quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Quarta Poética - Socorro Almeida

Ano II - Edição Nº 360 - Poesias
Tema das Imagens - Fragmentos




FRAGMENTOS DO QUE FUI

Lençóis de cetim em leitos retorcidos
Retalhos de ilusões encarceradas
Beijos perdidos em sonhos esmaecidos
Nas frenéticas carícias amarguradas!

Requintes cruéis à luz de neon
A sucumbir em formas de delírios
Achados nas esquinas e a meio tom
Sinfonias bemolizadas de martírios!

Que eu seja agora uma fiel Beethoven
Sem escutas, se não me querem ouvir
Sou silêncio, gritos que não se ouvem
Pra ser palavras onde me queiram sentir!

Socorro Almeida
Recife, 29/08/2019


POBRES ALMAS

Quem sabe um dia, quem sabe
Ele volte a tomar rédeas de tudo
Com a Verdade que inda hoje lhe cabe
Evitar tantas almas ao luto!

Milênios se passaram sem saber
Que pela fé e crença em Seu amor
Às almas que quisessem sobreviver
Seria dada a vida eterna e sem dor

Se represento, só por ser mulher
Os atos libidinosos de Madalena
Que Seu perdão eu possa merecer
Mas nunca o Seu amor como pena!

Já me foi perpetuado viver assim
Pagar por erros que não foram meus
E como eu sei muito pouco sobre mim
Que eu saiba mais sobre o amor de Deus!

Socorro Almeida
Recife, 30/08/2019


 SONETO PARA UMA POETISA

Estamos a caminho de nos transformar
Numa tríade que em notas musicais
Nos eleva a um patamar de sonhos
E acalenta nossa alma tão fugaz!

Digo fugaz, porque é mesmo assim
Ela vai e volta tão docemente
Indefinida, incerta, mas com liberdade
De retroceder, deletar ou fazer um enter!

Nas impressões palpáveis do um computador
Nessa vontade de quem quer fazer e faz
Teus versos repousam em muitos corações

Vê-se nos instantes vividos plenamente
Alegrias, sorrisos e realizações
Transformados em poesias finalmente!!!

Socorro Almeida
Recife, 19/08/2019




❤🧡💛💚💙💜🤎🖤❤🧡💛💚💙💜🤎🖤❤🧡💛💚💙🤎🖤❤🧡💛💚💙


Suicídio: Por que não?!


"Se sou dono de meu corpo,
Se sou livre para fazer o que bem entender,
Se a vida não me faz sentido,
Se não dou conta do recado,
Se não tenho ninguém,
Se me sinto excluído,
Se não tenho outra saída,
Se desejo acabar com tudo,
Se a morte é certa,
Por que não me matar?
Por quê? Por que não?!"







 






8 comentários:

  1. Mais um belíssimo momento poético da amiga poetisa Socorro Almeida. Versos recheados de sentimentalismo, leveza de expressão e fortes emoções. Identifiquei-me bastante com o excelente poema "FRAGMENTOS DO QUE FUI", uma inspiração bem amadurecida; os demais poemas estāo lindos. Adoráveis ilustrações e uma grito de alerta: Sim à vida! E não ao Suicídio.
    Parabéns aos poetas pela maravilhosa partilha.
    Bom dia a todos e uma quarta-feira com poesias iluminadas.
    Que a nossa vida sempre esteja em primeiro lugar! Pois sonhar é também viver... Show!

    ResponderExcluir
  2. Lindíssima quarta poética, aqui, em nosso Blog Maçayó, com nossa amiga poetisa Socorro Almeida que veio com tudo, com fragmentos para a gente juntar e apreciar. Lindos e sentidos poemas. O querido poeta Jorge Leite compartilha essa maravilhosa campanhia de SIM À VIDA, o tom amarelo da Luz da Vida. Excelentes imagens ilustrativas com um toque mágico, que é peculiar do amigo. Bom momento para uma quarta-feira de início de verão!
    Passeando pelas ruas do Recife e matando à saudade.
    Parabéns para os poetas e abraços para vocês.
    Excelentes leituras para todos!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia amigos, estou aqui de corpo e alma, pois estou em Recife, para prestigiar os amigos poetas. A poetisa Socorro Almeida compartilhou lindos e sentidos poemas, eu gostei de todos, são fragmentos dela mesma. Uma quarta poetica maravilhosa, com uma alerta amarelo... Vida sim e morte nunca! Pois a morte vem com o tempo, não deve ser antecipada, o corpo é da pessoa, porém a vontade é de todos.
    Belíssimas ilustrações, uma página rica em conteúdo e imagens.
    Parabéns para os poetas e excelente dia para vocês.
    Tudo lindo demais!

    ResponderExcluir
  4. Alô, amigos, cá estou eu de novo, sempre apreciando e agradecendo os carinhosos comentários. Para o conhecimento de todos a poesia SONETO PARA UMA POETISA eu fiz em homenagem a poetisa Socorro Paiva, de quem sou fã também.
    Um toque relevante e necessário: SIM À VIDA, sempre.
    Obrigada a todos.

    ResponderExcluir
  5. Ainda ontem eu falava com Socorro Almeida sobre depressão. É algo difícil de se compreender, dado ao sofrimento intenso, tanto pra quem sofre desse mal, quanto para quem cuida do doente. Meu marido tentou tirar sua própria vida por duas vezes. Hoje é monitorado 24 horas. Esse tema deve ser abordado sempre que possível,em busca de ajuda, compreensão, amor, carinho e atenção. A vida é o bem maior que Deus nos deu e que deve ser vivida em toda sua essência. O mundo de hoje, com seus valores distorcidos, nos leva ao extremo do desespero. Que Deus nos permita sempre tolerância e força, e muito amor no coração! Parabéns pelo tema!
    Quanto à página de hoje... está linda como sempre. Poemas maravilhosos da amiga. Parabéns pra ela e para o blog.

    ResponderExcluir
  6. Eita pessoal, que maravilhosa quarta-feira poética! Gostei bastante da página de hoje. Lindos poemas da amiga Socorro Almeida, muita inspiração em seu momento de arte. Belíssimas ilustrações do poeta Jorge Leite que soube nos emocionar. Excelente iniciativa em seu grito de alerta. Depressão é uma viagem ao fundo do posso. "Diga sim à vida e não ao suicídio". Não convém julgar e sim ajudar. Parabéns aos poetas pela excelente partilha de hoje.
    Abraços e boa tarde!

    ResponderExcluir
  7. Que lindos os poemas da amiga poetisa Socorro Almeida, que veio marcar presença aqui no nosso blog Maçayó. Muita inspiração, criatividade e leveza de expressāo, a imaginação alçou voo alto. Amei o poema "FRAGMENTOS DO QUE FUI", a sonorinade é divina.
    Belíssimas ilustrações escolhidas pelo poeta Jorge Leite. Admiro a iniciativa da campanha contra o suicídio. Vida é para ser vivida.
    Parabéns aos poetas pelas suas artes e forte abraço em cada um.
    Tudo perfeito por aqui! Boa tarde para vocês.

    ResponderExcluir
  8. Agradecimentos a Bete, Maciel, Flor de Lis, Paulo, Geovanna, Dacy e Jorge Leite. Bjos carinhosos a todos e até a próxima!

    ResponderExcluir