quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Quarta Poética - Socorro Almeida

Ano II - Edição Nº 387 - Poesias
Tema das Imagens - Natal I
AH! SE EU PUDESSE...

Se eu pudesse te amaria com toda a intensidade...
Mas, se eu ainda tivesse o coração
tão intenso quanto o teu.
Se eu tivesse a alma pura
Da criança inocente que um dia fui...
Se a crueldade do mundo
não me tivesse feito morada
Eu te abrigaria dentro de mim
Voltaria a ser criança
Curaria minha alma doente
Baniria a crueldade do mundo
E te amaria intensamente!

Socorro Almeida
Recife, 08/10/2019
PÁSSARO CARENTE

Não nasci pra ser feliz, sou pássaro errante
Carente demais, voando a esmo
Sem companhia,  em vôos rasantes
Só a ilusão de amar a mim mesmo

Não nasci para ter o amor sincero
De quem quer que seja, só para mim
Tantas vãs promessas tornei a ouvir
E de galho em galho lá vou eu por aí

Vou voar pelo mundo, e talvez assim
Eu me apoie agora seja em quem for
Que de tudo eu tenha, mas não essa dor
E que eu aprenda a amar muito mais a mim

Socorro Almeida
Recife, 19/11/2019

CUIDA DE TI

Meu amor, onde estás,  com quem andas?
Cuidado pra não sofrer como eu sofri
O mundo é tão cruel e teu pranto será meu
Se acaso venhas a sofrer também assim

Cuida-te da dor insana do bem enganador
Que te ofereçam à margem do amor perfeito
Nada que te pareça santo, em palavras de amor
Que não te conceda o bem maior em teu peito

Cuida do teu sorriso e do teu corpo
Onde sinto o perfume que me ofereceste
Que ao tocar ternamente em minha pele
Descubro o paraíso que um dia me prometeste!

Socorro Almeida
Recife, 19/11/2019

Pixabay - Natal





10 comentários:

  1. Uma maravilhosa quarta poética aqui em nosso Blog Maçayó, com magníficas poesias da nossa querida amiga poetisa Socorro Almeida, e seus versos que parecem flutuar pela página de tanta leveza e harmonia. Gostei demais de todas as poesias, porém, vale um destaque especial para o lindo e criativo poema PÁSSARO CARENTE, foi perfeita sua inspiração amiga.
    Adoráveis imagens ilustrativas que adornam os poemas compartilhados.
    Realmente um luxo de partilha. Parabéns Socorro por tanta sensibilidada e parabéns poeta Jorge pela sua arte final, já em período natalino. Show de quarta.
    Abraços para todos e bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amiga Bete. Um abraço da, também, tua fã!
      Bjos

      Excluir
  2. Venho aqui prestigiar a nossa amiga poetisa Socorro Almeida com seus belíssimos poemas compartilhados hoje na quarta poética. Todos os poemas são lindos e recheados de muita sensibilidade, mas também gostei demais da poesia Pássaro Carente, versos muito bem construídos. Um espetáculo de ilustrações natalinas, muito brilho e beleza, assim como a representação do natal. O poeta amigo Jorge Leite já conhece a sensibilidade de cada um. Um contexto rico em conteúdo, e o belo reinado na página do Blog Maçayó.
    Parabéns pela excelente partilha. Um feliz dia para os leitores e amigos.
    Abraços e saudades...

    ResponderExcluir
  3. Realmente uma belíssima página de quarta-feira poética em nosso Blog Maçayó. Concordo com a amiga Bete, muita leveza em um momento incrível. A poetisa se harmoniza muito bem nos versos deixando o cenário romântico. Todos os poemas são lindíssimos não irei definir idividualmente cada um, apenas o conjunto. Tudo muito lindo! As belíssimas ilustrações representam a chegada do natal e a riqueza nos detalhes. Parabéns para os poetas e abraços para cada um de vocês.
    Saudades e bravíssimo para arte final.
    Boa tarde para todos!

    ResponderExcluir
  4. Lindo pessoal, que quarta-feira poética de lindíssimos poemas e bastante sensibilidade no ar! Também gostei de todos os poemas, mas "Pássaro Carente" está acima de qualquer comentário.
    As imagens ilustrativas estão deslumbrantes, como sempre, e mostram o início do período natalino. Eu percebi uma inspiração diferente, da casual, na amiga Socorro Almeida, porém gostei do que li.
    O Blog Maçayó sempre inovando no conjunto. Parabéns para os poetas que aqui desfilam. Admirável arte final. Abraços e boa tarde para vocês! Show!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com todos os comentários. As páginas de Socorro Almeida são lindas e românticas e falam do amor e da dor. Uma dor que nem o tempo apagou.
    Uma belíssima quarta poética em grande estilo, gosto demais de todos os poemas, porém Socorro se superou em Pássaro Carente. Sensacionais ilustrações natalinas, muito brilho e muitas cores. O poeta Jorge save emocionar a gente. O Blog Maçayó é puro natal. Parabéns para os poetas e aplausos para partilha de hoje.
    Abraços e boa tarde amigos e leitores!
    Tudo muito belo!

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, pessoal! Uma lindíssima quarta-feira poética, no Blog Maçayó. Muita sensibilidade e leveza em versos românticos. Socorro Almeida compartilha lindas e expressivas poesias. Eu também gostei de todos os poemas, mas concordo com todos, a POESIA PÁSSARO CARENTE, é verdadeiramente bela e bem inspirada. A amiga veio com tudo. As ilustrações bem pertinentes por sinal, definem o natal, brilho e cores. Linda arte final poeta amigo Jorge, você é mestre sempre.
    Parabéns para os poetas que desfilam hoje. E é muito emocionante o natal.
    Tudo muito lindo!
    Abraços...

    ResponderExcluir
  7. Uma maravilhosa página de quarta poética aqui no Cantinho do Saber. Lindos e sensíveis poemas da nossa amiga poetisa Socorro Almeida. Também concordo com todos, gostei de todos os poemas, porém a poesia "Pássaro Carente" ficou extremamente linda, rimas bem construídas.
    As imagens ilustrativas que definem o período natalino, e estão deslumbrantes, o brilho e as cores deram vida aos versos românticos da poetisa.
    Parabéns para vocês poetas pela excelente página.
    Abraços e um final de tarde bem especial para todos.

    ResponderExcluir
  8. Aqui estou , mais uma vez, a curtir carinhosos comentários dos amigos.
    Você, amigo Paulo, é muito perspicaz em sua observação. De fato há algo diferente, quando num momento de desilusão, a inspiração de um poeta se acende... o melhor de tudo isso é que a tristeza passa
    e realça a certeza de que o amor é a razão de tudo. Sem rosto, sem sexo, sem gênero. Com a certeza da consideração dos amigos, poetas ou não, ratifico minha emoção e alegria em vê-los sempre interagindo comigo em minhas poesias. Obrigada a todos, de coração.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Nossa! Também adorei "PÁSSARO CARENTE". Mas, hoje CUIDA DE TI me tocou muito mais. As poesias de Socorro têm sempre algo que nos emociona. Parabéns, amiga, que Deus conserve sempre essa sua inesgotável inspiração.
    Parabéns a todos que fazem esse blog sempre emocionante!
    No aguardo....

    ResponderExcluir