domingo, 3 de novembro de 2019

Um Domingo Diferente

Ano II - Edição Nº 378 - Almanack de Domingo
Tema das Imagens - Mulher





DUETO DO AMOR & SEDUÇÃO

Sou um Barco com rumo certo
Navego pelo Mar de uma Flor
Ah, admiro-te muito de perto!
Vejo como é grande o teu amor...

Velejo no vento e na calmaria,
Na cadência da intensa paixão
Emoção que me inspira Poesia
Versos vindos d’alma e coração...

Eu sou Mar de ardente sedução
As minhas águas são melodias,
Marcam na cadência da emoção
Deixo-te navegar com harmonia...

Recebo teu Barco a céu aberto
Ah, um contato bem abrasador!
Que habita meu íntimo deserto
E faz desabrochar a minha flor...

Maciel Jr. & Flor de Lis – Santiago do Chile

NA CAMA

Na cama eu descobri os teus desejos,
Explorei teu corpo ardente de mulher
Provei do néctar doce dos teus beijos
Tu és minha flor, o meu bem-me-quer...

Na cama juntei nossos futuros sonhos
Lá percorri cada curva da tua silhueta,
Meus lábios tocaram teu rosto risonho
Voei no teu leve esvoaçar de borboleta...

Na cama me fiz homem e te fiz mulher
Conquistei o coração de uma linda flor
Durante o dia ou numa noite qualquer
Brincamos do amanhecer ao sol se pôr...

Na cama eu senti a tua intensa paixão
Aqueci minha pele nua com o teu calor
Provei quentes e diferentes sensações
E cheguei seguro ao porto do teu amor.

Maciel Jr. – Santiago-2019

NINHO DE AMOR

Nosso ninho tem o mapa do tesouro,
O sabor das nossas loucuras de amor
Teu corpo nu que é meu ancoradouro
Aqueço-me lá, no fogaréu do teu calor...

Um ninho quente e de várias sensações
E que é movido por muitos sentimentos
Lá o amor é a fogueira da nossa paixão,
Dos nossos intensos e fortes momentos...

Ele é um pedacinho de bom caminho
O lugar onde registro a nossa história
Não te deixo um só momento sozinho,
Têm os neurônios da minha memória...

O nosso abrigo é um real pergaminho
Onde descrevo teu carinho abrasador
Carícias em meu corpo, de mansinho
Eu quero sempre esse ninho de amor.

Flor de Lis – Santiago do Chile

Corpos em Oração

Por que me torturas assim?
Queres me possuir? Sou tua.
Queres me despir? Estou nua.
Não precisas correr, estou aqui.

Deixe-me ser como sou
Torne-se você, seja uma flor
Hoje linda cheia de amor
O amanhã, não importa!

Que seus braços me apertem
Faça-me gritar. Sou tua, és meu.
Suamos, molhando as cobertas
Seja meu apogeu.

Gritos e sussurros, são meus ou seus
Façamos mais amor, Glória a Deus!
Não fales assim, estais a pecar.
Amar é Luz, é sonhar.

Quietos estamos após nos amar
Amar é oração, é rezar.
Corpos juntos a suar,
Deus abençoa nosso altar.

Perdoas, se pequei
Foi por não amar.

Jorge Leite, Madalena 31 de outubro de 2019


Lascivo

Meu amor não é lascivo,
Nem será!
Beijar seu corpo por inteiro
Alcançar sua alma sem exagero
Sentir cada tremor de seus pelos
Meus pelos eretos a cantar
Como antenas a captar
Sua energia vital
Dando a minha por igual.

Meu amor não vampiriza
Nem irá vampirizar
Sentir teus peitos em meu colo
Te abraçar mesmo sem jeito
Fazer alguns trejeitos
Apertar suas ancas com meus dedos
Eretos feito uma lança,
Te amar com esperança
E dela se alimentar.

Teu corpo é minha religião
E meu altar.
Caminhar na sua pelve
Observar tudo que serve
Para te complementar
Orar em cada gemido
Rezar sem ser atrevido
Pecar feito um bandido
Ajoelhar e contemplar.

Meu amor corre fogoso
Sentir teu corpo é gostoso
Magoar, nem pensar.
Lascivo serei um dia
Se me amar com apatia
Vampirizar minha energia
Orar sem euforia
Roubar meus beijos,
Esses podes roubar.

Jorge Leite, Madalena 31 de outubro de 2019


Efes kitap - Pixabay

 


Centenário

               Não sou o melhor com palavras, nem o melhor com expressões, mas hoje de alguma forma queria vim aqui lhe parabenizar, todos estes anos esperando e aguardando, finalmente chegou, meu tão querido e amado avô faz seus 100 anos, neste tempo construiu uma família e influenciou todas as suas gerações posteriores, foi este topógrafo do DER de Alagoas.
              Juntamente com sua esposa, conseguiu criar seus 6 filhos e com todos os trancos e barrancos formou todos os 6 e destes 2 médicos, 1 engenheiro, 2 professoras e 1 médica veterinária. Admirável que com toda dificuldade do mundo lutou para que estes tivessem uma vida boa e saudável, tantas viagens fizestes, todo o tempo no sol quente ou na chuva foi merecedor, hoje sou influenciado pela sua história e peço aos Céus que o senhor possa está orgulhoso de mim, logo em breve serei mais um engenheiro da linhagem “Leite”,
              Meu avô se soubestes quanta falta faz para toda família, só em ver a felicidade e o orgulho no olhar de seus filhos ao falarem do senhor isso me deixa tão bem e ao mesmo tempo tão impotente. Saber que foi tão guerreiro a ponto de esperar toda a familiar ir lhe visitar antes de sua partida final, saiba vô que de todas as partidas e viagens que você fez esta foi a que mais doeu, pois sabíamos que não teríamos mais você de volta, pelo menos de corpo presente.
              Tudo isto mostrou que em toda sua vida você foi 100% família, hoje sabedor de que serei herdeiro de sua Bíblia lembro que além de ter passado sua vida se dedicando por sua família e se dedicando como cristão, irei poder mostrar aos seus bisnetos, tataraneto e assim em diante o quanto o senhor com “tão pouco” pode me ensinar, o valor de uma família, o valor da fé, e o quanto posso fazer com pouco.
               O senhor não sabe nem imagina o quanto me orgulho de carregar seu sobrenome meu avô, hoje daqui de baixo peço que independente do lugar que você esteja você possa está sempre acompanhando seus filhos, netos e bisnetos, que o senhor possa sempre fazer um esforço de juntar nossa família para que assim como o senhor possamos chegar perto de entender cada vez mais o valor da família e a importância da proximidade entre os familiares, que deixemos o passado que outrora nos fez triste de lado e possamos dar valor ao que temos de importante hoje, que é ter uns aos outros.

Te amo meu avô e me orgulho do senhor, feliz 100 anos de história.

Ass.: Um Leite.
Matheus de França Leite, Recife 01 de novembro de 2019.

Matheus de França Leite, estudante de Engenharia, cursando o 6º período, é neto de Jessé Horácio Leite e filho de Jorge Leite. Há uma semana foi realizada a cerimônia de "Vestição dos Acólitos" na Paróquia Nossa Senhora do Rosário e Santa Luzia, no bairro da Torre, na qual o mesmo passou a ser mais um acólito (coroinha) desta Matriz. 
Parabéns Matheus!


Matheus França é o 3º, entre o rapaz e uma das meninas.
Matheus e o avô Jessé Horácio Leite, 2005.






























15 comentários:

  1. Um espetáculo de página de Almanaque de domingo, bem avassaladora, abrasadora e bastante emocionante. Um grande desfile onde o AMOR é o destaque, em diferentes olhares, níveis e sutuações. Fica muito difícil se posicionar porque tudo que foi compartilhado, hoje, expressa a arte de amar. Portanto, irei pincelar e comentar sem separar o cenário poético.
    Primeiramente, os poemas dos queridos poetas Flor de Lis e Maciel Jr. São belíssimos e cantam um amor sem limites onde a paixão e o amor se fundem e formam um único sentimento, quente, envolvente e avassalador.
    Jorge Leite é um grande poeta, com estilo moderno tece a essência do amor ardente em belíssimos e docantes versos. Sim, o blog Maçayó está pegando fogo, a mistura de um erotismo bem descrito torna a página leve, mas com um sentimentalismo à flor da pele.
    Fechando o Almanaque de hoje, meu querido sobrinho Matheus compartilha um texto emocionante, de fazer chorar, onde um verdadeiro Amor, fraternal , com muita admiração e respeito estão presentes.
    Somente me resta aplaudir o brilhante desfile, chorar e aproveitsr as diferentes sensações.
    Fabulosas ilustrações adornam toda página. A foto de papai com Matheus e a vestição dos acólitos é de chorar. Parabéns para todos que hoje desfilaram por aqui.
    Bom domingo e bom dia a todos!

    ResponderExcluir
  2. Estou deslumbrado com o Almanaque de domingo. Tudo aqui emociona qualquer leitor; é como se a página fosse um museu, com magníficas obras de arte, espalhadas por todo cenário.
    Adoráveis são os poemas da querida Lis, que na verdade complementam os meus, somos duas metades que somente fazem sentidos juntos. Amo-te Flor de Lis!
    Os belíssimos e ardentes poemas do grande amigo Jorge Leite são obras genuínas e modernas que transmitem várias sensações.
    Lindo, emocionante e muito bem escrito está o texto do garoto Matheus, filho do poeta Jorge, falar do Senhor Jessé Leite, que era um mestre em tudo, muito emociona. As ilustrações estão lindíssimas, e o estilo como a página foi montada deu um toque especial ao ambiente.
    Concordo gente, só me resta parabenizar aos poetas por tanto brilho. Aplausos pessoal. Bravíssimo!!!
    Abraços e obrigada pelo acolhimento dos nossos poemas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Maciel, sempre será uma honra publicar seus trabalhos maravilhes juntos com os da Flor de Lis. Um abraço.

      Excluir
    2. seus trabalhos maravilhosos...

      Excluir
  3. Primeiramente quero agradecer ao amado Maciel, meu amigo e companheiro de todos os momentos, pela linda declaração de amor. Também te amo Maciel! Quero agradecer também ao poeta Jorge Leite por ilustrar com perfeição nossa página, eu amei cada lindíssima ilustração nossas poesias ficaram mais luxuosas com o toque especial que foi dado. Os poemas de meu querido Maciel são bálsamos para mim, eles completam os meus, e são inspirações para mim. Sou tua fã!
    As obras de arte, as poesias, do amigo poeta Jorge Leite estão magníficas, ardentes, é pura sensualidade no ar. Um leve modernismo nas escolhas das imagens que transformam à página em poesia, que embeleza ainda mais, as nossas poesias.
    Um belíssimo e emocionante texto do jovem Matheus, tão inteligente quanto seu pai, Jorge Leite, que brilha e faz qualquer um chorar.
    Adorei as ilustrações e a foto emocionante do Sr. Jessé Leite.
    Parabéns para nós poetas que transformamos e deixamos esse domingo mais caloroso.
    Um show de fortes e ardentes emoções!
    Abraços e bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida amiga Flor de Lis, ilustrei essa página especialmente para você. Seus trabalhos são excelentes e é sempre prazeroso compartilhar meus simples trabalhos com os seus e do amigo Maciel. Beijos.

      Excluir
  4. Uau, queridos amigos que brilhante página de domingo! Um Almanaque que descreve o amor de diferentes maneiras... O amor amoroso, caloroso, afetuoso, abrasador, acolhedor, ardente, quente e finalmente o amor por amor.
    Maciel e Lis são dois mestres na arte de falar do amor, um casal apaixonado que se completam pelo fogo da paixão que se mistura com a força amor. Lindos e ardentes são os poemas desse casal de amigos.
    O poeta amigo Jorge Leite sabe expressar um sentimento avassalador de maneira suave, seu estilo poético é inovador e seus poemas são lindíssimos.
    Maciel, Lis e Jorge deixaram o blog quente, que esquentou também nosso domingo.
    As ilustrações estão lindas, modernas e expressivas. E a foto do Senhor Jessé completa a beleza da página. Emocionante e muito bonito o texto do jovem Matheus, muito inteligente por sinal, filho de peixe, peixinho é!
    Um show de conteúdo e beleza nessa página sensacional de hoje. Parabéns para vocês que compartilharam suas artes.
    Bom domingo para os leitores e amigos! Bravo e aplausos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Paulo, fico sempre atento aguardando sua análise de mestre. Fico feliz que tenhamos preenchido seu domingo com poemas. Agradeço sua presença que muito enriquece nosso blog. Um afetuoso abraço.

      Excluir
  5. Paulo tem toda razão, é que o nosso domingo fica mais caloroso com o Almanaque. E quando se encontram o casal número um (em amor & paixão) e o amigo poeta Jorge Leite o calor das poesias deles aquecem o coração de qualquer leitor. Belíssimos poemas de Maciel e Lis, e como é bom sentir o amor de vocês. Falar do amigo poeta Jorge Leite que tece poesias com beleza e sensualidade em seus versos. Um grande encontro de sensualismo com um leve toque de erotismo. Gostei de tudo por aqui!
    As ilustrações estão intocáveis, como sempre gente, mas algo mudou nas últimas postagens, onde as imagens ilustrativas parecem pinturas em telas, que embelezam toda página. Jorge amigo o Blog já tem sua identidade a arte poética e literária desfilam em um mesmo ambiente. Isso acontece nas quartas, no sábado infante-juvenil e no Almanaque de domingo. Estilos diferentes que se misturam nas páginas do blog.
    Lindo e muito emocionante o texto do Matheus, que fala do saudoso avô com muito amor e admiração. Parabéns para todos vocês! Tudo lindo por aqui!
    Abraços e bom domingo!

    ResponderExcluir
  6. Amiga Geovanna, sempre elegante em seus comentários. Fico feliz que seu domingo fique mais agradável com a página de nosso Blog. Estou em Itamaracá embaixo de um sol forte e um céu azul maravilhoso captando as energias necessárias para continuar organizando o Blog Maçayó. Tenha uma ótima tarde de domingo e um grande abraço. Obrigado pelo gentil comentário.

    ResponderExcluir
  7. Um maravilhoso Almanaque de domingo no blog Maçayó. Uma reunião de poetas que sabem falar sobre o amor. O amigo Maciel e a queridíssima Flor de Lis abriram à página, em grande estilo, com belíssimas declarações de amor em versos ardentes. É muito bom interagir com poetas que sentem no coração a força do amor, um amor com muita reciprocidade. O poeta Jorge Leite sabe descrever a mulher amada com suavidade, intensidade e beleza. Gostei demais das belas ilustrações, o cenário ficou leve e quente ao mesmo tempo. Muita criatividade circulando nessa página.
    Crônica linda, emocionante e recheada com muito sentimento, o jovem Matheus tem um dom, assim como o pai. O senhor Jessé tem uma essência iluminada que reluz bons sentimentos. Show de domingo! Parabéns para todos e aplausos para o Almanaque. Abraços e boa tarde!

    ResponderExcluir
  8. Belíssimo domingo de Almanaque, aqui, no Blog Maçayó com esses desfile de grandes poetas que expressam o amor em magníficos versos. O nosso casal de amigos Flor de Lis e Maciel sabem se comunicar em versos lindos e ardentes. Com um estilo todo deles se declaram por meio da paesia; nasceram um para o outro. O amigo poeta Jorge Leite compartilha dois belíssimos poemas ardentes com um leve toque de erotismo. As lindíssimas ilustrações de hoje foram escolhidas com perfeição e deixam a página completa em expressividade.
    O jovem Matheus nos emociou com sua linda e sentida crônica, que dala do amor e admiração pelo avô. Emocionante foto do avô e do neto. Seu Jessé era um grande homem que todos admiravam.
    Parabéns para todos vocês que deixaram aqui registradas as suas artes. Volte sempre Matheus!
    Abraços para todos e feliz tarde!

    ResponderExcluir
  9. Hoje a página está completa. Sensualidade nos versos de Flor de Lis e Maciel.
    Belíssimo o poema LASCIVO do querido poeta Jorge Leite.
    Parabéns a todos pelos lindos comentários. Desculpem a brevidade dos meus. Viajando e sem tempo.
    Sou fã de todos.
    Abraços e até breve.

    ResponderExcluir