quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Quarta Poética em Clima de Festa

Ano II - Edição N° 389 - Tema Poesias
Tema das Imagens - Comemorações



UM FELIZ MOMENTO

Sim, é mais um ano que se finda
Com boas e intermináveis lições
Ah, porém, faltam tantas ainda!
Convém, registrar as emoções...

Nosso Blog Maçayó é só alegria!
Vamos saudar a sua nova idade,
Neste recanto de Prosa e Poesia
Têm sentimentos e até saudades...

Foram tantos momentos de glória
Instantes de grandes inspirações
Lágrimas, risos e lindas histórias
Voamos nas asas da imaginação...

Hoje no Cantinho do Saber é festa
Festejamos a sua nova primavera
Com poemas, muita arte e seresta
Parabéns, mais um ciclo se encerra!

Elisabete Leite
(Salve 13/12 - BLOG MAÇAYÓ, FELIZ ANIVERSÁRIO!)

 Aos 66 anos, da minha Pirpirituba

Aqui é Pirpirituba,
Terra muito abençoada,
Terra, que em seus braços fiz morada,
Terra da Virgem do Rosário
Do co padroeiro São Sebastião,
Terra do Santuário, de Nossa Senhora de Fátima,
Terra do Rei da Fava,
E do bode na brasa,
Terra, do café na Fazenda,
Terra dos licores e doces
Terra do meu coração,
Terra de cachoeiras
Roncador, e Ita-tuba- ita
Terra de grandes artistas,
Terra do artesanato
Do músico
Do poeta compositor,
Terra do repentista
Terra de atletas, meu senhor,
Terra de grandes doutores,
Terra da morena e da  mulata
Do samba e do xaxado
Do forró e do baião,
Terra do por-sol
Na nossa Serra da Jurema,
Terra do coral sementes,
Terra da inclusão,
Terra dos jogos
Baralho e dominó
Terra hospitaleira,
Terra do riacho do padre
Terra da pousada Yoran
Terra de histórias e estórias
Quem encantam corações
Terra do capim perypery,
Terra do PREFEITO Didiu,
Este administrador fluiu
E Pirpirituba acordou,
Pra o nosso Brasil.
Da raiz para Raízes,
Mostrando o nosso valor
Terra minha pequena,
Terra de valor
Pirpirituba eu te saúde
Com emoção e Amor.

Rita de Cassia Soares.
PIRPIRITUBA 04 de Dezembro de 2019.
MULHER DE TODAS AS RIMAS

Meu amor, eu quis te amar de forma diferente
E alguém te disse que sou cruel e inconsequente
Que meus carinhos nunca te dirão tão plenamente
O que meu coração diria do que tenho em mente.

Alguém te disse que meu sorriso é hipocrisia
Que vivo a mudar de amores todos os dias
Minhas intenções não se medem nem se avalia
Que amar uma mulher como eu, não deverias.

Pois que se fartem as mulheres de teus carinhos
Que eu me abrigo no calor de todos os ninhos
Me embriago o quanto eu quiser de outros vinhos
Sem merecer que me julgues sem valor e sem brios.

E o que eu pude ser de todas as joias finas
Das mais raras que se encontrem em tua mina
O que me há de ser jades, rubis ou turmalinas
Que eu te seja apenas o sonho de uma menina!

Socorro Almeida

A DOR DO AMOR

Meu coração ficou doendo
Quando recebi um tiro de uma donzela,
Que partiu da janela da saudade.
Não tinha coragem de olhar para ela
Quando passava pela calçada
Nas manhãs dos dias de feira livre.
O seu psiu parecia o canto da mais bela sabiá,
Não olhava para ela,
Mas ouvia aquele canto atrevido.
Conversava comigo sobre a covardia
Que em meu coração doía
Quando ouvia aquele sinal sonoro.
O tempo passou, comigo ficou a dor
Que me fazia querer viver aquele aceno um dia.
Como um raio e o trovão, fiz barulho
E apareci do nada para desvendar o que me aconteceu.
Levantei a cabeça e fitei a donzela
Que ainda permanecia na janela
Dando psiu para mim.
Fui ao seu encontro sentindo a mesma dor de outrora,
Que sem explicação foi embora
Quando a chamei de amor.


Guarabira, PB, 06 de dezembro de 2019

Emiliano de Melo 



Enquanto Freud explica.

Enquanto Freud explica
Eu me estico na preguiça,
Com meus medos, meus temores,
Com meus erros e meus amores.
Eu só quero é viver.
Tomar minha cerveja,
Ficar maluco-beleza,
Beber do teu amor,
E nele sobreviver.

Enquanto Freud explica
Raul Seixas me indica
O caminho a percorrer.
É pegar O Trem das Sete,
É Tentar outra Vez,
Feito Metamorfose Ambulante,
É correr a todo instante,
É viver cada momento,
Num Sapato 36.

Enquanto Freud explica
A Mosca Cai na Minha Sopa,
Eu não tenho o que comer.
De repente eu me lembro
Do Cazuza e do Caetano,
“London, London” quanto engano,
Não quero entrar pelo cano,
Lanço-me ao abandono
Do teu corpo no meu sono.

Enquanto Freud explica
Eu me estico na preguiça.
E meu gibi eu vou lê.

Jorge S. Leite
Recife, 19-04-91
Ao som das músicas de Raul Seixas
E muitas e muitas Cervejas
para tentar emendar uma alma
que jamais terá conserto.
 


 

LAMPEJOS DA PAIXÃO

A tua luz ofusca minha visão
Um intenso contato em série
Brilho quente de teu coração
Que arrepia toda minha pele...

Faíscas aquecem meu corpo
Deixando-me todo iluminado
Fico inerte, totalmente morto
Entregue, envolvido e tocado...

Sinto tuas mãos me acariciando
Viajando pelas minhas pernas...
Falo eu te amo! Quase gritando
São carícias, longas e eternas.

Escuto teu gemido de prazer
Ah, são lampejos da paixão!
O teu afago não irei esquecer
Logo sinto outras sensações.

Tua pele aquece nossa cama
Corpo quente que passa calor
Uma prova de quem me ama,
Eu não sei viver sem teu amor.

Maciel Jr. - Santiago/2019


O TEU CHEIRO

Sinto o teu cheiro pelo ar
Um suave aroma de vida
Inebriante, forte, peculiar
Essência que me faz viva.

Teu beijo molha meu corpo
Acaricia toda a minha pele
Saliva doce pelo meu rosto
Toque firme que me aquece.

Mãos que passeiam de leve
Deixam-me toda arrepiada,
É uma sensação nada breve
Ah, tua boca bem molhada!

Néctar que me torna viciada
Com um sabor de quero mais
Sinto-me uma deusa amada
E o meu amado me satisfaz.

O teu cheiro em nossa cama
Envolve meu corpo de calor
Prova genuína de quem ama
É oásis de todo o nosso amor.


Flor de Lis - Santiago/2019




13 comentários:

  1. Então, iremos registrar mais um maravilhoso momento, festejando com sorrisos, a nova Primavera do nosso Blog Maçayó. Este Recanto de ensinamentos, em versos e prosas, que emocionam o nosso leitor.
    Um grande encontro de poetas, os colaborados que compartilham suas artes, sempre em grande estilo. Hoje, não irei comentar os poemas e sim, falar da importância desses colaboradores para o sucesso do nosso aniversariante. Sucesso esse que é parte de cada um de vocês, que com muitas e grandes inspirações nos deixam fascinados e nos prestigiam com o que há de melhor. Todos são belíssimos poemas, são diferentes maneiras de expressar o saber poético.
    Quero nesse momento agradecer pela colaboração e carinho de todos e dizer-lhes que sem vocês o Blog não existiria. Quero parabenizar o Blog pelo momento de renovação.
    Lindíssimas ilustrações... Tudo muito lindo! Aplausos mil e bravíssimo.
    FELIZ ANIVERSÁRIO, BLOG MAÇAYÓ!
    Saudações poéticas a todos!🍾🍷🍷🍸🍹🎂🍭

    ResponderExcluir
  2. Sim, amiga Bete, o nosso Blog é somente festa, pela sua nova idade e por esse momento poético magnífico. Todos os poemas são maravilhosos, cada um com sua maneira especial de fazer arte.
    Eu tenho orgulho de fazer parte desse grupo de colaboradores que emocionam fazendo bonito. Muito já aprendi por aqui, uma aprendizagem que levarei como bagagem, na caminhada da minha existência. Também quero agradecer a todos, principalmente, os irmãos Leite, por nosso vínculo e amizade.
    Realmente um show de comemoração! Parabéns para todos os poetas, os próximos, presentes e os ausentes.
    Parabéns Cantinho do Saber!
    Obrigadooo amigos pela belíssima partilha. Bom dia e abraços!

    ResponderExcluir
  3. Eita meus amigos que comenoração de aniversário legal, o Blog é só alegria. Tudo está lindo, é um momento muito especial. Também sou um colaborador, escrevo meus comentários com muito prazer. Concordo com o poeta Maciel, estamos sempre aprendendo por aqui. O Blog é uma escola, uma troca de grandes ensinamentos. Todos os poemas são sensacionais, cada um com seu toque mágico. Quero parabenizar a todos vocês pelas suas artes. Ao Blog, meus parabéns! Show de quarta poética!
    Abraços e um bom dia!
    Feliz Aniversário, Cantinho do Saber!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltou falar que as ilustrações estão perfeitas, como sempre.
      Show!

      Excluir
  4. Eu não sei se digo um simples OBRIGADA, se encho esta página de palavras e mais palavras que ainda não diriam da emoção de compartilhar, por todo esse tempo, de belíssimos poemas que meus olhos já viram. Até os meus me emocionam, tal é a grandeza dos versos já compartilhados aqui. Como disse nossa amiga Bete Leite: "São maneiras diferentes de expressar o saber poético". Eu só sei que graças a este Cantinho do Saber, tomei gosto pela arte e descobri meu talento para escrever meus sentimentos. Aqui também conheci grandes vultos da poesia, gostos diferentes, essência poética grandiosa que massageia nosso ego mais profundo. Esse blog está de parabéns, assim como todos os colaboradores, poetas ou não, sem os quais o Cantinho do Saber não existiria.
    Li e reli todos os poemas compartilhados agora, todos lindos, maravilhosos. Espero sentir ainda por muito tempo igual emoção.
    Da minha parte, meus mais sinceros agradecimentos!
    Abraços para todos e até breve, se Deus quiser!

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Que lindos poemas! Como já disse Socorro Almeida, são diferenças poéticas que emocionam. Quaisquer palavras ditas aqui ainda não dizem o verdadeiro significado do que é ser poeta. Não tenho esse talento, mas meu coração se engrandece com tanta beleza.
    Estou aqui para parabenizar p blog, os poetas, os comentários carinhosos e as ilustrações também belíssimas!
    Parabéns a todos.
    No aguardo, sempre...

    ResponderExcluir
  6. Venho prestigiar, o Blog Maçayó,todos os colaboradores e comentaristas, nesse momento de interação. O fazer poético de cada um, emociona e acaricia a nossa alma. Muito aprendi nessa escola de amigos, aprimorei minha arte e chorei de muita emoção. Um ano de troca e lições, aqui desfilaram tantas lindas poesias, um mar repleto de valiosos tesouros, em prosa e em versos.
    Tenho muito o que agradecer pelo rio de aprendizagem constante. Vesti-me de poeta e fiz uma arte riquíssima. Hoje, o blog é festa, e eu choro de gratidão.
    Belíssimos poemas circulam por aqui e agora. Lindas e adoráveis ilustrações.
    Obrigadaaa amigos por tudo.
    Tudo perfeito no Blog! Parabéns para todos. Abraços e Feliz Aniversário para o Cantinho do Saber.

    ResponderExcluir
  7. Que linda comemoração de aniversário, do grandioso Blog Maçayó, um local de aprendizagens e grandes emoções. Eu e Paulo acompanhamos o Blog desde o seu nascimento até todo sempre. E não encontro palavras para descrever um momento como esse. Um magnífico desfile de belíssimas poesias e mestres poetas. Aqui aprendi a amar versos e rimas e me apaixonar com maravilhosas historinha. O blog é um sucesso, por nós, pelos leitores e poetas. A página de hoje está, como sempre, riquíssima tanto em conteúdo como em ilustrações.
    Parabéns para todos que fazem parte desse contexto.
    Feliz Aniversário, para o Blog e para todos vocês! Abraços e feliz tarde!
    Perfeição total!

    ResponderExcluir
  8. Vocês são mestres! Mestres dos mais lindos poemas, lindas histórias infantis, que tive o prazer de interagir, belos contos em narrativas perfeitas. Sinto muito prazer em deixar meus sinceros e humildes comentários. O blog é realmente um sucesso diante do que vejo, em prosas e versos, ilustrações e tudo o mais.
    Parabéns e que este sucesso se prolongue por muito tempo.
    É o que desejo de todo o coração!

    ResponderExcluir
  9. Sou muito chorora amigos, e não conter minhas lágrimas que rolam pelo meu rosto, sei que são lágrimas de pura emoção, porém nesse momento, estou comentando, os maravilhosos poemas, com palavras que saem do meu coração. Todos nós aprendemos muito no Cantinho do Saber. Já aos sábados me encanto com as historinhas da Tia Bete.
    Hoje no Blog comemoramos com lindas poesias que voam em clima de festa.
    Parabéns para todos e obrigada por mais esse momento magistral.
    Adoráveis ilustrações... Ótima tarde para todos. Abraços de agradecimentos.

    ResponderExcluir
  10. É muito gratificante participar de grandes momentos como esse. Um emocionante encontros de mestres poetas, que desfilam em homenagem ao Blog Maçayó, pelo seu aniversário. Lindíssimas poesias inspiradas por doutores na arte de compor, que sentem na alma e descrevem seus sentimentos e emoções. Sinto-me muito feliz em poder assistir esse espetáculo de perto. Todos que fazem parte desse sucesso estão de parabéns.
    Obrigada pela riqueza de página! Lindas e sensíveis ilustrações. Um grande show! Abraços e boa tarde!

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde. Não poderia deixar de comparecer as festividades de aniversário do Blog Maçayó. No dia 13 de Dezembro de 2017 publiquei o post que seria o começo de um trabalho com amigos e familiares. Foram muitos os amigos que por aqui passaram com seus trabalhos e comentários.Também foram familiares que contribuíram com seus trabalhos e comentários. Tenho dito sempre que o blog é formado por um grupo de poetas, comentaristas, cronistas e um outro grupo que demonstram seus trabalhos em forma de comentários, são os nossos "comentaristas de carteirinha".
    O primeiro comentário publicado no blog foi de nossa querida Elisabete Leite no dia 19/12/2018; três dias após o inicio das atividades do blog. Desde aquele dia vem fazendo seus comentários de abertura em todas as edições. No início recebíamos 1,2 ou no máximo 3 comentários por edição. Lá estavam Betinha, "A Lenda da Verdade", o americano "Henri" e o "Anônimo". Esses foram nossos incentivadores no começo onde ainda não tínhamos uma identidade.
    No início de janeiro de 2018, exatamente no dia 03, iniciaram suas atividades como comentarista do Blog os amigos Paulo e Maciel; desde lá marcam presença em todas as edições. Era o início do grupo atual. Geovanna fez seu primeiro comentário no dia 08 de janeiro de 2018; Betânia dia 13 de janeiro, Karen dia 16 de janeiro e Flor de Lis no dia 01 de Fevereiro de 2018. Estava se formando um grupo, coeso, constante e excelência.
    Depois vieram mais e mais poetas, comentaristas e amigos. Citarei em ordem alfabética os colaboradores do Blog, espero não ter esquecido ninguém: Antônio Jessé, Cândida Nunes, Emiliano de Melo, familiares de José de Menezes, José Waldeck, Luciana Lins, Maeli Honorato, Maria Lúcia Souza, Matheus França, Rita de Cássia, Socorro Almeida, Socorro Paiva, Tainá, Zazulina e o mestre Violeiro Mineiro Capiau.
    Destaque especial para os nossos comentaristas Mirins Layanne, Gugu e Laurinha.
    Parabéns. Foram até o momento 389 edições e mais de 281.000 visualizações de páginas. Meu muito obrigado e um abraço fraterno em todos. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito emocionado, chorando rios de lágrimas, cometendo erros de grafia. Mais uma vez meu muito obrigado.

      Excluir