domingo, 25 de julho de 2021

Domingo de Festas

 EDIÇÃO Nº 453
Tema das Imagens: Pretty Woman (Girls)
 
  ENCONTRO DE POETAS
 
 OS CÃES LADRAM...

Olha que essa paixão fria e deslavada
Afugentou meus cães bravos e adormecidos
Numa peleja e outra a me morderem
Como se fôssemos desconhecidos.
Não há, porém, correntes e  calmantes
Que embarguem seus cruéis ataques
Num gesto irracional das mentes dominantes
Vitoriosos, se lambem, me olham e latem
Se não há mais agora o que lhes bastem
Se retiram a procura de outros amantes!
E aqui me encontro sob a carne dilacerada
Ninguém viu, ao meio-fio, essa desgraça
Agora entendo aquela frase tão falada
"Os cães ladram e a caravana passa!"

Socorro Almeida
Recife, 24/04/2021

EM RAZÃO DE MIM

Ele gosta de falar do mar
Das ondas sobre a areia
Das cores do arco-íris
- promessa de Deus aos homens.
Ele gosta de falar das flores
A cada uma lhe dá um nome
Mas que só as rosas têm
O encanto que vê em mim.
Ele gosta de me perguntar
Por que as nuvens choram tanto  
Se tem o mundo aos seus pés?
Por que os oceanos aceitam os rios
Se tantas águas têm?
Ele costuma me dizer que é mentira pura
Só haver mistério entre o céu e a terra
Se em meus olhos há tantos mais!
Que as profundezas dos oceanos
Não lhe causam medo
Mas o meu olhar, sim!
Que os tremores que a terra faz
São os abraços que lhe dou.
Que a natureza só finge ser malvada
Porque é menos má que eu!
E eu... já que não tenho as respostas
Vou me deixando ser amada
Exatamente assim...
Como se ele só existisse
Em razão de mim!

Socorro Almeida
Recife, 03/05/2021

O AMOR

O amor não dói, não machuca, não fere,
O amor não repulsa, não incomoda, nem repele,
O amor não bate, não mata, não expele,
Mas conjuga a vida, transforma e ajunta
Os momentos que nos trazem felicidade,
Com a alegria que de pouca, se faz muita,
E quando não se tem a certeza, se pergunta:
Você está feliz?
O amor é só o amor,
Exclui do seu cardápio a dor,
Abraça e se une em clamor.
Buscando a felicidade, expressa só bondade,
Assume a cada passo da vida,
Apenas a lealdade!

Desperte, portanto, amor…
Ele não tem raça nem tem cor,
Com sexo ou sem sexualidade,
Nada é mais importante nesta vida
Do que o amor...
Que se expressa de verdade.

Luiz Manoel de Freitas

MINHA DECISÃO

Quanta verdade me sai do peito,
Quanta emoção me preenche a alma,
Meu coração me revela calma,
Eu sinto paz, sobre o meu leito.

Em nada me perturba a solidão.
Até porque, não a sinto por aqui,
Estar só, não é ser solitário,
Estar sozinho não é tão ruim.

Trago no pensamento uma multidão,
Falo com cada um através da mente,
Troco ideias, poesia e cânticos,
Acredito em todos, pois não sou descrente.

Mesmo que seja divergente,
Não vou ceder a sua posição,
Ainda que me veja irreverente,
Ser eu, íntegro, sincero e consciente,
Queira ou não queira, é a minha decisão.

Luiz Manoel de Freitas

Poema para minha mãe

Neste Natal, de 2020, bem atípico,
Porque a pandemia nos detém,
Gostaria de lhe dar esse presente,
Pois sei que gosta de poemas também...

E é na poesia, que melhor expresso AMOR,
Pois ela toca bem na alma do meu ser...
Por isso quero lhe homenagear, agora,
Dizendo do AMOR que tenho por você...

É um AMOR meio escondido, disfarçado...
Mas, tão Profundo que aperta o coração...
De admiração, de orgulho, bem dosado,
Pelo que sempre fez, até hoje: GRATIDÃO!

Você é, mesmo, uma mãe abençoada...
Se dividindo em mil, por todos nós..
E agora, bem mais velha e vaidosa,
Ainda tem lugar, pro AMOR dos bisavós...

Por isso, nesse Natal eu lhe bendigo...
Embora,  não podendo lhe abraçar,
Receba esse poema como presente,
Pois, foi com você que aprendi a AMAR!!!

                 ❤️Tásia Maria

AS HORAS DE MINHA VIDA.

As horas de minha vida.
Vão passando devagar.
São lentas e passivas,
E não me deixam contar.
O relógio bate, bate...
Em seu ritmo controlado.
Meu coração, ao contrário.
Bate sempre acelerado.
Ouço um bater esquisito...
Quando estou pensando.
É a máquina do tempo,
Que a vida está marcando.
As horas vão passando,
Os minutos acompanhando.
E aquele relógio apontando,
As horas de minha vida,
Que naquela despedida,
Não pude me conter.
Olhei o relógio e disse:
__ Deixa o tempo passar,        
Mas, não deixe ele me esquecer!
Deixa esse tempo correr,
E as horas seguir passando
Porque eu vou caminhando pelas estradas além.
Decidir meu destino.
Que só a mim convém.
Passaram-se  muitas horas...
E o tempo também passou.
Só não passou a saudade,
Que em meu peito ficou.
As saudades
que eu senti,
Com aquela despedida.
O tempo ficou marcando,
Nas horas de minha vida!

Marizete Santos.

SAUDOSA CAPELINHA DE MELÃO!

Memória fantástica, a capelinha de melão!
Uma canção mimosa pra criança dormir.
Ninava para adormecer e acordar São João.
Uma magia, ele adormecia só em ouvir.

Capelinha de melão é do menino João.
Cheira a cravo, exala a rosa, a manjericão.
Quanta sutileza no balbuciar da canção!
As brincadeiras tinham muita animação.

As cantigas de rodas, saudosa diversão.
As palmas seguiam um ritual com alegria.
As meninas versavam com empolgação.
Os meninos repetiam o refrão em calmaria.

Capelinha de melão, cheirosa!
É de São João, linda canção!
É de cravo é de rosa, mimosa!
É de manjericão, acorda João!

               Baltazar Filho
          08 de julho de 2021

PARADOXO  

Vivo no nexo da sua razão
No sentimento quase oculto
No nosso verbo temporal
Na sede de um deserto
Vivo, eu sei que vivo
O amor retribuído
Em versos e canções
Nos encontros planejados
Nas noites de chuvas
Nas manhãs de verão
Eu sei que estamos vivendo
O nosso amor e a nossa
paixão
E o brilho do nosso sentimento
Não é justo respondê-lo
Apenas no coração.

Rita de Cassia Soares
Pirpirituba 19/07/2021
EU E AUGUSTO

O meu pé de tamarindo não é tão frondente quanto o de Augusto.
Mas, a brisa das manhãs o paquera todos os dias.
Seus cachos ondulados têm o mesmo charme que os de Augusto.
O sabor dos seus frutos é tão delicioso quanto qualquer um.
Um dia meu pé de tamarindo terá semelhante importância  que o busto de Fafá.
Não há de quê chorar, mas canseira sim, de trabalho!
Meu pai também se foi, mas não levou saudade, deixou.
Se pudesse ficaria na eternidade, à tua sombra
O meu testamento não teria validade
Pelo desejo de tua sombra, tamarindo!

Emiliano de Melo
Guarabira  10 de fevereiro de 2019

Belle Mademoiselle

Lindos cabelos longos e castanhos
Com belas esmeralda no olhar
Um sorriso maravilhoso e fofo.

Sua pele tão branquinha como neve
Sua boca tão macia e linda
Com seu batom vermelho borrado aos poucos de um beijo.

A pretty woman (uma bela mulher)
simply a spectacle (simplesmente um espetáculo)

José Neto
Pirpirituba PB.
 
👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👉👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈👈 


 LEITURA DE DOMINGO
 
RODOLFO E O VENDAVAL
.
          Era outono, o vento soprava ameno espalhando folhas amareladas pelo chão, cenário encantador, que se estendia do plano até a serra, fazendo fluir fortes emoções; era o espetáculo de mais uma estação. Estela, garota naturalista, que trocou a agitação da cidade pelo sossego do campo, vivia intensamente na companhia da Flora, da Fauna e de seu amiguinho felino de estimação,  o gatinho Rodolfo, seu fiel companheiro de todos os instantes; nada era mais importante e gratificante para ela de que os momentos de interação com ele e a natureza, parecia até que ela compreendia a linguagem das plantas e dos animais...        
           Certa manhã, Estela notou que o vento soprava com mais intensidade, as roupas esvoaçantes no varal, queriam informar que algo estava para acontecer, mas a garota nem imaginava o que poderia ser. A jovem procurou por Rodolfo, porém não o encontrou, ficou inerte, imaginando onde seu amigo poderia estar escondido, assim começou a chamá-lo, carinhosamente:
          - Rodolfo, aqui bichano!
Tenho uma tigela com boa ração para você saborear! Vem aqui menino querido! Rápido que já vai chover!
           O silêncio persistia e a garota começou a ficar preocupada. Rodolfo vivia livremente e nunca havia desaparecido, até o presente momento. De repente, o céu escureceu, a chuva começou a cair forte, raios riscavam todo espaço celestial, o ruído ensurdecedor do trovão se fazia presente; eram os primeiros sinais que uma tempestade estava se formando. Estela ficou mais apreensiva ainda, quando um vento forte e tempestuoso veio derrubando tudo pela frente, quase não tinha um lugar seguro para a garota se abrigar. Logo, um redemoinho se formou e Estela se segurou na velha cadeira de balanço, que ficava no terraço, mas a coitadinha da cadeira se quebrou de tanto rodopiar; a mesa onde estavam as frutas do desjejum matinal, ficou suspensa no ar, e foi de encontro à cabeça da garota que desmaiou em seguida, e quando despertou estava em outro lugar. Ficou assustada, se perguntando, o que havia acontecido: "- Meu Deus, será que estou morta?!" "- O que houve, e que lugar é esse?!" E pôs-se a chorar, descontroladamente...
           Estela olhava de um lado para o outro, sem entender nada. De repente, abriu-se, a seus olhos, a visão de um esplêndido jardim que, trespassado por raios argênteos do sol, formavam faixas douradas, na relva macia e salpicada de madressilvas e margaridas. Ela permaneceu triste, mas por entre os galhos e troncos, Estela avistou seu querido amigo Rodolfo abanando a cauda peluda para ela, como se
quisesse se comunicar, miava e girava sem parar. Ele usava vocalizações para expressar suas emoções e dava grunhidos para Estela compreender sua linguagem. Rodolfo queria a todo custo se comunicar com ela. Logo depois, a jovem se viu diante de dois caminhos: de um lado uma luz obscura, provavelmente o olho do vendaval, e do outro seu amiguinho Rodolfo, que parecia até sorrir, ele mostrava-se confiante, com olhos de quem ama. A garota ficou perplexa, completamente indecisa, sem saber qual caminho deveria seguir. Não sabia ao certo, se era melhor ficar ou fugir! Contudo, seguiu o comando do seu coração, e  correu até Rodolfo; todavia quando segurou seu amiguinho no colo, desmaiou mais uma vez, e despertou sentindo as lambidas de Rodolfo pela face; abriu os olhos devagar, e percebeu que estava cercada de entulhos, o vendaval havia deixado um rastro de destruição por todo lado, nada ficou inteiro, mas ela se sentia viva e segura ao lado do amigo. Estela afagou o dorso do amado felino, se levantou compassadamente, saiu passando por cima de um emaranhado de madeiras e lixos, que ocupavam todo caminho de pedra, e foi reconstruir a sua vida.
.
Elisabete Leite
 

TAUTOGRAMA:
AMIGOS, AMOR, AMIZADE


Amor amigo acalma a alma
Aflora a autêntica amizade,
Abriga a admiração, adoração
Assim, afasta até a ansiedade!

A amizade alimenta a alma,
Acorda a afável anunciação
Abençoando ao acolhimento
Amor amável, adere a ação...

Amor amigo acolhe a amizade,
Acordando a afinidade, a adesão
Abraços, amparo, até aconchego
aos acertos, alicerce, ascensão...

A amizade amplifica a afeição,
Afeto aumenta a alusão a alguém
Alegria, apreço, abrigo, adoção
Amizade atrai atenção ao amar!

Elisabete Leite
 
 👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀👀
 
 

COMEMORAÇÕES
 
FELIZ ANIVERSÁRIO, JORGE LEITE!

          Definir meu querido irmão, Jorge Leite, é o mesmo que falar do Amor Fraternal, e de tantos outros sentimentos reunidos em uma única pessoa, porém somente os sentimentos salutares, aqueles que causam equilíbrio ao corpo e a mente, se fazem presentes. Como descrever um Ser Humano que, na verdade, é um dos motivos da minha felicidade e do meu crescimento pessoal e literário; é o mesmo que me olhar no espelho e vê a pessoa de Jorge em meu reflexo. Porque para mim ele faz parte do meu legado, tem influência diretamente na minha construção de vida. Jorge é, e sempre será, um ídolo para mim, um irmão herói. Minha vida é como um quebra-cabeça bem estruturado, cada parte chave para a formação de um todo, tem um toque mágico dele (Jorge), uma pincelada de ensinamento, as lições diárias que me impulsionam para minha realização pessoal. Jorge sempre acreditou em mim, em meus contos, em minhas crônicas, em meus poemas, em minha arte poética e literária de modo geral. O filme AO MEU MESTRE COM CARINHO, retrata muito bem a minha trajetória de vida ao lado dele, pois que Jorge para mim é um mestre, o irmão que eu sempre quis ter, que me ampara, me auxilia, me abriga, me ensina a arte de viver, e me define como a pessoa íntegra que sou.
          Jorge é livre por natureza, sua poesia retrata ele muito bem; já eu sou o seu oposto, sou clássica e colorida, e me amarro nas sonoridades das rimas, eu sou a melodia dentro da poesia, mas ele é a leveza de um pássaro Condor, a beleza do Colibri no ato de beijar à flor. Claro que juntos formamos uma unidade, porque somos irmãos que se completam. Ele é o meu todo, o meu mundo. Eu e ele formamos NÓS. A primeira pessoa do plural, não somos singulares, mas sim um conjunto.
          Jorge, amanhã 26/07 será seu PARABÉNS, mais um ano de vida ao seu lado. Sendo assim, quem faz aniversário é você, querido irmão, mas quem ganha o presente sou eu, pela satisfação de tê-lo ao meu lado. Um Feliz Aniversário, meu mestre! Muita Paz, harmonia, amor, alegrias, saúde, Fé e Poesia. Eu te amo incondicionalmente!
Da sua irmã mais nova,

Elisabete Leite, simplesmente Betinha ❤️
 
 
 FELIZ ANIVERSÁRIO, RITA!

Andorinhas gorjeiam de felicidade,
Cantam melodias suaves de amor
Anunciam alegres a sua nova idade
Em demonstração de afeto acolhedor...

Mais um ano de vida para agradecer
O seu doce sorriso tem graça e beleza
Rita de Cássia que chegou para florescer
e encher nosso dia a dia de cor e leveza...

Borboletas esvoaçantes parecem bailar
De flor em flor e jogam pétalas ao chão
Em sinal de comunhão ficam a encantar
Brindando o momento de congratulação...

Amigos expressam amor nesse versar
Como prova de carinho e consideração
e desejam sucessos em seu caminhar
Parabéns, querida Rita, de coração!

Elisabete Leite e Amigos - 24/07

Rita de Cássia, querida amiga, ontem (24/07) foi seu aniversário, um dia tão especial, por ser a data em que comemoramos a sua chegada ao mundo, eu quero lhe desejar mil felicidades e tudo o que há de melhor no mundo.
Que o seu percurso de vida seja longo e que nele nunca falte amor, amizade, saúde, paz e esperança para superar as asperezas nesse tempo de pandemia.
Sorria muito e seja sempre feliz! Nós gostamos muito de você e sabemos como é especial e única, generosa e amiga, e merece toda a felicidade, multiplicada pelo infinito! PARABÉNS e Feliz Aniversário! Beijinhos 🍾🥂🎂🎊🎊🎉🎉❤️💐🌼🍀🍃🍂.
 
 

  RECORDANDO 
 Promessas

Abrace-me.
Envolva-me em teus braços,
Sinta o meu corpo,
Deixe-me sonhar.
Envolva-me em teus sonhos,
Faça-me voar.

Minha pele queima,
Cheia de desejos
Meu corpo sua.
Quero que sejas meu
Que me possuas,
Que me tome nua,
Faça-me vibrar.

Beije os meus lábios
Ávidos pelos teus,
Toque minha pele
E me deixe nua,
Rasgue minha roupa
Abra minha alma
Faça penetrar
Todo seu ímpeto
Dentro do meu ser.
Vire-me ao avesso
Faça-me viver.

Deixe-me que seja
Tão somente sua
Na minha pureza
De poder fazer
Que você se sinta
Tão somente meu.
Os nossos corpos
Ao se dissolverem
Tornam-se um.
Tu estás em mim
Eu estou em ti
A nos possuir.

Quando afastados
Em nossos caminhos
Muito diferentes,
Direções contrárias
A nos separar,
Estaremos juntos
Em nossos momentos
Em nossos sonhos
A nos abraçar.

Jorge S. Leite
SP - Recife.

 

 
 
Imagens : Pretty Woman 
 
 

28 comentários:

  1. O Blog Maçayó, de hoje, respira muita poesia e traz para o nosso deleite, um pouco de tudo, uma mistura de genuínas artes, tanto poética quanto literária.
    Um domingo com muita riqueza de expressão, em seus diferentes olhares. Uma página diversificada que, na verdade, é um grande e emocionante encontro com maravilhosos poetas.
    Quero começar destacando que a página de hoje está brilhante, com a presença de belíssimos poemas, lindos textos, uma arte em grande estilo, em um cenário encantador. Assim, os poetas que desfilam, por aqui, mostram suas diferentes artes. Quero destacar as lindíssimas e várias temáticas de ilustrações que muito versejam, são poesias dentro de cada imagem.
    Na seção ENCONTRO DE POETAS Temos um verdadeiro espetáculo de salutares poetas.
    A grande poeta e amiga Socorro Almeida retorna ao blog em grande estilo e chega emocionando com seus dois belíssimos poemas, tanta leveza contida em seus versos que os poemas parecem que estão voando e embelezando esse espaço de pura arte poética. Parabéns, amiga poeta Socorro Almeida! Obrigada pela atenção de sempre.
    O nosso amigo e grande poeta Luiz Manoel de Freitas compartilha sua arte lindíssima, com seus dois belos bem inspirados poemas, e uma temática oportuna para esse momento tão difícil que o mundo está passando. Parabéns, poeta amigo Luiz Manoel pela sua grandiosa arte!
    A amiga e poeta Tásia chega transbordando de emoção e compartilha um poema lindo para homenagear a sua querida mãe. Parabéns poeta e amiga Tásia!
    A querida amiga e poeta Marizete chega marcando o tempo com seu lindo e mágico poema. Parabéns Marizete!
    Já o grande poeta Baltazar Filho compartilha um lindo e bem inspirado poema CAPELINHA DE MELÃO para o nosso deleite. Parabéns poeta amigo Baltazar pela sua notável arte!
    Seguindo o desfile a nossa querida amiga Rita de Cássia compartilha um encanto de poema, uma lindeza em versos sentidos. Parabéns amiga!!!
    O poeta amigo Emiliano de Melo como sempre criativo traz para nossa satisfação um incrível poema. Parabéns Emiliano!!!
    Fechando o Encontro de Poetas temos o menino poeta José Neto com seu lindo e romântico poema. Parabéns, José Neto!
    Na seção Leitura de Domingo compartilho um Conto de temática educativa... às vezes é preciso um Vendaval passar em nossas vidas, para que possamos despertar para as lições diárias, e o real sentido das coisas. Amizade não tem preço, quem ganha um amigo, ganha um valioso tesouro. Na mesma linha de pensamento compartilho um TAUTOGRAMA com a letra inicial "A" de amigos. A imagem que colocamos abrindo a nova seção sou eu, Jorge o aniversariante de amanhã é minhas duas filhas, esse é o símbolo do amor, amigos e amizade. Amor em família!
    Na nova seção COMEMORAÇÕES
    Partilho um texto emocionante em homenagem ao meu irmão Jorge, pela passagem de seu aniversário, que será amanhã 26/07. Parabéns querido! Eu amo você, meu irmão!
    E um poema dedicado a minha amiga Rita de Cássia, pela passagem de seu aniversário que foi ontem, no dia 24/07. Parabéns, amiga Rita!
    Já na seção RECORDANDO temos um belíssimo poema do poeta Jorge Leite com sensualidade à flor da pele. Parabéns mais uma vez!
    O meu irmão, grande poeta Jorge Leite, encanta o domingo no Blog com sua arte final. Parabéns, querido Jorge!
    Um verdadeiro show de blog!👏👏👏👏
    Quero agradecer aos poetas, colaboradores, leitores e visitantes pelo carinho de sempre. Beijos poéticos no coração cada um ❤️💙.
    Até a próxima Edição!


    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos aniversariantes, Jorge e Rita. Mais um ano entre nós! Que essa data se repita muitas e muitas vezes!
    Como falar (um por um) desses poetas MARAVILHOSOS, que deixam a cada domingo nossos corações em festa. Como já disse muitas vezes, cada poeta tem sua essência, sua diferença, mas a emoção que nos causa é sempre a mesma. Eles trazem alegrias, saudade, tristeza às vezes, recordações, nostalgias, com os corações transbordando de orgulho e muito amor. Assim são vocês! Eu também sinto orgulho e satisfação em compartilhar essa alegria!
    Parabéns pra vocês todos: Jorge, Bete, Rita, Emiliano, Baltazar, José Neto, Marizete, Tássia Maria e Luiz de Freitas.

    ResponderExcluir
  3. Saldo a todos desejando um feliz dia!
    E que show de expressões nos diferentes estilos de cada poeta aqui hoje bem representados com suas magníficas inspirações. Um encontro de poetas mais também de amigos e amigas que compartilham apreço pelo acolhimento dessa grande família do Blog .como bem fala nossa ilustre Elizabete no seu poema aqui escrito:A amizade alimenta a alma... Parabéns aos aniversariantes do mês e a todos que fazem parte desse blog.🥰🥰

    ResponderExcluir
  4. Peço licença para compartilhar também dessas emoções. Já passei por aqui algumas vezes a convite da amiga Socorro Almeida. Percebo novos vultos da literatura, de igual grandeza, de alto teor literário. Sou um humilde artista escultor, mas não tenho o poder das palavras que emocionem até as lágrimas. Pura emoção!
    Parabéns a todos vocês, poetas, e abraços aos aniversariantes!

    ResponderExcluir
  5. Que bom que voltamos! Os domingos ficam mais floridos, mais emocionante!
    EM RAZÃO DE MIM... Lindo demais! Há sempre um que toca mais na gente!
    Parabéns a todos os artistas que brilham neste domingo. Amei!

    ResponderExcluir
  6. Como gostaria de ter esse dom!... Cada poema leva um pouco da gente, desperta alegria, é um bálsamo para a alma. Injusto seria dizer que um é mais bonito que o outro. O importante é que eles sempre atingem o objetivo: falar a quem ama em forma de versos pra espantar a timidez daquele que só sente, pois falar é difícil. Cala-te, boca! E sinta a alma que fala! Nossa!
    PARABÉNS, GRANDES POETAS!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns a todos os, gostei muito dos poemas☺️

    José Neto

    ResponderExcluir
  8. Bom domingo, amigos poetas!
    Venho todos os domingos prestigiar tantos maravilhosos poetas. Os poemas de hoje estão lindos, todos eles, sem exceção de nenhum.
    Belíssima mensagem no cinta da amiga poeta Elisabete Leite, quero também dizer que amei as ilustrações. Aproveito para parabenizar aos aniversariantes dessa semana.
    Tudo ficou perfeito! Parabéns para os poetas e felicidades aos aniversariantes.
    Forte abraço!
    Até domingo! Aplausos!
    Um amigo admirador da arte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu disso: ... Do Conto da amiga Bete. Parabéns!

      Excluir
  9. Boa tarde, pessoal do BLOG! Venho correndo para comentar é interagir nessa página extraordinária do Blog Maçayó. Mais um domingo recheado de emoções e maravilhosos poemas e ilustres poetas. Jamais eu deixaria de comparecer nesse deslumbrante show poético, principalmente, porque estamos comemorando o aniversário do poeta Jorge, que é sempre carinhoso com todos nós. Parabéns Dr. Jorge! Como também quero parabenizar a nossa amiga Rita. Parabéns, poetisa Rita!
    Pessoal, gostei de todos os poemas que foram compartilhados. Sabe, fiquei apaixonada por Rodolfo que passa uma lição de vida para todos nós. Não devemos julgar as atitudes das pessoas, e sim, apenas confiar.
    Parabéns para todos que são merecedores de todas as honras.
    Gostei demais das ilustrações. Tudo muito lindo!
    Abraços para todos vocês e saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita de Cassia Soares25 de julho de 2021 13:34

      Muito GRATA amiga Betânia,grande assídua do Blog Macayo, pelo seu comentário e felicitações alusivas ao meu aniversário. Fiquei muito feliz, que Deus nos proteja de todo mal. Um dia de muita paz pra você.

      Excluir
    2. Boa tarde, amigos!
      Como é bom dividir e, ao mesmo tempo, somar sentimentos!...
      É o que sinto, ao participar do Blog Maçayó. Uma interação, incrível, que deleita meu coração e me acalma a alma...
      Agradeço a minha participação com "Poema para minha mãe"! Ela já tem 92 anos, lúcida, linda e esteve doente recentemente...
      Parabenizo a Rita de Cássia e a Jorge Leite ( amanhã ) pelos aniversários natalícios.
      E para finalizar Elisabete, gostaria de dizer que suas filhas são lindas!...

      Tásia Maria

      Excluir
  10. Rita de Cassia Soares25 de julho de 2021 13:59

    Onde há festa, a poesia está presente e hoje não podia ser diferente, um domingo harmonioso, com aquele paladar poético, assim eu sinto o aroma, o sabor e o ingrediente mais perfeito o amor, que sai como mágica encantando corações. Agradeço a Deus pela vida e a todos aqueles que lembraram de interagir comigo este momento tão especial para mim, poesias, acróstico da minha amiga poetisa Elisabete Leite, mensagens, áudios que chegaram de forma virtual, mais chegaram e fizeram o meu coração delirar de alegria, de cada mensagem eu senti a importância da minha amizade para com vocês, isso é salutar para todos nós. Aproveito o ensejo para desejar um feliz aniversário ao nobre poeta Dr. Jorge Leite que esta data tão especial se propague por muitos anos, com paz e muita saúde. Parabéns pelas ilustrações dignas de cada poema. Também quero expressar a minha felicidade do retorno da minha amiga poetisa Socorro Almeida com seus poemas maravilhosos. O conto da Bete sempre me encanta, algo que toca a alma e o coração, belíssimo.
    Quero dizer que todos os poetas que desfilam neste blog trazem no peito a essência da poesia, com toda diversidade, cada um explora sua inspiração e enche nossos corações de emoções.
    Desejo à todos um domingo de muita paz e que DEUS ilumine nossos caminhos.
    *Gratidão*

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde, povo talentoso!
    Mais um domingo cheio de emoção em cada verso aqui compartilhado!
    Poesia é alimento saudável para alma.
    Parabéns a todos em especial meu menino poeta José Neto e aos aniversariantes: minha irmã Rita e ao poeta Jorge Leite.



    ResponderExcluir
  12. Lindo poema Tio Baltazar,nos fazendo relembrar da nossa tão amada e inesquecível infância.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde poetas do Blog achei todas as poesias lindas me chamou atenção a poesia do poeta Emiliano de Melo Eu e Augusto parabéns, paradoxo da poetisa Rita de Cassia Promessas do Jorge Leite, Socorro Almeida Luiz Freitas, capelinha de Melão todas muito bonitas. Parabéns a todos.

    ResponderExcluir
  14. Boa noite amigos do Macayo, chegando agora mas já vendo o grande folhetim literário fabuloso. Hoje destacar eu com muito afincuo todos os poemas desse espaço rico e espetacular.
    Olha que essa paixão fria e deslavada
    Afugentou meus cães bravos e adormecidos.
    Ele gosta de falar das flores
    A cada uma lhe dá um nome.
    O amor não bate, não mata, não expele,
    Mas conjuga a vida, transforma e ajunta.
    E é na poesia, que melhor expresso AMOR,
    Pois ela toca bem na alma do meu ser...
    Quando estou pensando.
    É a máquina do tempo,
    Que a vida está marcando.
    Capelinha de melão, cheirosa!
    É de São João, linda canção!
    É de cravo é de rosa, mimosa!
    É de manjericão, acorda João!
    Nas noites de chuvas
    Nas manhãs de verão
    Eu sei que estamos vivendo
    O nosso amor e a nossa paixão.
    O meu testamento não teria validade
    Pelo desejo de tua sombra, tamarindo!
    Lindos cabelos longos e castanhos
    Com belas esmeralda no olhar.
    Socorro Almeida
    Luiz Manoel
    Tais Maria
    Marizete Santos
    Rita de Cássia
    Emiliano Melo
    José Neto
    Nobres poetas, com seus talentos diversificados de uma competência magnífica, Aplaudo vocês de pé, enredos excepcionais.
    Na leitura de domingo, nossa mestra nós surpreende mais uma vez com a sua sapiência milenar!
    folhas amareladas pelo chão, cenário encantador, que se estendia do plano até a serra, fazendo fluir fortes emoções! Rodolfo e o vendaval, faz uma viagem pelo cérebro sonhador estigando uma emoção muito forte e intensa. Parabéns grande poeta você e mesmo um fenômeno da natureza.
    Parabéns a essas duas renomadas criaturas, que hoje completam mais uma era: Jorge Leite e Rita de Cássia. Mestre e Mestra da literatura universal, poetas os quais me enchem de orgulho, tenho o maior prazer e satisfação de fazer parte do Macayo, tê-los como grandes amigos me faz crescer interiormente, pois vocês dois são seres humanos ricos de espíritos e sábios na literatura. Parabéns e sejam muito felizes.
    Jorge és um Mestre de infinita nobreza. Um grande abraço meu amigo do fundo do meu coração
    Rita querida amiga, você merece toda felicidade do mundo, sempre seu fã.
    Um lindo verso para abraçar a todos,finalizando o meu comentário com um carinho muito verdadeiro.
    Abrace-me.
    Envolva-me em teus braços,
    Sinta o meu corpo,
    Deixe-me sonhar.
    Envolva-me em teus sonhos,
    Faça-me voar.
    Um grande abraço em todos.
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  15. Muito emocionado com o seu comentário carinhoso meu sobrinho querido, Jocenildo.
    O Macayo agradecer a sua participação.
    Um abração.
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  16. Feliz com os comentários carinhosos de todos.
    Um grande abraço,
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  17. Gente, entrando pela primeira vez... Estou encantada com tanta competência, poemas maravilhosos. Quando minha amiga disse "você vai gostar do blog"...não sabia o quanto. Parabéns, gente!!
    Não vou dizer qual que mais gostei, porque todos são lindos. Adorei o conto de dona Elisabete. Enfim, voltarei sempre pra me emocionar de novo!!!!
    Abraços e parabéns, aniversariantes!

    ResponderExcluir
  18. Ana Júlia Marquez26 de julho de 2021 09:08

    Espero receber o link todos os domingos, para me emocionar também. Afinal, coisas belas assim é raro de se ver. Os poemas de Socorro Almeida eu já conheço. Tenho a sorte de tê-la como amiga. Hoje estou alegre por conhecer gente nova, poemas lindos que só o coração de poeta sabe fazer. Parabéns, sem exceção, a todos vocês!

    ResponderExcluir
  19. Muito obrigado Ana Júlia, o Macayo agrade seu comentário carinhoso. Ficamos lisonjeados com sua amáveis palavras.
    Um grande abraço,
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  20. Muito obrigado pela sua visita Elizabeth Narge, suas palavras no deixa maravilhados, continue sim participando, amei o seu comentário.
    Um grande abraço de todos que formam o Macayo.
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
  21. A leitura do Domingo...Só foi possível hoje. Ontem foi um dia cheio de encontros e recheado de emoções. Um para não ser esquecido, como todos os dias, e esse, entre outros especiais, pois aguardo sua chegada ano a ano, há 44 anos. O dia que fui abençoado com a dádiva de ser pai. Então, ontem, o tempo integral dediquei ao meu primogênito. Hoje tenho o prazer de me deliciar com a leitura esperada durante toda a semana. Não gostaria de ser repetitivo e nem plagiar os comentários, mas como não... Elisabete, responsável pelo primor do blog nos presenteia com significativos textos. Além de nos proporcionar o contato com a expressões poéticas de tão bons escritores amantes da poesia, tornando o momento da leitura ímpar.Parabéns a todos, obrigado pela emoção sentida e grato pela divulgação dos nossos trabalhos e de vários Colaboradores Culturais do Projeto Reviver. Luiz Manoel de Freitas

    ResponderExcluir
  22. Domingo de Festas! eis mais uma página encantadora do Blog Maçayó! Parabéns ao blog e aos poetas e poetisas que ali exibiram seus poemas! A festa inicia com a Poetisa Socorro Almeida mostrando que “cão que ladra não morde”, e que em razão de ser questionada e permanecer calada, segue se deixando ser amada. O poeta Luiz Manoel de Freitas declarando que: por não ferir ou causar dor “O Amor” é só o amor, e que querendo ou não, prevalece a sua decisão; A Poetisa Tásia Maria oferecendo um lindo e amável Presente de Natal a sua mãe, como prova de amor e gratidão. A poetisa Marizete Santos com seu coração acelerado e cheio de saudades, contando as vagarosas horas de sua vida. O Poeta Baltazar Filho, com sua Capelinha de Melão cheirando a manjericão, acordando João. A poetisa Rita de Cássia, entre versos e canções, vive a sua paixão guardada no coração. O poeta Emiliano de Melo, com seu charmoso pé de tamarindo medindo forças com o de Augusto. O jovem poeta José neto, encantado com a beleza da mulher amada. A nobre escritora Elizabete Leite, que nos fez sofrer juntos a Estela e Rodolfo apesar do Desfecho Final reparador, e ainda exaltou o amor e a amizade como sentimentos essenciais e relevantes na nossa vida, de forma que no Âmbito Familiar esse relacionamento de amor e amizade torna-se mais forte e harmonioso. Aplausos às felicitações de feliz aniversário dirigidas ao poeta Jorge Leite e à poetisa Rita de Cássia! bravo nobre escritora Elizabete! Elogios ao poeta Jorge Leite pelo magnífico poema fechando a página com chave de ouro, bem assim pelo seu trabalho ilustrativo dando vida aos poemas e ao blog. Por fim, felicitar os poetas e escritores Jorge leite e Rita de Cássia, pela passagem de seus aniversários! Parabéns! Feliz aniversário! Que Deus lhes abençoe grandemente e conceda vida longa com saúde, paz, amor e prosperidade! Brilhe sempre a vossa luz! Valdemar Guedes.

    ResponderExcluir
  23. Bom dia, meus amigos! Estou voltado ao Blog Maçayó para agradecer de coração toda atenção, carinhosos e brilhantes comentários que são tão relevantes para o crescimento do nosso Cantinho do Saber; irei agradecer de maneira coletiva e aplaudir toda confiança depositada em nós, porque o Blog não é meu e nem de Jorge, o Blog é nosso, somos um conjunto. Quero parabenizar aos participantes e agradecer-lhes pelas magníficas artes compartilhadas, como também agradecer aos visitantes e leitores.
    Um abraço! Gratidão sempre! E até a próxima Edição.
    Elisabete Leite

    ResponderExcluir
  24. Capelinha de melão! Chega marejei os olhos... Que recordação maravilhosa! Baltazar Filho, quanta emoção!... Parabéns! És iluminado.

    Guarabira-PB

    ResponderExcluir