domingo, 19 de julho de 2020

Parece Folhas de Outono...

Ano III - Edição 399
Tema das Imagens - Um Passeio por Recife



Parece...
Jorge Leite

Parece que o vento
Ao soprar contra,
Me encontra;
Em cada esquina da vida
Em cada mesa de um bar.
Em cada boca sofrida,
Em cada coração a sangrar.

Parece que a chuva
Ao cair das nuvens
Leva-me aos bueiros da vida
Arrasta-me ás mesas de um bar
Molha cada boca sofrida
Encharca um coração a sangrar.

Parece que o Sol
Ao iluminar o dia
Mostra-me as sombras da vida
Aquece os corpos em um bar
Machuca cada boca sofrida
Queima meu coração a sangrar.

Parece que a Lua
Ao pratear a noite
Mostra-me escuridão da vida
Congela as damas de um bar
Emudece cada boca sofrida
Escurece meu coração a sangrar

Parece que o Mar
Ao quebrar na praia
Quebra o que sobrou da vida
Inunda o que sobrou do bar
Afoga cada boca sofrida
Navega em meu coração a sangrar.

Parece...

Madalena, 06 de julho de 2020
DOLORIDO CORAÇÃO

Ah, eu sinto que já te perdi,
ou será que nunca te achei?!
A tristeza toma conta de mim
Sei que muito fiz, e não errei...

Minha força está por um fio
O coração está em retalhos,
dolorido, com chagas, e frio
Eu me sinto em frangalhos...

Minh'alma está sem jasmim,
Ah, sou somente sofrimento!
O mundo conspira contra mim
A vida se tornou um tormento...

Só me resta aceitar meu destino
Deixar lágrimas rolarem pela face
e viver esse passageiro desatino,
na esperança que um dia passe.

Elisabete Leite
FELICIDADE PODE ENTRAR!

Quando a felicidade bater em sua porta, deixe-a entrar. Ofereça-lhe uma poltrona confortável, para que ela possa descansar do longo trajeto percorrido. Depois sirva-lhe um bom cafezinho, como também a cubra de muito amor e carinho. Assim, ela irá permanecer sempre por lá.
A felicidade demora em aparecer, porém às vezes ela se manifesta de diferentes maneiras. Algumas vezes entra, na vida da pessoa, sem pedir licença; tão radiante quanto o gorjear de um Colibri, na hora de sugar o néctar da flor. Outras vezes ela chega como um furacão, que vai varrendo tudo pela frente; ou como o vento quando sopra forte sobre uma roseira, fazendo suas pétalas caírem ao chão. Mas, normalmente ela chega leve, bem de mansinho, como o esvoaçar de uma borboleta ao sair do seu casulo, após longas e difíceis metamorfoses. A felicidade vale a pena senti-la de qual maneira. O importante é abrir um grande sorriso, aproveitar todos os momentos de alegres emoções, sem pensar no depois; pois o ideal é viver o hoje, porque o amanhã será incerto.
Deve-se soltar as amarras, e buscar o equilíbrio. Porém, quando as asperezas da vida, roubar seu chão; se faz necessário liberar as asas, alçar longos voos, cruzar fronteiras, quebrar paradigmas, sempre procurando ser feliz.
A felicidade mora dentro de cada um!
O primordial é encontrar a felicidade escondida dentro da felicidade do outro. Nunca lhe tirar o sorriso.
É hora de ser feliz! Procure liberar o brilho da essência que tem luz própria.
Deixe a felicidade brilhar, e seja feliz!

Elisabete Leite
SIMPLESMENTE NORDESTINA

Sou nordestina com muito orgulho
Sei respeitar meu autêntico legado
Vivo na Paz, sem nenhum barulho,
praticando apenas o que me foi ensinado...

Chorei tanto, que as lágrimas até secaram
Agora, irei tomar uma difícil decisão
Abrirei portas e janelas para a felicidade
Aliviando essa dor do meu coração
Comprei minha liberdade no passado
Não vou anular um sonho já alcançado
Seguirei dando asas à minha imaginação.

Elisabete Leite
 UM SONHO REAL

No balanço da rede, fiquei a sonhar
Ah, um belíssimo sonho acolhedor!
Procurei-te no sol, estrelas e no luar
Foram momentos de puro esplendor...

Procurei-te na elegância do amanhecer
Até no desabrochar de uma bela flor
Toquei no arco-íris somente pra te ver
Mas, por lá, só encontrei a tua cor...

Procurei-te pela imensidão do mar
Adentrei devagar, sou poeta sonhador
Lá encontrei peixes e estrelas-do-mar...

Assim, penetrei fundo em meu interior
e encontrei-te escondido a me amar
Ah, o melhor da vida é o nosso amor!

Elisabete Leite
A MULHER E O TEMPO

O tempo é um amigo terno e generoso
Ou é a imagem de chances perdidas?
Posso classificá-lo como eu quiser
Segundos ou anos, minutos ou dias
A sabedoria como TEMPO
A paciência como MULHER!

Confesso hoje que não tive paciência
Tudo quis fazer, atropelando tudo
Zombei da humildade e da sapiência
De quem já conhecia todo meu futuro

À noite, só o silêncio me escuta...
- Diz agora com essa tua arrogância
Todas as palavras que bem quiser
Quem ganhou ou quem perdeu a luta
Se eu como TEMPO ou tu como MULHER?!

Socorro Almeida
Recife, 25/05/2020
ESCOLHAS

Sei que minhas palavras vão soar tristes
Talvez até nem encontre quem as ouça
Quantos vultos da história tentaram dizer
Pelas guerras ou pela própria boca
- Amem-se mais ou escolham não viver!

É chegada a hora de total reflexão
Das espúrias que mancham nossa ética
Dos senhores desumanos e patéticos
Das correntes que ainda me escravizam
Escolho viver do meu interior poético!

Reapareço nas emoções da minha alma
Para entender a verdade dos meus dias
Da qual tiro lições que me engrandeçam
E que me transportem ao mundo das poesias!

Socorro Almeida
Recife, maio/2020
FOLHAS DE OUTONO

Gosto tanto de saber que fui como as folhas de Outono, que ao despencar das árvores, cobri todo o chão que tu pisas. Melhor é saber que logo, logo, me renovarei nas flores da Primavera só para perfumar um novo jardim. E no Verão serei o calor que se aninha em novo leito, para me aquecer no frio do Inverno.

Tive orgulho de ter sido a melhor imagem que meu coração pôde visualizar, até um dia me deparar com o espelho da desilusão e me tornar novas folhas sem vida... no teu chão!

Enquanto a natureza existir, serei todas as estações, pra me renovar sempre, sempre, por toda minha breve existência! E vou seguindo assim, sentindo saudade das folhas que fui, caídas pela janela, do Outono que deixaste em mim! E que sejas, então, por ti e nunca mais por mim, o perfume das rosas de todos os jardins!    
     
Socorro Almeida
Recife, 04/07/2020


 IMAGENS DE RICARDO BENEVIDES
 
O Fotógrafo poeta Ricardo Benevides nos guia por Recife, mostrando ângulos tirados de seu íntimo, que desnudam a beleza contida em cada imagem. É preciso ir além de simplesmente olhar, é necessário sentir o momento a ser imortalizado pelas lentes de uma câmara fotográfica fria, mas que mãos, coração e olhar de Ricardo Benevides a torna viva e pulsante.

21 comentários:

  1. Hoje o Blog é pura perfeição! Conteúdos diversificados, ricos, diferentes olhares e gostos, com momentos nostálgicos, românticos, sentimentais, e também de plena felicidade.
    Os poetas que por aqui desfilam, acompanham a viagem por nossa belíssima Recife em seus voos poéticos regados ao sentimentalismo da arte poética.
    O poeta Jorge Leite traz um encanto de poema, PARECE... , e abre a página do Cantinho do Saber, em um cenário colossal e nostálgico. Eu sigo acompanhando o momento em diferentes passos, e vou transmitindo meu recado, por meio da nostalgia que se mistura com a alegria. A querida Socorro Almeida chega brilhando com todos os seus belíssimos poemas. Eu particularmente acho, FOLHAS DE OUTONO, um poema intenso, lindo e completo.
    Para finalizar quero destacar e elogiar o show de arte fotográfica que nosso mestre fotógrafo Ricardo Benevides compartilha. Imagens magníficas que definem a beleza e grandiosidade de Recife. Como não se emocionar nesse cenário novelesco. Somente me resta aplaudir esse grande encontro de diferentes artes, e parabenizar a todos pela riqueza dos variados momentos, contida na página de hoje.
    Aproveito para agradecer aos poetas pelas suas maravilhosas artes.
    Parabéns poetas 👏👏👏👏👏!
    Um abraço acolhedor no coração de cada um ❤️❤️💙💙.
    Bom Domingo, com arte, nostalgia, alegria e Poesia!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos poetas pelo magnífico momento de arte! 🙏🙏🙏👏👏👏
    Um ótimo domingo para todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada grande Ricardo e parabéns pelo belíssimo momento de arte fotográfica.
      Aplausos mil pela partilha.
      Bom domingo!

      Excluir
  3. Parabéns aos poetas pelo magnífico momento de arte! 🙏🙏🙏👏👏👏
    Um ótimo domingo para todos!

    ResponderExcluir
  4. Em primeiro lugar quero parabenizar o poeta Jorge Leite pelo seu lindo poema PARECE. Amei!
    Minha amiga Bete mostra seu lado nostálgico, igualmente emocionante e belo. FELICIDADE PODE ENTRAR é um texto perfeito para aqueles que necessitam de palavras acolhedoras, de incentivo e carinho, que acalmam o coração e massageiam nossa alma.
    Ricardo Benevides mostra seu talento na arte das fotografias, cujas imagens do nosso Recife, nos dá muito orgulho. Parabéns tbm ao grande fotógrafo!
    Obrigada, mais uma vez, pela alegria e emoção de ver meus poemas brilhando juntos com grandes vultos da poesia.
    Abraços pra todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada poeta Socorro Almeida pelo carinho ao comentar é parabéns mais uma vez pelos lindíssimos poemas.
      Gratidão pela sua amizade.
      Bom domingo!❤️🌹

      Excluir
  5. Bom dia pesoal
    Gostaria de agradecer ao fotógrafo poeta Ricardo Benevides pelo belo poema escrito com imagens. Um agradecimento especial à poeta Elesabete Leite por seus belos trabalhos.
    Hoje gostarua de prestar minha homenagem a poeta Socorro Almeida que está conosco há um bom tempo. Socorro Almeida começou tímida e aos poucos foi revelando seu talento, publicou seus livros solos mas jamais nos deixou. Já tem direito ao título de mantedora do Blog Maçayó. Obrigado poeta Socorro Almeida! Um grande e afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Jorge!
      É uma grande satisfação ver a minha arte sendo enaltecida por grandes poetas.

      Excluir
    2. Obrigado, Jorge!
      É uma grande satisfação ver a minha arte sendo enaltecida por grandes poetas.

      Excluir
  6. Bom dia pesoal
    Gostaria de agradecer ao fotógrafo poeta Ricardo Benevides pelo belo poema escrito com imagens. Um agradecimento especial à poeta Elesabete Leite por seus belos trabalhos.
    Hoje gostarua de prestar minha homenagem a poeta Socorro Almeida que está conosco há um bom tempo. Socorro Almeida começou tímida e aos poucos foi revelando seu talento, publicou seus livros solos mas jamais nos deixou. Já tem direito ao título de mantedora do Blog Maçayó. Obrigado poeta Socorro Almeida! Um grande e afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço a você e a todos que fazem o blog ser esse sucesso que é.

      Excluir
  7. Mais um domingo agradável, cheio de emoção. Ler poemas de grandes poetas é sempre uma emoção a mais. Li todos com a atenção que merecem. O poema do Jorge Leite, os de Elisabete e os de Socorro Almeida. O FOLHAS DE OUTONO me emocionou mais por ser um estilo que mais admiro. Mas, todos são igualmente lindos. Parabéns aos poetas.
    Parabéns ao fotógrafo pelas lindas fotos da nossa cidade.

    ResponderExcluir
  8. É necessário um tanto de dor e vivência para produzir textos profundos e sensíveis como estes que lemos aqui. É necessário coragem para abrir a alma e gerar essa catarse de palavras que vão direto ao coração. Parabéns aos poetas, especialmente a Socorro Almeida, por fazer nosso domingo mais reflexivo, ao ponto de nos levar a prestar mais atenção ao envolvimento da natureza com a nossa existência. Essas palavras aqui compartilhadas por Socorro nos toca de forma sublime. Parabéns ao blog pela oportunidade dada a tanta gente boa!

    ResponderExcluir
  9. O que nos passa FOLHAS DE OUTONO é o firme propósito de renascer das cinzas, tal Fênix, que é o retrato eterno da nossa inteperância. Viver, tornar a viver, sentindo o enorme prazer de que vale a pena VIVER todas as estações possíveis da nossa existência. Este poema nos faz refletir como é importante a renovação, que em nossa a vidas virão.
    A MULHER E O TEMPO nos traz as grandes interrogativas da existência... terno e voluntário; sabedoria ou paciência; humildade ou arrogância? E quem será o vencedor? Este nos leva a interrogar o que é de mais profundo dentro de nós, que só você, Socorro, com essa profunda nuance de conhecimentos da alma humana consegue levar.
    ESCOLHAD... palavras tristes, mas ao mesmo tempo, dá uma sacudida naquilo que realmente queremos. Simples, puras, incisivas... profundas!
    Parabéns ao blog pela diversidade de emoções!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo:
      * que em nossas vidas virão.
      * ESCOLHAS.

      Excluir
    2. Obrigada de coração pelas lindas palavras. Dacy Ferreira, minha amiga/irmã!!!

      Excluir
  10. É lindo de ver tantas palavras maravilhosas em forma de poesias. Eu não tenho esse talento, mas qdo estou, apenas quando estou amando, me atrevo a jogar palavras no caderno. Às vezes me orgulho, às vezes não. Por isso não me tornei um poeta.
    Belos poemas vejo aqui. Não há um sequer que não agrade o coração que ama. Vejo que FOLHAS DE OUTONO, dá amiga Socorro Almeida, agradou mais a todos, talvez pelas diversidades de versos e pelo modo como foi construído, ou pelo recado que a amiga quis transmitir. Conhecendo-a como conheço eu penetrei nessa sua intenção. Kkkk.
    Parabéns igualmente a todos, sem exceção!!

    ResponderExcluir
  11. Volto aqui para agradecer os elogios dirigidos aos meus poemas, mais para mim, talvez por serem meus amigos em particular. Mas, me curvo a todos os mestres dessa arte, com todo o respeito e admiração que merecem. Todo o blog nos emociona, pelas poesias, pelas ilustrações maravilhosas do mestre Ricardo Benevides e por todos que o administram, não por serem tbm meus amigos, mas por serem poetas e escritores já consagrados no âmbito poético. Humildemente agradeço

    ResponderExcluir
  12. Eu sou Simplesmente Nordestina de coração, e nas minhas Escolhas, prefiro navegar nos mares do que Parece mais atingir meu Dolorido Coração, e sonho com num Sonho Real, divagando docemente pelas ruas da Veneza Brasileira. É tudo tão lindo que me permito despencar como Folhas de Outono.
    Parabéns, vocês poetas me fazem penetrar nessa felicidade de ser poeta.

    ResponderExcluir
  13. Minha amiga Iara Alves mandou através da minha página

    ResponderExcluir