domingo, 23 de janeiro de 2022

Um Domingo Tempestuoso

 Blog Maçayó

 EDIÇÃO Nº 473

 LEITURA   DE   DOMINGO

UMA NOITE TEMPESTUOSA

          Era inverno e o vento soprava em todas as direções; raios argênteos riscavam o céu e deixavam o cenário cinzento e penetrante. Helena procurava um local seguro para atravessar o pontilhão de ferro, única via de acesso ao vilarejo onde morava, saiu passando por cima de um emaranhado de ferros e lixos que ocupavam todo trajeto. A garota tremia de frio e medo, pois o local estava mal iluminado e bastante perigoso. De repente, um barulho estridente quebrou o silêncio, a jovem quedou-se, paralisada, e logo depois saiu correndo. A chuva continuava forte, misturando suas lágrimas aos seus cachos loiros, obrigando a se proteger sob a marquise de um velho armazém abandonado. Eram oito e meia da noite e Helena olhou para um ponto qualquer quando uma voz tremida a despertou daquele momento de transe:
           - Boa Noite, moça! O que a senhorita faz por aqui? O local parece ser muito periculoso. Dizem que um paciente de um hospital psiquiátrico fugiu agora mesmo.
          A moça olhou para cima e viu o homem que falava com ela; ele trajava um macacão azul bufento, e tinha um cheiro forte de cerveja choca. Helena desviou seu olhar, porém não consegue livrar-se das mãos calejadas do homem que a segurou pelo braço, e continuou falando:
          - Não quer ajuda, senhorita?
          - Não, obrigada! Eu moro logo mais adiante e já estou atrasada. Disse-lhe.
           Helena despediu-se e deu-lhe as costas. A roupa molhada revelava seu corpo esbelto e seu andar de naturalidade, mesmo naquele momento que o medo a dominava. Ela procurava apressar os passos, mas a chuva deixava o barro molhado, dificultando assim a sua locomoção. Foi quando o inesperado aconteceu, braços musculosos a envolveu em um forte abraço, jogando-a no chão totalmente encharcado. Helena lutava para se livrar, e quase chorando falou:
           - Solte-me, por favor! Eu já falei que não quero sua ajuda.
           Foi quando percebeu que o homem que estava por cima dela não era o mesmo que ela havia se deparado há pouco tempo atrás. Ela continuava lutando para se soltar, enquanto o indivíduo procurava apalpar todo o seu corpo. A garota chorava de tanta aflição e a chuva insistia em continuar caindo, parecia até que eram lágrimas de comoção da jovem. Já sem forças parou de lutar, e em seguida desfaleceu. Subitamente, alguém puxou o indivíduo de cima dela; foi quando percebeu que o homem de macacão azul bufento tinha a salvo daquela situação tenebrosa. Logo depois, uma Kombi do Hospital psiquiátrico parou e levou o indivíduo que estava desmaiado ao seu lado. Helena olhou para cima, e viu o mesmo homem de macacão azul bufento, com seus olhos esbugalhados olhando para ela. Ela quebrou o gelo, e falou:
           - Senhor, desculpe-me! Não sei como agradecer-lhe pelo seu ato de bravura e coragem!
           O homem olhou para Helena, e respondeu-lhe:
           - A senhorita não precisa me pedir desculpas. Deposite sua confiança em mim, e deixe-me acompanhá-la até um local seguro.
           Os dois foram driblando os buracos pelo caminho, ele calado e cabisbaixo e ela envergonhada e triste pelo fato ocorrido. Ele a deixou em segurança na casa dos pais e em seguida foi embora.
          Aquele incidente, acontecido naquela noite tempestuosa de inverno, havia marcado a vida daquela jovem quase definitivamente. Agora, Helena vivia mais tempo em casa.
          Os tempos passaram, a jovem Helena voltou a sua rotina normal... Certo dia, ela estava comprando pão, em uma pequena mercearia, quando aquele homem de macacão azul bufento se dirigiu ao balcão e pediu seis pães francês  e foi lavar as mãos, e quando voltou o balcão está repleto de pães, bolo, torta, biscoitos, bolachas e leite; ele olhou para o atendente, e falou:
          - Senhor, eu não pedi isso tudo!
          O atendente do balcão olhou para ele, e respondeu-lhe:
          - Moço, foi àquela moça que comprou, pagou e disse que era para o senhor.
          O homem de macacão azul olhou para porta e viu Helena salpicando um sorriso para ele, e o homem retribui-lhe com um largo sorriso. A garota se aproximou dele, o ajudou a carregar os comestíveis. Sorridentes, eles saíram conversando empolgados, pela estrada de barro, embora o local lhes fosse acidentado.

Elisabete Leite

MILENA
Por: Baltazar Filho

Amada, mimosa e serena
És lustrosa misteriosa
Assim te digo Milena
Flor do campo majestosa...

Conhecer essa fofinha
Nos fez repensar
Quantas meninas lindinhas
Vivem a sonhar...

És um querubim, iluminada!
Uma andorinha, livre e adorada
Um anjo cheio de luz, revigorada!
Uma pequenina forte e muito amada...

Nos felicitou com candura
Em uma reunião simples familiar
O teu brilho encheu aqueles momentos
Em minutos alegres a gargalhar.

Em, 06/11/2921

ENCONTRO   DE   POETAS

DESAFIOS

Há quem diga que sou  introvertida
Porque nunca falo da minha vida
Há quem diga que sou desafiadora
Por não aceitar qualquer desengano
A vida segue e eu sigo atrás!
Por que desistir de ser feliz
Se a vida é tão fugaz?!

Eu carrego o peso dos desafios
E onde há qualquer tropeço
Vejo chances nos desvios.
Sigo o que dita a minha consciência
E a ela me entrego de corpo e alma
Assim como os poetas na sua essência
Seguem os desafios do amor sincero
Na saudade sentem dor  
E nunca se desesperam!

Socorro Almeida
Recife, 12/01/2022

O AMOR E O TEMPO

Pagamos um preço alto pelo amor de alguém
Achando que o tempo cura a ferida que deixou
Pensamos que ele é nosso amigo, mas não é
Passa veloz, rindo muito da nossa dor!...
Enquanto somos jovens nem o percebemos
Às escondidas, à espreita, ele nem se importa
Com as rugas que lança ao nosso rosto
E se diverte... ante a juventude morta!

O tempo, pois, não expira e só magoa
À medida que as nossas vidas passam
Mas é tão sábio quanto as intenções de Deus
Que o fez na medida certa e com sabedoria...
As dores do amor se extinguem com o tempo
Os nossos sonhos se apagam na partida
Mas o verdadeiro amor, nem o tempo se atreveria!

Socorro Almeida
Recife, 30/08/2021

GRATIDÃO
Por: Pe. Emiliano Camilo
Em, 22/11/2021.

Minha mãe! Minha esposa, meu filho! Minhas filhas!
Mãe de outros filhos que outras mães serão!
Não sei como cabeis num coração
Que por igual vos cabe na partilha!

Sois a luz que ilumina a minha trilha!
Minha estrela! Meu sol! Meu ar! Meu pão!
E eu vos dedico a mesma adoração
Por não saber de vós a que mais brilha!

Do mar revolto ao lago mais sereno
Do máximo infinito ao mais pequeno
Do simples grão de areia à imensidão...

Minha mãe, minha esposa, minhas filhas e meu filho
São todos do ABC de uma cartilha
Toda feita de amor e gratidão! 

MALÍCIA
Por: Pe. Emiliano Camilo
Em, 22/11/2021.

No homem a malícia é tanta
Que, bonita ou mesmo feia
A mulher que mais encanta
É sempre a mulher alheia.

SAUDADE

Saudade, sombra tristonha
Duma ventura perdida
Companheira de quem sonha
Pelas estradas da vida...

AS ROSAS

Disse-me, um dia, um velho atheu sorrindo:
Nossa Senhora si é uma só, porque há de haver,
Desligurando-lhe a unidade, tantas Nossas senhoras¿ Era lindo.

O dia. Em torno, estavam colorindo
Um jardim, no esplendor da virgindade,
Rosas... E quantas! Em variedade!
Todas voltadas para o azul infindo.

Eu não lhe responde. Mostrei-lhe apenas.
Aquelas rosas que, de tão serenas,
Ainda me pareciam mais formosas.

És velho atheu, vendo-as, em sã consciência,
Na forma várias, mas iguais na essência,
Viu que Nossa Senhora é como as rosas.

Pe. Emiliano Camilo

Padre Emiliano Camilo?

     Nascido em 22 de novembro de 1974 e natural de Guarabira-PB; filho de Virgílio Camilo Filho e Maria Aparecida Barbosa; foi criado em um lar religioso de família praticante na fé.
     O padre Emiliano Camilo formado em: História, Pedagogia e Teologia especialista em: Supervisão Educacional, História do Brasil e Educação, Desenvolvimento e Políticas Educacionais. Mestre em Ciências da Educação e Doutor também em Ciências da Educação.
     Pároco da paróquia São Pedro e São Paulo, professor do Ensino fundamental II, Ensino médio e Superior com vários artigos publicados, livros e poemas.
      Membro da Academia de Letras e Artes de Guarabira-PB e atual presidente.

 emilianocamilo@bol.com.br 

SENHORA DA LUZ
Por: Jocelio Francisco
02/02/2021

És a Mãe que guia, amor que conduz
E nos abençoa como filhos teus,
Sagrado o teu manto, Senhora da Luz
Que nos faz sentir a presença de Deus.

Oh! Virgem Maria, feliz é teu povo
Que pede socorro, com fé, devoção
Restauras o ser, refaz tudo novo
revives o amor em qualquer coração.

És o resplendor, Luz de todo canto
cessa nosso pranto, cura nossa dor
Eterna doçura, sagrado o teu manto
Com sua beleza transmite o amor.

Senhora da Luz, és nossa Padroeira
Porque és a mãe sublime da bondade
Teu divino manto é a nossa bandeira
Na nossa fronteira combate a maldade.

PROJETO INACABADO
Por : Jocelio Francisco
10/12/2018

Sou projeto inacabado,
em constante construção.
Os pedaços de retalhos,
são minha composição.
Sou formado pela vida,
sou inteiro, e sou ferida,
numa eterna evolução.

PAI
Por: Jocelio Francisco
13/08/2017

Pai, meu fiel companheiro
meu tesouro, meu amado,
é meu amigo verdadeiro
no presente, no passado,
com amor e com carinho
me ensinou qual o caminho,
que devera ser trilhado.

Os seus cabelos grisalhos
descoloridos aos anos...
Sob a proteção divina
porque d'Ele são os planos,
na lembrança pensamentos,
retalhos de sentimentos
e de sonhos soberanos.

Pai, és minha fortaleza,
defensor, ombro amigo
nos momentos de tristeza,
és meu teto e meu abrigo
guardarei a tua imagem,
teu exemplo de coragem
levarei sempre comigo.

celiogba@gmail.com

Imortalidade

Quando o nosso sonho se torna do outro
Se compomos um belo poema,
Aí sim nos tornamos imortais,
Se compreendermos realmente quem somos,
Sem se entregar a um mundo voraz
Onde tudo é artificial
Saberemos, enfim, o que é o começo ou o final
Eternizando o meu pensamento,
Compondo e brincando com o saber,
Algumas vezes sonhando que minha vida é você.
Mas apenas viajo no tempo... que tempo?
Um  tempo original,
Reservado para quem quer ser imortal.

Por: Amando Anacleto
Em: 21.12.2021

Atenção

Como tudo seria se não houvesse atenção?
Certamente uma grande confusão
Tendo, ao mesmo tempo,
Ao mesmo tempo era tudo,
Uns saindo, outros chegando,
Carros engolindo carros,
Polícia junto ao ladrão,
Todos mega assustados,
Morriam do coração.
Seria tudo mais prático
Se tivéssemos mais atenção!

Por: Amando Anacleto
Em: 16.11.2019

Poema n° 2:  ELA

Nasceu pra ser uma estrela radiante
Pois, tantas vezes brilhou
Como atriz, professora, poetisa amante
Daqueles a quem ela mais amou.

Seus filhos, seus amigos
Quem com ela viveu
Até mesmo as personagens de seus livros
Mariza amava muito aquele
Que já morreu, Geraldinho, filho seu

Mas sobretudo, amava a vida, a poesia
Viveu sempre com alegria, era assim o seu jeito
Quem fez verso e prosa para a noite ou para o dia
Falará de: Mariza esse ser quase perfeito!

Por: Amando Anacleto
Em, 18/11/2021

Amando Anacleto de Souza, natural de Guarabira-PB. Tem curso de formação para o magistério, licenciado em História pela UEPB, pós-graduado pela FFM, no curso de Metodologia de Ensino Superior, Técnico em Enfermagem, professor do ensino fundamental 1 e 2. É membro da Academia Guarabirense de Letras e Artes, Casa Marisa Alverga.

professoramando95@gmail.com

G  A  L  E  R  I  A

Elias dos Santos, Nasceu em Caruaru - PE a 02 de agosto de 1958. Radicado na cidade De Guarabira - PB, pinta desde os 12 anos. É artista plástico, poeta, músico, violonista, dramaturgo, ator, ilustrador e professor de artes. Criador do projeto Artes Plásticas Para o Povo em Artdoor. Foi Ministrante dos  Cursos e oficinas pelo Sesc, Senai. Participação em exposições, salões de arte e bienais em várias cidades do Brasil. Atuou como colunista da página de arte em dois jornais.
Atualmente leciona artes visuais em duas escolas. Trabalha na Secretaria de Cultura do Município de Guarabira - PB, como diretor e curador da Galeria de Artes Antônio Sobreiral.









35 comentários:

  1. Um espetáculo de página e suas diferentes variações, aqui em nosso Cantinho do Saber, o Blog Maçayó. Na LEITURA DE DOMINGO trago um Conto surpreendente, de muito suspense, porém com um final feliz. Sou muito fã das temáticas de suspense e mistério. Porque posso assegurar que é gratificante uma narrativa que deixa o leitor voar de maneira lúdica pela sua imaginação sem perder clímax total. Sei que várias outras temáticas, além do suspense, permeiam no decorrer do enredo; não devemos por hipótese nenhuma julgar ninguém pelas aparências, julgamento prévio só causa constrangimento. Ainda nesta mesma seção, o grande poeta e meu amigo Baltazar Filho faz uma belíssima homenagem a minha filha Milena. Parabéns Baltazar! Gratidão pela sua amizade, como também da sua esposa Edileuza.
    Na seção Encontro de Poetas
    um adorável desfile poético de soltar suspiros de emoções e de fazer chorar de satisfação, com a presença de maravilhosos poetas que vivem encantando por aqui, e grandes e salutares estreias. O blog atualmente passou por algumas transformações sem perder o nosso foco que é a arte genuína, estamos sempre procurando inovar para contemplar os nossos leitores, o melhor das diferentes artes, como: a poética, literária e tantas outras se apresentam com suas várias e adoráveis nuances.
    Hoje, temos a honra de receber a nossa querida poeta Socorro Almeida abrindo este desfile com seus lindíssimos poemas.
    Estamos lisonjeados em receber os ilustres poetas Padre Emiliano Camilo, Jocélio Francisco e Amando Anacleto de Souza com suas brilhantes artes poéticas.
    Amei todos os magníficos poemas compartilhados na seção Encontro de Poetas, quero parabenizar a cada um pelo desfile de hoje. Aqui as poesias fluem d'alma e tocam direto no coração. Parabéns pela participação de cada um, e que sejam bem-vindos! Já na seção intitulada GALERIA temos a honra de compartilhar o ilustre e grande Elias dos Santos que é artista plástico, poeta, músico, violonista, dramaturgo, ator, ilustrador e professor de artes, com a sua exposição de obras-primas. Ele é um verdadeiro sucesso. Parabéns, Mestre Elias! Seja bem-vindo!
    O meu irmão poeta, Jorge Leite, fecha o nosso Blog de Domingo com sua notável arte final. Parabéns, Jorge! Tudo muito perfeito! Obrigada pelo seu carinho de sempre.
    Parabéns, mais uma vez, aos poetas e abraços a todos.
    Quero aproveitar e desejar a vocês um suave e abençoado dia.
    Um ótimo domingo, gente linda, com muita Serenidade e Paz!
    Um abraço acolhedor no coração e um afago na alma de cada um 🤗❤️💙.
    Até a próxima Edição, com novas mudanças e muitas surpresas!
    Gratidão por tudo! 👐👐👐
    Saudações Poéticas!📖🔖

    ResponderExcluir
  2. Eita, domingo chegou arrancando suspiros, que sessão encantadora do conto inicial de Elisabete Leite as magnificas telas de Elias doa Santos. Aos demais, gratidão por dividir sua arte seus encantos...

    Tenham todos um domingo especial ❤❤❤🌹🌹👏👏👏👏👏🥰🥰🥰🥰🥰

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga querida, pela ilustre visita, gentil comentário é sincera amizade. Beijinhos 😘❤️🌹

      Excluir
  3. Não fui, estou aqui.
    Parabéns aos artista do macayo que encanta a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigo, Emiliano de Melo, poeta pelo seu carinho e atenção. Gratidão pela sua colaboração.
      Forte abraço!

      Excluir
  4. Parabéns aos artistas do macayo que encantam a todos com seus encantos.

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha Elizabete? Muito honrado em ter a oportunidade de participar do seu blog.Quero parabenizar todo seu esforço e dedicação para manter esse trabalho maravilhoso. Parabéns pelo seu conto,belíssimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão por haver gostado. O Blog agradece sua colaboração e aproveita para parabeniza-lo pela sua magnífica arte.
      Fico lisonjeada por gostar do conto. Bem-vindo sempre!
      Um abraço em seu coração.❤️

      Excluir
  6. Uma mistura de poesia escrita e visual !

    ResponderExcluir
  7. Elias dos Santos 23 de Janeiro de 2022

    Que maravilha Elizabete! Muito honrado pela oportunidade de participar do seu blog.Quero parabenizar por todo seu esforço e dedicação para manter esse trabalho no ar. Parabéns pelo belo CONTO.Adorei.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, Elizabete Leite!
    Em primeiro lugar gostaria muito de agradecer e parabenizar você por nos proporcionar esta visibilidade no seu blog, tanto no aspecto nacional, como internacional. Muito obrigado pela oportunidade e visibilidade cultural.
    Que Deus te abençoe hoje e sempre.
    Pe. Emiliano Camilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela atenção e gratidão pela sua maravilhosa arte Pe. Emiliano Camilo. Seja sempre bem-vindo!
      Parabéns!!!

      Excluir
  9. Respostas
    1. Obrigada pela atenção professor Marciano Dantas de Medeiros.
      Tenha um bom dia!

      Excluir
  10. Venho por meio deste agradecer a Elizabete Leite pela grande oportunidade dos artistas, poetas, cordelistas e intelectuais da área da pesquisa, poder ter esta oportunidade e participação no seu blog projetando não só os membros da Casa Marisa Alverga, mas a nossa humilde Academia do Brejo Paraibano.
    Pe. Emiliano Camilo
    Presidente da Academia de letras e Artes - Casa Marisa Alverga.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia! Muito lindo essa mistura de poemas, parabéns para os poetas o blog está maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida amiga e poeta Rizonete Alves. Estamos esperando novos poemas seus para serem compartilhados no Blog.
      Beijinhos 😘❤️

      Excluir
  12. Que quadros maravilhosos! Que perfeição!
    Os poemas dos nossos amigos, os comentários de grande relevância pra todos nós, poetas que sentem e até se emocionam com tanta beleza. Nosso próximo trabalho terá o tituto: SOMOS POETAS, SOMOS ETERNOS, que dedico a vocês, nobres poetas!
    Parabéns ao blog
    Parabéns a todos nós, Bete, Jorge Leite, Pe Emiliano Camilo, Elias dos Santos, Armando Anacleto, Jocélio Francisco, Baltazar Filho e EU!
    Até breve!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão querida amiga e grande poeta Socorro Almeida pelaa suas contribuições que enriquecem ainda mais o nosso Recanto de Amigos para Amigos.
      Beijinhos 😘❤️

      Excluir
  13. Bom dia a todos que desfilam neste domingo e a todos que eminentemente ter em comentários tão maravilhosos que a emoção chega aí povo mais elevado do sistema humano. Estou banhado e perfumadissimo com tantos trabalhos espetaculares que acredito hoje irá faltar palavras que cubram de elogios a altura desses talentos imortais. Dizer que esse conto de Elisabete é um dicionário de luz e sapiência, é muito pouco diante de um talento ímpar e esmeramente fabuloso. A capacidade infinita de criar grandes histórias, parte mesmo de grandes intelectos pois estes lá despontar nessa existência com o privilégio desta missão. Meus parabéns mais uma vez ao grande escritor, poeta e doutor Jorge Leite que não apenas engrandece o Maçayó com sua Letras como também abrilhanta com essas ilustrações transcendentais. Socorro Almeida minha querida todos os comentários que fiz aos dois grandes mestres da literatura junto a você, porque os três, Elisabete, Jorge e Socorro formam um trio intelectual que só enobrece o celeiro cultural do nosso universo. Sou fã número 1 dos três e ainda carrego bem do lado o grande talent da poetisa Rita de Cássia, posso dizer que é o meu quarteto das rimas e dia versos preferido.
    Fiquei honrado e muito emocionado com a abertura do blog do seu lado trazendo esse simples poema em homenagem a minha sobrinha querida MIMENA, sobrinha que me fez crescer o carinho e amor que já tínhamos por ela mesmo sem conhecê-la pessoalmente, eu e minha esposa ficamos felizes com a vinda das duas a Guarabira. Venham sempre já estamos com saudades.
    E falar dos trabalhos de hoje me emociona mais ainda, pois temos quatro estreantes de Guarabira e da AGLACMA, Jocélio, Padre Emiliano, Amando e Elias dos Santos. São poetas e artistas plásticos e escritores com trabalhos fantásticos. Elias dos Santos então, este é um artista plástico internacional, amo o trabalho dos quatro e muito me honra em fazerem parte da Academia Guarabirense de Letras e Artes"Cada Marisa Alverga".
    Meu obrigado a todos que com muita honra e simplicidade formam esse recanto imortal da Literatura.
    Beijão em todos, feliz 2022, muito feliz com o nosso retorno.
    Grato Elisabete e Jorge!

    ResponderExcluir
  14. Respostas
    1. Caríssimo amigo e irmão Baltazar Filho sinto-me lisonjeada com suas palavras de carinho e reconhecimento. Gratidão pela sua amizade! Forte abraço para você é família.
      Boa tarde!

      Excluir
  15. Boa tarde, pessoal! Somente agora restou um tempinho para comentar aqui no Blog. A página de hoje esta brilhante, a nossa querida Bete arrasou com seu sensacional conto. Sim, nunca devemos julgar pelas aparências. Gostei de todas as poesias e as maravilhosas estréias. Gente, ficou um show a Bateria com o artista Elias dos santos. Muita arte. Parabéns para todos vocês.
    Muito emocionante o Cantinho do Saber de hoje.
    Abraços para todos e até o próximo domingo. Parabéns poeta Jorge Leite pela sua bela arte final.
    Até logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo: GALERIA com o poeta Elias dos Santos.

      Excluir
    2. Obrigada querida amiga pelo seu carinho, atenção e gentil comentário. Saudades!
      Beijinhos 😘❤️

      Excluir
  16. Começo por parabenizar e agradecer a Elisabete Leite e seu irmão, Jorge Leite, responsáveis pelo maravilhoso espaço dedicado à expressão quase divina que torna a vida mais bela, a transmissão daquilo que nos inspira, a Musa.
    Esta é a primeira vez que participo desse espaço, situação que me deixou bastante honrado, primeiro porque encurta a distância existente entre nós da AGLACMA e, o leitor que não nos conhece e depois por me incluir numa lista com tão bons poetas. Este espaço é “nosso”, nos torna homogêneos, unificados na soberana missão de torna o mundo mais leve por meio da Poesia e da Arte .
    Estendo a minha Gratidão a todos os que aqui disponibilizam seus textos, suas criações artísticas, tudo isso tem um sabor dobrado por unir inúmeros poetas, artistas, pessoas de Estados distintos mas, que andam de mãos dadas na Seara poética.
    Devo mencionar meu sentimento de gratidão aos poetas Confrades e Confreiras que integram a AGLACMA – Academia de Letras e Artes Casa Marisa Alverga, galardoadores dos momentos sombrios.
    Quero agradecer a todos os que têm acreditado na minha arte e poesia! Alguns já não estão fisicamente entre nós, mas a sua presença é fecunda, outros têm-me mostrado que devo continuar neste caminho.

    Jocélio Francisco
    Guarabira – PB
    Academia de Letras e Artes – Casa Marisa Alverga
    Cadeira n. 19 - Patrono : Antônio Sobreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecidos estamos nós nobre Poeta Jocélio Francisco pela sua grandiosa arte e suas adoráveis poesias. Obrigada por colaborar conosco e seja sempre bem-vindo!
      Amei o seu notável comentário que é tão enriquecedor para nossa página quanto a sua arte.
      Parabéns!!!
      Boa tarde!

      Excluir
  17. Rita de Cassia Soares23 de janeiro de 2022 16:33

    A arte de todas as poesias estão aqui, concentrandas nos contextos lidos e relidos, são relíquias dos corações.
    Parabéns aos poetas entreantes que abrilhantaram o blog Maçayó. Lindo conto Bete maravilhoso!
    Este espaço é um cantinho tão gostoso que sinto-me em casa.
    Um abençoado domingo para todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão amiga querida, Rita de Cássia, pelo seu carinho e sincera amizade. Somos Agradecidos pela sua fabulosa contribuição.
      Muito obrigada por tudo!
      Beijinhos 😘❤️🌹

      Excluir
  18. Retornando ao blog para agradecer a todos, pelas ilustres visitas e gentis comentários, sem o comentário de cada um de vocês, o blog não teria o brilho incandescente que tem, porque vocês são estrelas que reluzem nas páginas desse recanto poético. Aqui os comentários são tão relevantes quanto as artes compartilhadas. Eu quero agradecer em nome do Blog, pelo carinho de sempre.
    Um agradecimento especial aos poetas estreantes e parabeniza-los
    pelo compromisso para conosco e com o nosso blog como também pelas suas adoráveis artes. Obrigada também a todos os poetas participantes deste desfile poético.
    Quem me conhece muito bem, sabe que não nasci para competir com ninguém porque neste plano terrestre sou apenas uma aprendiz.
    Aqui as portas estão e estarão sempre abertas para divulgação de novos e antigos talentos, a arte de modo geral será o fator primordial.
    Um abraço acolhedor no coração de cada um ❤️💙.
    Feliz anoitecer a todos!

    ResponderExcluir
  19. Josenilson Rodrigues23 de janeiro de 2022 21:50

    Grandes poetas! Parabéns pelos belos poemas.

    Josenilson Rodrigues
    Pirpirituba Paraíba

    ResponderExcluir
  20. Boa noite! Passando para parabenizar e homenagear o Blog Maçayó e os poetas Jorge e Elizabete Leite pelo grande sucesso da página de hoje, bem assim os demais poetas que colaboraram e brilharam junto com o mesmo exibindo seus maravilhosos e relevantes poemas, inclusive dar as boas vindas aos poetas estreantes. Bem vindos! Parabéns a todos! Excelente página!

    HOMENAGEM:
    Domingo Tempestuoso
    Traz Noite Tempestuosa
    Com raios cruzando o céu
    Deixando as nuvens brilhosas
    Eis que o suspense acontece
    Mas o mal não prevalece
    E a vida é vitoriosa.

    Menina meiga e mimosa
    Gostou de nos visitar
    Veio com a mãe Elizabete
    Para nos prestigiar.
    “MILENA”, ficou singelo
    Verdadeiro, humilde, belo
    Meus parabéns, Baltazar!

    “DESAFIOS” a travar
    Socorro Almeida encontrou
    Mas em: “O AMOR E O TEMPO”
    O tempo a desafiou.
    Tomado de inspiração,
    No poema: “GRATIDÃO”
    Emiliano encantou.

    No homem, logo apontou
    “MALÍCIA” e muita vaidade
    Os Sonhos tristes vividos,
    Atribuiu à “SAUDADE”
    “AS ROSAS”, contêm beleza
    A Mãe de Deus tem nobreza
    Formosura e Divindade.

    Deus, amor, felicidade...
    Vêm com “SENHORA DA LUZ”
    Um projeto “INACABADO”
    Rumo ao final evolui...
    Jocélio também ensina:
    Que “PAI” é Dádiva Divina
    E os filhos pra o bem conduz.

    Amando Anacleto instrui
    Compondo “IMORTALIDADE”
    Se não houvesse “ATENÇÃO”
    Tudo era calamidade...
    “ELA”, lembra com carinho
    Que Marisa e Geraldinho
    Estão na eternidade.

    Talento e capacidade
    Demonstra o poeta Elias
    Beleza em diversidade
    Expostos em “GALERIA”
    Jorge, como ilustração
    Posta um raio, seu clarão
    Além das fotografias.

    Valdemar Guedes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão poeta maior pelo seu maravilhoso comentário com adoráveis rimas azuis.
      Parabéns e Bom Dia!👐👐👐

      Excluir
  21. Grande Jocélio Francisco, artista plástico e também poeta 👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir