domingo, 6 de fevereiro de 2022

Um Amor de Domingo

 Blog Maçayó

Edição Nº 475

LEITURA DE DOMINGO
 
 AMOR À PRIMEIRA VISTA

            Era verão, o clima estava agradável, poucas nuvens vagavam pelo azul   do céu e a magnificência do luar descortinava os mistérios da noite.
           Ângela era uma mulher sensível, de temperamento forte, de bem com a vida, mas já não acreditava no amor verdadeiro porque havia sido enganada, no passado, e o seu sofrimento a deixou imune de qualquer sentimento. A garota era amante de uma boa leitura, vivia trancada no seu quarto em companhia dos personagens das histórias que lia. Vivenciava, na íntegra, todas diferentes narrativas. Ela se vestia do personagem principal e representava no palco do enredo. Certo dia, sua melhor amiga a convidou para um bate-papo entre amigos. A garota pensou em não aceitar, no primeiro instante, porém de última hora resolveu aparecer no local do evento.  Ângela vestia um tubinho preto com detalhes em renda, salto alto, bem maquiada e cabelos esvoaçantes. Chamou atenção de todo mundo, na hora da sua chegada, mas não estava preocupada com o público presente, ela queria apenas aproveitar os bons momentos. Resolveu ir ao encontro da sua amiga, Alice, que estava sentada entre um grupo de amigos. Ela se aproximou devagar, e puxou conversa:
          - Boa noite, pessoal! Alice, desculpe a demora, mas o trânsito estava horrível.
          Alice olhou diretamente nos olhos de  Ângela, e disse-lhe:
           - Uau, como você está linda amiga! Sem problemas! Sente-se conosco. Venha saborear um bom vinho branco e boas músicas.
            E assim, as duas amigas ficaram papeando por um bom tempo. De repente, um rapaz se aproximou, se sentou e começou a tocar seu violão e cantar alegremente.  Ângela olhou para o rapaz dos pés à cabeça, e falou consigo mesma: "- Céus! Ele tem olhos negros e cheios de ternura, lábios carnudos, pele morena e porte elegante, parece até um deus grego. Será minha alma gêmea!" Alice notando o interesse de  Ângela resolveu fazer as  apresentações de praxe, e falou:
          - Francisco, essa é Ângela, minha melhor amiga de sempre.
          O rapaz cumprimentou a garota e continuou alegrando o ambiente ao som da música Chão de Giz.  Ângela não parava de olhar para Francisco que fingia não notá-la.
           A festa acabou e todos foram embora. Mas  Ângela não conseguia tirar Francisco do pensamento, ela falava baixinho com seus botões, e dizia: " - Foi amor à primeira vista. Eu me apaixonei completamente e de forma irreversível por Francisco. Como faço agora para encontrá-lo." Entediada, resolveu tomar um chá e logo depois adormeceu, tranquilamente. Pela manhã,  Ângela acordou suspirando de amor, por àquele monumento de homem que nem conhecia direito, porém o olhar falou mais alto e o seu coração transbordou de tanto sentimento. A garota passou a frequentar bares noturnos na esperança de reencontrar Francisco, mas sem sucesso, resolveu pedir o contato do rapaz para Alice, que não a ajudou, alegando que não sabia.
Certa manhã,  Ângela estava navegando pelo Instagram quando viu uma solicitação de um novo seguidor; a garota quase morreu de susto quando notou que a foto que constava no Ig do seguidor, era de Francisco. Logo, mandou uma mensagem carinhosa, o rapaz retribui o carinho, então eles ficaram trocando juras de amor, diariamente. Assim, eles foram se conhecendo devagar e fortalecendo os laços de amor no meio virtual. Chegaram a marcar um encontro presencial, mas o mundo passava por um processo de pandemia tão devastador, que o casal precisou adiar o tal encontro por várias vezes. Contudo, o destino compactuava com eles. Ângela e Francisco se encontraram por um acaso em uma galeria de arte. Foram momentos de muita descontração para ambos, eles realmente precisavam se completar. As juras de amor se realizaram, os sonhos se tornaram reais e eles foram felizes. O terrível vírus da pandemia que assolava o mundo permanecia, no entanto o amor prevaleceu diante ao caos da pandemia que insistia em não terminar.

Elisabete Leite

 JURAS DE AMOR

Você é o meu sublime amor
É a razão de todo meu viver
Uma inspiração para compor
Por você, posso até florescer...

Eu te darei as estrelas e o sol
O brilho magnificente do luar
Darei o facho de luz do farol
Ah! Se você prometer me amar...

Darei o arco-íris e suas cores
Todo esplendor da Natureza
O perfume ameno das flores
Se de seu amor, tiver certeza...

Se esse amor for verdadeiro,
Eu te darei os peixes do mar
Ah, prometo te amar por inteiro!
Se você por mim, se apaixonar...

Darei momentos de pura alegria
Farei versos e uma doce canção
Tecerei para você belas poesias
Ah, eu te darei o meu coração!

Elisabete Leite
 
ENCONTRO DE POETAS
 
 SIMPLESMENTE SE...
Por: Júlio Francisco
Em, 22/09/2018

Quão bom seria
Se não houvesse tristeza
Se a vida fosse um rio
Que canta com a correnteza

Melhor seria ainda
Se o ódio não existisse
Se a paz reinasse na terra
E todos a nós ouvissem.

Seria ainda melhor
Se exterminassem as guerras
Se a arte do ouvir
Fosse o cumprir das regras.

Grandioso então seria
Se todos ouvissem o céu
Se o silêncio comandasse
O som do rasgar do véu.

professorjuliofrancisco@yahoo.com.br

Humildade... simplicidade...
Por Júlio Francisco

Ser humilde é ser como o vento
Que move usinas, dá vida ao lar
Assovia a canção, balança as tendas
 Faz tudo isso sem nada cobrar.

Ser simples é ser como o Sol
Que nada pede para iluminar
Afasta as trevas da escuridão
Mesmo entre nuvens, ali está.

Ser humilde é ser como a lua
Que para os índios, deusa ela é
Simboliza a calma, resfria o tempo
Clareia a alma, move a maré.

Ser simples é ser como o céu
Que é azul de longe, de perto é nada
Tem seus mistérios, suas incertezas
Mas é a bússola de toda jornada.

Ser simples é ser como a abelha
Que poliniza a flor do dendê
Dá à árvore vida, ao homem o mel
E é simples, simples sem perceber.


 
 
 
 
 
 
OS MEDOS
Por: Júlio Francisco
Em, 12/06/2011

Quando todos os meus medos
Já não cabem mais em mim
Paro, reflito e caminho
Percebo que não é o fim

Quando o céu está de bronze
E a vertigem me persegue
Olho o para o eterno
E a minha vida prossegue

Quando todo o impossível
Esses medos me fizerem
Vejo no horizonte
Avelã vida que segue.

Medos são como sombras
Que me seguem ao caminhar
Mas no Eterno confio
Que tudo irá passar.
 
SER POETA
Por: Manoel Firmino
Em: 25/01/2022.

Ser poeta nesta vida,
É amar, e sofrer,
E plagiar sua mente
A inspiração obedecer.

É amar a natureza
E tudo que nela existe
Contemplar sua beleza,
E ser alegre, e ser triste.

É proteger o planeta
Antes que o pior aconteça
E destrua todo vivente.

E acordar todo dia
Não esquecer a empatia
Que nos torna igualmente.

Minha Paixão
Por: Manoel Firmino
Em: 20/11/2021.

Poesia é minha paixão
Escrever a minha arte,
Quem deu o nó que desate
Sigo minha intuição
Sem medo do que vier,
Minha oração é de fé
Jesus é quem me conduz
Pelo caminho de luz,
Com as bênçãos de Maria,
Enquanto durar meus dias.

Incerteza
Por: Manoel Firmino
Em: 06/081021

A gente pode chorar,
Ficar triste com o tempo,
A vida é como o vento
Qualquer hora vai passar,
Nossa missão encerrar
Aqui na esfera terrestre,
Ninguém sabe onde vai
Nem mesmo mãe e pai
Quanto estiver no caixão,
Chegou o fim A ilusão.

          Manoel Firmino dos Santos, nascido em Coronel Ezequiel, Rio Grande do Norte, radicado na cidade de Guarabira na Paraíba, onde vive desde os doze anos de idade, formado em pedagogia, militar, amante da poesia, participou de algumas publicações, como: cem anos da abolição, coletânea de poetas guarabirense, grande jornal de Santa Catarina, e mais recente do livro folhetim a poetisa dos poetas em homenagem a Marisa Alverga, hoje ocupa a cadeira 19 na Academia de Letras e Artes Marisa Alverga, tendo como patrono, José Aleixo.
 
 manoelfirmino08@gmail.com
(83)986784726.
 
 
 Batalha Desumana
Por: Elias dos Santos

Arquitetos doutores generais
Fazem grandes projetos pra o futuro
Querem já invadir o lado escuro
Impedir a força dos vendavais
A beleza brilhante dos cristais
A luta inquieta pela grana
O brilhante no dedo da cigana
Tudo isso não há necessidade
Vejo eu o fim dessa humanidade
Numa grande batalha desumana.

Nessa luta tirana pela paz
Preconceito de raça e de cor
O confronto do ódio com o amor
Vejam só do que o homem é capaz
O poder que promete e nada faz
E a dizima de toda raça humana
Pois em vez da verdade só engana
Com vergonha de ter sinceridade
Vejo eu o fim dessa humanidade
Numa grande batalha desumana.

Na Somália o viver anda persiste
Pendurado num fio de esperança
Há tristeza no olhar de uma criança
Perguntando em que é que a dor consiste
Sem saber como a dor ainda resiste
Agregado na fé que lhes emana
Pega a estrada começa a caravana
Mas não podem chegar noutra cidade
Vejo eu o fim dessa humanidade
Numa grande batalha desumana.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ceifadores
Por: Elias Dos Santos

Ceifadores da fauna e da flora
Envergonham os nossos ancestrais
Poluem rios, mares e marés
Põem fogo em nossos matagais
Dizimando até o último avoante
E o deserto no planeta cresce mais

São tantos buscando a mesma coisa
São tantos por caminhos desiguais
São tantos segurando a mesma Bíblia
Fazendo guerra e buscando pela Paz

Se possível plantem sempre uma flor
No lugar onde a natureza jaz
Cada dia, cada hora ou minuto
Não deixemos ser tão tarde demais
Nos meus sonhos, sempre, sempre eu escuto
O planeta chorar tão triste dor
Em vez de derrubarem nossas matas
É bem mais simples que plantem uma flor.

CUMPLICIDADE
Cúmplices do simples gostar
Do afeto
Do viver
Da sinceridade
Da reciprocidade.
Fomos um desejo
Um sonho
Uma vontade
Um amor platônico.
Desejo não consumado na carne
Mas, escrito na alma.
Afeto nascido na juventude
Na pureza de corações
Que virou cumplicidade.

Sol&Lua


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SIMPLESMENTE AMOR
Seus olhos estão em mim
Vejo o amor florescer em ti
A cada dia que passa sinto
Esse afeto crescer em você
O mais perfeito e sublime amor, sem culpas
Ou qualquer outro apontamento mundano.
O mais simples, sincero e poderoso amor.
Às vezes sinto que não mereço
Tanta ternura e dedicação.
Mas vejo que nós formamos
O par mais que perfeito
Em um mundo cheio de imperfeições
Onde a falta desse sentimento
Está presente em cada canto
Cheio de individualismo e prepotência.
Eu me sinto cada vez mais amado
E agradecido a Deus por sua vida na minha.
Oh! Amada minha, seguiremos juntos
Caminharemos sem destino
E apenas nos amando!

Sol&Lua
 
SEGUNDA LEITURA

 QUEM SÃO ELES?

          Eu costumo ver muitas crianças sem teto, perdidas pelas ruas. Isso é comum nos dias de hoje, mas aquela criança que eu acabara de ver, tinha algo diferente no olhar, no sorriso e na maneira de caminhar. Seus passos eram lentos e suaves, e seu sorriso transmitia uma paz impossível de descrever. Também seu modo de se vestir era diferente. Então pensei: "Deve ser por conta da época de Natal. Estamos em dezembro, mês de comemorar o nascimento de Jesus."
Um pano lhe cobria a cabeça e caía pelos ombros, levemente. Até lembrava o modo de vestir do povo de Israel. Interessante!
Resolvi me aproximar dele e lhe perguntar se precisava de algo. Ele respondeu com um sorriso:
- Não. Obrigado. Estamos procurando a minha pomba que escapou dos meus ombros.
- "Estamos"... você disse?!
- Sim. Meu pai e eu! - Disse olhando ao redor de si, como a procurar por alguém...
- Pelo visto, se perdeu do seu pai também, não é?
- Não! Veja! Lá está ele!
- Mas eu não vejo ninguém. Só uma luz ofuscando minha visão!
- É que ele encontrou minha pomba! - Neste momento seu sorriso era encantador.
- Agora tenho que ir. Adeus! E cuide bem do meu sobrinho que vem por aí!
E se foi, com seu andar leve e suave, parecia caminhar nas nuvens... Gente, agora eu sei quem eles são! PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!...
Ele disse: "Cuide bem do meu sobrinho que vem por ai". Sim! Se Deus é nosso Pai, Jesus é nosso Irmão! Somos todos irmãos nesta terra. Cuidemo-nos uns dos outros como Deus cuida de nós. É nosso dever como cristãos! E quanto ao meu filho, que nome lhe darei? Ainda não sei! Eu só sei que ele já foi abençoado!

Socorro Almeida
Recife, 04/12/2020
 
 G  A  L  E  R  I  A 
Artista convidado: Jocélio Francisco
 







 

 Calce meus sapatos, 
vista minhas roupas, 
Sinta minhas dores, 
pois, não sinto poucas, 
siga meus caminhos, 
com pedras, espinhos, 
só assim me poupas.
 
 Jocélio Francisco
 
 Guarabirense, Professor, Bacharel em Direito, poeta, artista plástico e humano em construção.
 
 twitter.com/jocelio
 
 
 



 💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓💓
 

¨Nunca haverá uma borracha, para apagar o passado, mas sempre haverá um lápis, para escrever o futuro.¨

  💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙💙


28 comentários:

  1. Hoje, o blog Maçayó, começa o mês de fevereiro com UM AMOR DE DOMINGO, muito romantismo no ar; com um toque peculiar de sentimentalismo à flor da pele, uma página especial para quem gosta de muito romantismo e amor verdadeiro. Na LEITURA DE DOMINGO trago para o deleite de todos uma conto de temática melosa onde o amor acontece à primeira vista, e só cresce feito uma progressão geométrica. E o meu poema de hoje são juras de amor eterno. É o suspiro do amor!
    Uma página que apresenta riqueza poética de conteúdo, como também em detalhamento, organização e ilustração final na GALERIA. Compartilhar uma página com um toque peculiar de romantismo é deixar transbordar todo sentimento contido no coração, contagiar a tudo e a todos. Tudo por aqui respira muita POESIA da mais alta qualidade com estréias fabulosas.
    No Encontro de Poeta me identifiquei bastante com todos os belíssimos poemas aqui compartilhados, e destacar apenas um, seria um pecado, pois todos os seletos poemas são dignos de muitos aplausos. Parabéns aos estreantes e que eles sejam bem-vindos!
    Parabéns a todos os poetas que desfilam e mostram seus magníficos poemas que estão embelezando ainda mais o nosso Cantinho do Saber. Fazer Poesia é fazer Arte!
    Já na Segunda Leitura a grande poeta e amiga compartilha uma história lindíssima e emocionante onde a Fé está presente. Parabéns, Socorro querida!
    As ilustrações na Galeria estão impecáveis e muito emocionantes pois trazem a arte do poeta Jocélio Francisco. Parabéns pela sua brilhante arte, poeta Jocélio!
    Parabéns especial pela magnífica arte final elaborada pelo grande e sábio poeta meu irmão Jorge Leite.
    Aplausos mil para este domingo maravilhoso em nosso Cantinho do Saber, em companhia dos meus agradáveis amigos e amigas.
    Obrigada pelo carinho de todos, como também dos visitantes e leitores. Quero aproveitar e desejar a todos um suave e abençoado dia.
    Um ótimo domingo mais que especial para vocês, gente linda, com muita Serenidade e Paz!
    Um abraço acolhedor no coração de cada um 🤗❤️💙.
    Até a próxima Edição!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a Júlio Francisco
    Parabéns a Manoel Firmino
    Parabéns a Elias dos Santos
    Parabéns a Sol&Lua
    Parabéns a Jocélio Fracisco
    E finalmente a Bete Leite por seu belo conto e poesia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão, querida amiga pelo seu lindo e emocionante texto. Amei cada palavra de Fé. Parabéns!👏👏👏👏beijinhos 😘❤️

      Excluir
  3. Que felicidade!que alegria!ser contemplado com publicação em que seu nome está presente nos anais de blog de tão grande repercussão nacional e internacional, obrigada Elisabete Leite, por projetar a poesia e a cultura guarabirense para outras pessoas através do seu meio de comunicação. Um grande abraço deste humilde poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão a você, amigo poeta, pela sua maravilhosa arte compartilhada. O blog agradece toda confiança depositada nos administradores e colaboradores.
      Parabéns pela sua excelente arte e seja bem-vindo!
      Saudações poéticas!

      Excluir
  4. Quero também parabenizar
    Aos poetas:
    Julio Francisco
    Elias dos Santos
    Jocelio Francisco
    Sol&Lua
    Socorro Almeida
    E a Elisabete Leite por éste conto maravilhoso, que nos presenteia no dia de hoje .

    ResponderExcluir
  5. Hoje quero parabenizar
    Julio Francisco
    Elias dos Santos
    Sol&Lua
    Jocelio Francisco
    Socorro Almeida
    E a poetisa Elisabete Leite,que nos adotou e tem projetado para o cenário nacional e internacional, todos poeta academia de letras e artes Mariza Alverga.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Uau, que deslumbrante página de domingo! O Blog Maçayó traz muito romantismo, porém na medida certa. Nossa querida amiga poeta Elisabete Leite é especialista em romantismo suave e bem detalhado. Suas alunas estão agitadíssimas pelo desfecho feliz. Maravilhosos poemas desfilam por aqui hoje, fiquei encantada com o poema CEIFADORES do poema Elias dos santos. Adotei o conto da poetisa Socorro Almeida. Afinal, todos os poemas estão belíssimos. A GALERIA de hoje é mais um show de sucesso. Parabéns para todos , como também para Bete e seu irmão Jorge Leite pelo compromisso em prol da arte.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou corrigindo "adorei o conto da poetisa Socorro Almeida "

      Excluir
    2. Obrigada querida amiga Betânia pelo seu carinho e prova de amizade. Fiquei lisonjeada pelo seu gentil comentário. O Blog agradece pela sua presença todos os domingos.
      Beijinhos 😘❤️🌹

      Excluir
  7. Bom Dia, pessoal! Gostei demais da belíssima edição de hoje do Blog Maçayó. Para falar de amor é preciso saber amar. Ficou lindíssimo o conta da amiga Elisabete Leite, romantismo carismático e genuíno. Gostei também de todos os poemas sem retirar nenhum, a página apresenta romantismo e realismo ao mesmo tempo. Muito sábio a inspiração na escolha da galeria. Segunda Leitura fecha com um tema suave e reflexivo. Parabéns aos poetas e contistas. Bem-vindo aos estreantes!
    Show de Galeria. Parabéns ao poeta Jorge Leite pela finalização.
    Abraços do amigo,
    Henrique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão amigo Pedro Henrique pela sua atenção e visita constante em nossas páginas do Blog. É no tal saber que fazemos sucesso poetico

      Excluir
    2. Errata:... É bom saber que fazemos sucesso poético.
      Saudações.

      Excluir
  8. Bom diaaaa Lindezas!

    Beleza poética em todos os sentidos do conto inicial a arte final. Destacar apenas um seria um grande pecado!!!
    Parabéns a todos que nos presenteia aos domingos com esse momento tão especial. Afinal vida sem poesia não tem graça 😍😍😍😍🌹🌺🍂🍁🌿🍃🌾🌼🌹🌺👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida amiga/irmã Marineide Firmino pela sua amizade. Gratidão pela constantes visitas.
      Beijinhos em seu coração.

      Excluir
  9. Eita! Mais um domingo que a Casa Marisa Alverga brilha no blog com os talentos de Elias dos Santos, Rita de Cássia, Júlio Francisco e josélio Francisco. Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Ângela vestia um tubinho preto com detalhes em renda, salto alto, bem maquiada e cabelos esvoaçantes. Chamou atenção de todo mundo! Me chamou muito a atenção este trecho deste conto que nos faz viajar nas mais relevantes leiras literária. Fico muito emocionado e bastante reflexivo com as estórias/histórias desenvolvidas intelectualmente por Elisabete. Tem episódios que a vejo sempre protagonizando. Parabéns contista, vice e mesmo espetacular.
    Agora vejam mesmo o timbre e o potencial desses mestres da poesia que estreiam hoje no Maçayó. E só orgulho pra o blog e para os nossos leitores. Manoel Firmino, esse é fera podia fazer inúmeros elogios, mas o conheço tão bem que posso dizer poeta tu é um show!

    A gente pode chorar,
    Ficar triste com o tempo,
    A vida é como o vento
    Qualquer hora vai passar,
    Nossa missão encerrar
    Aqui na esfera terrestre,
    Ninguém sabe onde vai
    Nem mesmo mãe e pai
    Quanto estiver no caixão,
    Chegou o fim A ilusão!
    Sintam com muito mimo esse poema, é simplesmente de uma sapiência única. Parabéns confrade.
    Então lemos os versos de um outro mestre literário que sou fã de sua exposição literária:

    Quando todos os meus medos
    Já não cabem mais em mim
    Paro, reflito e caminho
    Percebo que não é o fim

    Quando o céu está de bronze
    E a vertigem me persegue
    Olho o para o eterno
    E a minha vida prossegue...
    E então fico a imaginar, quão rico é o nosso agreste, temos talentos tão diversos, que a riqueza das inspirações transcende as criações além da vida, além de outras vidas!
    E então temos este fenômeno que muito aprendemos com ele, difícil mesmo e acompanhar o seu nível de inspirações. Grande mestre Elias dos Santos:

    Arquitetos doutores generais
    Fazem grandes projetos pra o futuro
    Querem já invadir o lado escuro
    Impedir a força dos vendavais
    A beleza brilhante dos cristais
    A luta inquieta pela grana
    O brilhante no dedo da cigana
    Tudo isso não há necessidade
    Vejo eu o fim dessa humanidade
    Numa grande batalha desumana.
    Este já nasceu um general das artes plásticas e dos versos. Suas obras são inconfundíveis e inimitaveis. Sou teu fã, dos Santos.
    Socorro Almeida, já sou fã de carteirinha, a mestre de tantas amarrações poéticas briosas e infinitamente intelectuais, estou aplaudindo de pé está renomada escritora.

    - Sim. Meu pai e eu! - Disse olhando ao redor de si, como a procurar por alguém...
    - Pelo visto, se perdeu do seu pai também, não é?
    - Não! Veja! Lá está ele!
    - Mas eu não vejo ninguém. Só uma luz ofuscando minha visão!
    - É que ele encontrou minha pomba! - Neste momento seu sorriso era encantador.
    Sol&Lua, tem um poder de criações que nos leva a altos pensamentos e nos faz viajar num espaço muito inspirador. Parabéns deves ser mesmo esses dois astros com tamanha e semelhante grandeza...

    Seus olhos estão em mim
    Vejo o amor florescer em ti
    A cada dia que passa sinto
    Esse afeto crescer em você
    O mais perfeito e sublime amor, sem culpas
    Ou qualquer outro apontamento mundano.
    O mais simples, sincero e poderoso amor.
    Um grande beijo em todos, feliz domingo.
    Baltazar Filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em receber elogios de um dos maiores poeta da academia guarabirense de letras e artes Marisa Alverga, obrigada Deus te abençoe sempre.

      Excluir
    2. Fico muito feliz em receber elogios de um dos maiores poeta da academia guarabirense de letras e artes Marisa Alverga, obrigada Deus te abençoe sempre.

      Excluir
  11. Rita de Cassia Soares6 de fevereiro de 2022 17:14

    O blog Maçayó acordou com as cores e a magia da arte, da poesia e dos contos deixando os corações e e os olhos do leitores apaixonados cada vez mais.
    Parabéns aos poetas poetisas e contistas.
    Gratidão aos responsáveis pelo blog Dr Jorge Leite e Elisabete Leite vocês são maravilhosos por divulgar nossas poesias. Tudo muito belo e encantador.
    Um domingo recheado de inspiração,paz e saúde para todos nós.
    Que ilumine sempre nossas inspirações na arte de versejar.

    ResponderExcluir
  12. Rita de Cassia Soares6 de fevereiro de 2022 17:16

    *Divulgarem nossas poesias*

    ResponderExcluir
  13. Uma maravilha de blog literário. Parabéns e gratidão por tão belos escritos que nos alimenta a alma.

    ResponderExcluir
  14. Retornando ao blog para agradecer a todos, pelas ilustres visitas e gentis comentários, sem o comentário de cada um de vocês, o blog não teria o brilho incandescente que tem, porque vocês são estrelas que reluzem nas páginas desse recanto poético. Aqui os comentários são tão relevantes quanto as artes compartilhadas. Eu quero agradecer em nome do Blog, pelo carinho de sempre.
    Um agradecimento especial aos poetas estreantes e parabenizá-los
    pelo compromisso para conosco e com o nosso blog, como também pelas suas adoráveis artes. Obrigada também a todos os poetas participantes deste desfile poético.
    Aqui as portas estão e estarão sempre abertas para divulgação de novos e antigos talentos, a arte de modo geral será o fator primordial.
    Um abraço acolhedor no coração de cada um ❤️💙.
    Feliz anoitecer a todos!

    ResponderExcluir
  15. Meus parabéns a escritora Elizabete leite e a Jorge Leite,que fazem com certeza esse blog acontecer com maestria e desempenho.Quero aplaudir a todos que com carinho e satisfação colaboram para que a todo Domingo possamos interagir com esse momento literário. parabéns aos participantes dessa edição: Júlio Francisco,Manoel Firmino,SOL&LUA,jocelio Francisco,com suas obras de Artes visuais,Bete Leite e Jorge Leite.Torço para que a cada lançamento esse blog Chegue mais distante para alegrar o Domingo de todos.

    ResponderExcluir
  16. Agradeço aos amigos pelos carinhosos comentários.
    Baltazar, eu tbm sou tua fã.
    Obrigada a Bete e Jorge, enfim, a todos os amigos.
    Até a próxima, se Deus quiser!

    ResponderExcluir
  17. Vcs arrasam ,Elisabete Leite e Jorge,obrigada por tudo.

    ResponderExcluir
  18. Mais uma espetacular edição publicada pelo Blog Maçayó nesse domingo 06/02/2022. Parabéns ao blog! Parabéns aos dirigentes Jorge e Elizabete Leite! Parabéns aos poetas e poetisas colaboradores: Júlio Francisco (Sábio Professor), Manoel Firmino (Grande Poeta Guarabirense), Elias dos Santos (Mestre das Artes), Sol & Lua (cúmplice do amor), Socorro Almeida (grandiosíssima escritora) e Jocélio Francisco (grande poeta e Artista Plástico), por terem brilhado e contribuído para o brilho do blog na página exibida ontem. Todos extraordinários e deslumbrantes poemas, contando inclusive com a riquíssima galeria exposta por Jocélio Francisco, sem desviar os elogios do belíssimo conto: “Amor à Primeira Vista” e do romântico poema “Juras de Amor” da poetisa e contista Elizabete Leite. Aplausos a todos! Brilhe sempre mais a luz de cada um! Saúde e paz para todos!

    Valdemar Guedes

    ResponderExcluir
  19. Voltando para dar meus aplausos a esse artista espetacular, Jocélio Francisco a sua arte de pintar é uma verdadeira obra escrita e falada. Parabéns grande artista, seu universo artístico inspira a natureza.

    Baltazar Filho

    ResponderExcluir