domingo, 6 de dezembro de 2020

Amigos Poetas

 ANO II - EDIÇÃO Nº 419

Tema das Imagens -  Amigos

AMIGOS POETAS

Socorro Almeida

Difícil é falar de mim mesma como poeta, pois há tantos poetas em nossa história, dos mais simples aos mais enigmáticos, dos mais alegres e sorridentes, aos mais tristes e nostálgicos, tão relevantes quanto eu. Mas, o que importa é que, ao penetrar nesse mundo, me deliciei com as emoções mais edificantes e fui construindo o meu próprio mundo, num alicerce inabalável. Essas emoções moram aqui, neste Cantinho do Saber, através do qual tantos poetas maravilhosos conheci e com quem muito aprendi. E como prova, trago alguns dos meus poemas inéditos, que também são frutos do maravilhoso incentivo que recebi de todos. 


ALMAS SÍMIAS
Socorro Almeida

Não! Não quero ser amada somente
Sem sentir a emoção de quem sente
O frio na espinha, o sabor de um beijo
O calor do abraço, o colo fremente
O sorriso da boca de quem mente
Só para não admitir seu desejo.

Não quero sentir o amor indolente
Em lânguidos carinhos que não ensejo
Nem me basta ouvir sob o diapasão
Os acordes perfeitos do meu violão
Sem que me externe ao som dos meus desejos.

É perfeito demais este meu sentimento
Pra não ter que sonhar com um amor assim
Almas símias, iguais e tão somente
Sejam uma para a outra o alimento
Em noites de amor ao som de um bandolim!
 
Recife, 24/11/2020


VOU EMBORA DAQUI
Socorro Almeida

Vou embora daqui
Só não me pergunte o porquê 
Tudo aqui cheira a mofo
E seu amor faz doer.
Vou embora daqui
Apreciar as estrelas
Sob qualquer teto de palha
Repousar em sofá de navalha
No chão argiloso de massapê!
Vou embora daqui
Pra tudo que em minha pele me açoite
Em dia que não é dia
Ou noite que não é noite
Até que eu pare de ouvir
Falar de você!
Vou embora daqui
Ainda que eu me acovarde e chore
Tanto, tanto, que em lágrimas me afogue
Por essa ausência que me faz padecer
Por essa dor que eu também não suporte
Até que eu tenha que de saudade morrer!

Recife, 20/11/2020

CUIDA-TE DO BEM ENGANADOR
Socorro Almeida

Das ingratas que te cercam, cuida-te
Das ações infectas de quem diz "amo-te"
Escórias que habitam nas  lamas e esgotos
Te mostram imagens de pureza, aos montes.

Cuida-te do vendaval de beijos ardentes
Da podridão que exala de bocas vis
Das promessas vãs de lábios carentes
Desses seres hás de ouvir o que jamais se diz.

Eu, que fechei os olhos a uma alma louca
Ao som dos leves passos de uma meretriz
Por sorte não vaguei no escuro de sua toca
Por sua indolência em me fazer feliz!

Recife, 21/11/2020
 

BEATLEMANIA
Socorro Almeida

As lembranças amargas dos anos dourados
Desafiam as vozes harmoniosas dos Beatles
Em dancings noturnos, em jogos de azar
Beirando a loucura do cheiro do pó
Agonizam frente aos seus ideais
E ignoram que sejam pobres mortais!

Se eles soubessem o que seja o amor
Capaz de arrancar-lhes do peito a dor
Fariam do ventre que lhes deu moradia
O inevitável regresso à fonte da vida
Seu último direito àquela guarida
Sem o apelo do "Help" da Beatlemania!

Recife, 29/11/2020


Comentário de Domingo


O Retrato de Simonetta Vespucci
Antônio Jessé Leite

Retrato de Simonetta Vespucci é uma pintura a óleo sobre tela (57 x42 cm) do pintor renascentista italiano Piero di Cosimo, datado de cerca de 1480 ou 1490

Ela chegou a Florença, o berço do renascimento italiano, como noiva de quinze anos, seu marido Marco Vespucci era um nobre e tinha laços estreitos com os Médici. Em poucos anos, Simonetta Cattaneo de Vespucci catapultaria à fama como a mulher mais bonita da Itália, amada de uma cidade inteira.

Simonetta Cattaneo de Vespucci foi a musa de Botticelli e a ′′ supermodelo ′′ Florentina do século XV da Itália.

Nascido numa vila perto de Gênova, alguns acham que foi Porto Venere e se casou aos 15 anos e morreu aos 22, a sua curta mas doce vida inspirou um dos maiores artistas do Renascimento e os homens mais ricos do mundo.




Os poetas Elisabete Leite e Socorro Almeida, de Recife; Emiliano de Melo e Rita de Cássia, de João Pessoa, informam aos amigos mais um sonho realizado; a publicação da Antologia "Sonhos de Poetas". É com orgulho que o Blog Maçayó destaca esta publicação. Boa leitura!



19 comentários:

  1. Hoje, o blog Maçayó, começa o mês de Dezembro, com muito romantismo no ar; com um toque peculiar de sentimentalismo à flor da pele, que é uma característica especial da nossa grande poeta e amiga Socorro Almeida. Uma página que apresenta riqueza poética de conteúdo, como também em detalhamento, organização e ilustração final. Compartilhar uma página da nossa querida amiga é deixar sangrar a alma do leitor, e extrair das entranhas um sentimento genuíno, o amor, que ela sabe definir tão bem.
    Todos os seus magníficos poemas apresentam leveza de expressão em versos brilhantes. Tudo aqui, no Carinho do Saber, respira POESIA da mais alta qualidade.
    Eu me identifiquei bastante com todos os belíssimos poemas dela, e destacar apenas um, seria um pecado, pois todos os poemas são dignos de muitos aplausos.
    Parabéns, poeta Socorro Almeida pela sua excelente arte poética! O Blog agradece pela sua participação e presença constante em nossas páginas de domingo. E gratidão pela sua amizade!
    As ilustrações estão impecáveis, e bastantes emocionantes, elas fazem uma homenagem aos laços de amizade que é relevante nesse recanto de Amigos para Amigos, e porque não dizer: a esperança que existe dentro de cada um, uma constante renovação e votos de eterna amizade. Com uma magnífica arte final elaborada pelo grande e sábio poeta, meu irmão Jorge Leite, que faz o lançamento oficial da ANTOLOGIA SONHOS DE POETAS. Grandes sonhos poéticos realizados por quatro amigos que se encontram todos os domingos no Blog Maçayó. Gratidão Jorge! Tem surpresa para você dentro dessa Antologia. Amei a sua iniciativa.
    O comentário de Domingo está lindo e bem expressivo, o querido Antônio Jessé Leite, meu irmão, está de Parabéns. Show!👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
    Aplausos mil para esse domingo maravilhoso em nosso Cantinho do Saber, em companhia dos meus agradáveis amigos e amigas.
    Obrigada pelo carinho de todos, como também dos visitantes e leitores. Quero aproveitar e desejar a todos um suave e abençoado dia.
    Um ótimo domingo para vocês, gente linda, com muita Serenidade e Paz!
    Um abraço acolhedor no coração de cada um 🤗❤️💙.

    ResponderExcluir
  2. Estou aqui pela primeira vez, invadindo com prazer e surpresa também ao ler maravilhosos poemas da minha amiga Socorro. Eu já sabia que ela é poeta, mas é surpreendente ver como ela "cresceu" poeticamente ao longo dos anos. Não faz tanto tempo assim, e isso só prova que muitos poetas surgem de forma repentina e surpreendente. Socorro nasceu e cresceu, e brilha nesta página hoje, e para sempre em poemas como estes. E o que mais me tocou foi "Vou embora daqui". Quantas vezes me senti assim...
    Parabéns, Socorro Almeida
    Parabéns ao blog por todo o seu conteúdo.

    ResponderExcluir
  3. Oh! ALMAS SÍMIAS é lindo!
    VOU EMBORA DAQUI...também tive vontade de "sumir" muitas vezes!...
    Mesmo tentando me cuidar do "Bem enganador", me enganei muitas vezes...
    BEATLEMANIA: Sou dessa época e curti muito "Help! I need somebody!...

    Parabéns, Help! Amei!!!

    Parabéns, Blog Maçayó!!!

    ResponderExcluir
  4. Não sou poeta. Sou apenas uma simples e modesta admiradora. Mas, gosto do jeito de Socorro escrever.
    Observo o toque da alma obscura do grande Augusto dos Anjos nesse verso: "Escórias que habitam em lamas e esgotos"
    Depois observei a angústia e ansiedade por fugir do "mesmismo", da dor hipotética dos sofás de navalhas. Lindo demais!
    E a saudade dos Beatles?! Quem de nossa idade não gostaria de reviver esse tempo?! Eu fui muito feliz!
    Obrigada ao blog por nos proporcionar essa emoção!

    ResponderExcluir
  5. É isso aí! Pelos momentos aflitos que estamos vivendo, bem que eu gostaria de voltar àquela guarida e RENASCER num mundo melhor.
    Muito bom. Gostei demais.

    ResponderExcluir
  6. Rosângela Gonçalves6 de dezembro de 2020 11:27

    Sonha, poeta! Sonha de todas as maneiras! Na angústia, na ansiedade, na alegria, na dor... Mas, sonha! Esta é a função dos poetas.
    E o blog Maçayó, a mão que os eleva!
    Parabéns! Pelas ilustrações e belos poemas!

    ResponderExcluir
  7. O poeta sonha com alma, descreve sua história no tempo, acorda o amor, acalenta corações, dilacera a dor compartilhando emoções, eu degusto os versos desta nobre poetisa Socorro Almeida a dor, de amor sofrido, mas na imensidão do seu íntimo,o amor desperta e para alcançar o cupido.
    Parabéns aos mestres da Poesia e idealizadores deste Blog Macayo o poeta Jorge Leite e a poetisa Elisabete Leite, que nos acolhe com tanto carinho, fazendo com que a nossa poesia criem asas em todos os corações. Obrigada a todos os visitantes, poetas ou não, sejam sempre bem vindos,pois serão bem acolhidos no coração de cada poeta. Lúcia Paz, tenho certeza que irás ser fiel com suas visitas e comentários em prol das nossas e do Blog.
    Aproveito o ensejo para agradecer ao Blog Macayo pela divulgação do nosso livro " SONHOS DE POETAS " esse quarteto onde a poesia flora com suas formas, diversas onde o poeta canta o amor, a dor, a alegria do seu viver.
    Um domingo de muita paz para todos nós. ❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  8. Estou voltando para agradecer a todos que interagiram conosco neste blog maravilhoso.
    A começar de Jorge Leite de quem sou fã há muito tempo.
    A Elisabete por seu apoio e carinho de sempre
    Aos amigos: Da Luz, Ori, Lúcia Paz e Lúcia Lins, Rosângela, Rita e Ingrid... meus sinceros agradecimentos pelo carinho.
    Parabéns a Jorge pelas ilustrações lindas.
    Beijos pra todos

    ResponderExcluir
  9. Internet é coisa boa, mas prega peça em nós nos tratando como crianças kkkk.
    Estar junto a vocês através do blog macayo foi algo muito importante para mim, pois me ajudou a me explorar.
    Meus sentimentos foram retirados de um baú mental que há anos estava guardado.
    Obrigado Elisabete e Jorge por isso ter acontecido, nunca esperei ficar junto a Socorro Almeida, a Rita de Cássia na produção de um lindo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Emiliano, acredite, o prazer foi todo nosso.
      Obrigada a você também.

      Excluir
    2. Estou, cem; sem; 100, palavras.
      Vocês fazem uma marcação cerrada nesse jogo de palavras de amores.

      Excluir
  10. Ana Arcelina Valença6 de dezembro de 2020 15:53

    Hoje o blog está encantador! Tanto nos poemas de Socorro Almeida, quanto nas ilustrações e comentários.
    A começar desse dom maravilhoso de Elisabete em descrever suas emoções, que juntando-se aos versos de Socorro, faz o blog brilhar como nunca.
    Eu diria que Maçayó sem Socorro não dá.
    O blog sem Elisabete tbm não dá.
    Tampouco sem dr.Jorge Leite para ilustrar.
    E todos os poetas que aqui vieram sentiram, e os que hão de vir se sentirão poetas também, porque emoção poética se constrói em conjunto.
    Aplausos para todos.

    ResponderExcluir
  11. Respostas
    1. MUITO grata amigo professor MARCIANO, sua visita e seus comentários são valiosos.

      Excluir
    2. Agradecida, prezado professor. Suas palavras são um estímulo para nós.

      Excluir
  12. Nossa! Belas palavras, amiga. Da minha parte, gratidão e amizade eterna. Bjos

    ResponderExcluir
  13. Apresentei o blog ao poeta Manoel Firmino que não o conhecia. Ele se mostrou bastante entusiasmado com uma
    Ferramenta digital livre pra divulgar a poesia ao universo.

    ResponderExcluir