domingo, 11 de abril de 2021

Um Domingo de Estreias

 EDIÇÃO Nº 438

  ENCONTRO DE POETAS

 
Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, Rio Tinto - Paraíba
 Minha Terra Querida

Chuva chovendo, goteira pingando
No silêncio da minha mente, relembrando,
Da infância, na minha amada Rio Tinto
Terra boa de povo amigo,
Onde a chuva está sempre presente,
Molhando a terra, enchendo os rios,
E caindo da biqueira,
É a melhor brincadeira,
Pra o menino vadio,
Que corre, salta e pula
Numa alegria descompassada,
Pintando o sete, fazendo graça,
Sem nenhuma preocupação,
Pois sabe que no fim do dia,
No colo de sua Santa mãezinha,
Se aconchegara, nas batidas do coração.

Carlos Gutemberg Junior, 2020
 
 Carlos Gutemberg Sebastião do Nascimento Junior. 33 anos, casado, nasceu na cidade de Mamanguape em 29/05/1987 na Paraíba.
Concluiu o Ensino Médio na Escola Estadual Prof. Luiz Gonzaga Burity em Rio Tinto/PB onde vive desde 1994. É graduando do curso de Pedagogia no campus IV da UFPB e servido público do município de Mataraca/PB
Em "Minha terra querida", o autor nos dá um vislumbre de uma infância verdadeiramente vivida em uma cidade de interior. Sem as preocupações e contradições da vida adulta.
 
 
  Itatubaita
Cachoeira localizada no município de Pirpirituba

Bela e encantada na sombra da mata
Queda d'água, de um clima aprazível
Onde belos pássaros, fazem serenata
E o amor descortina fugaz o invisível

Com sapiência desfrutei desde cenário
Sentindo as carícias das águas no leito
Apreciando a melodia de um canário
Exalto a cadência de um amor perfeito.

Pois entre as trilhas foste a mim revelada
Escondida na Boca da Mata, sem estrada
Um espetáculo único e puro da natureza

Batizo-te com o olhar sombrio e encantador,
Itatubaita és filha de Deus, Nosso Senhor
Pirpirituba há de preservar tua beleza.

Rita de Cassia Soares
Pirpirituba-PB

Saudade

Saudade nunca vai embora
Não se esconde de ninguém
Não tem tempo certo
Nem dia, nem hora.

Saudade é coisa boa
Dói no coração
O sujeito fica bobo
É coisa que não enjoa

Saudade não surge na hora
Perto ela não se manifesta
Só quando vai embora

Amor me faz um favor!
Afasta-se de mim só um tiquinho
Pra saudade dizer
Quanto é grande o nosso amor.

Emiliano de Melo
Guarabira-PB

A tua falta

É um vazio,
No meu peito
Que faz doer
É a falta
Que sinto de você
É noite fria
Querendo te ver
É o coração
Pulsando
Amando você!

Rita de Cassia Soares
Pirpirituba-PB
 
 
 Decreto

Te proíbo, oh! Donzela
De beijar minha boca
Arranhar minhas costelas
Dizendo que está louca

Nesse tempo de pandemia
O amor quente perde espaço
Aos amantes causa agonia
Quebrar essa parede, como eu faço?

Mas a distância entre os corpos
Carece uma reflexão a dois
Fazer amor com máscara, topo

Essa agonia vai passar
Vamos amar muito adoidado
Fazer  amor até estravazar.

Emiliano de Melo
07/04/2021
 
Experimento

Será que o meu coração tem gosto bom?
Deves estar gostando devido a essa cara...
Vamos, termina de mastigar e me diga.

Se melou todo, que peculiar!
Achei que teu corpo sairia ileso,
Mas parece que está tendo problemas com essa sujeira quente; mas também não chore teu alimento, apenas o engula.

Então, isso era para doer?
Curioso, depois de arranca-lo não senti mais nada.
Apesar de no começo excitar muito, pois ao ver alguém consumindo minhas injúrias, pensei que não suportaria, afinal não as suportei.

Por favor, deixa eu tentar com você!
É só um experimento, logo, não podes se mexer.
Deite-se, amarre-se e não respire quando te dilacerar.
Verás que no fim, esse profundo corte doloroso, não valerá nada para tua alma.

Por obséquio não chores, não és feito completamente de sentimentos.
Droga, não morra fisicamente.
Preciso do teu corpo vivo para saciar-me.
E nada adianta poder provar do teu peito, sem presenciar tua reação ora senti-la.
Espero que uns volts tragam aquele gosto que tanto desejo
E talvez poderei saborear novamente as amargas emoções do sangue humano.

Amaury Autory M.da Costa
Pirpirituba
 
Cadáver congelado

Se as veias vierem a esfriar,
Todo corpo cederá
Não adiantará queimar
Teus jatos quentes de amor e fúria não poderão me alcançar.
Apenas prometa que me deixarás descansar acorrentado
Nesta prisão de gelo,
Sem encarar as estalactites do meu cabelo.

Tuas lágrimas de cristal não são dignas de semelhante ambiente.
Fique tranquila, pois estou frio.
Abracei a nevasca e meus pensamentos foram levados pela doce geada.
Quanto aos meus sentidos?
Eu os perdi!
Adormeceram perante a serena ventania da enseada.

Não tenhas medo!
Não estou melancólico,
Só frágil.
Tornei-me um cadáver congelado
Condenado pelo crime de amar.
Nem tenhas pena,
Só precaução.
Fui destinado a este frio suplício
Ao tentar gozar de uma felicidade ardente; ao tentar fugir de um sofrimento escaldante;
Ao tentar sonhar
Esperando não me abrasar.

Que também não ouses beijar estes lábios secos e gelados
E atormentar a pele supérflua.
Apenas acaricia com cuidado a neve grisalha que se espalha pelo meu rosto flácido.
Apenas observa e não esqueças desta face desvairada e olhos castanhos,
Estes que tanto te amaram e a que sempre ansiou o calor dos teus beijos.

Não tentes mais alegrar meu ser enjaulado
Fuja, Rosa Azul!
Deixe a enseada,
Deixe ser esquecido o cadáver congelado.

Amaury Autory M. da Costa
Pirpirituba
 
Amaury Autory Marques da Costa, 17 anos, nasceu em 06/04/2004 na cidade de Guarabira-PB. Desde pequeno tinha vontade de ter algo só seu.
Entretanto, nunca passou pela sua cabeça encontrar o que buscara na escrita anos depois, adentrando o universo da poesia em 2018, quando estimulado por um projeto da escola e por alguns poetas de sua cidade, os quais admirava. A partir daí, não parou de escrever, utilizando sua poesia como refúgio e asas, inicialmente apenas em português, mas com o tempo passou a também usar a língua inglesa em suas obras. Participou do Evento Raizes do Brejo, em 2018. Terminou o ensino médio em 2020, na E.E.E.F.M Monsenhor Walfredo Leal, participando ainda do Programa Gira Mundo, realizando um intercâmbio com duração de 4 meses para o Canadá.
 
 
 
LEITURA DE DOMINGO
 
 LAMENTOS DO AGRICULTOR

Pássaros voam inertes no firmamento e somem
Atraídos e sufocados pela mortífera amplidão
Vitimizados pela mira bruta e impiedosa do homem
Sem defesas são infectados pela impureza da poluição

O canto do sabiá acalenta o solo que sofre com a seca
O seu cantar clama para a terra ser molhada com chuva e trovão
As aves gorgeiam no espaço, enfatizando um grito de guerra,
Invocando ao universo o inverno para aguar a plantação

Com suas mãos calejadas, o pobre roceiro prepara o arado
Na intenção de cultivar a mandioca e plantar o algodão
Mas, já desacreditado com o seu próprio suor, agoa o roçado
Com os seus pés raxados, na enxada agarrado fazendo a sua oração

                 Baltazar Filho
            19 de abril de 2011
 
UM SONHO MASCARADO

Eu dormia bem relaxado, num sono tranquilo.
E no silêncio do meu quarto, ouvia um vento assombrado abrir as janelas.
Eu estava sonhando, mas sentia estar acordado, em suspiros.
Era um sono perturbado que me deixava atordoado
Tentava me desprender do sonho e acordar.
Não conseguia, pois era um pesadelo que me deixava agoniado.
Me sentia em outro plano numa sensitiva levitação
Quanto mais esforçava-me para acordar, era intensa a alucinação.
Senti sair de meu corpo para outra dimensão.
Foi então que no sonho pude entender, vivenciar uma regressão espiritual
Quando eu acordei, ofegante e confuso, fui perceber que eu estava em meu quintal.
E que o tal sonho, me prendia a um pesadelo, que eu protagonizei em um grito de carnaval.

                    Baltazar Filho
          17 de fevereiro de 1985
 
UMA VISITA DE INVERNO
.
          Era final de inverno, e o início de um temporal crescia à medida que o entardecer foi chegando; o céu parecia entristecido, assim como o olhar da jovem Cecília, que descansava na varanda. Uma garota linda de cabelos negros e olhos castanhos, que mirava atônita o nada. O pai entrou, e disse-lhe:
          - Cecília, saia da varanda! O temporal está próximo.
          Cecília levantou o seu triste olhar, e respondeu-lhe:
          - Papai, o senhor sabe o quanto admiro o inverno! Porém, já vou entrar...
          A jovem Cecília travava uma difícil luta contra um câncer de pulmão que sempre a deixava febril e bastante cansada; nos dias de chuva, os sintomas aceleravam.
          Há quase um ano, Cecília foi diagnosticada com Carcinoma de Grandes Células, um tipo de tumor de crescimento rápido. Como de costume, sempre ao entardecer ela ia ao hospital fazer nebulização.
            Uma certa tarde, ao entrar pelo portão principal do hospital, Cecília sentiu tontura, e para não cair, se sentou no banco do jardim. De repente, por entre os galhos e troncos, ela avistou um belo jovem que chamou a sua atenção porque ele tinha uma aparência angelical: rosto fino, cabelos ondulados, olhos suaves e pele quase transparente. A garota sentiu um frêmito na espinha, ia aproximar-se, mas desmaiou em seguida. Quando despertou, não viu ninguém, já era noite, as estrelas brilhavam, então correu para casa...
          No dia seguinte, Cecília se sentia mais cansada que nunca, não conseguiu nem sair de casa; permaneceu sentada na varanda olhando a chuva cair. Logo, sentiu uma mão suave tocar seu ombro, olhou para o lado, e lá estava o mesmo jovem angelical da tarde anterior. Ele sorriu para ela, e disse-lhe:
           - Você  não estará sozinha! Feche os olhos que estarei ao seu lado.
          Cecília retribuiu o sorriso, e caiu em sono eterno...
           Já era quase noite quando o pai de Cecília veio chamá-la para jantar, porém a encontrou sem vida.  Ele a abrigou em seus braços e chorou.
           Os tempos passaram... E sempre o pai de Cecília colocava rosas brancas no túmulo dela.
           Acredita quem tem Fé.
.
           Elisabete Leite

 CONHECER
 

 INTRODUÇÃO À GEOMETRIA SAGRADA _ parte III

A raiz quadrada de 3 e a Vesica Piscis

A Vesica Piscis é formada pela intersecção de dois círculos ou esferas cujos centros se tocam exatamente. Esta interseção simbólica representa o “terreno comum”, “visão compartilhada” ou “compreensão mútua” entre indivíduos iguais.

A forma do próprio olho humano é uma Vesica Piscis. O significado espiritual de “ver olho no olho” com o “espelho da alma” foi altamente considerado por numerosos artistas da Renascença que usaram essa forma extensivamente na arte e na arquitetura. A proporção dos eixos da forma é a raiz quadrada de 3, que alude à natureza mais profunda do triúno, que não pode ser adequadamente expressa apenas pela linguagem racional.
 

 

A Vesica Piscis é resultante da intersecção de dois círculos congruentes, cada um centrado no perímetro do outro.

Matematicamente, a vesica piscis é um caso especial de lente , a forma formada pela intersecção de dois discos. A proporção matemática da altura da vesica piscis com a largura em seu centro é a raiz quadrada de 3 , ou 1,7320508 … (já que se linhas retas são desenhadas conectando os centros dos dois círculos entre si e com os dois pontos onde os círculos se cruzam, dois triângulos equiláteros unem-se ao longo de uma aresta). 

As razões 265: 153 = 1,7320261 … e 1351: 780 = 1,7320513 … são duas de uma série de aproximações para este valor, cada uma com a propriedade de que nenhuma melhor aproximação pode ser obtida com números inteiros menores.

Espirais

Esta espiral abaixo é gerada por um ninho recursivo de Triângulos Dourados (triângulos com comprimentos laterais relativos de 1, phi e phi) é a forma clássica da concha do Nautilus com câmaras.

 

 A criatura que está construindo esta concha apresentada a seguir usa as mesmas proporções para cada câmara expandida que é adicionada; crescimento que segue uma lei em evidência em todos os lugares.


 Continua na próxima edição do Blog Maçayó.

Obs: a imagem da Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, de Rio Tinto - PB,  e a Cachoeira Itatubaita, Pirpirituba são imagens do Google.

 

 
 

53 comentários:

  1. Um domingo de estréias, aqui, em nosso Blog Maçayó. Dois novos poetas vieram abrilhantar e desfilar nesse encontro de grandes poetas. O nosso Cantinho do Saber tem a honra de aprensentar os nobres poetas Carlos Gutemberg Junior e Amaury Autory M. Da Costa, com suas belíssimas poesias para o deleite de todos. Quero parabenizar a ambos e que eles sejam muito bem-vindos! Gratidão pelas ilustres contribuições poéticas.
    A página de hoje está repleta de grandes emoções, principalmente, porque chegam brilhando por aqui, os nossos queridos amigos poetas Emiliano de Melo e Rita de Cássia. Eles são especialistas em cantar o amor. A poeta Rita de Cássia, como sempre, compartilha muita sensibilidade à flor da pele, em seus poemas recheados de maestria, muita beleza e expressividade. Já o grande poeta Emiliano de Melo traz um verdadeiro show de criatividade em seus lindos poemas repletos de emoções. Parabéns Rita e Emiliano pela riqueza poética e pela força de expressão em suas lindíssimas artes.
    Como o Blog, agora, vem dividido em seções tenho o prazer de apresentar na leitura de domingo duas lindas e emocionantes construções poéticas do seleto poeta Baltazar Filho. Sua linda arte poeta é de fazer chorar. Parabéns poeta Baltazar!
    Ainda na Leitura de Domingo, eu compartilho um Conto inédito,
    como temática emocionante, um acolhimento na hora do transpasse de uma jovem acometida por um câncer. É o sentimento espiritual da Fé em tela.
    Já na seção CONHECER temos a Introdução à Geometria Sagrada - parte III, um artigo cheio de ensinamentos.
    As ilustrações estão impecáveis e pertinentes as diferentes temáticas abordadas, um domingo de muito arte em seus vários olhares. Parabéns ao grande poeta Jorge Leite, querido irmão, pela sua maravilhosa arte final.
    Tudo muito lindo no Blog de Amigos para Amigos! Aplausos por esse magnífico momento.
    Um excelente domingo a todos! Um forte abraço no coração de cada um ❤️💙.
    Até o próximo domingo, com mais emoções.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero agradecer a oportunidade de poder contribuir com esse blog lindo. E um agradecimento especial a minha amiga Rita de Cassia por ter me apresentado.

      Excluir
    2. Maria Laurine Mendes Mauricio18 de maio de 2021 00:12

      Encantada com todos os poemas❤️

      Excluir
  2. Josenilson Rodrigues11 de abril de 2021 08:58

    Fiquei encantado com os poemas de hoje. Parabéns! Sucesso para todos.

    Josenilson Rodrigues

    Pirpirituba Paraíba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 09:06

      Muito obrigada meu amigo Josenilson. Seja bem vindo,SEMPRE!

      Excluir
  3. Especial trabalho. Emociona e estomula um bom domingo. Poesia fortifica, intensifica e não limita. Abre o peito, conforta a alma, dissemina a calma, tornando o viver mais suave. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:05

      Venho agradecer ao poeta Luiz Manoel de Freitas "PROJETO REVIVER" pela sua visita ao blog e pelo seu valioso comentário.
      Bem vindo poeta. Chuvas de bênçãos para todos nós.

      Excluir
  4. Bom dia, amigos! Realmente, tudo está muito lindo e com bastantes variedades. Poetas novos e poesias belas, com certo grau de profundidade. O amor caminhando em passos largos, com Rita e Emiliano e a tradição na cidade querida. Amei o encontro de poetas. Parabéns para todas as lindíssimas artes. Mas, foi na Leitura de Domingo que me emocionei e continuo chorando até agora, com esse maravilhoso e tocante conto de Bete e os textos de Baltazar. Eu acredito nos anjos e no acolhimento na hora da grande viagem. Belíssimas ilustrações que embelezam ainda mais o Blog. Parabéns para todos vocês que deixaram um pouco da essência.
    Forte abraço! Saudades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:09

      Amiga Betânia muito grata pelo seu comentário observador.
      Você é um ingrediente perfeito para inspiração de nós poetas.
      Deus lhe ilumine sempre.

      Excluir
  5. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 09:38

    O universo poético é bem assim,a inspiração chega ao coração, vira frases, versos, estrofes e poesias, o poeta com seu dom, alimenta vários corações, sofridos e alegres,cada um com sua temática, e com seu gênero.
    O poeta é bem assim, sabe exatamente o lugar certo para expressar sua dor, seus sentimentos explora o coração de maneira correta e deixa que os apreciadores degustem o néctar dos seus poemas que o verbo torna-se o translado para as emoções.
    O Blog Macayo mais uma vez, deixa notório o acolhimento de novos poetas fazendo assim um desfile especial com as diversidades.
    Hoje está tudo muito lindo, belo encantador poesias essas que dilaceram corações, o conto da poetisa Elisabete Leite,recheado de emoção. As ilustrações confesso que fiquei feliz e emocionada pois o soneto Itatubaita foi escrito justamente neste dia que eu descobri a cachoeira tornando-se assim muito real, a beleza da igreja Matriz da cidade de Rio Tinto uma construção histórica, toda em tijolos.
    Parabéns aos todos os poetas que hoje tiveram a honra de abrilhantar o nosso domingo.
    Parabéns Dr.Jorge Leite pelas ilustrações que faz pulsar o nosso coração.
    Poetas, Amaury, Baltazar, Carlos Elisabete Leite Emiliano todos estão de parabéns pela forma de expressar seus sentimentos.
    Um domingo de paz para todos nós.
    Deus no comando sempre. Gratidão palavra chave que sai do meu coração.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia!

    Venho agradecer aos poetas ilustres que hoje abrilhantam a edição 438 do Blog Maçayó. Hoje observamos um desfile, onde a realeza da poesia nordestina desfila com seus trajes bordados com retalhos de emoções travestidos em seus poemas. Não importa a ordem, rei, rainha, príncipes e princesas tem nome: Baltazar Filho, Emiliano de Melo, Elizabete Leite e Rita de Cássia desfilam maravilhosamente e nos encantam. Pura emoção.
    Vou dedicar um pouco mais de linhas a dois jovens que vieram para participar desse desfile. O garoto poeta Carlos Gutemberg Junior faz uma homenagem a sua cidade Rio Tinto. Fiquei impressionado com a bela Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, uma construção em estilo medieval, que nos leva a um profundo sentimento espiritual. Tão bela quanto a Igreja Matriz a homenagem do garoto poeta Carlos Gutemberg Jr. Um poema cheio de rimas e musicalidade, alegria e graça. Parabéns, Carlos Gutemberg Jr.!
    Após o duelo romântico entre Rita de Cássia e Emiliano de Melo, surge um ainda menino, o poeta Amaury Autory M. da Costa. Todos sabem que sou fã e admirador da poesia livre. Os poemas de Amaury Aurory são construções poéticas livres maravilhosas. Se não soubéssemos que esse garoto tem apenas 17 anos, acharíamos que as construções poéticas surgiram a partir de uma alma antiga. Mas acredito que surgiram sim de uma alma antiga em um corpo jovem. Seus desvaneio por sentimentos profundos trazem um sentimentalismo cheio de dúvidas e inquietações da própria idade. Adorei seus trabalhos e espero ser contemplado com outros escritos. Parabéns, Amaury Autory M. da Costa.
    Finalizo parabenizando ao poeta Baltazar Filho que já se tornou leitura obrigatória aos domingos, parabenizando pelo belíssimo conto da poeta e contista Elisabete Leite, espero que o Decreto do poeta Emiliano de Melo tenha aprovação unânime e que um dia eu possa me banhar nas águas da Cachoeira Itatubaita na linda Pirpirituba de Rita de Cássia.
    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:17

      Às vezes penso, que as palavras ficam um pouco sem ação,sem determinação, quase que escondia dentro do coração, neste texto do poeta Dr. Jorge Leite onde o mesmo detona sábias palavras que deixa todo poeta nas nuvens. Pois bem quase fico sem organizar meus agradecimentos, mas um Pai tão maravilhoso que faz fluir de dentro de mim, uma só palavra "Gratidão" por tudo por este momento que é tão especial para nós poetas.

      Excluir
  7. Nosso Macayo hoje aparenta dois jovens talentosos, essa união de artistas nós faz sentir o prazer de cada vez mais incrementar esse nosso celebre espaço cultural. Sejam bem vindos nobres poetas, fiquei felicitado em saborear seus poemas sentindo o estilo particularmente vislumbrando de cada. Gutemberg seu estilo um tanto regionalista oercebe_sr que é amarrado amorosamente por sua cidade. Amaury já na veia romântica porém com esse sabor trágico de amor. São estilos distintos que nos engorda os olhos num discorrer da leitura fazendo com que o leitor, leia,releia e volte a ler de tão forte e representativas que são. Parabéns aos dois estresses, tiro o meu chapéu pra os dois. E digo esse nosso cantinho é tão prazeroso e aconchegante que os artistas que ingressão ficam apaixonados e presos eternamente. Sejam bem vindos.
    A querida amiga Rita, já nos surpreende a cada tiro poético com sua balas intelectuais. Rita particularmente sempre me encheu os olhos com o seu talento supreendente. Um grande beijo.
    O meu nobre amigo e irmão Emiliano é um poeta completo, me amarro em suas rimas literárias, dão hilárias, amorosas em estilos próprio desse nobre doutor.
    Jorge e essa fera indomável, a cada edição nós afirma o monstro cultural que é. Já disse cara não te conheço pessoalmente, mas a minha admiração por te é só vivo!
    Ah quanta emoção encerrar agora falando dessa potência da literatura, deixei pra o fim porque tecer comentários a Elizabete Leite já é pra mim uma honra inanarravel. Elizabete traz em seus poemas e contos a real história vivida por personagens verdadeiros. Seus trabalhos mesmo na ficção são reais, ela trata com uma sabedoria de dentro da alma, que até uma criança só lê um conto seu entende perfeitamente a razão da realidade que ela cinta com muita propriedade. Costumo dizer que Elizabete e a própria natureza. Uma poeta e contista grandiosa de um talento estrondoso. Amei está estreando esse fantástico cantinho da leitura, é uma honra pra mim firmar essa parceria literária com você, ladeado a uma mestra que qualquer artista se orgulha em está. Elizabete é um ícone da literatura brasileira
    Um grande beijo a todos que embelezam e enriquecem esse desfile das rimas em estilos diversos.


    Baltazar Filho
    Guarabira,hoje de 2021

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:21

      Eita meu amigo, poeta "Bal" assim a maneira carinhosa de chamá-lo longas datas, obrigada, seu comentário íntegro digno de aplausos com sua poesia.
      Deus lhe abençoe sempre!

      Excluir
  8. Eita, que domingo tá sendo esse! Puro fogo, poesia e muita sensibilidade. Parabéns a todos que compõe esse MARAVILHOSO blog!!! Quem vive sem poesia, apenas existe. ������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:24

      VERDADE irmã, justamente esse fogo é para exaltar as chamas dos poetas apaixonados pela poesia. OBRIGADA pelo seu comentário. Deus esteja sempre contigo.

      Excluir
  9. Carlos Gutemberg Junior11 de abril de 2021 12:10

    Obrigado! Acho que a poesia é a mais belas expressão do sentimento humano. E com tudo isso que estamos vivendo atualmente, existe uma necessidade de nos expressamos, cada um a sua maneira.

    ResponderExcluir
  10. Eita, que domingo tá sendo esse! Puro fogo, poesia e muita sensibilidade. Parabéns a todos que compõe esse MARAVILHOSO blog!!! Quem vive sem poesia, apenas existe. ������

    ResponderExcluir
  11. Baltazar Filho. Eu não canso de ler seus poemas. Por que sei do seu talento e sei que senpre encontramos conteúdo de qualidade. Parabéns meu irmão pelo seu ralento.

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:37

      Obrigada professor MARCIANO Dantas. Seja bem vindo.

      Excluir
  13. Lamentos do agricultor, perfeito está de parabéns pelo belíssimo poema.
    Baltazar filho.
    João pessoa PB

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo lindo poema, Baltazar.

    ResponderExcluir
  15. Lindos poemas! Baltazar Filho, você como sempre retratando a vivência do agricultor Nordestino. Parabéns para você e todos que aqui deixaram um pouquinho de seus sonhos. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 17:26

      Muito grata Lutelcia pela brilhante visita ao blog.
      Seu comentário é de suma importância para todos nós. Deus lhe proteja sempre.

      Excluir
  16. Retornando ao blog para agradecer a todos, pelas ilustres visitas e gentis comentários, sem o comentário de cada um de vocês, o blog não teria o brilho incandescente que tem, porque vocês são estrelas que reluzem nas páginas desse recanto poético. Aqui os comentários são tão relevantes quanto as artes compartilhadas. Eu quero agradecer em nome do Blog, pelo carinho de sempre.
    Um agradecimento especial aos poetas estreantes Carlos Gutemberg e Amaury Autory pelo compromisso para conosco e com o nosso blog. Obrigada também a querida poeta Rita de Cássia, ao amigo Emiliano de Melo, ao também amigo Baltazar Filho e ao meu irmão poeta Jorge Leite pela dedicação de sempre.
    Aqui as portas estão abertas para divulgação de novos e antigos talentos, a arte de modo geral será o fator primordial.
    Um abraço acolhedor no coração de cada um ❤️💙. Parabéns, mais um vez,a todos!
    Um feliz anoitecer aos leitores, visitantes, amigos e poetas!
    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  17. Obrigado meus querido sobrinho Goldember, amei seu comentário. Obrigado minhas queridas amigas de trabalho Lutelcia Silvania, adorei a participação das duas, comentários enaltecedores.
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  18. Parabéns aos dois estreantes e não estresses !

    ResponderExcluir
  19. Que legal meus amigos Eduardo (Du) e Adailton da cidade de Caiçara-PB, estou radiante com a visita de dois grandes amigos, os quais eu estimo como irmãos. Seus comentários são relevantes pra o nosso Macayo.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  20. Bem vindos aos estreantes! Com certeza já esbanjam talento, parabéns a todos pelos lindos versos. E a todos que participaram hoje também, tudo impecável e com imagens lindas, sempre incrível estar e ler uma edição tão boa com tanto talento 😘👏 - Gabriela Mota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares11 de abril de 2021 23:52

      Obrigada poetisa Gabriela Mota, pelo seu comentário, enaltacendo cada vez mais o nosso cantinho.
      Bem vinda querida. Deus lhe abençoe.

      Excluir
  21. Chego para abraçar nossos poetas e poetisas do Macayo, a passarela dos sentimentos escritos e compartilhados aos amantes da poesia.
    Sejam bem vindos Gutemberg e Amaury, aqui é o lugar certo para ofertarmos nossos sentimentos em forma de poesias.
    Aos companheiro(a)s, amigo(as): Baltazar, Rita, Jorge, Elisabete e Socorro, aquele abraço fraternal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares12 de abril de 2021 13:54

      Obrigada poeta amigo, Emiliano, você fez uma ótima colocação esse espaço é realmente o lugar acochegante para expressar nossos sentimentos .

      Excluir
  22. Eternamente grato por poder participar deste blog maravilhoso, trazendo um pouco de minha poesia e podendo me deliciar com a leitura de tantas obras incríveis.

    ResponderExcluir
  23. Rita de Cassia Soares12 de abril de 2021 20:36

    Jovem poeta Amaury, meu sobrinho de coração lembro muito bem do seu talento nas aulas de Arte Cênica, a sua performance maravilhosa, incrível, você está de parabéns, este é apenas um degrau, outros estão por vir.
    GRATA pelo seu comentário.
    Deus lhe proteja sempre.

    ResponderExcluir
  24. Olá, boa noite!
    Mesmo com um certo atraso, venho parabenizar os ilustres poetas e respectivas obras que abrilhantaram o blog neste fim de semana. Permitam-me fazê-lo no meu Estilo Cordelista. Vejamos:

    Grande Farra Cultural
    O blog propiciou
    Conto e poemas belíssimos
    Pra o deleite do leitor
    Causando mais emoção
    Deslumbrante ilustração
    Jorge Leite colocou.
    .....
    Gutemberg enfatizou
    Com muita propriedade
    Aconchego da família,
    Terra Natal, liberdade
    Em: MINHA TERRA QUERIDA,
    De sua infância vivida
    Mostrou que sente saudade.
    .....
    Não menos felicidade
    Com ITATUBAITA, vem
    O esplendor da natureza
    Na beleza que ela tem
    Eis que, com A TUA FALTA
    Rita de Cássia relata
    Sofrer por amor também.
    .....
    SAUDADE, não se retém
    Nem se consegue evitar
    Angustiante, agradável...
    É o preço por se amar
    DECRETO, implica sanções:
    Tomar todas precauções
    Pra no amor extravasar.
    .....
    Amaury, ao estrrar
    Traz em seu EXPERIMENTO
    Um coração consumido
    Dilacerado, ao relento...
    Em: CADÁVER CONGELADO,
    Solitário, inconformado
    O seu amor pede alento.
    .....
    Fé, amor, discernimento...
    São Dons do Deus Criador
    Jesus curava e dizia:
    A tua fé te salvou
    Pela fé do Pai Eterno,
    UMA VISITA DE INVERNO
    A nossa fé provou.
    .....
    LAMENTOS DO AGRICULTOR
    Leva ao descontentamento
    Da natureza em tormento
    Que à cultura transformou
    Do oceiro produtor
    Quase extinto, ameaçado
    Em:UM SONHO MASCARADO
    Baltazar argumentou:
    Como exímio sonhador
    Poeta sonha acordado.

    Valdemar Guedes
    Poeta Cordelista
    Guarabira-Pb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo e expressivo comentário! O cordel como um elo de ligação aos diferentes olhares poéticos. Parabéns e gratidão por brilhar conosco. Bom Dia!

      Excluir
    2. Rita de Cassia Soares13 de abril de 2021 14:54

      Vou respoder caro poeta
      De uma forma especial
      Não sou cordelista
      E não sou profeta
      Sou poeta universal
      Amo a rima da poesia
      Do cordelista afinal
      Por isso eu agradeço
      Esse cara fenomenal
      O poeta Valdemar Guedes
      Trás a rima no coração
      Faz seus comentários
      Com muita exatidão
      Brinca com as palavras
      Que causa emoção
      Fala assim de nós poetas
      Que desfilam no blog então
      Por isso eu agradeço
      Nas rimas pelo avesso
      É esse meu jeito
      De tentar escrever
      Nas linhas do cordel
      Só Valdemar faz valer.


      Desculpa poeta a ousadia,
      Não fiz quadra nem sextilhas
      Nem tão pouco decassílabos
      Formei apenas os versos
      Que minha inspiração explorou.

      Rita de Cassia Soares





      Excluir
  25. Corrigindo:
    Amaury ao estrear e,
    A nossa fé provocou.
    Desculpem.

    ResponderExcluir
  26. Valdemar Guedes
    Corrigindo, as palavras são:

    Estrear, provocou e roceiro.

    Mais uma vez desculpa.

    ResponderExcluir
  27. Excelente poeta Baltazar. Sempre nos agraciando com ótimos textos! Um abraço meu amigo.

    ResponderExcluir
  28. Obrigado Valdemar grande cordelista, um comentário digno de um grande poeta.
    Um forte abry.

    ResponderExcluir
  29. Um forte abraço (corrigindo)

    ResponderExcluir
  30. Que legal Aline, vice já nos faz um bem enorme nos seus comentários. Esteja sempre por aqui!
    Fico muito feliz com seu comentário.

    Um beijão 😘

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde nobre poetisa e contista Elizabete Leite!
    Boa tarde nobre poeta e teatrólogo Baltazar Filho!
    Obrigado de coração pelo carinho e o incentivo que me passam.
    É nisso que o poeta se apega para sentir-se encorajado.
    Não é tão simples comentar Textos Literários, mas como marinheiro de primeira viagem, nas minhas limitações, creio que tenho muito a aprender com o Blog Maçayó através de todos vocês.
    Deus abençoe e ilumine a todos!

    Valdemar Guedes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares13 de abril de 2021 14:56

      POETA Valdemar Guedes você é o mestre da poesia. Parabéns!
      Bem vindo!

      Excluir
  32. Parabéns a todos (a), em especial a Amaury que expressa o seu dom em palavras, tão jovem e tão talentoso, também agradeço a poetisa Rita de Cássia em compartilhar seus belos poemas e abrir o leque de oportunidades para outros poetas de Pirpirituba, você sonha em Lindas poesias e com sua iniciativa corajosa brilha e faz brilhar outras estrelas.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  33. Valdemar Guedes

    Olá, boa noite!
    Ah Poetisa Rita de Cássia!
    Obrigado pela modéstia!
    Suas palavras me enaltecem.
    Só hoje vi seus agradecimentos sobre o meu comentário.
    Que maravilha!
    Independente da forma como você escreveu, sua inspiração fez valer.
    Além do que, você rimou o suficiente para embelezar o texto.
    Mais que isso: você falou daquilo que o seu coração estava cheio: amor, gratidão, alegria... e muita emoção.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  34. Aplausos colega de academia e repentista espetacular.
    Valdemar

    ResponderExcluir
  35. Obrigado meu nobre confrade Baltazar!
    Você é outro abençoado e iluminando.
    Bom dia!
    Valdemar Guedes.

    ResponderExcluir
  36. Parabéns Baltazar pelo belíssimo, poema que relata o problema da nossa fauna, e sobre a crença do nossos agriculturores do sertão.

    ResponderExcluir
  37. Obrigado meu querido amigo, Lauro. Fiquei feliz com o seu comentário.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  38. Parabéns a todos os poetas por terem este talento intelectual através do qual trazem diferentes contextos e expressões a fim de colocar tudo na ponta do lápis e deixar-se levar por seus pensamentos, que só faz sonhar na expectativa de passar tudo aquilo que se espera conquistar. Especialmente ao meu filho Amaury, parabéns por você estar fazendo o que gosta, que é estar sempre com um lápis e papel na mão expressando tudo do seu subconsciente. Deus te abençoe e te faça muito feliz hoje e sempre, Amém. Muito sucesso e realizações em suas conquistas. Parabéns a Rita de Cassia por dar essas oportunidades ao meu filho e a todos é muito especial e sempre procura mostrar o seu talento e procura mostrar aos outros talentos que deseja trazer um aprendizado lindo para todos.O mundo precisa de pessoas assim, tanto quanto de profissionais para obter uma educação melhor. Nunca desistam dos seus sonhos, lutem pelo o que querem, sigam enfrente, lindos maravilhosos! Amei os poemas.

    ResponderExcluir