domingo, 20 de dezembro de 2020

Um Natal Diferente

 

 ANO III - EDIÇÃO Nº 421

Tema das Imagens - Natal


 

UM NOVO NATAL  

No caminhar de uma esquecida estrada
Surge as mais remotas pisadas
Sofridas, feridas e encaliçadas
Marcadas por um tempo de sofrimentos
Que nem mesmo o tempo cura essas chagas
Vejo que se aproxima o Natal
E os sinos já batem sem força
O tilintar compassado sem entoação
Esse é mesmo um Natal diferente
Mas Deus não esqueceu sua gente
E do alto nos estende a sua mão
Onde vai estar papai Noel
Como será que virá nos presentear
Fardado com seus trajes ou de papel
Seu trenó na estrada dará muitas voltas
Irá encontrar caminhos estreitos e estradas tortas
Quem sabe se no próximo natal
Tudo estará renovado e as lições não remotas
O mundo volte ao normal cheio de graças
E o velho papai Noel volte e não se perca na volta
Acerte a nossa estrada não faça a rota errada
Que tenha o abraço aconchegante e a mesa farta

Baltazar Filho
13/12/2020

Baltazar Mauricio dos Santos Filho

Nascido em 1961, na cidade de Guarabira. Filho de Baltazar Mauricio dos Santos e de Elvira da Silva Santos. Casado com Edileuza Mendes Mauricio, com quem tem três filhos: Maria Laurine Mendes Mauricio, Maria Laraline Mendes Mauricio e Luiran Mendes Mauricio. Avô de três netos: Ana Luiza Mauricio Gomes de Lima, Artur Levy Assunção Gomes de Lima Filho e Ana Lívia Mauricio Gomes de Lima.

É ator escritor poeta, coreografo e servidor Público aposentado da Rede estadual. Iniciou na dramaturgia aos quatorze anos encenando a peça “A cigana no Tempo de Hoje” no palco do Colégio Estadual de Guarabira, Integrou a Diretoria da Escola de Samba Unidos de Santa Terezinha de 1985 a 1990, como diretor de fantasias e mestre sala. Compôs os cinco Sambas de Enredo, dando três títulos de campeã a escola. Em 1987 fundou o Grupo de Teatro “Espaço Livre”. Diretor do Teatro Geraldo Alverga de 1995 a 2002. Presidiu a Quadrilha Junina “Quadrilhando é um Xodó de 1982 a 2005. Coreografou a quadrilha Junina Nação Nordestina da Cidade de caiçara de 2007 a 2010 Coordenou o Setor de Eventos e Cultura do Educandário Nossa Senhora de Lourdes de 1991 a 2010. Autor e escritor de 23 textos para o teatro. Premiado como Melhor Ator por duas vezes no Festival Nordestino de Teatro de Guarabira com as peças “UM Caipira em Terra Estranha” e “Que Maravilha”.

UM NATAL DIFERENTE

Clarinha era uma criança linda, mas muito triste porque morava praticamente dentro de um hospital. A garotinha era portadora de um tipo de tumor localizado no cérebro, que fora descoberto há algum tempo; os médicos lutavam pela saúde da menina e tentavam minimizar os sintomas da doença. Era época natalina e o hospital estava todo decorado, com luzes coloridas e bolas de diferentes cores. O hospital era especializado em vários tipos de câncer infantil, e o que não faltava era criança circulando pelos cômodos daquele prédio. Dr. Jorge, o neurologista da linda Clarinha, foi falar com sua mãe sobre a doença dela, e disse-lhe:

- A senhora sabe da situação da sua filhinha. O resultado do primeiro exame não esclareceu se o tumor dela é maligno ou benigno, vamos realizar um novo procedimento cirúrgico, para definir o tratamento adequado. Assim, precisamos da sua autorização.

- Dr. Jorge, é quase Natal, mas se realmente for necessário, eu autorizo. Respondeu-lhe.

Já era noite quando a menina observou que sua mãe estava chorando, e disse-lhe:

- Mamãe, por que a senhora está chorando?

- Minha filha, o que você desejaria ganhar nesse Natal? Perguntou-lhe:

- Mamãe, eu quero ficar curada. Respondeu-lhe.

Mãe e filha saíram para passear no pátio, e lá Clarinha olhou para o céu e viu uma estrela brilhante se aproximando dela, parecia até uma estrela cadente. Logo, a menina fez um pedido: “Ela pediu para ficar curada".

Dois dias depois foi realizado o procedimento cirúrgico e retirada do tumor para análise...

Era véspera de Natal e o hospital se organizava para a festinha da criançada, com a patrulha do sorriso para animar os pequeninos... Os integrantes da patrulha circularam por todos os cômodos daquele hospital, levando sorrisos e distribuindo presentes. Logo, eles entraram na enfermaria de Clarinha e um dos integrantes colocou na mão da menina uma boneca e um envelope dourado. Assim, ela leu em voz alta o resultado da Biópsia, que confirmava que o tumor era benigno. Logo depois, Clarinha emocionada, desejou um Feliz Natal a todos...

Os tempos passaram e Clarinha cresceu forte e saudável.

A Fé faz o impossível acontecer!

Elisabete Leite (FELIZ NATAL!)

NATAL DE LUZ E AMOR

Peço a Deus, recolhida, em oração
Para que o nosso Natal seja de Luz
Que a Paz habite em cada coração
Pois é a mão de Deus que nos conduz...

Que enche nossa alma de claridade
Que provoca a comunhão entre irmãos
Pois precisamos de amor e fraternidade
As pessoas merecem viver em União...

Peço que o vírus seja banido da terra
E que a justiça prevaleça entre a humanidade
Amor seja a semente que se enterra
E dela germine bons frutos, a Caridade...

Peço a Deus, constrita, em prece
Que seja expulso da terra o desamor
Viver em harmonia a gente merece
Para que o Natal seja de Luz e Amor.

Elisabete Leite


25 de dezembro

Encontrei sentado num banco de praça
Um homem de semblante pensativo aparente
Seu olhar não saia dos paralelepípedos irregulares
Ao lado conseguia ouvir o ranger dos seus dentes.

Olhou para mim e disse estar decepcionado
Este ano não poderá cumprir sua missão
O governo não lhe dará permissão para tal
O proibido lhe trouxe tristeza e desilusão.

No passado era só alegria e emoção
As famílias sonhavam a chegada desse dia
O mais famoso nasceu na humildade do chão.  

Mas agora a alegria ficou para trás Renas,
Renas, presentes e Papai Noel não pode
Sem calor humano não terá Natal jamais.

Emiliano de Melo
Guarabira-PB, 11 de dezembro de 2020


PAPAI NOEL EXISTE?!
De: Socorro Almeida

Essa época natalina me faz lembrar de uns acontecimentos da minha infância. Eu era uma criança muito traquina e adorava discutir com os amiguinhos, dizendo que Papai Noel não existia, e tomei como desafio dar a eles uma prova disso.

No final de uma tarde de domingo, véspera de Natal, eu saí de casa sem ser vista, em direção à praça de um bairro de Olinda, chamada de Praça do Jacaré. Ao lado, beirando a rua principal, havia uma retreta onde, nessas ocasiões festivas, a prefeitura contratava uma banda que fazia a alegria das crianças do bairro. E, maravilhada, já ouvia de longe a banda tocando Jingle Bells.

- Agora sim, vou atrás de encontrar esse tal de Papai Noel!

Do lado direito da retreta avistei um Papai Noel feito de argila, bem gordinho, de barba branca...cheguei bem pertinho pra ver se ele falava comigo. Do lado esquerdo, outro Papai Noel, que também nem se moveu e nem falou comigo, e só tinha olhos pro menininho muito fofo que tinha no colo.

- Ora, sabe de uma coisa... se ele fosse de verdade, teria falado comigo! - E corri de volta pra casa, disposta a debochar dos meus amiguinhos.

-Eita! Tanta gente em frente a minha casa!... Com certeza estão me procurando...

- E aí?! Encontrou com ele? - perguntou Toninho

- Claro que não! Eu te disse que ele não existe!

- Existe sim! Ele está lá dentro da tua casa! - Arregalei os olhos, incrédula...

- Mentira sua! - Gritei

- Pois então vai ver! - Disse Toninho, debochando de mim.

- Ô, Ô, Ô! Estava me procurando, Maria?! Pois aqui está a boneca que me pediu! - E colocou nas minhas mãos um pacote quase do tamanho de mim... E foi embora na sua charrete, puxada pelas renas e iluminada só pela luz das estrelas.

Agora que eu cresci, aprendi uma coisa muito importante: a visão da verdade está em nossos corações. São os nossos sentimentos que nos movem a acreditar que Papai Noel existe... aqui, ou ali, em toda parte...e aonde formos ele irá conosco, porque ele está dentro de nós. Ele se vai, mas quando a gente menos espera, ele volta... sempre no final do ano. E nós, crianças, ficamos por aqui perpetuando essa imagem, sempre em busca da verdade, de atenção e muito carinho, não é?!

FELIZ NATAL!!

Neste Natal

Neste Natal, meu bom Jesus
Venho pedir-te o firmamento azul celeste
As estrelas d'alva da vida cintilar
Neste Natal quero o sol, o céu, quero a luz!

Neste Natal, meu querido Senhor
Quero a reza da Missa e o canto
Da prece que une. Quero a beleza da flor,
Quero a graça. A ternura o encanto, o amor

Que não seja simplesmente em vão
Nossa passagem pela vida
E guardemos todos no nosso coração

Está lição primorosa
"A mão que empunha uma arma
Pode plantar uma rosa "

Marisa Alverga

Marisa Alverga Cabral, nasceu em Guarabira, Estado da Paraíba, filha de João Bezerra de França e Elvira Alverga Bezerra, no dia 17 de outubro de 1937. Reside na rua Dom Marcelo Pinto Carvalheira, nº 1173 – 2º andar- Bairro Novo, Guarabira, PB.
É formada em Letras pela UEPB.

Livros publicados: SIFONIA DO ADEUS - ´poesia – 1983; POR CULPA DO DESTINO – contos – 1985; SOMBRAS DO PASSADO – contos – 1983; SONHOS ESPARSOS- poesia – 1991; VELEIRO DA SAUDADE – POESIA -1991; NA VARANDA DA VIDA – crônicas 2003; ENCONTROS E DESENCONTROS/ MEETINGS AND DISAGREMENS – POETRY – 2013; MENSAGENS SEM FRONTEIRAS – 2016.

Tem poesias traduzidas para o inglês, francês, espanhol, grego e chinês.

A Revista SELECTED Wrinting (Colorado) – Estados Unidos, em seu nº 14 publicou o conto ALÉM DA IMAGINAÇÃO (DO LIVRO Por culpa do destino) MEU AMIGO FÁBIO do livro SOMBRAS DO PASSADO FOI PUBLIADO PELA Revista Nacional – Rio de Janeiro – RJ.

Integra a ENCICLOPÉDIA DE LITERATURA BRASILEIRA editada pelo Ministério de Educação e Cultura – 1990 – rio – RJ e a primeira Antologia de Poetas e escritores do Brasil, selecionados pela Revista Brasília, com o conto O jogo da vida.

Um Natal Diferente

Quando estendo meu olhar no verso
Pra falar de algo que não faço ideia
Deste novo Natal esquisito e adverso
Triste e diferente, até na Galileia

Nesta página rabisco esta odisseia
Falando de um Natal submerso
Diferente dos tempos de Panaceia
Este Natal, Senhor tão imerso

Papai Noel perdeu seu lindo trenó
Está disperso no Egito feito Faraó
Que Natal, meu Deus tristonho...

Vejo todas as Nações em puro desatino
Nosso universo perdendo o destino
Buscando renascer seu sonho.

Rita de Cassia Soares
15/12/2020

O Belo Natal

Natal, com amor e gratidão
Uma data de emoção
De encontros e reencontros
Buscando a felicidade da Criação

No dia que nasce o menino Jesus
A felicidade de toda uma nação
E nasceu o simples menino
Com tanto amor no coração

Nesta página sigo minha declaração
De alegria com esta ocasião
Pois és tão amável e companheiro
Vem aqui, para este festejo

Comemoramos neste dia abençoado
A união da família e os sorrisos expressados
Porque o nosso Jesus é isso, amor e esplendor
Demasiadamente feliz, por nosso louvor.

Gabriela Mota de Lima Luiz, João Pessoa
15/12/2020

Natal
 
Foram tantos os Natais
Que passamos juntos ou sois,
São tantas lembranças,
Tantas vivências,
Tantos nós!
Foram tantas alegrias,
Tantos presentes dados
Outros tantos quebrados,
Foram tantas paixões
Sem fé sem brasões,
Foram uniões e desilusões.
Foram tantos natais iguais
Tantos sentimentos dados,
Tantas esperanças e renascimento,
Tantas roupas novas,
Sapato apertado nós pés
Um laço no cabelo
A estrela de Belém
O presépio encantado
O parque de diversão
Foram tantos Natais
Todos iguais.

Enfim um Natal diferente!
Um Natal nunca existente
Um Natal pra se esquecer
Um Natal Doente, demente
Um Natal com um só sentimento
Um Natal onde reinará
Não o Menino Jesus
Não reinará Maria nem José,
Onde reinara o MEDO.
A desesperança,
Onde esquecemos os necessitados
Não trocaremos presentes
Pois tudo nos foram tirados
Não teremos roupas novas
Nem calçados apertados
Teremos a mentira reinando como verdade
Teremos o MEDO a nos acompanhar
E uma máscara nova
A esconder tantas outras usadas
Enfim um Natal Diferente.

Jorge Leite
Madalena, 15 de dezembro de 2020

 Imagens: Natal - Artfile.ru




62 comentários:

  1. Hoje, o blog Maçayó, começa as festividades natalinas, com muito muito brilho, cores e grandes reflexões, que são momentos de pura emoção em um desfile poético e literário recheado de magia. O Cantinho do Saber traz para o nosso deleite, Um Natal Diferente, uma página que apresenta riqueza poética de conteúdo, como também em detalhamento, organização e ilustração final.
    Todos os magníficos poemas e belíssimos textos, hoje compartilhados, abordam à temática natalina de maneira reflexiva, mostrando o contexto da nossa realidade atual. É momento, ainda, de pandemia e se faz necessário os cuidados permanentes. Vamos nos unir, mesmo que virtualmente, para mostrar que também se faz arte nos tempos difíceis. O Blog tem o prazer de apresentar novos e antigos poetas que sabem valorizar a arte com muita leveza de expressão em versos brilhantes. Tudo aqui, no Carinho do Saber, respira POESIA da mais alta qualidade.
    Eu quero agradecer a todos pela participação e presença constante nas páginas do Blog Maçayó. Aplausos mil para esse domingo maravilhoso e reflexivo em nosso Cantinho do Saber, em companhia dos meus adoráveis amigos e amigas.
    Quero desejar um FELIZ NATAL em versos para vocês:
    "NATAL é amor
    Festa do nascimento de JESUS
    A Estrela de Belém apareceu e brilhou
    Emanando nossos corações com sua Luz.
    É momentos de alegria
    Nasceu CRISTO Menino
    Anunciando votos de PAZ e Harmonia
    Trazendo benção do Divino.
    FELIZ NATAL, desejo com humildade!
    Que cada coração transborde de felicidade
    E que a PAZ reine na humanidade,
    Trazendo ao mundo Igualdade."
    Elisabete Leite
    Obrigada pelo carinho de todos, como também dos visitantes e leitores. Quero aproveitar e desejar um ótimo domingo para vocês, gente linda, com muita Serenidade e Paz!
    Um abraço acolhedor no coração de cada um 🤗❤️💙.

    ResponderExcluir
  2. Acordar e sentir o Natal, através dos contos, das poesias, pensar e refletir, neste momento importante, especial e hoje tão diferente onde os poetas buscam através da inspiração descrever seus sentimentos,falamos do Natal de dor de Luz de fé e de esperança, onde a fé renasce dentro de cada um de nós. O blog Macayo está em perfeita harmonia destacando um "Natal Diferente" meus parabéns aos poetas que estão estreando hoje Marisa Alverga Presidente da Academia de Letras do Brasil de Santa Catarina Seccional Guarabira e o poeta Baltazar Filho pelas belíssimas poesias, que hoje vieram abrilhantar. A minha grande amiga poetisa Elisabete Leite sempre trazendo emoções em seus contos e poesias, Socorro Almeida destaca lembrando a sua infância com o bom velhinho Papai Noel.
    O poeta Emiliano de Melo usa sua criatividade e viaja no tempo, Gabriela Mota deixa viva a sua fé o nosso Jorge Leite poeta polivalente deixa em evidência o Natal atual onde o medo predomina diante de tal situação.
    Quero agradecer aos amigos poetas Jorge Leite e Elisabete Leite por este presente de Natal, poder comemorar com vocês, através da Poesia do amor da amizade que nossos versos sirvam de reflexão, que nossos leitores possam desfrutar da inspiração de cada um de nós. Feliz Natal para todos que o Menino Jesus ilumine nossos caminhos deixando nascer a esperança de que dias melhores virão.
    Mil beijos nos corações.
    Um domingo de muita paz. 😘😘😘😘❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Rita! Seu apoio é sempre incrível para mim, assim como a de todos, suas palavras são emocionantes e cheias de amor, obrigada por tudo e fique em paz.😘😘 - Gabriela Mota

      Excluir
    2. Querida poetisa Gabriela esse é apenas o primeiro degau no qual tens a subir, estou feliz pela sua participação no blog Macayo suas poesias são maravilhosas, um sopro do Criador. Parabéns. Aqui o espaço é nosso. 👏👏👏👏👏👏❤😘

      Excluir
  3. Gostei da forma como todos se pronunciam suas poesias trazendo um conforto principalmente pra queles que de seu lar não podem se deslocar. E pra queles que podem sair de suas casas lendo essas belíssimas escritas nos deixar a desejar em comprar livros poéticos porque é um incentivo para os jovens e pra nós que gostamos de ler ficamos bastante agradecido porque querendo ou não é bem melhor que um celular em nossas mãos claro que se n fossem os celulares não estaríamos lendo essas belíssimas letras de amor e esperança que todos nos passam ao escrever suas poesias eu praticamente gosto de ler me concentro bastante fico mas calma quero aqui agradecer por todos vcs por esse trabalho lindo e maravilhoso obrigado a todos e a nossa querida Rita de Cássia Soares pelo o seu lindo trabalho. Bjus a todos amei. Feliz Natal e um próspero 2021

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada amada prima Adriana Soares, pela sua visita e seu belíssimo comentário. Deus lhe proteja sempre. Feliz Natal e um Ano Novo repleto paz e saúde para todos nós. 😘😘😘😘😘😘

      Excluir
  4. O blog está em festa! Novos poetas chegando, dando um novo brilho e novas emoções!
    Parabéns,Baltazar. Parabéns, Marisa. Sejam bem-vindos!
    Esse meu conto é uma história verídica. Voltei no tempo, quando morava em Olinda; momentos inesquecíveis, maravilhosos da minha infância. Aquele papai Noel era o meu próprio pai. Só vim saber quando já era uma mocinha. Fato esse que me emociona até hoje.
    Parabéns, Bete, pelo seu conto lindo.
    Parabéns a você também, Jorge Leite.
    Enfim, todos nós estamos necessitados desse carinho que nos une, tanto através desse cantinho de amor, quanto longe, entre divisas que separam o corpo físico, mas deixam a certeza do amor entre poetas, amor que não morre nunca!
    FELIZ NATAL!
    Até breve, se Deus quiser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade amiga poetisa Socorro Almeida o blog hoje está lindo, um toque de um Natal Diferente, mas vivido por cada um de nós.

      Excluir
  5. O Blog Maçayó está de parabéns por mais um ano trazendo poesias, contos novos poetas e poetas já famosos. O primeiro número do nosso blog foi postado no dia 13 de dezembro de 1997. Tem sido um caminho difícil mas brilhante. Quero agradecer a todos os colaboradores. Não citarei nomes pois a lista é grande. Hoje apenas citarei os novos colaboradores que nos honraram com sua arte poética, sejam benvindos Gabriela Mota de Lima, Baltazar Filho e Mariza Alverga. A todos um Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  6. Gabriela, não esqueci de você! Eu estava na estrada, a caminho de Tamandaré. Parabéns pelo seu poema. Seja bem-vinda e volte sempre pra compartilhar conosco seus poemas. Quanto mais poetas, mais inflamos o peito em diferentes emoções!
    Bjos e até breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, de verdade! Sempre uma honra poder participar, obrigada pela oportunidade, sempre. Até mais! - Gabriela Mota

      Excluir
  7. A satisfação de está iniciando nesse tão conceituado blog Macayo é imensa. Tenho s felicidade de está compartilhando poemas com ilustres nomes da poesia. A título de Elizabete Leite, Marisa Alverga, Rita de Cassia, assim como meu querido irmão Emiliano Melo. Estou com o espírito brilhado de alegria e orgulho em poder abraçar a grandiosidade de artistas da literatura que mito nós honra com sua sapiência s nível de Socorro Almeida, Gabriela Mota e Jorge Leite que bagunça nossa alma com emoções vinda dos mais profundos sabres. Pra mim é uma honra está entre esses grandes nomes participando desse celeiro cultural e abraçando o amor pela arte do saber próprio. Um grande beijo em todos. Amei todos os poemas. Esse nosso nata Está sendo mesmo diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigo poeta, Baltazar, suas palavras dão ânimo para renascer em nós a inspiração, mesmo em momentos tão difíceis no qual estamos vivenciando. O poeta é um eterno sonhador temos na alma a delicadeza do despertar corações e o amor faz fluir em eternas paixões, estou feliz e grata por este encontro de Um Natal Diferente, essa soma de poetas que renomam a poesia. É neste palco, totalmente literário que fazemos a nossa história acontecer: Jorge Leite Elisabete Leite, Emiliano de Melo,Socorro Almeida, Gabriela Mota, você Bal e eu, juntos em uma conexão para festejar um "Natal Diferente" estamos de parabéns!!!

      Excluir
  8. Obrigado a poetisa Rita de Cássia por me trazer a esse novo mundo dos versos e rimas. O blog Macayo nos inspira a vontade de viajar na literatura do imaginario. Grato a Elizabete por esta oportunidade e generosidade, saiba que a sua alma poética atinge o mais alto dos céus. Meus mais sinceros agradecimentos aos poetas Socorro Almeida e Jorge Leite pelos comentários carinhosos. Estamos todos envolvidos nesse palco literário onde a nossa alma e renovada literariamente a cada rotação do tempo. Um fraterno abraço em todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤Verdade poeta.

      Excluir
  9. Estar junto a todos esses poetas de todos os gêneros é muito gratificante, poder compartilhar no macayo as emoções desse Natal atípico de 2020 é uma vitória para nós.
    Abraçar a poetisa Mariza Alverga e o poeta Baltazar Filho é um grande prazer, estou feliz por fazer parte desse Natal atípico com eles.
    Cada um de nós expessou seu sentimento sobre o Natal, épica de muita luz e esperança. Revelando que apesar de tudo há sempre uma esperança enquanto existir o calor humano.
    Obrigado a Rita de Cássia pelo empenho e dedicação na busca por novos pensadores poéticos para o blog e outras atividades literárias, obrigado aos Leites pelo deleite macayo, obrigado Socorro pelo sorriso seminu kkk.
    Obrigado a todos por existirem pra mim e pra o universo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada poeta Emiliano, esta união poética é muito salutar para todos nós,serve para somarmos nossos conhecimentos. O blog Macayo é o poetas dos amigos já com grande credibilidade no mercado literário.

      Excluir
  10. É uma honra neste Natal estar em meio a tantos poetas maravilhosos com poesias incríveis de tocar o coração e maravilhar a alma. Agradeço a todos a grande oportunidade que estou tendo de estar aqui, agradeço demais a Rita de Cassia que abriu esse caminho para mim, sempre grata por tudo e muito feliz por estar aqui! Sempre especial participar e ver tantas poesias maravilhosas. Para todos um ótimo Domingo e maravilhoso Natal, mesmo sendo diferente, aproveitamos com amor no coração! - Gabriela Mota

    ResponderExcluir
  11. Natal , tempo de amor e vida, quando o Divino Pai Eterno nos presenteia seu Filh0o Jesus, através da Virgem Maria.
    Agradeço e parabenizo à acadêmica Rita de Cássia pelo convite para participar do Blog Macayo, fazendo-nos beber do néctar das Musas do Parnaso e conhecer os poetas e poetisas que, com diferentes estilos, embelezam e dão sentido à vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venho expressar meus agradecimentos a poetisa amiga, MARISA ALVERGA pelo seu comentário na nossa página,e dizer que meus amigos poetas autores responsáveis pelo blog Jorge Leite e Elisabete Leite são eles os titulares para que a nossa poesia tenha vida, cada convite que eu faço, eles avaliam e aprovam. Minha gratidão a eles pela consideração. Que Deus esteja sempre presente em nossa vida, fazendo germinar do nosso coração o amor é a bondade.

      Excluir
  12. Voltando ao Blog Maçayó para agradecer as ilustres visitas e gentis comentários tecidos nessa página de domingo! Quero parabenizar a todos os desfilantes de hoje, com seus magníficos versos flutuantes, contos emocionantes e poemas azuis.
    Aproveito para elogiar cada um pelas adoráveis construções poéticas e literárias. Viva à arte! Viva os amigos e amigas poetas! Viva o Natal!
    Quero destacar os novos sonhadores do blog: Baltazar Filho, Mariza Alverga e Gabriela Mota. Sejam bem-vindos! Aproveito para agradecer pela sincera amizade de Emiliano de Melo, Socorro Almeida, Rita de Cássia, meu amado irmão Jorge Leite e todos os demais, que deixaram de comparecer, por algum motivo, como também aqueles que escolheram andar por outros caminhos. Beijinhos no coração de cada um e um afago na alma. ❤️❤️❤️❤️❤️💙💙💙
    Amo vocês! FELIZ NATAL!
    Da sempre,
    Elisabete Leite

    ResponderExcluir
  13. Viram, gente, como é lindo esse momento poético, através do qual ganhamos mais motivos, mais estímulos pra continuar nos interagindo nessas emoções dominicais? Melhor ainda é a alegria de conhecermos figuras novas do mundo das poesias. Entre nesse blog maravilhoso, do qual não quero mais sair. É bom demais. Obrigada pela oportunidade. Obrigada sempre. Bjos

    ResponderExcluir
  14. Nossa! Que lindo, que emocionante! Todos os contos, as poesias, os comentários!...
    Vocês são geniais!
    Parabéns a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, e pelo comentário, você sempre presente no blog, isso nos deixa felizes. Feliz Natal e um Ano Novo repleto paz e saúde.

      Excluir
  15. Parabéns ao blog! Belíssimos poemas.
    Não poderia deixar de deixar um especial parabéns para o amigo irmão Baltazar Filho, um artista completo, muito talentoso, em tudo que toca dá um colorido especial. Que poema lindo, emocionante... Bem próprio para o momento atípico que estamos vivendo. Confesso que chorei.
    Parabéns a todos os outros participantes, cada um com o seu estilo nos emocionaram com seus poemas belíssimos.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns Baltazar, belíssimos poemas, me emocionou.

    ResponderExcluir
  17. É Baltazar, que o bom velhinho "acerte nossa estrada e não faça a rota errada". Parabéns pela habilidade com as palavras.

    ResponderExcluir
  18. É Baltazar, que o bom velhinho "acerte nossa estrada e não faça a rota errada". Parabéns pela habilidade com as palavras

    ResponderExcluir
  19. Minha querida amiga e irmã de coração. Posso dizer irmã de verdade. Acredito que nosso sangue seja o mesmo. Muito obrigado! Você é que deixou meus olhos e coração transbordando de emoções cristalina. Suas palavras me fazem ir mais além. Sempre me fortalecendo espiritualmente. Somos o que somos porque temos em nossas vidas outras vidas verdadeiras e fantástica assim como você. Um grande beijo és uma atriz espetacular que muito admiro e respeito. Beijão!

    ResponderExcluir
  20. Quanta satisfação Unknown, fico lisongiado com seu eficaz comentário. Sinto o quanto é generoso com as palavras as quais enaltece o ego de qualquer artista. O artista se fortalece cada vez mais quando se depara no caminho com outro artista. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  21. Resposta a Júnior Rocha (Unknown)

    ResponderExcluir
  22. Lindo poema do meu grande artista Baltazar. Parabéns.

    ResponderExcluir
  23. Lindo poema, Baltazar. Parabens! Tudo realmente está se fazendo novo. Que sua poética se transforme no desejo de toda a humanidade! Um Natal abençoado para todos/as!
    Silvânia L. de A. Silva (Dra. em Educação e Mestre em Literatura e Interculturalidade. Professora da UFPB).

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Lindo poema do grande Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  27. Quanta gentileza Dra. Sil, uma amiga de trabalho que representa pra mim parte do meu cenário artístico. Muito obrigado, fico muito feliz em te-la como leitora do meu poema e por ter toda atenção em seguir o blog Macayo. Sou novato no blog mas antigo nós corações dos telespectadores do palco da vida. Um grande abraço com muito carinho.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Lindo poema do meu grande artista Baltazar. Parabéns.
    Adailton Silva - Secretário de Cultura de Caiçara.

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Meu particular amigo Adailton Secretário Cultural da cidade de Caiçara. Meus sinceros agradecimentos. Fico muito feliz por lê o meu poema e tercer os seus comentários. Leia todos os poemas são belos. Um grande abraço e um feliz natal pra voce e sua família.

    ResponderExcluir
  32. Parabéns, Baltazar. Sem dúvidas, Deus não se esqueceu de nós. Excelente poema! ����������

    ResponderExcluir
  33. Luiran Mendes Mauricio22 de dezembro de 2020 12:02

    Parabéns Painho. O senhor foi, é, e sempre será um grande profissional em tudo que faz.

    ResponderExcluir
  34. Muito obrigado meu filho amado, painho te ama mais do que tudo nessa vida. O seu comentário me deixou irradiado de emoção. Meus filhos a razão da minha existência. Te amo incondicionalmente.

    ResponderExcluir
  35. Obrigado Sara minha nora amada. Você já faz parte do nosso mundo. Já lhe amo como filha. Amei seu comentário.

    ResponderExcluir
  36. Baltazar Filho sempre enchendo de orgulho a nossa família 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻💖💖💖💖💖💖💖 Parabéns tio!!!!!

    ResponderExcluir
  37. Baltazar sempre enchendo de orgulho a nossa família 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻💖💖💖💖 parabéns tio!!!!! ( Danyldy)

    ResponderExcluir
  38. Parabéns meu tio Baltazar fiquei emocionada e orgulhosa 👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. Obrigado minhas queridas sobrinhas, eu estou meramente emocionado com os seus comentários. Fico felississimo em vê que o compartilhamento que fiz com as pessoas que tanto amo , surtiu um efeito melódico do natal. Isso e maravilhoso, sigam o blogger e leiam todos os poemas, eles são belíssimos com um enredo próprio e muito especial. Todos os artistas que agrupam este celeiro da arte estão de parabéns. Um beijão amo vocês😘😘😘 Tio Bal!

    ResponderExcluir
  41. Parabéns Baltazar pelo belíssimo poema meu tio arrasa sempre (Danyella Karla)

    ResponderExcluir
  42. Parabéns painho (Baltazar) pelo lindo e emocionante poema, sempre dando um show em tudo o que faz, que orgulho!!! Te amo!

    ResponderExcluir
  43. Minha filha Laraline meu amor, amor da minha vida. A emoção está me nocauteando. Quanta felicidade com tanto comentário lindo e engrandecedor. Essas coisas envaidece a alma do artista e amolece o coração do papai. Obrigado meu amor te amo muito. Beijão 😘

    ResponderExcluir
  44. Parabéns Baltazar por essa linda poesia e por vc ser um escritor de um potencial fora de série por ser uma pessoa humilde de coração bondoso uma pessoa incrível sou sua irmã vc é muito importante em minha vida que Deus esteja sempre no comando de sua vida ❤❤❤

    ResponderExcluir
  45. Obrigado minha irmã querida, e muita felicidade encher os olhos da alma com tanto comentário lindo. Te amo.

    ResponderExcluir
  46. Fenomenal! Guarabira terra de cultura viva!

    ResponderExcluir