domingo, 29 de agosto de 2021

Um Domingo de PAZ!

 EDIÇÃO Nº 458  
 Tema  das  Imagens:  PAZ
 
  ENCONTRO  DE  POETAS
  A CHAVE FRIA

TODA pessoa, por mais discordante que seja.
Traz nas mãos.
A chave da vida.
E, por mais que te aflijam, as dificuldades...
Não apagues a luz.
Deixa que o amor resplandeça.
Lembra os desvalidos...
E sorrir com serenidade.
Sacrifica-te e compadeces dos que estão sofrendo.
Porque a felicidade na terra, depende de ti.
Ao desânimo, não te entregues
E nem a tristeza.
Sorris...
E vais a luta, com serenidade.
Eleva-te e não esqueças que a Chave vida.
Está em tuas mãos...
Toma cuidado para que não à percas!
Para que a vida fechada.
Não venhas ter.
E, então dirás sem refletir e sem ter notado:
__ Eu estou só e abandonado.
E não tenho para onde ir!
E, por mais sozinho que estiveres.
Com remorso lembrarás:
__ Onde estará minha alegria?
Meus sonhos, minha vida, minha harmonia.
Meu grande amor, onde andará?
Um instante se passou ...
E tu te lembras.
Que ainda tens,
A chave nas mãos.
Ouve, eu não peço nada!
Eu só queria...
Da tua vida ser a Chave Fria.
Que tranca a porta do teu coração.

Marizete Santos.
 
 Seguir em frente

Quando a dor te chegar, de repente,
E teu espírito estiver mais choroso,
Lembra-te que existe um Deus, misericordioso,
Que nos ajuda ajuda a seguir sempre em frente...

Quando lágrimas caírem do teu rosto,
Num desabafo de mágoas contidas,
Lembra-te, que tudo que acontece em tua vida,
Deus está no comando, sempre à gosto...

Então levanta-te e toma tua vida...
Põe nas costas, que a estrada é longa...
Mas, com Deus sempre à  frente do caminho,
Seguiremos, sempre em frente, sem delongas...

             ❤️Tásia Maria
 
 
 VERBOS

Gostaria de ouvir a voz das almas dos homens bravos
Gritando como uma criança chamando por sua mãe.
Gostaria de ver a descrição de um cego sobre suas visões
De um mundo onde a luz existe na mente de quem a descreve.
Gostaria de experimentar o sabor de uma gota d'água
Na boca de uma criatura que conseguiu
Atravessar um deserto escaldante!
Gostaria de saber o quanto um cego pagaria
De poder ver por apenas dez minutos...  
Mas acho que ele não pagaria um tostão furado
Pois voltaria à mesma sensação de perda.
Gostaria de sentir o frio do coração
De um assassino que, no calor de uma discussão
Não mede as consequências de um fim de uma vida.
Gostaria de repetir as palavras ditas com um sorriso na face
A todas as pessoas que retribuírem os sorrisos
Mas, as palavras devem ser doces e sem  desdém.
Gostaria de ter a liberdade sonhada por um liberal
Antes e depois de uma guerra que o deixou inválido
Dependendo de alguém que nunca lutou
Gostaria de voltar ao tempo que as palavras corriam ao mundo
Com um valor atribuído a alguém
Que era impulsionado a dominar as mentes
Dos ouvintes calados!

Emiliano de Melo
Guarabira 24 de março de 2020.
 
 
 DOIS CORAÇÕES

Olhei atentamente para o céu
E vi dois corações lindos!
Bem desenhados, mas postiços.
Pensei no nosso amor
No nosso compromisso
Onde o tempo esquenta
E acelera as paixões!

Que vêm juntas às nossas emoções
Regar o coração sólido
E àqueles, no céu, postiços
Cheios de amor, prazer e viço...
Assim são alimentados
Os nossos corações!

Rita de Cássia Soares
Pirpirituba 23 de agosto 2021
 
 
MINHA AMADA

Tu és como a beleza de uma flor
Ao desabrochar num amanhecer frio.
Tu és como o raiar de um sol vibrante em sua magnitude.
Tu és como uma noite de lua cheia
Em brilhos intensos, espalhando um esplendor único.
Verdadeiramente, tu és o amor da minha vida
Uma peça fundamental para meu bem físico e mental.
Tu és tudo de mais intenso e vibrante
Que um homem como eu pode querer em uma mulher.
Amada minha, seja para sempre meu bem-querer! Vamos ser um corpo único
Essa é a verdade que precisamos
Seremos como as rochas nos montes
Como a relva no vale
Como o orvalho na grama.
E assim atravessaremos o tempo
Para  sempre  enamorados.
Sempre firmes e fortes nesse propósito
Do mais sublime querer!
Te amo, amada minha!

Sol&lua
Pirpirituba PB.
 
 A INCOERÊNCIA DO POETA

Se o poeta finge uma dor que não tem
Como explicar uma lágrima descontente
Que lhe cai do rosto tão suavemente
E diz que não é por nada, nem por ninguém?...

Se o poeta finge ser o que não é
Como explicar essa coisa tão bonita
Que lhe sufoca a alma embevecida
Pela divina imagem de uma mulher?...

É nos versos que lhe cabe toda a dor
Quando ele ama, ele ama intensamente
E quando odeia, diz que é pela arte...

Só se sabe que o poeta é um sonhador
Suas dores são sentidas só  internamente
Mas seu amor é sentido por toda parte!

Socorro Almeida
 
  NÃO SOU A ÚNICA

Vejo que ao meu silêncio tudo se calou
O canto das cigarras não se ouve mais
E a noite, comovida, pediu às estrelas
Que respeitem a dor que em mim se faz.

Fingiram não perceber o gesto de piedade
Ao pranto que em meu rosto se derramava
E abandonaram o céu que se revoltava
Por eu desistir da vida e da felicidade.

Trovões no céu romperam o silêncio
E as nuvens logo acordaram os anjos
Que por serem santos me secaram o pranto
Para eu apreciar a aurora e os seus encantos.

Ao se despedirem, o céu me sorriu, enfim
E uma estrela amiga voltou pra me dizer
Que eu não sou a única que a vida fez sofrer
E me mostrou você a chorar por mim!

Socorro Almeida
 
 
 
 ARRANHA-CÉU

Raios flamejantes em um crepúsculo
Repleto de calmaria
Foi quando as mentes
Entraram em combustão
Quando os corpos sofreram
O impacto da dor e sabedoria
De estar quebrado.

Arco-íris iridescente no diurno frágil
Incapacitou a ideia
De permitir o descanso
Mas, almejava a firmeza...
Era elétrico e inesperado
E aquele momento
Não permitia a sensibilidade
Pois, acabou-se ali
O desejo de abrir o olhos
Apenas parece respirar!

Gabriela Mota
João Pessoa, 29/07/2021
 
  FUGINDO DE QUALQUER ESPELHO

Quando o amor se jogou
Pela beirada da cama
Ele imaginava estar escorrendo
Por um toque envelhecido
Mas, já tão conhecido
Por sua alma forte e entorpecente...
Bêbado de ternura...
E com um toque de filosofia
Com gosto de libertinagem
Essa era a essência de procurar
Por um sentimento que não possui
Necessidade de se abrigar.

Perdendo um mundo para salvar o outro
Ardendo em perspectivas inalcançáveis
Clamando por um convite para viver
E dessa vez poder aceitá-lo... Sonhos!

Gabriela Mota
João Pessoa, 25/07/2021
 

 LEITURA   DE  DOMINGO
 
  UM PRESENTE DO RIO
.
           Era quase noite em uma terra distante, o sol se escondia de mansinho, enquanto a lua resplandecia prateada no céu. Um jovem pescador estava sentado em uma pedra apreciando os peixes dourados que pulavam nas águas límpidas do rio, pensando na vida sofrida que levava, esperando pelo anoitecer. Ele era muito pobre e morava com sua linda e jovem esposa em uma casinha humilde dentro do coração da floresta. Costumava sempre pescar quando escurecia, pois o que vinha do rio era a sua única fonte de renda.
Observou o cenário: só calmaria! Lá nesse mundo distante tudo era magia, mas muita coisa podia acontecer... De repente, um clarão turvou os olhos do pescador, e ele percebeu que se formava uma tempestade, permaneceu quedado esperando sua sorte, quem sabe o vento forte não a levaria para longe dali, e o deixaria pescar em Paz. Foi quando ouviu um chorinho baixinho, o som foi aumentando, e logo ele avistou uma caixa de madeira boiando na beira do rio, era um caixote fundo e reforçado, sem abertura dos lados; ele se aproximou devagar e viu uma linda bebê, uma garotinha de olhos brilhantes e cabelos dourados, pequenina e frágil, de quase um aninho de idade, ela parecia assustada e faminta. Ele a segurou em seus braços e saiu correndo sem nem olhar para trás...
          O jovem pescador corria com muita cautela, pois que temia pela sobrevivência da garotinha... Horas depois, muito cansado de tanto correr, conseguiu chegar ao seu destino, e entrou em casa gritando pela esposa, que estava na cozinha preparando o jantar:
          - Rute, cadê você! Venha aqui, por favor!
          A jovem Rute correu até o esposo, e perguntou-lhe:
          - Abel, o que aconteceu? O que tem nesse caixote?
          Abel olhou fixamente para sua esposa, e respondeu-lhe:
          - Venha até aqui, e olhe com seus próprios olhos! Veja o que encontrei na beira do rio. Cuidado para não desmaiar!
          A jovem Rute se aproximou, e seus olhos não acreditaram no que viram, e falou:
          - Meu Deus, é uma bela menina! Acho que ela está faminta! Vamos alimentá-la depois pensaremos na situação.
         Rute segurou a bebê junto ao coração. A criança sentindo o calor humano encostou sua cabecinha no ombro de Rute, e adormeceu. Rute fez um leite reforçado e deu para ela ainda dormindo, e foi conversar com Abel.
          - Abel, não podemos ficar com a nenê sem saber da sua procedência.
         O pescador abraçou sua esposa, eles sofriam, porque Rute não podia ter filhos. Abel prometeu que iria procurar em cada vilarejo, e em todos os lugares pela procedência da linda menina. Se Deus deu aquele ser pequenino de presente para eles, e o presente veio do rio, eles precisavam ter certeza para depois agradecer e o acolher por completo.
          Quando amanheceu, Abel colocou os pés na estrada, e foi à procura de alguém que pudesse esclarecer a chegada daquela linda menininha na vida deles. Enquanto isso, Rute ficou cuidando da pequena como se fosse a sua própria filhinha...
         Abel percorreu os quatro cantos do mundo, parava em toda casa que encontrava e perguntava aos moradores se eles sabiam de uma criança desaparecida. Dia após dia Abel caminhou exaustivamente na esperança de encontrar alguém que resolvesse sua situação. Cansado ele se apoiou na parede de um velho casarão. Logo, um senhor idoso falou:
          - O jovem precisa de ajuda? Pode entrar para comer e beber.
        Abel olhou para o bondoso senhor e disse-lhe o motivo daquela longa caminhada. O homem falou que se chamava Davi e era um Senhor da Lei. Ele falou que daria uma certidão de nascimento para a bebê encontrada e, deixaria a guarda da garotinha para ele e sua esposa. Abel agradecido a Deus e ao senhor Davi, voltou feliz para sua família...
          Após três luas o jovem pescador chegou em casa. Ele se aproximou, e falou:
         - Rute, eu encontrei um senhor da Lei que me concedeu a certidão de nascimento da criança, e seremos seus pais para sempre. O nome da nossa filha é Cristal.
         Rute foi ao encontro do marido, eles se abraçaram e choraram de felicidade.
         O tempo passou... Já crescida, Cristal estudou, se formou, consegui um emprego e começou a ajudar os pais.
Todos foram felizes para sempre.
.
Elisabete Leite
 
 OS PENSAMENTOS VOAM
.
Ah, se os pensamentos pudessem falar! Eles contariam tantos segredos; falariam do intenso amor, da ardente paixão, das grandes emoções, dos momentos de alegria, dos instantes de tristeza, das intenções proibidas, e de tantas outras diferentes sensações; que na verdade, são os enigmas do coração, os mistérios da mente, de pensar positivo ou não...
Os pensamentos são alados, voam no tempo, atravessam fronteiras da razão, cruzam horizontes, ultrapassam limites, vencem medos, quebram paradigmas, viajam pelo passado, aterrissam no presente e sonham com o futuro. Os pensamentos migram de um canto a outro sem serem vistos, porém estão sempre presentes, vagando pelo raciocínio das pessoas...
Os pensamentos positivos buscam soluções, porque o dia a dia de cada um é construído com as cores vibrantes das emoções sentidas. Um dia cinza pode ser colorido com vários tons, vai depender da imaginação de quem o sente. Pois a vida tem a cor que se pinta. Se o dia amanhecer chuvoso e escuro, se faz necessário buscar a luz de dentro do interior,  o brilho presente na essência, e deixar resplandecer o  sol. Assim, a felicidade chega de mancinho e vai contaminando a vida. Já os pensamentos negativos devem ser banidos da mente. Convém, é relevante deixar transbordar apenas o bem que se sente.
Os pensamentos podem compactuar com o coração e deixar o amor florescer e se eternizar ao longo do tempo. Nada nem ninguém pode apagar uma imagem ou um sentimento da mente, mesmo que a página seja virada, que uma nova história seja contada, que um nome seja riscado, ou mesmo um sentimento acabado, porém no alçar dos voos do pensamento tudo pode se eternizar ou renascer.
O importante é deixar os pensamentos voarem, em total liberdade, fazendo-os reviver momentos que foram construtivos.
Porque como se diz: "Recordar é viver!". Enfim, vivemos de recordações, e os pensamentos podem viajar e fazer acordar as doces lembranças, antes adormecidas, ao longo do tempo.
Vamos dar asas aos nossos pensamentos e viver intensamente!
.
Elisabete Leite
 
 
MAIS      POESIAS
  TEMPO PARA TEMPO

Se eu pudesse falar com o tempo
Ah, eu pediria mais tempo de vida!
Diria que os segundos e minutos
São insuficientes para cada dia...
Que as horas são aladas, e voam
Que ainda tenho muito para fazer
Que meus sonhos são realizáveis
E que o sentido da vida é viver...
 
Ah, como queria falar com o tempo!
Queria dizer que a roda da vida gira,
Para isso preciso mais de tempo
Para concluir meu giro na subida...
A vida é real, e não passatempo
E situações devem ser definidas
Então, devo aproveitar meu tempo
Sem desvendar os mistérios da vida.

Elisabete Leite
 
  Parece...
Jorge Leite

Parece que o vento
Ao soprar contra,
Me encontra;
Em cada esquina da vida
Em cada mesa de um bar.
Em cada boca sofrida,
Em cada coração a sangrar.

Parece que a chuva
Ao cair das nuvens
Leva-me aos bueiros da vida
Arrasta-me às mesas de um bar
Molha cada boca sofrida
Encharca um coração a sangrar.

Parece que o Sol
Ao iluminar o dia
Mostra-me as sombras da vida
Aquece os corpos em um bar
Machuca cada boca sofrida
Queima meu coração a sangrar.

Parece que a Lua
Ao pratear a noite
Mostra-me escuridão da vida
Congela as damas de um bar
Emudece cada boca sofrida
Escurece meu coração a sangrar

Parece que o Mar
Ao quebrar na praia
Quebra o que sobrou da vida
Inunda o que sobrou do bar
Afoga cada boca sofrida
Navega em meu coração a sangrar.

Parece...

Madalena, 06 de julho de 2020
 
 
 O PONTO FINAL

Um ponto de partida
Pode ser continuado
Ou mesmo ponto final
Com formas e desmedidas.

O ponto tem significados
Que na sua interpretação
Pode ser final ou parágrafo
Dependendo da finalização.

Pode ser mesmo continuado
Afinal sempre tem um ponto
Seja de partida, ou parágrafo
Nem sempre o que tem fim é final!

               Baltazar Filho
       14 de agosto de 2021
 
 
 ÁRVORE 🌲

Através de minúsculas sementes
Tecnicamente bem tratadas
Germinam de formas diferentes
Fertilizando a terra adubada.

Seguem o processo genético
Nascem, crescem, frutificam
Geram frutos sadios, seletos.
Desenvolvem, reproduz, procriam.

Se abastecem com a chuva e o Sol
Absorvendo o calor do adubo
Espalham-se por todo solo
Envelhecem resistentes a tudo.

Deformam-se com a metamorfose
São resistentes ao devastamento
Nascem, mudam, renovam-se
Cumpre o seu estágio, fenecem e morrem!

               Baltazar Filho
       10 de agosto de 2021
 
 
 
 

 
 
 

18 comentários:

  1. Hoje, a Edição do Blog Maçayó, está uma pura emoção, principalmente porque chega com muito brilho, cores, fascinação, grandes reflexões, romantismo e sentimentalismo à flor da pele; como também, momentos poéticos suaves, de leveza peculiar e imagens que transmitem muita Paz interior.
    O Cantinho do Saber tem a honra de compartilhar na seção Encontro de Poetas, um desfile mágico, de ilustres e seletos poetas que sabem versejar em seus específicos estilos.
    Quero salientar que todos os poemas estão belíssimos e bem inspirados, nenhum poeta economizou em suas emoções ao contrário, temos o melhor da arte compartilhada por aqui. Os versos apresentam muita riqueza de conteúdo e criatividade em temas diversificados. Parabéns, a todos que desfilam com suas obras-primas! Aplausos, para este show de arte poética!
    Já na Leitura de Domingo eu compartilho estilos variados: um Conto de temática suave que contempla diferentes faixas etárias. Uma narrativa que mostra Fé, determinação, cumplicidade e amor, todos presentes no mesmo patamar.Trago também um texto reflexivo onde os pensamentos são alados e voam em vários sentidos.
    Uma nova seção está brilhando por aqui "Mais Poesias" que o seu próprio titulo já define, com lindíssimos e expressivos poemas para o deleite de todos. Parabéns poetas, por tanta arte!
    Tudo aqui, em nosso Recanto de Amigos para Amigos, mostra POESIA da mais alta qualidade.
    Eu quero aproveitar e agradecer a participação e presença constante de todos os poetas que somam nas páginas do Blog Maçayó.
    Quero desejar um Feliz Domingo a todos vocês com Paz, Serenidade, Amor, Saúde, Alegrias e muita Fé.
    Obrigada pela amizade e carinho de vocês, como também dos visitantes e leitores.
    Um afago na alma 🤗 e um abraço caloroso no coração ❤️de cada um.
    Até a próxima Edição!

    ResponderExcluir
  2. Beleza, sucesso e competência!
    Parabéns a todos os envolvidos nessa belíssima edição!!!
    Forte abraço!
    Feliz Domingo!

    ResponderExcluir
  3. Sempre voltando ao blog, com todo prazer, para interagir, comentar e parabenizar todos os poetas e suas artes.
    Mais uma impecável edição de domingo! Todas poesias e textos são de muito bom gosto. Senti o sabor da Paz reinando neste Cantinho, falando de maneira carinhosa. Gostei bastante desse conto, uma narrativa leve e bem inspirada. O texto sobre os pensamentos voam, é um fato concreto onde ninguém poderá interferir.
    Tudo muito lindo no Blog. Parabéns para cada um poeta e para minha amiga Elisabete.
    Bom Domingo!
    Do amigo Pedro Henrique.

    ResponderExcluir
  4. Que lindas poesias!!! Quero parabenizar ao blog pelas belíssimas poesias , como também aos poetas pela criatividade, sensibilidade e profundidade na expressão dos seus poemas . Em especial quero parabenizar a Gabriela pelas suas lindas poesias. Bom domingo a todos !!! Janaína Mota!!!

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia, pessoal! Na semana passada não deu para registrar o meu comentário, porém não poderia deixar passar em branco, uma página tão salutar quanto a de hoje, onde a Paz reina em cada coração. Gente , trabalhei com Elisabete Leite por dois anos, no município de Jaboatão, uma amiga preciosa, uma profissional incrível, um mãe para os alunos, ela amava ajudar todo mundo, e os contos dela retratam muito bem isso. Obrigada Betinha pela sua amizade.
    Os poemas estão maravilhosos, todo domingo é um espetáculo diferente. Luz, Câmara, Ação e magníficas poesias, uma brilhante arte em prosa e em versos.
    Tudo está um show de sucesso. Parabéns aos poetas e ao blog pelas belíssimas imagens.
    Abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  6. Aqui se vê poesias de essências distintas, como os corações de poetas... É necessário rimar? Não! As rimas estão presentes ou não! Mas a beleza dos poemas está em todos os versos. Assim é o poeta!
    Parabéns a todos.
    Amei o conto e a crônica da poeta Bete Leite.
    As ilustrações são lindas!
    Tudo perfeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Dacy Ferreira obriga pela ilustre presença e precioso comentário estamos felizes com todo seu carinho.
      Beijinhos 😘❤️

      Excluir
  7. Bom dia caríssimos poetas amigos da literatura! Um domingo mais que especial, onde podemos nos deliciar com tantos versos espetaculares e fenomenais. Minha querida Elisabete, esse seu cofre de inteligência é fechado com uma chave quente e muito rica de talento. A humanidade agradece a sua existência, pois és mesmo um "ser" de luz. Meu amigo Jorge você fica aí bem do lado, és fenomenal! O universo aplaude a sua permanência por longas datas nesse hemisfério! Parabéns pelo excelente poema e pelas significantes ilustrações . Meus caríssimos amigos poetas! Essa luz que brilha no Maçayó, não perde a sua potência infinita nunca. Ter no desfile literário nossas talentosas e geniais poetas, Socorro Almeida e Rita de Cássia, faz com que tenhamos mais sede para beber esses emocionantes ricos poemas. Marizete e Tásia me deixam estasiado com quão brilhantes versos! Emiliano velho irmão, tu és um poeta intelectual, hilário e sonhador, seus versos enriquecem o blog. Sol&Lua e Gabriela Mota; O potencial literário de vocês duas, enche os nossos olhos com tamanha sabedoria e talento próprio. Em fim no final estou eu, abordado em meus versos rimas de discernimento e edificação.

    Oba! Não termino por aqui, finalizo com uma homenagem a todos!

    Nossos Comerciais por favor:
    Kkkkkkkkkkkkkkkkk

    A chave fria dar voltas mágicas e pode seguir em frente, conjugando verbos, através de dois corações, a minha amada viaja na incoerência do poeta lida-se a um elo, por não sou a única pessoa que arranha céu, fugindo de qualquer espelho, sou mesmo um presente do rio, onde os personagens voam, tempo para tempo, parece até chegar ao ponto final até o topo de uma árvore nos reunindo a um belíssimo "ENCONTRO DE POETAS".

    ResponderExcluir
  8. Que domingo sublime, esse blog tem um poder, de fazer nos fazer voltar a cada domingo para nós deliciarmos com essa extravagância de beleza poética. Parabéns a todos. Amei❤️😍👏👏👏👏🌻🍃

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, amigos!
    Todo domingo, pela manhã, temos nosso encontro marcado com o Blog Maçayó, onde soltamos a nossa imaginação e "viajamos" pelos poemas e contos, maravilhosos, nele apresentados...
    Parabéns à Elisabete por essa iniciativa, tornando nosso domingo mais belo e feliz!
    Tásia Maria

    ResponderExcluir
  10. Retornando ao blog para agradecer a todos, pelas ilustres visitas e gentis comentários, sem o comentário de cada um de vocês, o blog não teria o brilho incandescente que tem, porque vocês são estrelas que reluzem nas páginas desse recanto poético. Aqui os comentários são tão relevantes quanto as artes compartilhadas. Eu quero agradecer em nome do Blog, pelo carinho de sempre.
    Um agradecimento especial a cada visitante porque aqui tudo é arte. Obrigada também a todos os poetas participantes deste desfile poético.
    Nossas portas estão sempre abertas para divulgação de novos e antigos talentos, a arte de modo geral será o fator primordial.
    Um abraço acolhedor no coração de cada um ❤️💙.
    Feliz anoitecer a todos!
    Até a próxima Edição!

    ResponderExcluir
  11. Voltando para agradecer ao Jorge e Bete por mais um domingo cheio de emoções. Agradecer pelos comentários gentis dos amigos e parabenizar aos poetas maravilhosos deste blog. Parabéns de todo coração.

    ResponderExcluir
  12. Amigos cada escrita nos faz ficar parado no tempo a imaginar como o autor se inspirou para colocar cada palavra ter a força que tem para quem a ler.
    Isso é justamente a magia da escrita, causar algo ao leitor e, mais aínda em quem escreve.
    Que o divino nos permita seguir por tempos compartilhando essas emoções.
    Obrigado Macayo!

    ResponderExcluir
  13. Um Domingo de Paz! Um tema, cujo cenário transmite toda essa paz e tranquilidade necessárias às inspirações do poeta, bem assim a sensação de bem estar daqueles que participam do blog, seja partilhando suas Artes Literárias, seja comentando sobre estas na qualidade de visitantes e Amantes da Poesia que são. Parabéns ao Blog Maçayó através de Jorge e Elizabete Leite, pela ótima organização e bom gosto! Parabéns poetas e poetisas cujos talentos estão expressos em suas deslumbrantes poesias! Brilhe sempre a vossa luz!
    Valdemar Guedes

    ResponderExcluir
  14. É verdade Emíliano! O poeta é inspirado pelo universo, que por sua vez transmite em fios magnéticos as energias salutares do Divino.👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

    ResponderExcluir
  15. Excelente poesias, pude ler Parece de Jorge Leite, um presente do rio, poesias belas como a de Socorro Almeida.

    ResponderExcluir
  16. 11bet: Free Football Predictions & Live Betting Tips
    11bet is one of the leading 다파벳 football カジノ シークレット betting sites 11bet in the world. Our detailed predictions and betting tips provide a fresh start to the next level.

    ResponderExcluir