domingo, 7 de junho de 2020

Simpatias de Santo Antônio


Ano III - Edição 393
Tema das Imagens - Simpatias de Santo Antônio



JUNHO DA ALEGRIA

Junho é a estação da alegria,
Canjica, pamonhas e quentão
Do milho verde ao raiar do dia
Muita música, versos e canção...

A fogueira ficará na lembrança,
Fogos estarão nas recordações
O foco será a saúde da criança,
e a proteção de toda população...

Mas o brilho do forró será eterno,
O Amor estará em nosso coração
Vamos doar sentimento materno...

Já que a quadrilha é pura tradição!
Ficaremos distantes, mas fraternos
Aproveitando as antigas emoções.

Elisabete Leite
[07:30, 03/06/2020] 
Simpatias para Santo Antônio, o santo casamenteiro
São simpatias! Não custa nada tentar!

As simpatias para Santo Antônio, o santo casamenteiro, são de longe uma das mais comentadas pelo Brasil. Inclusive uma delas pode ser vista em A Marvada Carne, filme de 1985 de André Klotzel. Fernanda Torres interpreta uma jovem do interior, Carula, desesperada para se casar. Uma de suas estratégias é fazer uma simpatia para “arrumar marido”: assim, ela pega uma estátua de Santo Antônio, a amarra com uma corda e a mergulha no rio, avisando que só vai tirá-lo de lá quando o pretendente aparecer.
Dia 13 de junho, abrindo as festas juninas, comemora-se o dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro que carrega nos braços o menino Jesus. Mesmo em nossos tempos modernos e nas grandes cidades, seus devotos – principalmente as mulheres – continuam a recorrer a ele para encontrar o amor, e a rezar trezenas e fazer as simpatias que a tradição ensina. Portanto, se o Tinder, o Facebook e o Instagram não estão resolvendo, não custa nada dar uma chance a Santo Antônio e fazer uma ou mais das quatro simpatias que selecionamos. A do filme da Fernanda Torres está valendo, e não precisa ser num rio, pode ser em qualquer recipiente com água, até mesmo um copo.
1. A Simpatia de Santo Antônio clássica
No dia 13 de junho, pegue duas agulhas iguais e coloque num prato fundo com água e açúcar, distantes uma da outra. Se na manhã seguinte as agulhas estiverem juntas, pode mandar fazer o vestido de noiva que o seu amado já já vai pedir a sua mão.
2. A Simpatia de Santo Antônio malvadinha
Esta também é tradicional e malvadinha, como a da Carula. No dia de Santo Antônio, pegue uma imagem do santo e retire o Menino Jesus. Em seguida, prometa a ele que, assim que encontrar um namorado ou se casar, devolverá o menino. Cuidado para não se empolgar com o namorado novo e posteriormente se esquecer de cumprir a promessa!
3. A Simpatia de Santo Antônio para as indecisas
Na noite de Santo Antônio, pegue quatro pedaços de papel. Em três deles escreva o nome dos pretendentes e, no quarto, escreva apenas “Desconhecido”. Enfim, dobre-os e coloque-os numa bacia com água. Então, deixe a bacia no sereno e, na manhã seguinte, veja qual dos papeizinhos está aberto.
4. A Simpatia de Santo Antônio feita pela Carula:
Descrita no primeiro parágrafo. Simpatia é simpatia, mas a sabedoria popular garante que dá certo!
Quer saber se a simpatia funcionou para Carula? Então assista ao filme, que é ótimo e recebeu 11 prêmios no Festival de Gramado!



 

10 dados sobre Santo Antônio de Pádua que talvez não conhecesse

 “Se pregar Jesus, ele derrete os corações duros; se O invocar, adoça as amargas tentações; se pensar nele, ilumina teu coração; se O lê, ele te sacia a mente”, recomendava Santo Antônio de Pádua. Conheça 10 dados curiosos de um dos santos mais queridos e populares entre os católicos.
1. Não se chamava Antônio, não nasceu em Pádua nem era italiano
Nasceu em Lisboa, em 1195. Chamava-se Fernando de Bulhões e Taveira de Azevedo. Aos 25 anos, adotou o nome de Antônio quando se tornou franciscano.
2. Foi agostiniano antes de ser franciscano
Aos 15 anos, ingressou nos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Dez anos depois, ingressou nos Frades Menores Franciscanos.
3. Poderia ser mártir
Decidiu ingressar nos Frades Menores para pregar aos sarracenos e estava disposto a morrer por amor a Cristo. Foi ao Marrocos, mas uma grave doença o obrigou a retornar.
4. Era um grande pregador
Tinha uma voz clara e forte, aparência imponente, memória prodigiosa e um profundo conhecimento, o espírito de profecia e um extraordinário dom de milagres.
5. Carrega o Menino Jesus em seus braços devido a uma aparição
Foi testemunha de uma aparição do Menino Jesus a quem segurou em seus braços.
6. Seu milagre mais famoso permitiu que um homem recuperasse um pé amputado
Em Pádua, um jovem chamado Leonardo, em uma crise de raiva, chutou a própria mãe. Arrependido, confessou sua falta a Santo Antônio, que lhe disse: “O pé daquele que chuta sua própria mãe merece ser cortado”. Leonardo correu para casa e cortou o pé. Ao saber disso, Santo Antônio tomou o membro amputado do jovem e milagrosamente o uniu ao corpo.
7. É conhecido como o santo mais milagroso
Sua fama de realizar atos prodigiosos nunca diminuiu e ainda hoje é reconhecido como o maior taumaturgo de todos os tempos.
8. É conhecido como “o santo de todo mundo”
Leão XII o chamou “o santo de todo mundo”, porque por todas as partes é possível encontrar sua imagem e devoção. É padroeiro dos pobres, dos viajantes, dos pedreiros, dos padeiros, entre outros.
9. Recorrem a ele para pedir um bom marido ou esposa
Por este motivo, algumas pessoas chegam a colocar sua imagem de cabeça para baixo, mas isso é uma superstição e uma prática não cristã.
10. Sua canonização foi a mais rápida da história
O Papa Gregório IX o canonizou menos de um ano depois de sua morte, em Pentecostes, no dia 30 de maio de 1232.

Link para Leitura Complementar


 
ESSA TAL FELICIDADE

Fui dar uma volta no sertão
Uns velhos amigos visitar
Um sertanejo em particular
Chamou a minha atenção.
Seus pobres pés rachados
Lembravam as rachaduras
Das estradas que pisei por lá.
E o barro sem serventia
Talvez só pra fazer paredes
Das casas tão pobrezinhas
Que nem o telhado eu via!
Pra surpresa minha, ele sorria
Arrastando palhas dos coqueiros
Que encontrava pelo caminho
Dizendo que é costumeiro
Usar como telhas pro seu ninho!
A simplicidade daquele homem
Que nunca mais eu esqueci
Foi com ele que eu aprendi
Que mesmo passando fome
Sendo ricos ou sendo pobres
Não devemos ser esnobes
Da terra vem o sustento
E de Deus o merecimento!
Nunca pensei fosse verdade
Sob o teto da minha "mansão"
Que essa tal felicidade
Já morava em meu coração!

Socorro Almeida
Recife, 23/05/2020

SAUDADE ARRETADA

Essa saudade desgramada
Que vem assim sem avisar
Parece até dona de mim.
Me invade a cama sem dó
Se atira embaixo do lençol
E a debochada ainda ri!
Pois o danado do meu xodó
Por algum motivo se zangou
Mandou a doida da saudade
Só pra judiar de mim.
Mas, não tem nada o quê!
Porque um dia ele vai ver
O que é sentir saudade
Perder o senso da razão
Achando que Diazepan
É remédio pro coração!
Quando o dia amanhecer
Tudo o que fez vai esquecer
Vai correr pro meu abraço
E ainda vai pedir perdão!

Socorro Almeida
Recife, 18/05/2020



ACRÓSTICO (FELIZ AMANHECER)

Felicidade é sinônimo de alegria
Exemplo de bem-aventurança
Liberdade de expressão e Poesia
Inspiração como fonte de esperança
Zelo pela vida a cada novo dia...

Assim, vem nascendo a Paz interior
Menção de bem-estar vem com o vento
Aparece no cenário o sinal de esplendor
Nova aurora trazida pelo tempo
Herança da essência interior
Existência que é lição de ensinamento
Convivência renovada, com louvor
Essencial para todo crescimento
Renovação é um ato de Amor.

Elisabete Leite
03/06/2020

Conversa Fiada
        Ontem acordei cedo, o que não é muito comum atualmente, após o café fui conferir minhas mensagens, dentre tantas agradaveis duas me marcaram mais. Na primeira minha amiga Neyla me fez recordar uma poesia de Cecília Meireles "Marcha" a qual publico logo abaixo. A segunda é a  resposta de uma mensagem que enviei, simples, sem grandes intenções, gostei enviei. Eis a mensagem: "o hábito de falar com Deus muda nosso jeito de falar com as pessoas". Simples, sem pretensões outras. A resposta da pessoa para mim foi também simples, dizia entre outras coisas  "Bom dia Jorge . Sem Máscaras". Sem Máscaras!!! Não entendi! Tal falta de entendimento me levou a relembrar um poema meu dos anos 90 quando ainda morava em São Paulo. "Máscaras" que transcrevo logo depois do poema da Cecília Meireles. Já o publiquei umas tantas outras vezes, quem nos segue já deve ter lido, porém acho que continua atual. Afinal a vida é assim mesmo, uns intantes de alegria, felicidade e outros tantos momentos de tristeza, decepção e dor. As poesias não são para serem comparadas, apenas ilustram momentos diferentes de uma manhã de sábado. Sem pretensões.

 Cecília Meireles - Marcha

As ordens da madrugada
romperam por sobre os montes:
nosso caminho se alarga
sem campos verdes nem fontes.
Apenas o sol redondo
e alguma esmola de vento
quebram as formas do sono
com a idéia do movimento.

Vamos a passo e de longe;
entre nós dois anda o mundo,
com alguns mortos pelo fundo.
As aves trazem mentiras
de países sem sofrimento.
Por mais que alargue as pupilas,
mais minha dúvida aumento.

Também não pretendo nada
senão ir andando à toa,
como um número que se arma
e em seguida se esboroa,
– e cair no mesmo poço
de inércia e de esquecimento,
onde o fim do tempo soma
pedras, águas, pensamento.

Gosto da minha palavra
pelo sabor que lhe deste:
mesmo quando é linda, amarga
como qualquer fruto agreste.
Mesmo assim amarga, é tudo
que tenho, entre o sol e o vento:
meu vestido, minha música,
meu sonho e meu alimento.

Quando penso no teu rosto,
fecho os olhos de saudade;
tenho visto muita coisa,
menos a felicidade.
Soltam-se os meus dedos ristes,
dos sonhos claros que invento.
Nem aquilo que imagino
já me dá contentameno.

Como tudo sempre acaba,
oxalá seja bem cedo!
A esperança que falava
tem lábios brancos de medo.
O horizonte corta a vida
isento de tudo, isento…
Não há lágrima nem grito:
apenas consentimento.

MÁSCARAS
Minhas máscaras empoeiradas
Querem mudar.
Resisto.
Continuo mascarado,
Assim é melhor
Não deixo ninguém triste.
Sou o mesmo, sempre.
Dentro de mim
Surge uma vontade de mudanças,
A poeira das máscaras
Começam a levantar.
Para a felicidade de todos
Controlo-me,
Tudo fica como antes
Eu preso dentro de mim
Todos felizes comemoram.


Um grito no silêncio surge,
Sufoco.
Não deixo escapar.
Aplausos.
Todos estão felizes.
Não me permito mudar.
Sufoco qualquer vontade de mudanças,
Nos copos e nas mesas de um bar.
A cerveja embriaga minha alma,
A poeira das máscaras continua.
Por um instante
Tiro as máscaras,
Já mim olham diferente,
Sou estranho,
Não pertenço a seus mundos.
Volto mascarado.
Todos felizes aplaudem.
Somos iguais.
E dentro de mim continuo triste.

Jorge S. Leite
SP. 06-01-1991
Boteco do Pescador, em um Domingo de sol, às 18 hs.



11 comentários:

  1. Uau,que maravilhoso momento do Blog Macayó! Muita tradição e arte para deleite de cada leitor, seja o leitor amigo ou nosdos familiares a alegria junina contagia o nosso coração, faça sol ou faça chuva, por enquanto permanecer em casa é a melhor opção.
    Tudo perfeito por aqui! Belíssimos poemas, excelentes pesquisas e um papo agradável. Gostei demais das ilustrações. Sabe que tudo casou direitinho, a arte em sintonia com a emoção.
    Parabéns pela arte final! Eu particularmente, quando jovem, fiz muitas advinhações para o Santo casanenteiro, o nosso Santo Antônio.
    Aplausos pela magnífuca partilha.
    Um bom dia a todos! Beijos no coração de cada um❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo: ... nossos familiares, magnífica partilha.

      Excluir
  2. Bom dia para todis vocês, meus amigos!
    Estou com muidas saudades, o Blog fazia bastante falta. Entrei rapidinho para olhar a página de domingo passado, que por sinal estava muito emocionante e comentar a página de hoje.
    Tudo muito lindo no nosso Blog de amigos para amigos. Lindos e sentidis poemas, maravilhosas pesquisas, perfeitas ilustrações. Também já fiz muitas advinhações e gosto significativamente das festas juninas, mas Bete está certa, manter à distância se faz necessário. Parabéns para todos os poetas pelas suas artes. E para o blog sucesso sempre.
    Os amigos voltarão a comentar assim que possível.
    Viva Santo Antônio! Parabéns aos namorados e casais apaixonados.
    Tchau por hoje!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erros de celular: todos... muitas

      Excluir
    2. Obrigada Betânia pelo carinho de sempre. O Blog fez muita falta, mas também sentimos saudades de vocês amigos.
      Beijos

      Excluir
  3. O que eu acho bacana neste blog é a diversidade de estilos, onde marcamos nossa história, nossos sentimentos em forma de versos. Jorge com seu estilo em versos livres e Elisabete com sua simplicidade em seus poemas igualmente lindos. Quanto aos meus, deixo-os para apreciação de vocês. As ilustrações estão lindas, o tema bem relevante à época. Apreciei muito o poema de Cecília Meyreles. Parabéns a todos pelo sucesso do blog. Abraços e até breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Socorro Almeida pela ilustre visita e gentil comentário. Seus poemas estão lindos e bem apropriados para o nosso momento, e partilha de hoje.
      Gratidão pela sua amizade!
      Beijos

      Excluir
  4. Boa tarde, hoje o Blog está recheado de belas poesias e simpatias,tantas na qual eu não conhecia, o MILAGRE de Santo Antônio de Pádua em uma delas, e por ser um mês junino, vocês cumpriram com a tradição de trazer conhecimentos, tanto na poemática, como nas tradições de um povo que acreditam nas simpatias, muito divertido, já fiz várias. A POESIA do Jorge Leite me chamou atenção, onde ele deixa bem notório as máscaras, isso nos anos 90, mesmo que o que o poeta retrata é as máscaras de pessoas que trabalham em serviços em que às mesmas ficam empoueiradas, e hoje, há uma nescessidade devido a pandemia usarmos máscaras em defesa não só das poeiras, mas sim do covid 19. Parabéns o Blog está perfeito, pois foi organizado com muito esmero. Meus parabéns a todos os poetas que neste domingo vieram abrilhantar este Bolg que já é destaque no Brasil e no exterior, isso porque tem credibilidade no que faz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida amiga Rita de Cassia pela carinhosa visita e pertinente comentário. Concordo contigo o Blog está recheado de muito conhecimento.
      Beijos

      Excluir
  5. Obrigado Betânia pelas palavras carinhosas. Senti falta de seus comentários. Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Socorro Almeida , admiro muito seus poemas e seus temas abordados em poesias; Rita de Cassía obrigado pelos comentários, próximo domingo publicarei seus poemas. Um abraço.

    ResponderExcluir