colocou frutas e um lanche saudável na mochila da criança, se aproximou da netinha e falou baixinho:
          - Princesinha, você precisa se apressar! Hoje, temos um grande encontro com o seu doutorzinho. Venha vestir-se, por favor!
         Maria Alice vestiu-se com rapidez e deu um forte abraço de gratidão na avó, e logo depois as duas saíram de mãos dadas até a praça central para apanhar o ônibus...
         Alice e sua avó chegaram, finalmente, ao posto médico. A garota estava ansiosa para rever o amigo doutorzinho, que sempre era muito carinhoso com ela. Na verdade, ela queria saber o que estava deixando-a tão incomodada... A consulta foi rápida, mas o médico solicitou novos exames: um RX do tórax e um exame de sangue. Os exames foram realizados no ambulatório ao lado do posto médico. As duas ficaram passeando enquanto aguardavam os resultados dos exames.  Alice deixou sua avó sentada em uma praça muito arborizada e foi logo fazer um reconhecimento pela área. Ela observava atentamente cada detalhe e árvore que ali estava plantada. Ficou feliz ao encontrar um colorido beija-flor. E logo mais à frente uma borboleta amarela esvoaçando sobre uma margarida, tudo era mágico e encantador para a pequena Alice. De repente, Alice encontrou uma senhora bem velhinha, com frio, fome e doente. A menina que gostava de ajudar todo mundo, logo tirou seu lanche de dentro da mochila e deu para aquela senhora que parecia tão desanimada.
          A senhora ficou muito feliz e, como era muito bondosa, retirou de dentro de uma velha sacola um objeto reluzente em formato de coração e deu para Alice de presente. O objeto brilhava sem parar e a senhora falou para a garotinha:
         - Gentileza gera gentileza, linda garotinha! Esse é “O Coração de Ouro”, ele parece um simples objeto, mas quem o possuir viverá com saúde. Agora ele é seu. “A Gratidão leva seu coração para mais próximo de Deus”.
         - Então, se é assim, muito obrigada! Disse-lhe Maria Alice.
        A boa senhora agradeceu também o lanche nutritivo e sumiu por entre as folhas dos arbustos... Alice ficou quedada sem saber o que dizer: ela apertou o coração de ouro, bem do lado esquerdo do peito, em cima do seu coração, que batia intensamente de emoção. Foi quando avistou de longe sua avó Matilde acenando para ela. A garotinha correu ao encontro da avó para contar-lhe a mais nova novidade:
         - Vovozinha, olha que lindo! Eu ganhei esse coração de ouro de uma senhora bondosa porque eu dei meu lanche para ela. Ela falou que eu teria saúde se o possuísse.
        - Que lindo, minha netinha! Seu gesto foi mais bonito ainda, pois ela devia estar faminta mesmo. Agora, vamos apanhar o resultado dos seus exames e levá-los para o doutorzinho reavaliar você. Disse-lhe Dona Matilde.
         As duas entraram na sala do médico, de mãos dadas, Dona Matilde entregou os exames ao doutor, e ambas aguardaram sentadas pelo posicionamento do mesmo. O doutorzinho olhou os exames e começou a falar:
        - Dona Matilde, eu estava bastante preocupado pelos sintomas que Maria Alice estava sentindo, eu cheguei a pensar que seria uma Insuficiência Cardíaca Congestiva, mas de acordo com os resultados dos exames, essa possibilidade foi descartada e sua netinha apresenta apenas uma leve anemia que pode ser controlada. Segue receita: Suco de abacaxi com salsinha (Ótima fonte de ferro e vitamina C); Suco de laranja com agrião; feijão preto com beterraba e chás caseiros para anemia. Assim, muito em breve a sua netinha estará ativa novamente, correndo e brincando à vontade. Elas agradeceram e voltaram para casa bem felizes e sorridentes.
          O tempo passou depressa... A garotinha ficou totalmente curada e nunca se esqueceu daquele encontro com a senhora bondosa. A menina jamais se separava do coração de ouro, dormia sempre com ele juntinho ao seu coração, e ela conseguia sentir a sintonia entre os dois. Todas as noites, sua avó contava as mais lindas e emocionantes historinhas para ela, e Maria Alice viajava pelos cenários das narrativas como se fizesse parte da própria história. Ela continuou gentil, bondosa e muito agradecida pelo presente precioso que recebera.
        Aqui termina mais uma história e não se esqueçam: “Gentileza gera Gentileza”. Até a próxima amiguinhos!
        Elisabete Leite – 19\09\2019





CANTINHO DA TIA BETA   

Olá pessoal! Hoje vamos falar um pouco sobre Anemia que é uma condição de causa genética ou adquirida, na qual há uma diminuição da hemoglobina do sangue, responsável por sua coloração avermelhada e pelo transporte de oxigênio para todas as células do organismo. Também pode ser causada pela deficiência na produção de hemácias (glóbulos vermelhos).
Tipos de anemia
Os tipos de anemia mais comuns são:
  • Anemia ferropriva: decorre da falta de ferro no organismo e é a mais prevalente no Brasil e no mundo.
  • Anemia aplástica: doença autoimune em que a medula óssea diminui a produção de células sanguínea.
  • Anemia perniciosa ou megaloblástica: causada pela deficiência de vitamina B12 ou de ácido fólico.
  • Talassemia: genética, hereditária, refere-se à diminuição na produção de células vermelhas saudáveis.
  • Anemia hemolítica: causada por problemas ou doenças que destroem as células vermelhas, como infecções e doenças autoimunes.
  • Anemia falciforme: genética, hereditária, está relacionada com a má formação das hemácias, dificultando o transporte de oxigênio. É diagnosticada com o teste do pezinho.
Meu filho está com anemia, e agora?
A primeira coisa a saber é com que tipo de anemia ele foi diagnosticado, já que o tratamento é diferente para cada uma delas. As de caráter genético têm exames específicos para que sejam diagnosticadas e em geral são detectadas logo após o nascimento. Já as carências, que ocorrem por falta de nutrientes, tendem a aparecer após o período de amamentação.
No Brasil, a anemia infantil mais comum é a ferropriva, decorrente da falta de ferro no organismo. A carência desse mineral pode ocorrer pela baixa ingestão de alimentos fontes pela criança ou pela sua pouca absorção pelo organismo. Nem sempre a anemia ferropriva apresenta sintomas. Os mais comuns, quando há, são cansaço, apatia, palidez e falta de atenção. Para diagnóstico da anemia ferropriva são solicitados os exames hemograma, ferritina e ferro sérico.
De 0 a 6 meses, com aleitamento materno exclusivo, o bebê tem todo o suprimento de ferro de que precisa. Entretanto, quando começa a ingerir outros alimentos, muitas vezes o aporte de ferro é pequeno. É necessário observar se a quantidade necessária de ferro está sendo consumida, já que de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, de 30% a 50% dos lactentes apresentam deficiência desse mineral.
Durante a infância, a criança passa por fases aceleradas de desenvolvimento, sendo necessário o consumo aumentado de alimentos fontes de ferro, para dar conta das demandas do crescimento.
Como tratar anemia ferropriva?
Caso realmente esteja faltando ferro no organismo da criança, o principal tratamento baseia-se na suplementação medicamentosa de ferro, na forma de sulfato ferroso ou ferro quelato.  A alimentação rica em ferro também pode auxiliar no tratamento e a prevenir recaídas.
Alimentos ricos em ferro
Os alimentos para anemia podem ser tanto de origem animal quanto vegetal, confira:
De origem animal:
  • Carne vermelha
  • Carnes brancas
  • Vísceras
  • Crustáceos
  • Gema de ovo
De origem vegetal:
  • Tofu
  • Castanhas
  • Frutas secas
  • Linhaça
  • Gergelim
  • Vegetais folhosos (como couve, espinafre e agrião)
  • Leguminosas (como feijão, ervilha, grão de bico, lentilha)
  • Cereais integrais
  • Cacau
A partir dos 6 meses de idade, quando o bebê passa a ingerir outros alimentos além do leite materno, inclua sempre em sua alimentação alimentos fontes de ferro. Nas papinhas deve estar presente sempre um vegetal verde-escuro, uma leguminosa e uma carne. À medida em que a criança vá crescendo, faça preparações bem atraentes com esses alimentos, principalmente com “os verdinhos”, que nem sempre são os favoritos da garotada. Em caso de recusa, ofereça outras vezes preparados de outras formas.
Como melhorar a absorção do ferro?
Alimentos cítricos, como a laranja, o limão, o maracujá, o abacaxi e a acerola aumentam a absorção do ferro e devem ser ingeridos juntamente com os alimentos fontes desse mineral. Além disso, aconselha-se a não ingerir alimentos ricos em cálcio (como leite e derivados), café e chás junto com alimentos-fonte de ferro, já que podem diminuir a sua absorção.
Nossas Pesquisas:


GENTILEZA GERA GENTILEZA

 A Gentileza produz Gentileza,
São nas boas ações dos dias
Que eliminamos as asperezas
Para viver em plena Harmonia...

É muito fácil ser sempre gentil,
Pôr em prática as nobres lições
Neste mundo ao Bem ser servil
E galgar degraus na Evolução...

Gentileza é Virtude que existiu
Desde os primórdios da Criação
Por ela o Universo se expandiu...

Cabe bem em qualquer situação
Pois, quem este dom conseguiu
Ah, vive a Paz, promove a União!

Elisabete Leite 


16 comentários:

  1. Bom dia, amigos e leitores! Que linda página infantil de hoje. Realmente, meiga, leve, mágica, ternurenta e recheada de ensinamentos e boas ações. É assim no Universo dos pequeninos, o sol brilha colorido. O Conto traz diferentes olhares. Coisa simples, como um CORAÇÃO DE OURO, mas de enorme valor existencial. "GENTILEZA GERA GENTILEZA".
    Adoráveis imagens ilustrativas, com um toque especial de mestre, de quem entente do assunto, como o meu querido irmão Jorge Leite.
    Uma breve e educativa pesquisa para os pais e amigos leitores no Cantinho da Tia Beta.
    Tudo perfeito! O poema é para refletirmos nesse sábado, espero que todos vocês gostem.
    Estou emocionada, agradecida, lisonjeada e muito feliz por mais um conto publicado em nosso Blog Maçayó.
    Parabéns para todos nós! Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Nada a acrescentar. A página realmente está linda, leve e solta como gosta nossa querida poeta e contista Elisabete Leite. Conto maravilhoso, um poema cativante tudo bem dosado, tudo na medida certa. Parabéns Elisabete.
    Amanhã teremos Almanack com direito a um novo conto de Jorge Leite e abertura com poema de Elisabete Leite. Um Feliz Sábado e um Domingo maravilhoso.

    ResponderExcluir
  3. Realmente pessoal, a página infantil de sábado, aqui no blog Maçayó, está brilhante. Um Conto belíssimo e mágico da amiga poetisa Elisabete Leite que veio trazendo boas ações, com um poema lindo demais, que completa perfeitamente o tema do Conto. Uma excelente pesquisa no Cantinho da Tia Beta, foi bom aprender sobre anemias e uma alimentação saudável.
    Tudo lindo, assim como ser criança!
    Fascinantes ilustrações, é para voltar no tempo e ser uma criança feliz!
    Parabéns aos poetas que brilham por aqui.
    Abraços e bom final de semana. Até amanhã no Almanaque de domingo.

    ResponderExcluir
  4. Tia Bete é Laurinha sua aluna que ama suas historinhas e o blog. Gosto muito da menina Alice. Ela é boa e ajuda as pessoas, fiquei feliz dela não ser doente. Mamãe ajuda eu, sabe tia eu já tive anemia e tomava suco de acerola e goiaba. Lindas fotos do tio e gosyo do poema. Beijo tia da Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, princesa Laurinha! Estou feliz porque vocês gostaram do Conto e do Blog. Pois é Laurinha é muito saudável ser gentil. Continue tomando bastante suco. E voltem sempre! Saudades de vocês e agradeça sua mãe por mim. Beijos da sua sempre professora Bete.❤🌞🎁☄

      Excluir
  5. Professora Bete é Laynne sua aluna que gosta de ler conto, e eu gosto da historinha de hoje. Alice é uma boa criança e mamãe falou que devemos ser sempre boa. Minha mãe ajuda eu a escrever e eu gosto das fotos do tio e do poema também. Sabe tia que sinto saudade da senhora. Beijos da sua aluna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, princesa Laynne! Eu também sinto muita saudade de vocês. Estou feliz porque você e sua mãe gostaram do Conto e do Blog. Agradeça ela pela ajuda e carinho de sempre. Voltem para pretigiar as páginas infantis! Beijos da sua eterna professora Bete.❤👱🎁🌞

      Excluir
  6. Uma maravilhosa página infantil de sábado no blog Maçayó. Um Conto belíssimo e bem suave, com temática de boas ações, que nossa amiga poetisa Elisabete Leite sabe nós proporcionar. Que lindíssimas ilustrações e bem aproveitadas ao nosso público infantil. É o mundo da criança em foco! Excelente e educativa pesquisa no Cantinho da Tia Beta, muito bom saber sobre esse assunto e com fazer para minimizar os riscos. Lindo e muito lindo o poema de hoje... Gentileza gera Gentileza.
    Parabéns aos poetas pela ótima partilha. E até amanhã no Almanaque de domingo.
    Abraços e boa tarde!

    ResponderExcluir
  7. Fessorinha é Gugu seu aluno que sente saudadee que gosta das historinhas do blog e seus contos. Gostei muito da menina boa e gentil com as pessoas. Alice recebeu um milagre por ser boa, meu pai falou isso. Pai ajuda eu a comentar e ele gosta da pesquisa. São lindas as fotos do tio Jorge. Gostei de tudo. Beijos minha professora querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, meu aluno Gustavo! Eu também sinto saudades. Obrigada pela presença de sempre e por gostar do conto e do Blog. Agradeca seu pai pela ajuda e lembranças para sua família. Beijos da sua sempre professora Bete.❤🎁📩🌞

      Excluir
  8. Belíssimo momento de arte na página de sábado infantil. Elisabete Leite, nossa querida amiga poetisa, compartilhou um brilhante Conto infantil recheado de coisas maravilhosas e boas ações. Dicas e ensinamentos no Cantinho da Tia Beta e um magnífico Soneto tecido com muita maestria. Hoje, a página do blog Maçayó está leve e bem iluminada, assim como o sorriso de uma criança feliz. Impecáveis ilustrações que completam o enredo da história. Parabéns aos poetas por mais um primor de sábado. Amo tudo isso! Abraços e feliz dia para todos! Até amanhã no Almanaque de domingo.

    ResponderExcluir
  9. Uau pessoal, mais uma magnífica página de sábado infantil, aqui, no blog Maçayó! É sempre um prazer participar, interagir e ler as histórias emocionantes que nossa amiga poetisa Elisabete Leite compartilha... O Conto CORAÇÃO DE OURO é simplesmente iluminado, virtudes e boas ações fazem parte e são lições de vida. As ilustrações estão fantásticas, é a magia da criança. Gostei muito das dicas e pesquisa no Cantinho da Tia Beta. E fechando com chave de ouro o belíssimo conto.
    Parabéns amigos, irmãos Leite, pelo momento de hoje.
    Abraços e até logo mais...
    Aplausos Bete, querida amiga.

    ResponderExcluir
  10. Bete querida sua página de hoje é o retrato da suavidade da criança, da beleza do coração dos pequeninos. Um sensacional conto, a esperança vista como companheiras nas boas ações. Estou encantada pelo seu magnífico poema, tudo na página é doce, é pura magia. Grandes lições e muito ensinamento. No Cantinho da Tia Beta, uma pesquisa que educa e ensina. Que suas inspirações continuem a brilhar e a nos encantar.
    Beravíssimo momento do colorido da inocência! Lindas e suaves ilustrações! Tudo muito deslumbrante! Parabéns aos poetas e abracos para todos!
    Show de sucesso Bete!

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde para os amigos e leitores. Gostaria de dizer que essa magnífica página de hoje é a minha cara. Leveza, suavidade, harmonia, encantamento, colorido e boas ações. Esse é o mundo em cores da criança. Estou radiante de encantamento pelo belíssimo conto da nossa querida amiga Elisabete Leite. Também amei a excelente pesquisa no Cantinho da Tia Beta, dicas para quem necessita administrar essa terríval doença. Lindo e edificante poema, claro que Gentileza gera Gentileza.
    Parabéns para os poetas. Abraços para todo mundo...

    ResponderExcluir
  12. Voltando para agradecer pelas ilustres visitas e gentis comentários. Sem a presença e carinho de todos vocês nada disso teria sentido.
    Muito obrigada e boa noite a Boa Noite!
    Um beijo no coração de cada um...

    ResponderExcluir
  13. Linda história. Gostei bastante da página de hoje. Parabéns aos poetas.

    ResponderExcluir